SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Google+ Followers

Marcadores

Aborto ACONSELHAMENTO PRÉ-MATRIMÓNIAL Adolecentes Cristão ADOLESCENTES ADPB ADULTÉRIO ADULTOS Agradecimento Aniversario Apologética Cristã Arqueologia As Inquisições Assembleia de Deus Barack Obama Batismos Bíblia Brasil Casamento CGADB Ciência Círculo de Oração CLASSE BERÇARIO CLASSE BERÇÁRIO CLASSE DOS DISCIPULADOS CLASSE DOS DISCIPULANDO CLASSE DOS DISCIPULANDOS CLASSE JOVENS E ADULTOS CENTRAL GOSPEL CLASSE JOVENS E ADULTOS BETEL CLASSE MATERNAL Congresso CPAD Cruzada Curiosidades Cursos Departamento Infantil Depressão Desaparecido DESENHOS BIBLICOS Desfiles Dia do Pastor Discipulado Divórcio EBD EBO Escatologia Estudantes Estudos Eventos FALECIMENTO Família Filmes Galeria de Fotos Gospel Gratidão a Deus Hinos Antigos História Homenagens Homilética Homoxesualismo Ideologia de Gênero Idolatria Inquisição Islamismo Israel LIção de Vida Louvor Luto Maçonaria Mães Mensagens Ministério Missões MODISMOS Mundo Mundo Cristão MUSICAS EVANGÉLICAS Namoro Cristão Noivados Notícias Obreiros ONU Oração Pneumatologia política PRIMARIOS Psicopedagogia Pureza sexual Realidade Social Reforma Protestante RELIGIÕES Retiro Revista Central Gospel REVISTA CLASSE PRIMARIOS REVISTA CLASSE DOS PRE-ADOLESCENTES REVISTA CLASSE DOS ADOLESCENTES REVISTA CLASSE JARDIM DA INFANCIA REVISTA CLASSE JARDIM DA INFÂNCIA REVISTA CLASSE JUNIORES REVISTA DA CLASSE JOVENS CPAD. REVISTA DA CLASSE JOVENS. REVISTA DA CLASSE ADULTOS REVISTA DA CLASSE JOVENS E ADULTOS REVISTA DA CLASSE JUVENIS Revista Maternal Santa Ceia Saúde Seminário Sexualidade Subsídios Subsídios EBD Subsídios EBD Videos Templos Teologia Testemunho TRANSGÊNEROS Utilidade publica UTILIDADE PÚBLICA Vida de Adolecente videos Virgilha

20 maio 2011

Pastores brasileiros participam de café com Obama


Obama pediu aos líderes religiosos para continuarem orando pela reforma imigratória

Pastores brasileiros participam de café com Obama
Durante café da manhã com pastores latinos hoje, o presidente Obama pediu aos líderes religiosos para “continuarem orando” pela reforma imigratória.

O National Hispanic Prayer Breakfast, como é conhecido o tradicional evento, é organizado pela Esperanza, uma aliança religiosa latina que representa 600 pastores e líderes religiosos. Pelo menos 10 pastores brasileiros, nove de Boston e um da Flórida, compareceram ao evento.

O brasileiro Júnior Ramos, pastor da igreja Revival Church for the Nations de Framingham, disse que o presidente foi imparcial em seu discurso. “Em momento nenhum ele fez política pessoal. Ele está levando em consideração a unidade dos partidos,” disse Ramos, cuja igreja tem 350 membros.

Pastor Júnior ressaltou que o grupo de pastores até esperava um interesse político do presidente, a 19 meses das eleições. O pastor até ressaltou que o ex-presidente George W. Bush também teve o apoio dos evangélicos. Mas, disse ele, em nenhum momento Obama usou o tema como campanha. Segundo o pastor, um deputado de Ohio foi até mais “contundente” na sua defesa da reforma imigratória.

“O presidente foi um pouco indefinido, mas disse que está fazendo o que pode,” acrescentou o pastor Júnior Ramos.

Nas últimas semanas, o presidente realizou três reuniões com políticos, artistas e ativistas hispânicos para falar de reforma imigratória. Obama sofreu pressão dos latinos que pediam para que ele usasse o poder executivo que tem para suspender as deportações dos estudantes indocumentados. Obama se negou a atender o pedido, dizendo que vai respeitar o poder constitucional do Congresso.

Mas o poder de mobilização dos líderes religiosos é incontestável. Segundo estudo publicado pelo instituto Pew Hispanic Center, 68% dos imigrantes de origem hispânica são católicos, e 15% são evangélicos protestantes.

Segundo o mesmo estudo, 2/3 dos hispânicos admitiram que a religião influencia na forma de analisar política, e 48% dos católicos hispânicos disseram que votam para os democratas, e apenas 17% para os republicanos.

Depois do café da manhã, o presidente Obama anunciou que vai se reunir ainda hoje com congressistas republicanos – mas a reunião deve acontecer a portas fechadas.


Fonte: Guia-me e CPAD NEWS