SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Marcadores

Aborto (11) ACONSELHAMENTO PRÉ-MATRIMÓNIAL (5) Adolecentes Cristão (2) ADPB (1) ADULTÉRIO (2) Agradecimento (1) Aniversario (10) Apologética Cristã (10) Arqueologia (1) As Inquisições (1) Assembleia de Deus (5) Barack Obama (2) Batismos (29) Bíblia (3) Brasil (48) Casamento (25) CGADB (19) Ciência (6) Círculo de Oração (5) CLASSE BERÇÁRIO (26) CLASSE DOS DISCIPULANDOS (55) CLASSE JOVENS E ADULTOS CENTRAL GOSPEL (73) CLASSE JOVENS E ADULTOS BETEL (153) CLASSE MATERNAL (104) Congresso (49) CPAD (6) Cruzada (3) Curiosidades (3) Cursos (3) Departamento Infantil (5) Depressão (2) Desaparecido (4) DESENHOS BIBLICOS (1) Desfiles (3) Dia do Pastor (4) Discipulado (64) Divórcio (4) EBD (20) EBO (21) Escatologia (2) Estudantes (2) Estudos (506) Eventos (118) FALECIMENTO (5) Família (16) Filmes (18) Galeria de Fotos (12) Gospel (285) Gratidão a Deus (1) Hinos Antigos (3) História (4) Homenagens (3) Homilética (4) Homoxesualismo (3) Ideologia de Gênero (12) Idolatria (3) Inquisição (2) Islamismo (10) Israel (18) JARDIM DA INFANCIA (7) LIção de Vida (2) Louvor (1) Luto (42) Maçonaria (3) Mães (3) Mensagens (56) Ministério (34) Missões (148) MODISMOS (2) Mundo (610) Mundo Cristão (178) MUSICAS EVANGÉLICAS (3) Namoro Cristão (8) Noivados (1) Notícias (3155) Obreiros (9) ONU (4) Oração (1) Pneumatologia (1) política (121) Psicopedagogia (3) Pureza sexual (8) Realidade Social (17) Reforma Protestante (4) RELIGIÕES (3) Retiro (4) REVISTA BETEL JOVENS (1) Revista Central Gospel (1) REVISTA CLASSE PRIMARIOS (230) REVISTA CLASSE DOS PRE-ADOLESCENTES (267) REVISTA CLASSE DOS ADOLESCENTES (280) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFANCIA (111) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFÂNCIA (111) REVISTA CLASSE JUNIORES (243) REVISTA DA CLASSE JOVENS CPAD. (189) REVISTA DA CLASSE JOVENS. (319) REVISTA DA CLASSE ADULTOS (872) REVISTA DA CLASSE JOVENS E ADULTOS (400) REVISTA DA CLASSE JUVENIS (262) Revista Maternal (63) Santa Ceia (3) Saúde (45) Seminário (4) Sexualidade (7) Subsídios (1507) Subsídios EBD (1900) Subsídios EBD Videos (595) Templos (3) Teologia (5) Testemunho (1) TRANSGÊNEROS (2) Utilidade publica (1) UTILIDADE PÚBLICA (2) Vida de Adolecente (5) videos (106) Virgilha (1)

13 fevereiro 2011

Recém-nascido é abandonado em uma igreja no RJ




O bebê foi encontrado no banheiro dentro de uma bolsa
Um bebê de aproximadamente uma semana de vida foi encontrado dentro de uma bolsa, no banheiro da igreja evangélica Deus e Amor, na Rua da Conceição, no Centro do Rio de Janeiro. De acordo com policiais do 5º BPM (Harmonia), que atenderam a ocorrência, a criança estava dentro de uma bolsa fechada e foi encontrada pela aposentada Ruth Gabriel, de 66 anos.
Segundo a aposentada, por volta do meio-dia, após um culto, ela foi até o banheiro e viu a bolsa ao lado da lixeira. Quando pegou a bolsa para tentar encontrar a dona, sentiu que a bolsa estava muito pesada. Ela resolveu abrir e viu o bebê dormindo. Na bolsa ainda tinha um pacote de fraldas.
“A criança devia ter sido deixada ali pouco tempo antes de eu pegar a bolsa. Ela estava quietinha, dormindo” contou Ruth. O bebê que foi batizado pela senhora e pelos PMs de Rafael Gabriel dos Anjos, foi encaminhado para o Hospital Souza Aguiar e passa bem. O caso foi registrado na 1ª DP. ad alagos

História da AD Sousa na Paraiba




Há muitos anos, quando Sousa ainda estava em crescimento, Deus impulsionou alguém a vir a esta Cidade. Sousa interior da Paraíba, lugar onde a seca impera, onde o clima é quente e seco, embora sadio.

Lugar onde havia muita incredulidade e superstições, onde muitos preferiam ficar com a religião dos pais do que aceitar o sacrifício de Cristo na Cruz, mas foi aqui mesmo que corações endurecidos foram fertilizados pela palavra de Deus, a boa semente, e produziu frutos.

Tudo começou quando no dia 29 de abril de 1958, chegou a esta cidade, vindo de outra cidade vizinha o casal: Francisco Pereira Andrade e Nazinha Andrade, e para dar assistência a esses irmãos, o Pastor Artur Barreto da Cidade de Cajazeiras vinha uma vez por mês a Sousa.

E devido às dificuldades, foi designado que o próprio irmão Francisco Andrade dirigisse os cultos até que o Senhor providenciasse um Pastor.
No dia 03 de junho do mesmo ano, a esposa do irmão Francisco pediu autorização para iniciar o Circulo de Oração na sua própria casa, onde todos os trabalhos eram realizados. Começou com 3 (três) pessoas: o casal e uma enteada da irmã Nazinha por nome Luzinete. Era sempre visitado por uma irmã Maria do Céu (amiga do casal). E Jesus sempre falava que iria salvar e batizar com Espírito Santo, e tem se cumprido. Depois passou a ser dirigido pela esposa do Pastor. Teve como dirigentes as irmãs: Nazinha, Toinha, Odete Mesquita, Maria Fernandes Pimenta, Maria Fernandes (Irmã Pedoca), Serevina, Rita Morais, Gilda Araújo, Maria Nogueira, Irmã Carmelita, Lindacy e Julita (atual).

No dia 20 de agosto de 1961, o Pastor Antonio Petrolino dos Santos que era o Pastor Regional, trouxe o Pastor João Camilo de Oliveira e o empossou como o Pastor da Igreja, mesmo sem um templo construído.

Com a chegada do Pastor os trabalhos passaram a ser dirigidos num salão, localizado a Rua: D. Pedro II, onde Deus continuou abençoando.

Logo Deus colocou no coração do Pastor o desejo de construir um templo, onde pudesse melhor abrigar os crentes. Não foi fácil, mas todos com o mesmo desejo começaram a trabalhar com fé e ação, e lançaram a pedra fundamental, onde o irmão Antonio Andrade teve uma participação especial.

Os irmãos que iniciaram a obra foram: Francisco Andrade, Antonio Andrade, Antonio Augusto, Antonio Nogueira, João Vicente, João Paulino, Aluízio, Milton, o Dr. Emanuel Medeiros, o próprio Pastor João Camilo que trabalhou como servente e outros. E como patrocinador maior o irmão Jonas Pereira de Oliveira (novo convertido na época) que era industriário e comerciante nesta Cidade.

A parte de alimentação dos trabalhadores, ficava por conta das esposas dos irmãos. Tudo com dificuldade, mas nada sem amor. Num clima de alegria e agilidade, Deus abençoava cada vez mais.

Depois de tudo pronto, foi marcada a inauguração, esta realizada dia 28 de outubro de 1962 com a presença de Deus e de vários irmãos inclusive do Pastor Regional (Antonio Petronilo dos Santos).
Abaixo vê-se duas fotos da Igreja Assembleia de Deus em Sousa, tiradas recentemente:
 
Na ocasião da inauguração, houve o batismo nas águas de alguns irmãos, que residiam à fazenda Poço-de-Pedra, onde o evangelho já havia alcançado. Lá, o evangelho foi bem divulgado, tanto pelos irmãos de Sousa como pelo irmão Francisco Henrique que vinha a cavalo de um sítio chamado Retiro.

Muitas almas foram alcançadas, só num dia, 10 pessoas aceitaram a Jesus como Salvador, a pregação foi feita pela Jovem Rute Carvalho onde Deus usava tremendamente. A partir deste dia resolveram dirigir os cultos na residência do irmão José Andrade que morava na Fortuna (sitio vizinho a Poço-de-Pedra) o dirigente era o irmão Francisco Henrique, depois foi construído um templo no Sito Poço-de-Pedra. Vejamos alguns Crentes deste Sítio: Antonio Holanda, Antonio Augusto, Luiz Henrique, José Andrade, e a Família Nogueira, que vieram no ano de 1964 morar em Sousa-PB.

Na foto ao lado/abaixo está o Pastor Antonio Petronilo, ministrando o batismo do irmão AntonioNogueira, sua esposa a irmã Raimunda Nogueira, e duas filhas Maria Nogueira e Francisca Nogueira.
Na foto ao lado direito e acima vê-se o Pastor João Camilo.
Neste mesmo dia foi batizada também a irmã Francisca Magalhães que até hoje serve a Deus nesta igreja.
Atualmente a Assembleia de Deus em Sousa continua investindo fortemente em evangelização e anualmente são realizados batismos em águas.
O Batismo em Águas, marca um rito de passagem, onde o novo convertido deixa o estatus de congregado e passa a fazer parte do membro do corpo de Cristo, podendo inclusive participar da Santa Ceia do Senhor.

No salão da Rua: D. Pedro II, um grupo de moças já cantava e possivelmente no dia da inauguração do templo, este grupo recebeu o nome de Conjunto Ebenézer, tendo como fundadora e dirigente por muito tempo a jovem Rute Carvalho de Oliveira (filha do Pastor Camilo), onde se destacava um acordeão tocado por Maria Jose de Andrade, Rode Carvalho e ainda um violão tocado por Carlúcia Andrade. O Conjunto estava sempre à disposição nas evangelizações das congregações.

No decorrer dos anos já tinha um Jipe que conduzia o Conjunto até São José da Lagoa Tapada, Nazarezinho, Uiraúna, Marizópolis, Aparecida, São Gonçalo, Sítio Poço-de-Pedra, Cajá Doce e outros, pois todos pertenciam ao campo de Sousa.

As dirigentes que passaram pela liderança do Conjunto Ebenézer foram: Rute Carvalho de Oliveira, Léa Praxedes (hoje é Maestrina do Coral Beth Shalom, na Cidade de Cabedelo - PB), Maria José Nogueira (hoje dirigente de Circulo de Oração e Esposa de Pastor, reside na Cidade de Vitória-ES), Núbia, Sandra Alves, Gilda Araújo, Eliã Ferreira, Daniel Nogueira, Isaac, Francisca Assis, Ivone (filha do Pastor José Paulino), Gisélia Lima, Ana Nery e Margarida Nogueira (atual). Foto

Vejamos os Pastores que por aqui tem passado:João Camilo de Oliveira
João Fernandes Praxedes (foto 08)
Jonas Pereira de Oliveira (1ª gestão) [foto 6]
Geraldo Cunha Cosmo Marques
José Alves da Rocha [foto 7]
José PaulinoManoel Pedro
Hermenegildo Estrela Dantas (1ª gestão) [foto 4]
Jonas Pereira de Oliveira (2ª gestão) [foto 6]
Antonio Ferreira de Lima (foto 03) [foto 5]
Hermenegildo Estrela Dantas (2ª gestão) [foto 4]
Severino João do Nascimento
Erildo Monteiro [foto 3]
Luiz Gonzaga Chaves
Luiz Gonzaga e Silva [foto 2]
Alexandre Duarte da Costa (PASTOR ATUAL) [foto 1]

1 2 3
4 5 6
7 8

Muitos irmãos desta igreja e das congregações estão no Campo a exemplo de:Jonas Pereira de Oliveira
Antonio José da Cruz
Francisco Braga
Antonio José de Lima
Raimundo Nóbrega
Manoel Nóbrega
Geraldo Simeão
Manoel Estrela
E outros.
Alguns Presbíteros que atuaram e muitos ainda atuam:
Manoel Feliciano
Francisco Henrique
Francisco Andrade
Francisco Assis Caboclo
Odílio Fernandes
Manoel Estrela
Alfredo Alves
Severino Augusto
Severino Lacerda
Luiz Arlindo
Alexandre José de Sousa
José Laurindo
Alberto Miguel
Aristóteles Andrade

Superintendentes da Escola Bíblica Dominical:
Manoel Mesquita
Manoel Fernandes Pimenta
Alfredo Alves
Odílio Fernandes
Manoel Estrela
Edmilsom Henrique

A igreja de Sousa, nos seus primeiros anos possuiu uma Banda de Música com vários instrumentos que sentíamos prazer em ouvi-los. A direção era do irmão Leônidas, Maestro Competente, vindo de Campina Grande, porém houve tempo em que muitos irmãos precisaram deixar suas Cidades, devido à crise financeira e procurar recursos nas Grandes Cidades. Outros que eram funcionários da Rede Ferroviária, foram transferidos e ainda o próprio Maestro teve que voltar a sua Terra, ficando assim, os instrumentos na sua maioria parados, o que causou tristeza para muitos.
Deus, no entanto, providenciou uma Maestrina e formou um lindo Coral que foi inaugurado no dia 28 de outubro de 1969 e a irmã Maria Inês (Dourinha) era maestrina, recebendo o nome de Coral Louvores de Sião, em seguida a irmã Creuza Marques, Francisca Matias, Francisca Nogueira Margarida Nogueira.
Depois de algum tempo, chega à cidade, a irmã Carmelita Alves de Lima, que veio com a finalidade de formar maestros e maestrinas.
Vejamos os nomes alguns dos alunos formados:
Lindaci Oliveira (atual)
Rode Pereira
Núbia Soares
Sandra Alves
Daniel Nogueira
Edgar Gomes
Edivan Gomes
Daniele Alves
Eva Tomé
Com a saída da irmã Carmelita, o coral ficou sob a direção da irmã Lindacy Oliveira que também, com muita dedicação ensinou música a alguns irmãos:
Paulo Morais
Joacir Lopes
Romilda Coelho
Francisco de Assis França e outros. (foto)

Conjunto Filhas de Jerusalém é um conjunto composto por irmãs que dedicam parte do seu tempo para servir a Cristo, louvando e adorando o Rei dos reis.
O Conjunto Filhas de Sião foi fundado em 26 de agosto do ano de 1998, na segunda gestão do Pastor Hermenegildo Estrela Dantas, tendo como fundadora a irmã Ana Lanúzia, depois passou a ser regido pela irmã Ana Nery (hoje morando em João Pessoa-PB), logo após a irmã Edna Pedrosa fica na direção, com o auxilio das irmãs Giselia e Alessandra. (Gisélia e Sandra atual.)
Além dos conjuntos citados Deus levantou um grupo de irmãos que louva a Deus com seus instrumentos e suas bonitas vozes, sendo inaugurado no dia 26 de agosto de 2003, na gestão do Pastor Erildo Honório, recebeu o nome de Os Levitas, hoje sob a liderança de Herlânio Fernandes. Esses trabalham cooperando na sede, congregações e cidades vizinhas.
Temos ainda o Conjunto Infantil: Júbilo do Coração que sempre está abrilhantando os trabalhos,sob a direção da irmã Cristina, Ana Raquel e Vera Lucia Sarmento.
Atualmente a AD-Sousa tem se preocupado muito em valorizar as nossas crianças, por isso o Departamento Infantil tem trabalhado para que nossas crianças cresçam sadias espiritualmente.
Também há o Círculo de Oração das crianças que é realizado semanalmente, todo sábado, no Templo Central. A direção do citado círculo de Oração é da irmã Abilene.
A Igreja Evangélica Assembléia de Deus em Sousa/PB sob a direção do Pastor Luiz de Gonzaga e Silva, contava com (07) sete presbíteros, 07 sete diáconos, e muitos auxiliares, com aproximadamente oitocentos crentes, entre membros e congregados, com oito (08) congregações, sendo elas: Núcleos I, II e III, Alto do Cruzeiro, Mutirão, Jardim Sorrilândia, Angelim e Lagoa dos Estrelas.
Atualmente a AD-Sousa é pastoreada pelo Pastor Alexandre Duarte da Costa e o mesmo tem implementado algumas medidas de valorização da igreja local (reforma e ampliação). O teto e as luminárias do templo central foram substituidos por um forro e luminárias modernas. A congregação do Bairro do Alto do Cruzeiro está em fase de acabamento.
Ainda na gestão do Pastor Luiz de Gonzaga e Silva foram criadas as Secretarias de Missões e Ação Social, além da informatizar a Secretaria da Igreja. Na área de missões foram escolhidos como Secretários os irmãos Paulo Morais e Marcos Galdino e designados dois missionários para os campos locais: Lagoa dos Estrelas e região (Gerônimo Ferreira), Núcleo I (Aristóteles Andrade), tendo perspectiva de enviar mais irmãos para o campo local, conforme a direção de Deus.
A secretaria de Ação Social tem procurado minorar as dificuldades dos irmãos carentes da igreja e era coordenada pela irmã Selma Alves, atualmente a citada secretaria está sob a responsabilidade da irmã Julita.
O trabalho do Senhor está em ritmo acelerado, pois Deus tem despertado muitos para a evangelização e ação. Estamos concluído o Templo do Núcleo I e outros estão na visão do pastor.
A Igreja de Sousa, também conta com um sub-núcleo do Curso Teológico Básico, pelo Instituto Bíblico da Assembléia de Deus do Estado do Paraná - IBADEP, tendo seu núcleo na cidade de Patos, com dezessete alunos, sob monitoria do evangelista Onias Ferreira de Lima, que provavelmente concluirão o curso no final desse ano.
Graças a Deus que a Igreja de Sousa cresceu e multiplicou o seu rebanho. Não foi fácil, houve muitos obstáculos, mas no nome do Senhor Jesus, todos foram superados. Agradecemos ao nosso Pai celestial, por ter conservado a sua igreja até hoje e pedimos que continue ardendo em nossos corações essa chama acesa que nos desperta para fazer a sua obra.

“Nosso lema principal é: Ganhar almas para Cristo”

Este trabalho foi realizado por: Margarida Nogueira, Pedro Morais.
Sousa, 01 de maio de 2005



Quando Lampião ganhou uma Bíblia


Os missionários Virgil Smith e Orlando Boyer eram companheiros e trabalhavam viajando a cavalo, evangelizando e vendendo Bíblias de casa em casa no sertão de Pernambuco e Alagoas. Naquele sertão conturbado pelo cangaço, em 1930, Virgil e sua esposa Ramona foram feitos reféns de Lampião e seu bando. Orlando Boyer foi comunicado que, para obter a libertação do amigo, teria de pagar uma elevada quantia.

Em razão das dificuldades econômicas da época, Orlando Boyer conseguiu reunir apenas uma fração mínima da quantia exigida. Mesmo assim, ele foi ao encontro de Lampião, embora soubesse que corria perigo de morte.


Cara a cara com o temido rei do cangaço, explicou a situação, para profunda decepção deste e de seu bando. Orlando Boyer se ajoelhou humildemente e sugeriu uma proposta ousada. Ele implorou para ficar no lugar do amigo, para morrer em seu lugar, uma vez que Virgil e Ramona tinham filhos pequenos demandando cuidados.

Diante do consentimento de Lampião, Virgil Smith perguntou se poderia oferecer-lhe um presente. E estendendo-lhe uma Bíblia de letras grandes, recebida imediatamente por Lampião, explicou-lhe:

“Este livro conta a história de Jesus, que por amor ofereceu a sua própria vida para que fôssemos salvos. Ele era Deus e se fez homem, morrendo em nosso lugar para que pudéssemos ter vida. O que o meu amigo está fazendo por mim agora, Jesus já o fez por todas as pessoas, inclusive pelo senhor Virgulino. Ele morreu para que sejamos perdoados e salvos do pecado e da morte”.

Lampião ficou visivelmente emocionado com aquele exemplo de abnegação e amor, voltou-se para o lado e passou a manga da camisa nos olhos, para enxugar disfarçadamente as lágrimas. Virou-se e disse bruscamente: “Podem ir embora, depressa, vão embora!” E, retirando-se com seu bando, levou consigo a Bíblia.

Dias depois, perseguido pela polícia, Lampião deixou a Bíblia num tronco oco de uma árvore, para poder fugiu mais depressa. Quando voltou ao lugar, não encontrando a Bíblia, dirigiu-se ao fazendeiro dono daquelas terras e exigiu que este a devolvesse. Embora o fazendeiro tivesse dito que nada sabia daquilo, Lampião marcou o prazo de uma semana para tê-la de volta. O fazendeiro teve de dirigir-se à cidade e comprar uma Bíblia nova para Lampião.

Não sabemos se Lampião leu a Bíblia. Pelo menos, até a sua morte, ele teve oito anos para fazê-lo. Assim, se ele a tivesse lido, saberia que a Bíblia é a maravilhosa “biblioteca” inspirada por Deus, e descobriria o que Jesus afirmou: “A tua palavra é a verdade” (Jo 17.17).

Lampião saberia que a Bíblia tinha as respostas às suas necessidades. Saberia que, para o fatigado viajante, ela é um mapa eficaz e uma bússola confiável; aos que vivem na região das trevas, é uma luz gloriosa a iluminar o caminho; aos que estão sobrecarregados e oprimidos pelos fardos da vida, é um suave descanso.

Como Lampião tinha a alma ferida, ele saberia que, aos feridos pelos delitos e pecados, a Bíblia é um bálsamo consolador que cura as feridas interiores. Para os famintos, é o pão que alimenta a alma; aos sedentos, é a água que sacia a sede espiritual; aos que estão em conflito, é a espada para a luta contra o mal; aos amargurados, é o mel que os faz enfrentar o mundo sem perder a doçura.

Lampião era um homem aflito e desesperado. Se tivesse lido a Bíblia, saberia que ela lhe oferecia uma mensagem de esperança e conforto; pois aos desamparados e arrastados pelas tormentas da vida, ela é uma âncora segura e firme; para os que sofrem na solidão de um espírito conturbado, é a mão repousante que acalma e tranquiliza.

Lampião, tido como “homem de palavra”, sabia que a importância de qualquer palavra dependia de quem falava. Se tivesse lido a Bíblia, poderia confiar nela, pois o Deus que inspirou “a Palavra” nunca mente e jamais muda, e todas as suas promessas têm o sim em Jesus Cristo (2 Co 1.20). Ele saberia que a Palavra de Deus é “lâmpada para os seus pés e luz para o seu caminho”, e poderia viver em paz (Sl 119.105).

Neste segundo domingo de Dezembro, quando comemora-se o Dia da Bíblia em mais de cem países do mundo, os cristãos celebrarão a inquestionável importância da Bíblia e do amor de Deus para suas vidas.

A Bíblia é uma “carta de amor”, do imenso amor de Deus que inclui a todos: tanto o cangaceiro Lampião como eu e você. Pense nisso! Leia a Bíblia!

Pelo Pr. Samuel Câmara
Pastor da Assembléia de Deus em Belém-PA

Jovens se dedicam ao Evangelho no Congo


No último ano, mais de 2.700 alunos que foram levados à fé em Cristo

Jovens se dedicam ao Evangelho no Congo
No passado, a juventude na República Democrática do Congo não era muito receptiva ao Evangelho. Mas, nos últimos meses a realidade começou a mudar. Nada aconteceu politicamente ou economicamente para tornar o país mais esperançoso. Mas por alguma razão, “Deus abriu as janelas para o Evangelho brilhar”, como afirma Sam Vinton, da Grace Ministries International (GMI). "Nos últimos anos, trabalhando com os jovens, realmente via muito pouco resultado. Mas agora é diferente", comemora. 

Através do trabalho da GMI em escolas locais, mais de 100 mil já viram o filme evangelístico "Godman". Esses números já superam em muito as expectativas do Ministério. "A única coisa que realmente me impressiona agora, a partir do relatório enviado a partir do que aconteceu no ano passado,  é o número adicional de alunos que foram levados à fé em Cristo, nas aulas de religião real, capelas e serviços da escola: cerca de 2.700 estudantes". 

Mais interessante é a maneira que Deus realmente transforma esses alunos. “Animados, não só para receberem, mas para dar a mensagem do Evangelho, 66 alunos de quatro igrejas se uniram para angariar dinheiro suficiente para chegarem a uma ilha próxima e evangelizar. Foram 500 horas de trabalho, mas os alunos finalmente reuniram o dinheiro que precisavam para ir ao campo missionário”, disse. 

Os alunos passaram quatro dias na ilha, fazendo evangelismo de casa em casa, bem como a realização de uma reunião ao ar livre, o que resultou em 32 vidas para o Reino. Ao final, as crianças não estavam apenas felizes com o que Deus tinha feito, mas confiante no que Ele pode fazer com eles no futuro. 

"O importante foi ver os jovens dispostos a ir lá, passar quatro dias nesta ilha, levando o Evangelho, voltar e dizer: Deus pode nos usar, mesmo sem termos muito", explica Vinton. 

 
Fonte: MNN