SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Marcadores

Aborto (11) ACONSELHAMENTO PRÉ-MATRIMÓNIAL (5) Adolecentes Cristão (2) ADPB (1) ADULTÉRIO (2) Agradecimento (1) Aniversario (10) Apologética Cristã (10) Arqueologia (1) As Inquisições (1) Assembleia de Deus (5) Barack Obama (2) Batismos (29) Bíblia (3) Brasil (48) Casamento (25) CGADB (19) Ciência (6) Círculo de Oração (5) CLASSE BERÇÁRIO (26) CLASSE DOS DISCIPULANDOS (55) CLASSE JOVENS E ADULTOS CENTRAL GOSPEL (73) CLASSE JOVENS E ADULTOS BETEL (153) CLASSE MATERNAL (104) Congresso (49) CPAD (6) Cruzada (3) Curiosidades (3) Cursos (3) Departamento Infantil (5) Depressão (2) Desaparecido (4) DESENHOS BIBLICOS (1) Desfiles (3) Dia do Pastor (4) Discipulado (64) Divórcio (4) EBD (20) EBO (21) Escatologia (2) Estudantes (2) Estudos (506) Eventos (118) FALECIMENTO (5) Família (16) Filmes (18) Galeria de Fotos (12) Gospel (285) Gratidão a Deus (1) Hinos Antigos (3) História (4) Homenagens (3) Homilética (4) Homoxesualismo (3) Ideologia de Gênero (12) Idolatria (3) Inquisição (2) Islamismo (10) Israel (18) JARDIM DA INFANCIA (7) LIção de Vida (2) Louvor (1) Luto (42) Maçonaria (3) Mães (3) Mensagens (56) Ministério (34) Missões (148) MODISMOS (2) Mundo (610) Mundo Cristão (178) MUSICAS EVANGÉLICAS (3) Namoro Cristão (8) Noivados (1) Notícias (3155) Obreiros (9) ONU (4) Oração (1) Pneumatologia (1) política (121) Psicopedagogia (3) Pureza sexual (8) Realidade Social (17) Reforma Protestante (4) RELIGIÕES (3) Retiro (4) REVISTA BETEL JOVENS (1) Revista Central Gospel (1) REVISTA CLASSE PRIMARIOS (230) REVISTA CLASSE DOS PRE-ADOLESCENTES (267) REVISTA CLASSE DOS ADOLESCENTES (280) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFANCIA (111) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFÂNCIA (111) REVISTA CLASSE JUNIORES (243) REVISTA DA CLASSE JOVENS CPAD. (189) REVISTA DA CLASSE JOVENS. (319) REVISTA DA CLASSE ADULTOS (872) REVISTA DA CLASSE JOVENS E ADULTOS (400) REVISTA DA CLASSE JUVENIS (262) Revista Maternal (63) Santa Ceia (3) Saúde (45) Seminário (4) Sexualidade (7) Subsídios (1507) Subsídios EBD (1900) Subsídios EBD Videos (595) Templos (3) Teologia (5) Testemunho (1) TRANSGÊNEROS (2) Utilidade publica (1) UTILIDADE PÚBLICA (2) Vida de Adolecente (5) videos (106) Virgilha (1)

14 março 2011

Feriado com salvação, milagres e avivamento na AD em Luziápolis-AL



Divulgação
Feriadão de carnaval com programação em Luziápolis
Feriadão de carnaval com programação em Luziápolis
Salvação de cinco pessoas e batismo de três com Espírito Santo foram destaques dos quatro dias de festa
Enquanto o mundo estava comemorando e se alegrando na festa da carne, a Assembleia de Deus (AD) em Luziápolis, conduzida pelo pastor Everaldo Cabral, viveu dias de muita glória e alegria. A festa começou no sábado (5) com a celebração da Santa Ceia, ministrada pelo dirigente e pelo pastor Geraldo da Silva, da AD em Campo Alegre, que foi o convidado da noite. Junto com o visitante estavam a esposa dele e um casal de irmãos.
No domingo (6) estavam presentes o pastor Gilvan e sua esposa Claudia, de Itabaiana- SE, que foram poderosamente usados por Deus, por meio da pregação e do louvor.
Já na segunda-feira (7), a tarde começou muito animada com o 1º Encontro de Crianças com o tema “Amigo de Deus” Tg 4.4. Mais de 50 crianças, coordenadas pelas irmãs Betânia, Jaciane, Cledja, Leandra e voluntárias, aprenderam sobre o significado do carnaval, se divertiram com brincadeiras e se deliciaram com lanches. À noite, além do casal, Pr. Gilvan e Claudia, estavam presentes o Pr. Claudio Dionísio, de Salvador-BA, o cantor João Paulo, de Coruripe, e a Banda Reprepré de Jeová que incendiou a Igreja com seu louvor pentecostal. O pastor Dionísio ministrou a palavra de Deus, duas pessoas aceitaram Jesus e o mover de Deus era visível entre os irmãos.
Na terça-feira (8), foi realizado o círculo de oração festivo com a presença de todas as dirigentes da sede e da congregação. Pela manhã, irmã Claudia louvou com a Igreja e trouxe uma palavra abençoada. À tarde, o Pr. Gilvan trouxe uma pregação direcionada aos jovens, falando sobre Sansão e Dalila e aconselhando-os sobre jugo desigual e como fazer a diferença neste mundo. O círculo de oração terminou com alegria, num ambiente tomado pela presença do Espírito Santo.
Na noite do último dia de festa o Pr. Gilvan foi o pregador da noite e mais uma vez foi poderosamente usado por Deus. Pessoas foram curadas, três foram batizadas com Espírito Santo e mais três aceitaram Jesus. Num grande avivamento, toda Igreja agradeceu a Deus pelas grandes maravilhas operadas nesse feriado que mais uma vez marcou a AD em Luziápolis.
Congregações
Galeria de imagens
Feriadão de carnaval com programação em Luziápolis
Feriadão de carnaval com programação em Luziápolis
Feriadão de carnaval com programação em Luziápolis
Feriadão de carnaval com programação em Luziápolis
Feriadão de carnaval com programação em Luziápolis
Feriadão de carnaval com programação em Luziápolis
Feriadão de carnaval com programação em Luziápolis
Feriadão de carnaval com programação em Luziápolis
Feriadão de carnaval com programação em Luziápolis
Feriadão de carnaval com programação em Luziápolis
Feriadão de carnaval com programação em Luziápolis
Feriadão de carnaval com programação em Luziápolis
Feriadão de carnaval com programação em Luziápolis
Feriadão de carnaval com programação em Luziápolis
Feriadão de carnaval com programação em Luziápolis
Feriadão de carnaval com programação em Luziápolis
Feriadão de carnaval com programação em Luziápolis
Feriadão de carnaval com programação em Luziápolis
Feriadão de carnaval com programação em LuziápolisFONTE AD  A LAGOAS

Tiros apavoram cristãos em Alagoas


Assembleianos estavam na Feira de Missões quando um homem disparou contra um motoqueiro

Tiros apavoram cristãos em Alagoas
Estava tudo tranquilo na noite de sábado em mais uma edição da tradicional Feira de Missões realizada mensalmente pela Assembleia de Deus em Benedito Bentes 1, quando pelo menos cinco tiros apavoraram os que participavam da atividade. A cena foi de muita correria tanto dos crentes como dos jovens que curtiam o parque de diversões armado na praça principal do bairro.

Informações do local, ainda pela noite, davam conta de que um rapaz a pé teria efetuado disparos contra um motoqueiro que passava pela praça. Populares disseram que o alvo não foi atingido. Entretanto, o relatório do Centro Integrado de Operações da Defesa Social (Ciods), da Polícia Militar de Alagoas, informa que Romero Nascimento de Oliveira, de 23 anos, morador do bairro, foi baleado sim.

O documento da PM divulga que ele foi atendido no mini-pronto socorro Denilma Bulhões, no Benedito Bentes, e, como o caso era mais grave, foi conduzido para o Hospital Geral do Estado (HGE), no Trapiche da Barra.

A tentativa de assassinato aconteceu por volta das 20h, exatamente no momento em que muita gente comprava lanches na feira missionária e cantava louvores a Deus. Apesar do susto, nenhum evangélico se feriu ou precisou de atendimento médico. Transeuntes entraram em pânico e muitos até caíram pela rua para se livrar da zona de tiro.

Duas viaturas do 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM) só chegaram ao local da ocorrência cerca de vinte minutos depois dos tiros. Os policiais fizeram rondas, mas não localizaram o autor dos disparos. Já os crentes continuaram a programação na praça normalmente.
FONTE CPAD NEWS

Programa de TV americano destaca avivamento no Brasil


Evangelista Pat Robertson afirma que o avivamento brasileiro é o que há de melhor no cristianismo do século 21

Programa de TV americano destaca avivamento no Brasil
Criado e dirigido pelo ministério do evangelista Pat Robertson, o canal de TV a cabo Christian Broadcast Network (CBN) noticiou na semana passada que o Brasil está experimentando um avivamento sem precedentes. Ressaltando a projeção que em 2020 os evangélicos serão 50% da população.

A reportagem destaca ainda as muitas horas de programação evangélica transmitida todos os dias por diversos canais da TV aberta e a cabo.

Entre os argumentos da matéria está o grande número de pessoas que frequenta igrejas como a Batista da Lagoinha, em Belo Horizonte, que hoje conta com cerca de 35 mil membros. Também mostra que gravações dos DVDs do ministério Diante do Trono conseguem reunir mais de um milhão de pessoas.

Mostra ainda que apóstolos e evangelistas com ministérios que incluem sinais e maravilhas elegeram o Brasil como o local de maior mover de Deus. Randy Clark da rede Apostólica Global Awakening, por exemplo, tem usado suas viagens ao país para, segundo ele mesmo, “treinar crentes americanos comuns a mover-se em meio a milagres”. Ele conta que as pessoas estão pagando milhares de dólares para viajar até o Brasil apenas para orar por pessoas pedindo cura.

O apóstolo acredita que o cristianismo cheio do Espírito irá “derrotar o humanismo e o ateísmo por causa das demonstrações de poder desse avivamento”. Durante décadas, a Índia e algumas nações africanas eram usadas como “campos de treinamento” desse tipo de missionários. Parece que hoje o país se tornou uma potência emergente também para a religião.

A CBN afirma que o avivamento brasileiro é o que há de melhor no cristianismo do século 21. A reportagem destaca ainda que os cristãos brasileiros aprenderam a votar e que isso tem levado a inúmeras mudanças na sociedade brasileira. Conclui ainda que os evangélicos brasileiros aprenderam a mudar o mundo a sua volta. “As taxas de crime têm diminuído. Podemos ver mudanças políticas acontecendo. O Senhor toca o governo de uma cidade e são tomadas decisões que beneficiam toda a população”, explica Mike Shea, canadense radicado no Brasil.

Entre as figuras de destaque da reportagem, com declarações que confirmam o avivamento brasileiro, estão Mike Shea, do ministério Casa de Davi (PR), e Márcio Valadão, da Lagoinha (MG). Esta última, inclusive, é apontada como o “berço do avivamento que varre o país”, pois mais de uma centena de pessoas une-se a essa igreja a cada semana.

Reproduzida em dezenas de sites norte-americanos, a matéria da CBN colabora para o fortalecimento da teologia dominionista, que reivindica o poder e o domínio do planeta para os cristãos nas próximas décadas. Segundo vários líderes, o Brasil será uma das primeiras nações a presenciar isso.

Confira a reportagem:



CPAD NEWS

Fórum de Missões em Recife


Primeira Igreja Batista realizará no dia 27 de março com o tema ´Eles também precisam da Graça do Pai`

Fórum de Missões em Recife
A Primeira Igreja Batista em Dois Unidos, Recife/PE, realizará, no dia 27 de março, o III Fórum de Missões. 

O foco será o papel da igreja na evangelização mundial e local. 

O tema será o mesmo da Campanha 2011 da Junta de Missões Mundiais: "Eles também precisam da Graça do Pai", com a divisa em Tito 2.11 "Porque a graça de Deus se há manifestado, trazendo salvação a todos os homens”.

Programação
9h00 – Devocional de abertura

09h15 – Oficinas
- Programa Esportivo Missionário (Thiago Ferreira e Magali Ferreira)
- Radical África (Rafael Dantas e Rinaldo Silva)
- Crianças Missionárias (Florisa Rocha e Meydja Franciele)

10h15 – Culto missionário (Testemunho da missionária Maria Lucinalva – Guiné Equatorial)

11h30 – Encerramento do turno manhã

18h30 – Debate: Qual a missão da igreja local?

19h30 – Culto missionário (Mensagem: missionária Valdicilene Nascimento)
FONTE CPAD NEWS

Pastor brasileiro no Japão diz que Deus guarda


Autoridades confirmam mais de 1.300 mortos e mais de 1.400 desaparecidos nas áreas afetadas

Pastor brasileiro no Japão diz que Deus guarda
Depois do terremoto e tsunami no Japão, pastor brasileiro disse, "Deus ele realmente guarda ele protege aqueles que são seus".

A região afetada pelo terremoto e posterior tsunami já apresentou até o momento mais de 1.300 mortos e mais de 1.400 desaparecidos nas áreas afetadas.

Pastor da Igreja Internacional da Graça de Deus (IIGD) na cidade de Toyota, província de Aichi, no Japão, Serikako Hiroshi, falou antes de sua pregação nesta sexta-feira, que foi possível sentir o terremoto.

O tsunami seguido ao terremoto e alcançou as áreas da cidade de Sendai arrastando carros, barcos em imagens impressionantes. Ainda não há informações sobre vítimas brasileiras, segundo o embaixador do Brasil no país. Na região próxima ao epicentro, segundo informações da embaixada, vivem aproximadamente 17 mil brasileiros.

A outra sede da Igreja IIGD, localizada em Gunma na região nordeste do país, mais próximo ao local terremoto, chegou a ser atingida, mas sem grandes estragos. "A nossa Igreja de Gunma também foi atingida, faltou luz, não quebrou nada, mas eu não sei se o pastor conseguiu fazer a reunião lá hoje," informou ele.

Segundo ele, foi feito contato com a Igreja e foi informado que a cidade estava sem luz. "Ficou um caos na província de Gunma, em Oizumi." Hiroshi relatou que o pastor da Igreja de Gunma teria dito que, "as casas ao redor até destelharam, e que parecia que iria cair tudo. Mas o lugar onde eles moram estava tranquilo."

"Deus ele realmente guarda, ele protege aqueles que são seus," disse o pastor.

Hiroshi falou sobre a confiança em Deus ao confortar a sua mãe que está no Brasil. Ele disse não estar tão preocupado. "As balas do Brasil matariam mais do que os terremotos daqui," disse ele.

"O importante é que a gente esteja com Deus, confiando e andando com Deus," falou ele com confiança.
FONTE CPAD NEWS

AS VIAGENS MISSIONÁRIAS DE PAULO - lição 12




Texto Áureo: At. 13.2 – Leitura Bíblica em Classe: At. 13.46-49

Objetivo: Mostrar aos alunos que a expansão da igreja é um processo que envolve a ação do Espírito Santo e a obediência irrestrita do crente ao ide evangelístico de Jesus.

INTRODUÇÃO 
Antes de ascender ao Céu, Jesus reuniu seus discípulos a fim de lhes passar determinadas instruções. Esse momento costuma ser denominado de Grande Comissão e se encontra registrado ao final dos quatro evangelhos e no início de Atos. Seguindo as instruções do Senhor, os discípulos deveriam fazer discípulos (Mt. 28.19) em todas as etnias (Mc. 16.15), pregar sobre a Sua morte e ressurreição (Lc. 24.46), partir como enviados de Cristo (Jo. 20.21) e depender sempre do poder do Espírito do Santo para no testemunho do evangelho (At. 1.8). O Apóstolo Paulo levou a sério a ordem do Senhor e, em três viagens missionárias, foi poderosamente usado pelo Espírito na expansão do evangelho.

1. PRIMEIRA VIAGEM MISSIONÁRIA
A primeira viagem missionária de Paulo está registrada em Atos 13.1 a 14.28. Essa foi uma missão para os gentios e o Apóstolo partiu de Antioquia. Do Porto da Selêucia, Ele seguiu juntamente com seus companheiros. A partir de Salamina viajaram toda a extensão da ilha, pregando inicialmente nas sinagogas dos Judeus. Durante essa viagem Paulo teve contato com o Proconsul Sergio Paulo. Seguindo viagem, aportou em Perge na Panfília. Naquela ocasião Barnabé era o líder, Paulo o pregador, e João Marcos – primo de Barnabé – um auxiliar. Ao deixar Chipre – cidade de Barnabé – Paulo assumiu a liderança e Marcos os abandonou, retornando para Jerusalém (At. 13.13). Paulo e Barnabé seguiram rumo ao norte, em direção da província da Galácia. Ele visitaram Antioquia (da Psídia), Icônio, Listra e Derbe. Em Antioquia Paulo pregou na sinagoga, discorrendo sobre a história de Israel e o cumprimento das promessas de Deus a respeito da vinda do Salvador, Jesus. A ênfase do Apóstolo foi posta sobre o perdão dos pecados e da justificação por meio da fé em Cristo (At. 13.38-39). Esses temas seriam enfatizados na Epístola aos Gálatas, escrita durante essa primeira viagem, na qual se opõe veemente à doutrina judaizante (Gl. 1.1-9). Enquanto se encontravam em Icônio, o Senhor realizou muitos sinais e maravilhas pelas mãos dos apóstolos (At. 14.3; Gl. 3.5). Em Listra, cidade em que Zeus e Hermes eram adorados (At. 14.11,12), Paulo curou um homem aleijado desde o ventre da mãe e isso fez com que as pessoas da cidade quisessem adorar a ele e Barnabé como deuses. Mesmo assim, judeus vieram de Antioquia e Icônio a fim de persegui-los, e por fim, apedrejaram a Paulo, deixando-o morto. Milagrosamente Ele se levantou após o apedrejamento e seguiu no dia seguinte juntamente com Barnabé para a cidade de Derbe. Ao retornar para Antioquia, Paulo passa, então, a ser como o Apóstolo do evangelho da incircuncisão” (At. 15.22-26; Gl. 2.7).

2. SEGUNDA VIAGEM MISSIONÁRIA
A segunda viagem missionária de Paulo se encontra registra em At. 15.36 s 18.22. Essa pretendia ser uma viagem para visitar as cidades nas quais o evangelho de Cristo havia sido pregado (At. 15.36). Antes da partida ocorreu um desentendimento entre Paulo e Barnabé, por causa do interesse de João Marcos de acompanhá-los, e isso acabou por separá-los, então, Paulo decidiu seguir com Silas em direção a Siria e Cilicia, com a benção da igreja (At. 15.40), iniciando pela Galácia. O interesse central de Paulo estava na Macedônia e em Acaia. Paulo tomou também consigo seu filho na fé, Timóteo, quando passavam por Listra (At. 16.3). Em resposta a uma visão (At. 16.9,10), os missionários embarcaram para a Macedônia (At. 16.6-10), dando iniciou a evangelização em solo europeu. Na Macedônica, três cidades foram escolhidas como pontos centrais para a evangelização: Filipos (At. 16.12-40), Tessalônica (At. 17.1-9) e Beréia (At. 17.10-14), e em Acaia, duas cidades foram visitadas: Atenas (At. 17.15-34) e Corinto (At. 18.1-18). Em Filipos Paulo encontrou pessoas tementes a Deus (At. 16.12) e Lídia, uma adoradora do Senhor (At. 16.14). Esse gentios foram os primeiros a responderem ao evangelho de Cristo e a serem salvos (At. 16.31-34). Nessa cidade os mensageiros do Senhor sofreram perseguição e foram postos na prisão, onde oravam e louvavam ao Senhor, e, após intervenção divina, o carcereiro e sua família se converteram ao Senhor (At. 16.20,21). Após ser liberado da prisão, Paulo apelou para sua cidadania romana, algo que poderia ter prevenido que ele fosse açoitado (At. 16.22-24). Tessalônica era a capital da província da Macedônia e naquele lugar Paulo começou a pregar na sinagoga, confrontando os ouvintes à luz das Escrituras (At. 17.2). Os missionários acabaram sendo acusados de sedição contra o império romano, por apregoarem outro rei, Jesus (At. 17.7). Por causa disso, eles tiveram que fugir da cidade e seguiram para Beréia, onde permaneceram por pouco tempo, atentando, que naquela cidade, havia nobreza, pois os ouvintes eram criteriosos no exame das Escrituras (At. 17.10-15). Em seguida Paulo entrou na província de Acaia, em uma das suas mais importantes cidades, Atenas, famosa pela quantidade de ídolos, causando incômodo ao Apóstolo (At. 17.16). Em Atenas ele tanto pregou nas sinagogas quanto nos lugares públicos, onde encontrou os filósofos epicureus e estóicos, que consideraram Paulo não mais do que um falastrão (At. 17.18). Em Atenas Paulo pregou sobre o Deus Desconhecido dos atenienses, e falou a respeito de Jesus e da ressurreição. Em oposição ao pensamento filosófico, Ele expôs a doutrina de um Deus pessoal e vivo que criou o mundo e que o sustenta e que um dia haverá de julgá-lo, portanto, argumentou o Apóstolos, todos devem se arrepender (At. 17.22-34). Após sair de Atenas Paulo seguiu para Corinto onde permaneceu por um ano e meio. Na cidade Paulo foi hospedado por um casal, Áquila e Priscila, companheiros de fé e profissão, também fabricantes de tendas (Rm. 16.3-5). Em Corinto Paulo foi acusado pelos judeus de adorar a Deus de modo contrário à Lei, resultando na sua apresentação, perante Gálio, no tribunal (At. 18.15-17). Após uma rápida visita a Éfeso, Paulo seguiu viagem, prometendo retornar se essa fosse à vontade do Senhor, e logo retornou para Antioquia (At. 18.19-21). Durante essa segunda viagem missionária Paulo escreveu duas cartas: I e II Epístolas aos Tessalonicenses.

3. TERCEIRA VIAGEM MISSIONÁRIA
A terceira viagem missionária de Paulo se encontra registrada em At. 18.23 a 21.14. O Apóstolo segue mais uma vez em direção a região da Galácia e da Frigia. Em seguida, segue rumo a Ásia, para sua principal cidade, Éfeso. Nesse local ele permaneceu por aproximadamente dois a três anos, sua estada mais longa em um mesmo lugar (At. 19.8-10; 20.31). Lucas testemunha que durante a permanência de Paulo na cidade, todos que habitavam na Ásia ouviram a palavra do Senhor, tanto judeus quanto gregos (At. 19.10) e que a palavra de Deus prevalecia poderosamente (At. 19.20). Após deixar Éfeso, Paulo seguiu rumo a Trôade (II Co. 2.12-13), depois para a Macedônia e Grécia, onde passou três meses (At. 20.3). Enquanto se encontrava em Corinto, escreveu sua Epístola aos Romanos. Quando retornava de Filipos e Trôade, passou por Mileto e encontrou-se com os presbíteros da igreja de Éfeso (At. 20.17-35) com o objetivo de reafirmar seu ministério perante eles, e encarregá-los de responsabilidades pastorais, advertindo-os também quanto ao perigo das heresias que viriam após a sua partida (At. 20.28-31). Desejoso de ir a Jerusalém, para Festa de Pentecoste (At. 20.16), Paulo partiu em direção a Tiro e Cesaréia (At. 21.3-6; 8-16), onde foi advertido a respeito dos perigos que sobreviriam sobre ele. Mesmo assim, seguiu para Jerusalém (At. 21.13), levando consigo a coleta dos irmãos para os necessitados (I Co. 16.1-4; II Co. 8-9; Rm. 15.25-27). Enquanto era recebido por Tiago e os anciãos da igreja, alguns judeus da Ásia, que estavam presentes em Jerusalém, para celebrar a Festa de Pentecoste, acusaram Paulo de profanar a área do templo (At. 21.27-36), o que resultou em sua prisão pela capitão romano da cidade. Nessa viagem missionária, além da Epístola aos Romanos, Paulo escreveu I e II Coríntios.

CONCLUSÃO
As viagens missionárias de Paulo revelam seu profundo amor a Jesus Cristo, bem como a seriedade que esse atribuía à obra evangelizadora. Ele tinha profunda convicção do seu chamado para levar o evangelho às nações (Gl. 1. 15,16; Rm. 1.1; I Co. 1.1). Ele não se envergonhava do evangelho, pois reconhecia neste o poder de Deus para salvação de todo aquele que crer (Rm. 1.16). O Apóstolo dos Gentios não temia oposição e muito menos adversidades, pois estava ciente da responsabilidade que recaia sobre os seus ombros (I Co. 9.16). O teor da mensagem missionária paulina era, repetidamente, Jesus Cristo, o Ressuscitado (I Co. 1.30; II Co. 4.5). A dedicação de Paulo à obra missionária era tão intensa que o fazia afirmar que ele não mais vivia, mas Cristo vivia nele (Gl. 2.20), e que para ele o viver era Cristo e o morrer era lucro (Fp. 1.20). Paulo a nada temia, e como muitos missionários espalhados pelo mundo atualmente, pelo quais devemos orar e contribuir, testemunhava de Jesus, a fim de que o Senhor fosse manifestado na vida dele (II Co. 4.10,11). Que como Paulo, e esses destemidos missionários, sejamos também capazes de, pelo Espírito, afirmar: “ai de mim se não pregar o evangelho”!  fonte subsidio EDB