25 outubro 2011

Parlamentares apelam pela vida do pastor Nadarkahni



Yousef foi condenado por abandonar o islamismo e sentenciado à morte por enforcamento

Parlamentares apelam pela vida do pastor Nadarkahni
Uma delegação de parlamentares será recebida na Embaixada do Irã na manhã desta terça-feira (25/10) para discutir o caso do pastor Yousef Nadarkahni e buscar clemência a ele. Yousef foi condenado por abandonar o islamismo e sentenciado à morte por enforcamento após afirmar sua fé em Jesus Cristo.

Parlamentares como o deputado federal Marcelo Aguiar (PSD/SP), entre outros, elaboraram a moção 3439/2011, manifestando apoio ao pastor sentenciado à morte.

Na quarta-feira passada, Marcelo Aguiar e Marco Feliciano se reuniram com o embaixador Sérgio França Danese, da Assessoria Especial de Assuntos Federativos e Parlamentares, do Ministério de Relações Exteriores.

“Senti, no encontro, a sinalização de apoio à nossa luta. Entendemos a necessidade de cautela e discrição por parte do Ministério na busca por esse diálogo, mas acredito que avançamos muito na luta pela vida do pastor iraniano”, afirmou Marcelo Aguiar.

Segundo o site Guia-me, o embaixador já chegou ao encontro, realizado na Câmara dos Deputados, munido da moção e elogiou a iniciativa dos parlamentares.

“Acredito que, quando o tema é sério como esse, o que ajuda no diálogo é exatamente esse tipo de manifestação do Parlamento”, afirmou Dalese. O embaixador assumiu o compromisso de levar, ao ministro Antonio Patriota, as indagações e manifestações dos deputados.

Depois de terminado o encontro, os parlamentares das Frentes decidiram produzir um documento que será entregue na Embaixada do Irã e encaminhado ao Parlamento iraniano. O documento pede clemência ao pastor Yousef e tem o objetivo de demonstrar as preocupações do grupo com a garantia dos Direitos Humanos e da liberdade religiosa.


Fonte: Christian Post

AD de Pernambuco encerra a maior Escola Bíblica de Obreiros do Brasil com culto de quase 4h de duração




11.100. Esse foi o número de obreiros que participaram da 55ª Escola Bíblica da Assembleia de Deus de Pernambuco, a maior já realizada no Brasil (a segunda maior tinha cerca de cinco mil inscritos). Foram oito dias de aulas, ensinos, aprendizados e celebrações de louvor e adoração no Templo Central, no Recife.

O último culto da EBO começou 15 minutos mais cedo. Só já era possível notar muita gente chegando ao TC às 17h. Enquanto o culto não começava, uns aproveitaram para fazer um lanche na cantina do Projeto Samuel, outros para conversar dentro do templo, e teve até quem comprasse uns livrinhos no estande da CPAD... Gente não faltou para lotar a igreja sede no encerramento da maior festividade da IEADPE.

A liturgia do culto seguiu a tradição. Primeiro, os cânticos congregacionais. Em seguida, os grupos – Coral Filadélfia e Coro e Orquestra Doce Harmonia – e os cantores – Josafá Silva, Alberes Nascimento, Eliã Oliveira, Jair Santos e Ivonaldo Albuquerque –louvaram a Deus com suas músicas.

O Templo Central contou com a presença de caravanas oriundas de Moreno, Quipapá, Jussaral, Gameleira, Goiana e Angelim, além dos crentes de vários bairros da capital. Os pastores de outras localidades eram poucos, mas participaram do último dia o pastor Juan Carlos Escobar (presidente da AD na Espanha) e o pastor João Antônio dos Santos (presidente da AD das Alagoas).

A mensagem foi transmitida, mais uma vez, pelo pastor Escobar. Ele baseou sua palavra no Salmo 126, falando acerca das promessas de Deus nos momentos difíceis. O pastor falou que o que o Senhor promete se mantém de pé, independente das circunstâncias. “Há momentos em que estamos cativos, mas as promessas de Deus e o Evangelho de Jesus nunca ficam cativos, presos”, destacou pastor Escobar.

O pastor espanhol também destacou, na mensagem, a fé de Abraão, que creu que Deus tinha poder para fazer cumprir as Suas promessas, apesar das condições inversas de Sara. “Não houve inseminação, nem enxerto para conceber Isaque. O Espírito Santo agiu num corpo que estava quase ‘morto’”, pontuou.

Por fim, o pastor Juan Carlos falou que, com Deus, há a alegria de ver as promessas sendo cumpridas. “Quando Deus nos faz voltar do cativeiro, nosso rosto se transforma em semblante de riso”, disse.

Após a mensagem, o pastor Ailton apresentou à igreja o novo missionário da AD de Pernambuco. Trata-se do presbítero Emanuel França, que, junto com esposa e filho, partirá para a África do Sul. Ele vai dar suporte ao trabalho em inglês em Johanesburgo ao lado do missionário Shóstenes Pereira.

Em seguida, foi a vez da separação dos diáconos do Recife serem chamados pelo pastor Jayme Alexandre, da AD de Caruaru. Ao todo, foram 186 novos candidatos separados para o diaconato da igreja. Eles receberam a palavra de orientação bíblica do pastor Dário Tavares, da AD de Jaboatão, que os alertou sobre as atribuições e cuidados do diácono, seja em casa ou na igreja, e ainda lembrou: “vocês devem ser bons de culto”.

Na sequência, foi a vez de 48 novos presbíteros da capital serem chamados pelo pastor Simas Dias para serem consagrados. Eles receberam a palavra orientadora do pastor-presidente da AD das Alagoas, João Antônio dos Santos, que lhes lembrou da honra e da felicidade que a chamada para o presbitério propicia.

O relógio já apontava quase 22h30, quando o pastor-presidente da AD de Pernambuco, Ailton José Alves, encerrou o último de EBO após os agradecimentos e considerações finais. Entre 80 e 100 mil pessoas, entre obreiros, visitantes, membros e congregados, participaram do evento mais longo da IEADPE.

A próxima festa da igreja será o 12º Congresso de Adolescentes, em janeiro. O A-BD agradece a visita recorde dos leitores.

Abaixo, as fotos do último dia de EBO.
 


 

 

 

 

 

 

 

 

 


A-BD


11.100. Esse foi o número de obreiros que participaram da 55ª Escola Bíblica da Assembleia de Deus de Pernambuco, a maior já realizada no Brasil (a segunda maior tinha cerca de cinco mil inscritos). Foram oito dias de aulas, ensinos, aprendizados e celebrações de louvor e adoração no Templo Central, no Recife.

O último culto da EBO começou 15 minutos mais cedo. Só já era possível notar muita gente chegando ao TC às 17h. Enquanto o culto não começava, uns aproveitaram para fazer um lanche na cantina do Projeto Samuel, outros para conversar dentro do templo, e teve até quem comprasse uns livrinhos no estande da CPAD... Gente não faltou para lotar a igreja sede no encerramento da maior festividade da IEADPE.

A liturgia do culto seguiu a tradição. Primeiro, os cânticos congregacionais. Em seguida, os grupos – Coral Filadélfia e Coro e Orquestra Doce Harmonia – e os cantores – Josafá Silva, Alberes Nascimento, Eliã Oliveira, Jair Santos e Ivonaldo Albuquerque –louvaram a Deus com suas músicas.

O Templo Central contou com a presença de caravanas oriundas de Moreno, Quipapá, Jussaral, Gameleira, Goiana e Angelim, além dos crentes de vários bairros da capital. Os pastores de outras localidades eram poucos, mas participaram do último dia o pastor Juan Carlos Escobar (presidente da AD na Espanha) e o pastor João Antônio dos Santos (presidente da AD das Alagoas).

A mensagem foi transmitida, mais uma vez, pelo pastor Escobar. Ele baseou sua palavra no Salmo 126, falando acerca das promessas de Deus nos momentos difíceis. O pastor falou que o que o Senhor promete se mantém de pé, independente das circunstâncias. “Há momentos em que estamos cativos, mas as promessas de Deus e o Evangelho de Jesus nunca ficam cativos, presos”, destacou pastor Escobar.

O pastor espanhol também destacou, na mensagem, a fé de Abraão, que creu que Deus tinha poder para fazer cumprir as Suas promessas, apesar das condições inversas de Sara. “Não houve inseminação, nem enxerto para conceber Isaque. O Espírito Santo agiu num corpo que estava quase ‘morto’”, pontuou.

Por fim, o pastor Juan Carlos falou que, com Deus, há a alegria de ver as promessas sendo cumpridas. “Quando Deus nos faz voltar do cativeiro, nosso rosto se transforma em semblante de riso”, disse.

Após a mensagem, o pastor Ailton apresentou à igreja o novo missionário da AD de Pernambuco. Trata-se do presbítero Emanuel França, que, junto com esposa e filho, partirá para a África do Sul. Ele vai dar suporte ao trabalho em inglês em Johanesburgo ao lado do missionário Shóstenes Pereira.

Em seguida, foi a vez da separação dos diáconos do Recife serem chamados pelo pastor Jayme Alexandre, da AD de Caruaru. Ao todo, foram 186 novos candidatos separados para o diaconato da igreja. Eles receberam a palavra de orientação bíblica do pastor Dário Tavares, da AD de Jaboatão, que os alertou sobre as atribuições e cuidados do diácono, seja em casa ou na igreja, e ainda lembrou: “vocês devem ser bons de culto”.

Na sequência, foi a vez de 48 novos presbíteros da capital serem chamados pelo pastor Simas Dias para serem consagrados. Eles receberam a palavra orientadora do pastor-presidente da AD das Alagoas, João Antônio dos Santos, que lhes lembrou da honra e da felicidade que a chamada para o presbitério propicia.

O relógio já apontava quase 22h30, quando o pastor-presidente da AD de Pernambuco, Ailton José Alves, encerrou o último de EBO após os agradecimentos e considerações finais. Entre 80 e 100 mil pessoas, entre obreiros, visitantes, membros e congregados, participaram do evento mais longo da IEADPE.

A próxima festa da igreja será o 12º Congresso de Adolescentes, em janeiro. O A-BD agradece a visita recorde dos leitores.

Abaixo, as fotos do último dia de EBO.
 


 

 

 

 

 

 

 

 

 


A-BD

Lição 1, Daniel ora por um despertamento - 05 de Julho de 2020

Ajuda para a Lição -

Wikipedia

Resultados da pesquisa