SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Marcadores

Aborto (11) ACONSELHAMENTO PRÉ-MATRIMÓNIAL (5) Adolecentes Cristão (2) ADPB (1) ADULTÉRIO (2) Agradecimento (1) Aniversario (10) Apologética Cristã (10) Arqueologia (1) As Inquisições (1) Assembleia de Deus (5) Barack Obama (2) Batismos (29) Bíblia (3) Brasil (48) Casamento (25) CGADB (19) Ciência (6) Círculo de Oração (5) CLASSE BERÇÁRIO (26) CLASSE DOS DISCIPULANDOS (55) CLASSE JOVENS E ADULTOS CENTRAL GOSPEL (73) CLASSE JOVENS E ADULTOS BETEL (153) CLASSE MATERNAL (104) Congresso (49) CPAD (6) Cruzada (3) Curiosidades (3) Cursos (3) Departamento Infantil (5) Depressão (2) Desaparecido (4) DESENHOS BIBLICOS (1) Desfiles (3) Dia do Pastor (4) Discipulado (64) Divórcio (4) EBD (20) EBO (21) Escatologia (2) Estudantes (2) Estudos (506) Eventos (118) FALECIMENTO (5) Família (16) Filmes (18) Galeria de Fotos (12) Gospel (285) Gratidão a Deus (1) Hinos Antigos (3) História (4) Homenagens (3) Homilética (4) Homoxesualismo (3) Ideologia de Gênero (12) Idolatria (3) Inquisição (2) Islamismo (10) Israel (18) JARDIM DA INFANCIA (7) LIção de Vida (2) Louvor (1) Luto (42) Maçonaria (3) Mães (3) Mensagens (56) Ministério (34) Missões (148) MODISMOS (2) Mundo (610) Mundo Cristão (178) MUSICAS EVANGÉLICAS (3) Namoro Cristão (8) Noivados (1) Notícias (3155) Obreiros (9) ONU (4) Oração (1) Pneumatologia (1) política (121) Psicopedagogia (3) Pureza sexual (8) Realidade Social (17) Reforma Protestante (4) RELIGIÕES (3) Retiro (4) REVISTA BETEL JOVENS (1) Revista Central Gospel (1) REVISTA CLASSE PRIMARIOS (230) REVISTA CLASSE DOS PRE-ADOLESCENTES (267) REVISTA CLASSE DOS ADOLESCENTES (280) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFANCIA (111) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFÂNCIA (111) REVISTA CLASSE JUNIORES (243) REVISTA DA CLASSE JOVENS CPAD. (189) REVISTA DA CLASSE JOVENS. (319) REVISTA DA CLASSE ADULTOS (872) REVISTA DA CLASSE JOVENS E ADULTOS (401) REVISTA DA CLASSE JUVENIS (262) Revista Maternal (63) Santa Ceia (3) Saúde (45) Seminário (4) Sexualidade (7) Subsídios (1507) Subsídios EBD (1900) Subsídios EBD Videos (597) Templos (3) Teologia (5) Testemunho (1) TRANSGÊNEROS (2) Utilidade publica (1) UTILIDADE PÚBLICA (2) Vida de Adolecente (5) videos (106) Virgilha (1)

09 março 2011

AD Campinas realiza curso para secretários de missões


Será de 7 a 9 de março em Vila Padre Anchieta

AD realiza curso para secretários de missões
Será realizado de 7 a 9 de março, na Assembléia de Deus sede do setor da Vila Padre Anchieta, o Curso para Secretário de Missões. A promoção é da Secretaria de Missões Ceifa, extensão missionária da AD Campinas.

De acordo com o diretor executivo da Missão Ceifa, Enoch Tiburtino o curso é apostilado e tem certificado de conclusão e abordará temas importantes para o bom desenvolvimento do secretario de missões na área onde ele atua.

Na coordenação do trabalho na igreja anfitriã está o pastor Joel do Carmo Teixeira. A igreja é pastoreada pelo vice – presidente do ministério, pastor Agostinho Godinho de Souza.

Interessados poderão fazer suas inscrições antecipadas e buscar mais informações pelos telefones (019) 3303 3534 ou 3303 3503.

Com informações da AD de Campinas
fonte cpad news

AD em Arapiraca inaugura Escola de Música e inicia projeto social na região


Escola faz parte do projeto da Orquestra Infanto-Juvenil do Casuradal

AD em Arapiraca inaugura Escola de Música e inicia projeto social na região
No dia 26 de fevereiro, foi inaugurada a Escola de Música Maestro Antonio Leite Neto na Assembléia de Deus em Arapiraca, cidade do agreste a 120km de Maceió. 

A escola faz parte do projeto da Orquestra Infanto-Juvenil do Campo de Assistência Social Urbana e Rural da AD de Arapiraca-AL (Casuradal). Em seu discurso, o pastor Antônio Roberto (líder da AD na região) ressaltou a felicidade de estar concretizando mais uma etapa na área social e de música na cidade.

“Este é um dia especial para o Casuradal e para toda a sociedade arapiraquense, um momento importante e novo no desenvolvimento de ações direcionadas a crianças e adolescentes”, disse o obreiro.

Os três filhos do homenageado estavam na cerimônia: Adenildo Angelo, Aldeneri Angela e Aldenilde Angela. O maestro, com seu amor à música e cultivo do trabalho voluntário, contribuiu significativamente para o desenvolvimento social e intelectual da sociedade arapiraquense. A Banda Som Alegre, formada pelo maestro homenageado, se apresentou no evento.

Com a inauguração, a igreja inicia o programa de aprendizado e de execução musical, com um cadastramento inicial de 20 crianças e 30 adolescentes, para a formação da orquestra do Casuradal.

Segundo o pastor Antonio Roberto, a missão é descobrir talentos, dar assistência, informação e qualificação suficientes para inseri-los no mercado de trabalho. “Vamos proporcionar uma educação integral, que resulte em uma melhoria na qualidade de vida”, destacou o líder eclesiástico na cidade de Arapiraca.

A presidente do Casuradal, Liliane Albuquerque, destaca que a entidade foi criada em maio de 1988 e tem atendido à população de Arapiraca, promovendo a defesa dos direitos, a inserção social e a melhoria da qualidade de vida de crianças, jovens e adultos. 
“Graças a Deus, estamos cumprindo mais uma etapa, e vamos continuar lutando pelo desenvolvimento social de nossa comunidade”, disse Liliane, esposa do pastor Antonio Roberto. 

A entidade busca parceiros para o projeto. Para mais informações, acessar o site www.casuradal.com.br
FONTE CPAD NEWS

AD de Campinas sediará simpósio com o Pr. Paulo Cesar Lima


´As respostas de Jesus para as grandes tragédias da vida` é o tema do encontro

AD de Campinas sediará simpósio com o Pr. Paulo Cesar Lima
As tragédias que estão acontecendo nos últimos dias têm intrigado muita gente. Visando buscar respostas bíblicas para estes fatos a AD Campinas, liderada pelo pastor Paulo Freire realizará entre os dias 13 e 15 de março simpósio com o tema: “As respostas de Jesus para as grandes tragédias da vida”

O palestrante convidado é o escritor e reverendo Paulo César Lima, membro do Conselho de Doutrina da Convenção Geral das Assembléias de Deus no Brasil.

O simpósio terá um investimento de R$ 20,00 e oferecerá apostila e certificado para os participantes.

A promoção do evento é da ESTEADEC - Escola Teológica da AD Campinas cujo diretor Eduardo Guimarães informa que o simpósio já é tradicional e sempre estuda um livro bíblico. Este, segundo ele,  será muito esclarecedor, pois “é uma proposta não só no campo teológico, mas para todos que já sofreram com tragédias no cotidiano”. O diretor afirma ainda que “as afirmações do palestrante serão baseadas em verdades bíblicas”.

“O convite para participar do evento está direcionado a todos os alunos de teologia, e também a todos que quiserem conhecer estas respostas bíblicas” afirma o diretor que está contabilizando a presença de uma média de 1300 participantes no seminário.

Serviço:
Simpósio ´As respostas de Jesus para as grandes tragédias da vida`
Na AD de Campinas
Será realizado entre os dias 13 e 15 de março
Os interessados podem realizar suas inscrições e obter mais informações pelos telefones (019) 3303 – 3500 e 3303 3506.  

Com informações da AD de Campinas
Redação CPAD News
FONTE CPAD NEWS

Igrejas em todo o Brasil realizam congressos de jovens durante o Carnaval


Igrejas usam feriado para investir em edificação e despertamento

Igrejas em todo o Brasil realizam congressos de jovens durante o Carnaval
Milhares de conversões e batismos no Espírito Santo marcam o feriado de carnaval em Assembleias de Deus de todas as regiões do país. Enquanto nesse período a maioria da sociedade brasileira celebra a festa da carne, centenas de milhares de assembleianos de todo o país adoram a Deus em uma verdadeira festa espiritual. Igrejas de norte a sul usam o feriado para investir em atividades de edificação e despertamento espirituais voltadas para os jovens, mas que envolvem toda a igreja: os tradicionais congressos de jovens, que são realizados há mais de 60 anos nas Assembléias de Deus brasileiras.

O primeiro Congresso de Jovens da AD foi realizado de 6 a 13 de fevereiro de 1943, na Bahia, envolvendo a juventude assembleiana daquele Estado e a de Sergipe. Naquela época, a AD em Sergipe era ligada à baiana (a autonomia da igreja sergipana viria anos depois, como fruto do crescimento do trabalho ali). Hoje, o Congresso de Jovens, também chamado de Confraternização da Mocidade, costuma ser um dos maiores eventos das igrejas assembleianas.
O pastor Israel Ferreira, líder da AD em Salvador, lembra dos congressos de mocidade na gestão do pastor Rodrigo Silva Santana, que liderou a igreja baiana de janeiro de 1960 a 29 de junho de 1985. “Nossa juventude foi enriquecida com o ensino da Palavra. Hoje, às vésperas do Centenário das Assembléias de Deus no Brasil, o Departamento de Jovens e Evangelismo de nossa igreja tem um projeto que envolve maciçamente a juventude”, comemora.

Os congressos de jovens nas ADs alcançaram seu auge nas décadas de 60, 70 e 80. Mais que uma “moda” ou “movimento”, característica de eventos passageiros, os congressos se firmaram e revelaram novos talentos entre os jovens, tanto em nível nacional como internacional. Muitos pregadores, pastores, missionários, evangelistas e cantores são resultados deste trabalho. Exemplo disso é o pastor Elienai Cabral, líder da AD em Sobradinho (DF), comentarista de Lições Bíblicas da CPAD. Ele destaca que o objetivo dessas conferências era incentivar no jovem um desejo maior de se envolver na igreja. “Os encontros influenciaram uma geração de jovens que hoje, na maioria, servem à igreja como pastores, líderes de igrejas”, atesta. 

Pastor Elienai destaca ainda que, naquelas reuniões, a juventude buscava referenciais, e muitos se destacavam tornando-se eles mesmos referência para o Brasil inteiro. Mas, os saldos positivos não ficavam apenas na área espiritual. “Muitos casamentos foram realizados entre jovens que se encontraram nos congressos. O meu noivado, por exemplo, aconteceu em público. O pastor chamou a mim e a minha noiva e fez a cerimônia de noivado em pleno congresso de jovens. Fiquei noivo na cidade de Vassouras (RJ), durante o 3º Congresso de Mocidade da União de Mocidade das ADs no Estado do Rio de Janeiro, realizado em janeiro de 1966”, relembra.

Outro exemplo é o pastor Virgílio de Carvalho, líder da AD em Sergipe. Segundo o líder, os congressos trouxeram uma proposta excelente de despertamento espiritual para a  juventude e para toda igreja, e não são poucos os obreiros que hoje estão realizando grandes trabalhos como resultado desses encontros. “Aconteceu comigo. Já ardia em meu coração o desejo de fazer missões. Ainda em tenra idade, fui coordenador da juventude e, ao participar de um congresso em Salvador, recebi uma revelação sobre o campo missionário e, pouco tempo depois, fui para missões”, lembra.

Milagres por todo o País

A AD em Passo Fundo (RS), liderada pelo pastor João Maria Hermel, também realiza congressos de jovens no período do Carnaval. São momentos marcados por conversões e batismos no Espírito, e por milagres. Um deles marcou o jovem Moisés dos Santos, membro daquela igreja.

Moisés sofreu um acidente vascular cerebral e ficou internado durante 28 dias, sendo sete deles no CTI. Como sequela, perdeu o movimento do lado direito do corpo e foi hospitalizado várias vezes. “Saí do hospital no dia 16 de fevereiro e fiz um propósito com Deus de ir ao congresso da mocidade para receber uma grande bênção”, conta. Mesmo com dificuldades, Moisés participou do evento todos os dias. “No momento da oração, fui o primeiro a receber a imposição de mãos pelos pastores. Um deles, usado por Deus, tocou no meu joelho e tornozelo, e senti estalos. No mesmo instante, recuperei meus movimentos, para a glória do Senhor! Hoje só sei que quero servi-lo de todo o meu coração e fazer a Sua vontade”, conta Moisés, emocionado.

Na AD em Lorena (SP), liderada pelo pastor José Tenório dos Santos, cerca de 5 mil jovens se regozijam na presença do Senhor durante o feriado de carnaval. Gincanas bíblicas, louvor e interação são algumas das atividades realizadas. 

No Pará, a AD em Soure, liderada pelo pastor Teodoro Amaral, a primeira vez que realizou um congresso de jovens no período do carnaval, todas as expectativas foram superadas. A igreja recebeu caravanas de várias regiões, contabilizando uma frequência diária de mais de 3 mil jovens durante o evento. Segundo o pastor Alexandre Marques, líder de mocidade no Estado do Pará, o movimento incluiu um desfile pela cidade com participação das bandas de música da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. “Na ocasião, também foi distribuída literatura evangélica e muitas vidas se renderam aos pés do Senhor” conclui.

CPAD NEWS

O PRIMEIRO CONCÍLIO DA IGREJA DE CRISTO - LIÇÃO 11



Texto Bíblico: Atos 15.6-12
Texto Áureo: Atos 15.28, 29
O QUE É UM CONCÍLIO?

Como bem definiu o pastor Claudionor de Andrade em seu Dicionário Teológico (CPAD, 1998, p. 88), um concílio é uma:

[...] reunião convocada pelos representantes de uma igreja para deliberar acerca de uma linha de ação comum e pugnar pela ortodoxia doutrinária. Em qualquer concílio eclesiástico, a Palavra de Deus deve ter em tudo a primazia. Caso contrário: o primado humano sufocará e acabará por extinguir a influência do Espírito Santo.

Na lição Bíblica 11 da CPAD, p. 79, a definição dada pelo mesmo autor ficou assim: "O concílio, por conseguinte, é uma reunião de representantes da Igreja, cujo objetivo é deliberar acerca da fé, doutrina, costumes e disciplina eclesiática".

Nestas duas definições, me chama a atenção um pequeno detalhe. Na primeira, concílio é uma reunião "convocada pelos representantes de uma igreja", enquanto na segunda, é uma reunião "de representantes". As duas definições se complementam.

No meio assembleiano o termo "concílio" não é utilizado. Geralmente se usa "assembleia ordinária" ou "assembleia extraordinária", e geralmente contempla apenas uma parte da liderança da igreja.

O CONCÍLIO NA PERSPECTIVA NEOTESTAMENTÁRIA

Na perspectiva do Novo Testamento, a questão que gostaria de levantar é: Quem são estes representantes? Na página 80 da Lição Bíblica, o pastor Claudionor de Andrade faz menção de três ocasiões onde os apóstolos se reuniram para decidir sobre algumas pendências na comunidade cristã. São elas, a eleição de Matias (At 1:12-26), a instituição do diaconato (At 6:1-15; e a decisão acerca das imposições dos judaizantes sobre os crentes gentios (At 15:6-30). Observemos algumas passagens dentro daquilo que quero inicialmente levantar:

Naqueles dias, levantou-se Pedro no meio dos irmãos (ora, compunha-se a assembléia de umas cento e vinte pessoas) e disse:[...]. (At 1.15)

Quem foram os participantes desta assembleia? Os apóstolos e os "irmãos".

Observemos a segunda passagem citada:

Então, os doze convocaram a comunidade dos discípulos e disseram: Não é razoável que nós abandonemos a palavra de Deus para servir às mesas. Mas, irmãos, escolhei dentre vós sete homens de boa reputação, cheios do Espírito e de sabedoria, aos quais encarregaremos deste serviço; e, quanto a nós, nos consagraremos à oração e ao ministério da palavra. O parecer agradou a toda a comunidade; e elegeram Estêvão, homem cheio de fé e do Espírito Santo, Filipe, Prócoro, Nicanor, Timão, Pármenas e Nicolau, prosélito de Antioquia. Apresentaram-nos perante os apóstolos, e estes, orando, lhes impuseram as mãos. (At 6:2-6)

Quem convocou a comunidade dos discípulos? Os doze. Quem elegeu os diáconos? Toda a comunidade, sob a bênção e aprovação dos apóstolos (liderança da igreja).

Por quais razões, no meio assembleiano brasileiro, a "comunidade" não participa da escolha dos diáconos? Seria em razão do modelo de governo eclesiástico episcopal? De resíduos do clericalismo medieval? Da herança do coronelismo histórico brasileiro? Da influência do período da ditadura militar? Do modelo organizacional administrativo e piramidal? De uma interpretação bíblica equivocada? Penso que de tudo isso há um pouco.

Sinceramente? Há milhares de diáconos que nunca alcançariam tal posição, se dependesse da escolha da igreja. A razão? Homens que não preenchem os requisitos de Atos 6.3:

Mas, irmãos, escolhei dentre vós sete homens de boa reputaçãocheios do Espírito e de sabedoria, aos quais encarregaremos deste serviço;

Graças a Deus pelos diáconos que se enquadram no perfil bíblico, que não são apresentados por caprichos ou pelos interesses inescrupulosos de algumas lideranças.

Na terceira passagem citada, Atos 15.6-30, chamo a atenção para os versículos abaixo:

Então, se reuniram os apóstolos e os presbíteros para examinar a questão. [...]Então, pareceu bem aos apóstolos e aos presbíteros, com toda a igreja, tendo elegido homens dentre eles, enviá-los, juntamente com Paulo e Barnabé, a Antioquia: foram Judas, chamado Barsabás, e Silas, homens notáveis entre os irmãos, [...]. Pois pareceu bem ao Espírito Santo e a nós não vos impor maior encargo além destas coisas essenciais: [...]. (Atos 15: 6,22 e 28)

No Concílio de Jerusalém, quem participou da assembleia e das decisões? Os apóstolos e os presbíteros, com toda igreja. Havia também a presença de uma pessoa, que já não é convidada para algumas assembleias e reuniões na atualidade: O Espírito Santo.

Sem mais delongas, a comunidade e o Espírito Santo já não participam de grande parte das nossas assembleias, reuniões e convenções. Quando participam, ficam sem vez e voz. As suas opiniões não são mais relevantes àqueles cujos interesses não estão no Reino de Deus, mas em seus próprios "reinos" e "impérios".

OS CONCÍLIOS AO LONGO DA HISTÓRIA DA IGREJA

Para uma visão geral dos concílios, acesse o seguinte link:Wikipédia-Concílios

QUESTÕES ATUAIS

De 12 a 14 de Abril, será realizada na cidade de Cuiabá-MT, a 40ª Assembleia Geral Ordinária da CGADB (Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil). Na ocasião serão tratadas algumas questões, dentre as quais:

1) Posicionamento da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB) quanto à nulidade ou anulabilidade do casamento, união estável e concubinato, e a revisão do posicionamento acerca do divórcio, com leitura de parecer elaborado pela Comissão Especial designada na última Assembléia Geral Ordinária; 2) Ênfase aos princípios pentecostais, face à celebração do Centenário das Assembléias de Deus; 3) Perigos que ameaçam as Assembléias de Deus no Brasil: a) Mornidão; b) Modismos neopentecostais; c) Remoção dos marcos antigos; d) Omissão dos valores eclesiásticos.

Quem são os culpados pela mornidão na igreja? Já se ouviu a opinião da comunidade sobre isso? Já foi ouvida a voz do Espírito?

Modismos neopentecostais? Vamos tirar as fogueiras santas das Assembleias de Deus? As voltas em Jericó? A travessia do Mar Vermelho? Os mergulhos no Rio Jordão? Os cultos da vitória? Os cultos dos milagres? Os cultos da restituição? As determinações e decretos nas orações? O "eu profetizo" das pregações? A barganha dos dízimos e ofertas? A teologia da prosperidade? A teologia da conquista? Vamos resolver, ou simplesmente recomendar?

Remoção de "marcos antigos"? De quais "marcos antigos" vamos tratar? Dos usos e costumes? Da doutrina? Da liturgia? Da identidade? Que identidade? Ainda temos uma? Qual? Teremos mais recomendações, sem advertências e disciplinas?

Como tratar com um líder ou convenção assembleiana local, regional e estadual que não acredita na existência do inferno? Que entende que o falar em línguas não é a única evidência do batismo com o Espírito Santo? Que não acredita na trindade? Que banalizou o divórcio, e que possui um número considerável de obreiros divorciados pelos mais banais motivos? Como normatizar usos e costumes num país multicultural como o nosso? Vamos impor novas ou velhas regras?

Por quais valores eclesiásticos vamos lutar? Pela integridade? Pela justiça? Pela verdade? Pelo respeito ministerial? Pela honestidade? pela verdadeira união e comunhão? Vamos reunir as lideranças em litígio, ou vamos procrastinar soluções e fazer de contas que está tudo bem?

Na conclusão da Lição Bíblica está escrito: "Que o exemplo dos santos apóstolos mova a igreja de Cristo a livrar-se de toda briga local [...]". Que esse exemplo nos livre também das "brigas nacionais", abertas e escandalosas.

Na condição de denominação, onde e como estaremos nós no próximo Centenário (se Jesus não voltar antes)? Em parte, vai depender das respostas que daremos às questões acima levantadas.

Será que teremos nesta 40ª AGO, assim como acontece nos anos de eleições, a participação de mais de 10.000 inscritos para tratar e decidir sobre questões tão relevantes? Gostaria de estar errado, mas penso que não chegaremos nem perto deste número.

Oremos por concílios, reuniões ou assembleias proveitosas, que de fato resolvam, estando também abertas para ouvir toda a comunidade e a voz do Espírito.

COMO CONTROLAR UM TEMPERAMENTO EXPLOSIVO





 Era uma vez um garoto que tinha um temperamento muito explosivo.


Um dia ele recebeu um saco cheio de pregos e uma placa de madeira.


O pai disse a ele que martelasse um prego na tábua toda vez que perdesse a paciência com alguém.


No primeiro dia o garoto colocou 37 pregos na tábua.
Já nos dias seguintes, enquanto ele ia aprendendo a controlar sua raiva, o número de pregos martelados por dia foram diminuindo, gradativamente.



Ele descobriu que dava menos trabalho controlar sua raiva do que ter que ir todos os dias pregar diversos pregos na placa de madeira...


Finalmente chegou um dia em que o garoto não perdeu a paciência em hora alguma.


Ele falou com seu pai sobre seu sucesso e sobre como estava se sentindo melhor em não explodir com os outros.


O pai sugeriu que ele retirasse todos os pregos da tábua e que a trouxesse para ele.


O garoto então trouxe a placa de madeira, já sem os pregos, e a entregou a seu pai.


Ele disse, "Você está de parabéns, meu filho, mas de uma olhada nos buracos que os pregos deixaram na tábua, a tábua nunca mais será como antes.



Quando você diz coisas estando com raiva, suas palavras deixam marcas como essas.


Você pode enfiar uma faca em alguém e depois retirá-la.


Não importa quantas vezes você peça desculpas, a cicatriz ainda continuará lá.


Uma agressão verbal é tão ruim quanto uma agressão física.


Amigos são como jóias raras. Eles te fazem sorrir e te encorajam para alcançar o sucesso.


Eles te emprestam o ombro, compartilham dos teus momentos de alegria, e sempre querem ter seus corações abertos para você."


Eu considero você um amigo e me sinto honrado por isso, E me desculpe se eu já deixei alguma marca na sua tábua 


TAG: COMO CONTROLAR UM TEMPERAMENTO EXPLOSIVO

LIÇÃO 05 - A INSTITUIÇÃO DA MONARQUIA EM ISRAEL / SUBSÍDIOS / CLASSE ADULTOS

Apresentado pelo Comentarista das Revistas Lições Bíblicas Adultos da CPAD, pastor Osiel Gomes