SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Marcadores

Aborto (11) ACONSELHAMENTO PRÉ-MATRIMÓNIAL (5) Adolecentes Cristão (2) ADPB (1) ADULTÉRIO (2) Agradecimento (1) Aniversario (10) Apologética Cristã (10) Arqueologia (1) As Inquisições (1) Assembleia de Deus (5) Barack Obama (2) Batismos (29) Bíblia (3) Brasil (48) Casamento (25) CGADB (19) Ciência (6) Círculo de Oração (5) CLASSE BERÇÁRIO (26) CLASSE DOS DISCIPULANDOS (55) CLASSE JOVENS E ADULTOS CENTRAL GOSPEL (71) CLASSE JOVENS E ADULTOS BETEL (146) CLASSE MATERNAL (103) Congresso (49) CPAD (6) Cruzada (3) Curiosidades (3) Cursos (3) Departamento Infantil (5) Depressão (2) Desaparecido (4) DESENHOS BIBLICOS (1) Desfiles (3) Dia do Pastor (4) Discipulado (64) Divórcio (4) EBD (20) EBO (21) Escatologia (2) Estudantes (2) Estudos (505) Eventos (118) FALECIMENTO (5) Família (16) Filmes (18) Galeria de Fotos (12) Gospel (284) Gratidão a Deus (1) Hinos Antigos (3) História (4) Homenagens (3) Homilética (4) Homoxesualismo (3) Ideologia de Gênero (12) Idolatria (3) Inquisição (2) Islamismo (9) Israel (18) JARDIM DA INFANCIA (7) LIção de Vida (2) Louvor (1) Luto (42) Maçonaria (3) Mães (3) Mensagens (56) Ministério (34) Missões (147) MODISMOS (2) Mundo (608) Mundo Cristão (178) MUSICAS EVANGÉLICAS (3) Namoro Cristão (8) Noivados (1) Notícias (3155) Obreiros (9) ONU (4) Oração (1) Pneumatologia (1) política (121) Psicopedagogia (3) Pureza sexual (8) Realidade Social (17) Reforma Protestante (4) RELIGIÕES (3) Retiro (4) REVISTA BETEL JOVENS (1) Revista Central Gospel (1) REVISTA CLASSE PRIMARIOS (229) REVISTA CLASSE DOS PRE-ADOLESCENTES (267) REVISTA CLASSE DOS ADOLESCENTES (280) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFANCIA (111) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFÂNCIA (110) REVISTA CLASSE JUNIORES (242) REVISTA DA CLASSE JOVENS CPAD. (185) REVISTA DA CLASSE JOVENS. (319) REVISTA DA CLASSE ADULTOS (872) REVISTA DA CLASSE JOVENS E ADULTOS (389) REVISTA DA CLASSE JUVENIS (262) Revista Maternal (63) Santa Ceia (3) Saúde (45) Seminário (4) Sexualidade (7) Subsídios (1507) Subsídios EBD (1900) Subsídios EBD Videos (592) Templos (3) Teologia (5) Testemunho (1) TRANSGÊNEROS (2) Utilidade publica (1) UTILIDADE PÚBLICA (2) Vida de Adolecente (5) videos (106) Virgilha (1)

06 janeiro 2012

Escola Bíblica de Obreiros ADPB 2012



De 26 a 28 de Janeiro de 2012 a Assembleia de Deus na Paraíba estará reunida na 13ª EBO - Escola Bíblica para Obreiros que será realizada no Templo Central da AD em João Pessoa.

Na mesma ocasião será realizada a 13ª AGO - Assembleia Geral Ordinária, onde os ministros da AD na Paraíba estarão reunidos sob a orientação do Espírito Santo de Deus para traçar planos de ação e metas para o ano que se inicia e ainda elegerão o presidente da COMADEP (Convenção de Ministros da Assembleia de Deus na Paraíba) para o biênio que segue.

O tema da 13ª EBO é "Os desafios para o Obreiro Aprovado" e está centrado na Epístola de II Pedro  1.3-8.

Durante a 13ª EBO haverá consagrações para diaconos, presbíteros e ministros, onde os diáconos e presbíteros serão indicados pelas igrejas locais e aprovados pela Convenção Estadual, já os ministros serão indicados e aprovados pela Convenção Estadual.

Vários preletores já confirmaram presença no evento, a exemplo do Pastor Elienai Cabral (DF), Samuel Câmara (PA), Cláudio Gama (RJ), Miguel Ferreira Campos (RN), Josué Brandão (BA), Miguel Rodrigues (BA), Gilvan Rodrigues (PB), Missionária Izabel Falcão (PB) e muitos outros.  fonte AD SOUSA


CONFIRA A NOVA CLASSIFICAÇÃO DE PAÍSES POR PERSEGUIÇÃO!



Classificação de países por perseguição


Todos os anos, a Portas Abertas publica uma lista com os os 50 países mais opressores ao cristianismo. Em 2012, os cinco países onde é mais difícil viver como cristão são:
1. Coreia do Norte
2. Afeganistão
3. Arábia Saudita
4. Somália
5. Irã
Faça  o download do mapa abaixo e entregue para seus amigos, coloque no mural de sua igreja. Divulgue a causa daqueles que pagam um alto preço somente porque escolheram seguir a fé cristã.
Recursos para download:
A Portas Abertas desenvolveu a Classificação de países por perseguição com base em suas experiências de campo, pois precisava de algum padrão para comparar a situação da Igreja cristã em vários países. Por exemplo: como comparar a perseguição na China com a da Arábia Saudita? Esse padrão precisava ser o mais objetivo possível. E a Classificação tornou possível distinguir situações e delinear prioridades para ações e projetos. Esse é o valor fundamental do levantamento: uma forma de determinar onde a necessidade é mais urgente.
O trabalho é renovado todos os anos pelo departamento de pesquisa da Portas Abertas Internacional e visa fundamentar as ações empreendidas no campo. Embora os métodos empregados na confecção da Classificação procurem ser o mais fidedignos possível, a lista não tem a pretensão de ser vista como um trabalho acadêmicostrictu sensu. Desse modo, a Portas Abertas recomenda aos usuários que tomem a Classificação mais como um elemento de mobilização e conscientização do que como um relatório acadêmico.

Como a Classificação é formada
Ao chegar a um país, a Portas Abertas procura os cristãos locais e lhes pergunta como pode ajudá-los. Em 95% dos casos, esses cristãos pedem oração. O segundo pedido sempre é por Bíblias, materiais de estudo e treinamento.

A Portas Abertas seleciona os países que irá ajudar a partir dos seguintes critérios:
• A Igreja local pode extinguir-se caso não haja ajuda externa
• A obtenção de Bíblias não é possível por meios oficiais
• Existe possibilidade logística (condições de transporte, armazenagem e distribuição dos materiais)
• O país está em localização estratégica e recebeu a solicitação de irmãos locais
A Portas Abertas não atua nos 90 países pesquisados. Também não são necessariamente desenvolvidos projetos nos 50 países da lista, mas dentre os 90 países, cerca de 50 possuem projetos de campo sendo desenvolvidos pela Portas Abertas.
Atualmente, a pesquisa é realizada por meio de alguns contatos, mas a Portas Abertas Internacional está em vias de obter o apoio de um órgão externo que endossará a lista. A Classificação hoje é o resultado de um questionário específico, desenvolvido com perguntas padronizadas sobre:
• A situação legal dos cristãos no país
• A atitude do regime político em relação à comunidade cristã
• A liberdade da Igreja para organizar eventos
• O papel da Igreja na sociedade
• O tratamento de cristãos considerados individualmente
• Outros fatores limitadores da vida de igrejas e cristãos. 
As respostas a essas questões oferecem um bom vislumbre sobre a falta de liberdade de opção religiosa e prática da fé. Há 49 questões desse tipo para serem respondidas. São perguntas de múltipla escolha e a cada resposta é atribuída uma avaliação em pontos.
Quanto mais pontos um país recebe, pior a situação. Dessa forma, a Portas Abertas resolveu o problema de comparar países entre si e montou uma lista com maior objetividade. Com uma rede internacional de informantes, a organização publica uma atualização da lista todos os anos.
Os dados são coletados por meio de alguns contatos:
• As igrejas locais nos países onde há perseguição, a fonte mais importante de informações
• As bases de projeto, que informam sobre os países onde trabalham
• Especialistas em várias áreas de conhecimento nesses países
• Viajantes, que são convidados a colaborar com suas impressões sobre a situação atual do país
• Funcionários da Portas Abertas Internacional, que levam o questionário em suas viagens e pedem a diversos contatos que o preencham.
O procedimento é executado desde 1993. Desde janeiro de 2003 aClassificação de países por perseguição é atualizada uma vez ao ano.  fonte portas abertas

Homens armados matam seis em igreja na Nigéria



Várias igrejas estão sendo atacadas no país


Homens armados matam seis em igreja na Nigéria
Homens armados atacaram uma igreja no nordeste da Nigéria na noite desta quinta-feira, matando seis pessoas e deixando outras 10 feridas, informou o pastor dessa igreja.

"Era por volta das 19h30 (16h30 de Brasília)", disse John Jauro à AFP referindo-se ao ataque, na cidade de Gombe. "Estava dirigindo as orações da congregação. Tínhamos os olhos fechados quando homens armados entraram na igreja e abriram fogo contra as pessoas. Seis morreram no ataque e outras dez ficaram feridas", explicou.

O pastor contou que houve uma grande confusão quando os fiéis tentaram sair do templo.

Um porta-voz da polícia disse que não faria comentários até a sexta-feira, e completou que estava se dirigindo à igreja com um alto funcionário da polícia local.

No domingo, um porta-voz do grupo islâmico radical Boko Haram anunciou um ultimato de três dias para que os cristãos abandonassem o norte da Nigéria, majoritariamente muçulmano.

O ataque contra a igreja de Gombe não foi reivindicado até o momento. Várias igrejas estão sendo atacadas no país.


Fonte: Folha Gospel com informações Correio do Estado

 

Hungria pede benção de Deus para a sua nova fase política



Apesar dos cristãos celebrarem mudanças favoráveis, não apóiam e pedem oração por demais tópicos ditatoriais na nova Constituição húngara


Hungria pede benção de Deus para a sua nova fase política
A nova constituição da Hungria entrou em vigor no dia primeiro de janeiro e vem chamando a atenção mundial por vários aspectos. Um deles é por trazer, pela primeira vez, uma referência cristã explícita em sua nova Carta Magna: "Deus abençoe os húngaros".

Outro aspectos benéfico na mudança da Carta Magna é a decretação de que o embrião será considerado como ser humano desde a concepção, o que impossibilita a legalização do aborto e o constitui crime.

A constituição também estipula o matrimônio somente entre heterossexuais, excluindo qualquer possibilidade de reconhecimento de casamentos homossexuais.

Apesar destas abordagens serem motivo de alegria para a comunidade cristã, nem mesmo os cristãos estão favoráveis aos demais itens apresentados na reforma. A constituição como um todo não contou com a aprovação por parte nem deste e muito menos de outros setores da sociedade. Manifestações e críticas maiores se devem às mudanças que refletem uma transição do modelo de república para o poder nacionalista e confessional.

Críticas são relacionadas também às reformas que se referem ao Banco Central, à justiça e à lei eleitoral. A principal medida que caracteriza estas reformas foi suprimir a palavra “república” do nome do país, que a partir de agora, passa a se chamar apenas “Hungria”.

Entre as mudanças na lei eleitoral, destacam-se a permissão dos pais votarem por seus filhos menores de idade e do poder passar a ter o direito de nomear os seus comissários políticos para chefiar as forças militares, policiais e de segurança, justiça e comunicação social com mandatos de nove a 12 anos.

A Constituição também reduziu aproximadamente de 300 para apenas 14 as comunidades que vão se beneficiar de subvenções públicas.

Revolta entre o povo húngaro

Para agravar a revolta da população, a oposição será silenciada nos meios de comunicação. O regime já anunciou o fechamento da última rádio independente do país, a Klubradio. A licença da estação passará a pertencer a outro grupo, que ainda não foi revelado.

Apesar da greve de fome feita por muitos profissionais em forma de protesto, centenas de jornalistas e outros trabalhadores da mídia já foram demitidos durante o novo regime. Uma cláusula na constituição prevê a aposentadoria de jornalistas que se mostrarem muito críticos.

A nova constituição define o modelo de regime idealizado pelo primeiro-ministro conservador Viktor Orban. Ela foi aprovada por uma maioria de dois terços no Parlamento, e contando com o apoio da extrema direita fascista, que dispõe de milícias organizadas e autorizadas.

As denúncias da oposição de esquerda, ecologistas e representantes da sociedade civil não foram suficientes para evitar que as grandes mudanças no país fossem feitas. Eles caracterizaram o ministro como "autocrata", por ele não ter aceitado as críticas da União Europeia sobre a compatibilidade das novas leis com o direito comunitário.

Pedido de oração

Fora do país, a nova constituição também vem causando repúdio. O Fundo Monetário Internacional e o governo de Bruxelas suspenderam as negociações com Budapeste sobre um possível auxílio financeiro devido às novas medidas legislativas no país que, segundo eles, não respeita o princípio da independência.

O ex-primeiro-ministro belga e presidente dos Liberais no Parlamento Europeu, Guy Vergofstadt, considerou a nova Constituição um cavalo de Troia. Ele explicou que isso se trata de um sistema político mais autoritário fundamentado na perpetuação do poder de um único partido.

Apesar das reações negativas, o governo não deu sinais de diminuir a radicalidade das mudanças. Já os cristãos locais, apesar de comemorarem os itens positivos, pedem oração pelos demais tópicos ditatoriais que geram a revolta do povo, assim como por essa nova e controvérsia fase política em seu país.


Fonte: Christian Post / Redação CPAD News
Foto: Reuters

JARDIM DE INFÂNCIA - Lição 2: A Promessa é Cumprida


1º Trim. 2012 - JARDIM DE INFÂNCIA - Lição 2: A Promessa é Cumprida
PORTAL ESCOLA DOMINICAL
JARDIM DE INFANCIA – CPAD
1º Trimestre de 2012
Tema: A vida de Jesus
Comentaristas: Verônica de Oliveira Araujo & Marta Doretto
LIÇÃO 2 – A PROMESSA É CUMPRIDA
Ao Mestre
Prezado (a), que grande é o privilégio que temos de ser chamados para colaborar em um trabalho tão importante como esse. Sejamos gratos a Deus pela oportunidade que temos de dar nossa contribuição para o desenvolvimento de nossos pequenos.
Para melhor desempenho, é imprescindível, que conheçamos os pequenos, em suas capacidade e limitações, por essa razão estarei colocando aqui algumas características dessa faixa etária.
Berçário e Jardim da infância (de 1- 5 anos)
a. Características físicas:
Como eles são:
- crescimento rápido.
- músculos principais ainda em desenvolvimento.
- muitos ativos.
- cansam-se facilmente (o professor tem de ter jogo de cintura para alternar métodos)
- olhos e ouvidos cansam-se com facilidade.
- mais propensos a doenças.
O professor deve: providenciar material adequado, manter as ilustrações em tamanho grande, elaborar bastantes atividades ( com períodos quietos entre uma e outra), o ambiente deve ser bem iluminado e limpo, falar de forma clara.
b. Características mentais:
Como eles são:                                                                  
- indagadores.
período de atenção limitado ( de 3 a 5 minutos – dependendo do temperamento).
- imaginação fértil.
- não têm idéia de tempo ou distancia.
- fazem o que vêem os outros fazerem.
O professor deve: responder todas as perguntas de maneira simples e verdadeira, usar recursos visuais simples, usara palavras que significa exatamente o que eles dizem (não usar simbolismos), use os termos “há muito tempo”/ “muito longe” etc., e ser um bom exemplo.
c. Características sociais
Como eles são
- gostam de estar com os outros. São capazes de brincar até com aqueles que não conhecem.
- são individualistas: dizem “não” com freqüência.
- estão aprendendo a se adaptar aos outros.
- concordam com o grupo.
- desejam a provação do grupo (tudo o que faz mostra para todos os outros).
- gostam de palavras e piadas tolas.
O professor deve: promover oportunidades sociais e atividades em grupo, encorajá-los a liderar,dar oportunidade de dar e receber, elogiá-los por fazerem  o que está certo, corrigi-los nas erradas.
d. Características Emocionais e Espirituais
Como eles são:
suas emoções são intensas.
- são medrosos.
- são capazes de controlar o choro.
- mostram inveja.
- explodem com facilidade.
- acreditam no que lhes diz.
- pensam em Deus de modo pessoal.
- prontos a aprender espiritualmente.
O professor deve: controlar suas emoções, evitar usar o medo para repreendê-los, não mostrar favoritismo, levá-los a ter um contato pessoal com Deus, ensinar a orar, ser verdadeiro com eles,acentuar o amor de Deus e seu cuidado com eles, observar os que estão prontos para entender o Evangelho.
Que o Senhor Deus derrame sobre sua vida a unção do Espírito Santo, para que cada pequeno seja alcançado, salvo e se torne servos valorosos para o nosso Mestre.
Texto Bíblico: Lucas 2.1-7
Objetivo
Ministre sua aula de forma a conduzir os pequenos a aprender como se deu o nascimento de Jesus, nosso Salvador.
A palavra é..
JESUS
Explique aos pequenos que o nome Jesus é a forma grega, que significa “O Senhor é a salvação”.
O próprio nome de Jesus ao ser mencionado,  já se fazia entender que Dele procede salvação  para toda humanidade.
Por isso, foi profetizado por um profeta chamado Isaias, que seu nome seria Emanuel que significa “Deus conosco”. A profecia dizia respeito a uma crianças que nasceria de forma singular. Quando Jesus nasceu, de fato, Deus “se fez carne e habitou entre nós” (Jo. 1.14)
Além da dica da revista de mestre de confeccionar a figura de uma lâmpada e escrever Jesus.
Estou desenhar uma nuvem com o nome Jesus.
Aprendendo a Bíblia
“... Deus nos mandou um menino que será o nosso rei.”(Is. 9.6 – NTLH)
Como mencionamos na lição anterior, devemos ensinar a memorização de versículos para que a criança aprenda e acostume-se a usar a Palavra de Deus.
Caso desejar poderá usar o desenho da coroa abaixo para confeccionar um cartaz com o versículo.
Jd_1trim2012_L2_fig 1
Imagem: http://thumbs.dreamstime.com/thumblarge_292/12167605966SC5OG.jpg
História Bíblica
Crianças, em toda a Bíblia, lemos os profetas de Deus, falando a respeito do nascimento dessa criancinha tão esperada, Aquele que seria chamado de filho de Deus:
- Falaram que Ele nasceria de uma virgem;
- Falaram que Ele seria descendente de Davi e que nasceria em Belém, cidade do rei Davi.
- falaram que seria chamado de filho de Deus e que salvaria a humanidade de seus pecados
E naqueles dias, o povo de Israel estava sendo governado pelos romanos, então o imperador Cesar Augusto decidiu contar quantas pessoas havia em Israel, para isso deu uma ordem que todos deviam ir para a cidade onde nascera para lá ser contado. E assim José e Maria, que moravam em Nazaré, começaram a arrumar as coisas para viajarem para Belém, cidade onde José havia nascido. Assim que tudo estava pronto, iniciaram a viagem.
José e Maria viajaram, um, dois, três, quatro dias. Naquele tempo não tinha carro, nem ônibus, então tudo o que tinham era um jumentinho, para que quando Maria de cansasse, viajasse sobre ele. Após muito cansaço, finalmente chegaram em Belém.
Mas a cidade estava cheia de gente. Eram muitas pessoas que tinham vindo escrever seu nome para o censo (explicar que censo é o conjunto de dados a respeito da população de um lugar (p.ex., número de habitantes, atividades econômicas, composição familiar, etc.).
Jose procurou por muito tempo, de um lado para outro da cidade um lugar para eles ficarem, mas todas as casas e hospedarias estavam ocupadas. José ficou muito preocupado, pois Maria estava já para ganhar o nenezinho tão esperado por toda humanidade.
Após muito andar, ofereceram a José a estrebaria (local onde se abrigam animais; estábulo). Ali não havia nem uma cama, mas havia muito capim macio. Jose então ajeitou um bom lugar e eles foram descansar.
Naquela noite nasceu a criancinha que deus havia prometido. José rapidamente teve uma idéia, fez da manjedoura (tabuleiro, ou, um tipo de bacia de madeira em que se deposita comida para vacas, cavalos etc. em estábulos) um berço, forrou a manjedoura com capim, Maria estendeu um cobertor e ali deitou o seu nenezinho, o Salvador prometido. Maria e Jose agradeceram a Deus por sua bondade para com todas as pessoas.
Naquele momento, uns pastores estavam no campo apascentando suas ovelhas (na época de verão, os pastores apascentavam o rebanho a noite devido às altas temperaturas durante o dia na Palestina), de repente uma luz bem forte brilhou no céu, e um anjo apareceu e lhes falou:
“Não tenham medo! Estou aqui a fim de trazer uma boa notícia para vocês, e ela será motivo de grande alegria também para todo o povo! Hoje mesmo, na cidade de Davi, nasceu o Salvador de vocês - o Messias, o Senhor! Esta será a prova: vocês encontrarão uma criancinha enrolada em panos e deitada numa manjedoura.”(Lc 2.10-12 – NTHL).
Os pastores estavam espantados, e naquele instante o céu ficou cheio de anjos, que alegres cantaram: “Glória a Deus nas alturas! Paz na terra! Boa vontade para com os homnes!
Assim que os anjos voltaram para o céu, os pastores, correram até a cidade, e encontraram o nenezinho envolto em pano e deitado na manjedoura como o anjo havia dito. Eles então se ajoelharam e adoraram a criancinha, e agradeceram a Deus pelo nascimento do Salvador.
E voltaram para o campo louvando a Deus, que sempre cumpri Suas promessas.
Fixando a aprendizagem
Para fixar a mensagem do nascimento de Jesus poderá usar o desenho abaixo:
Jd_1trim2012_L2_fig 2
Imagem: http://perlbal.hi-pi.com/blog-images/345580/gd/1236971752/Nascimento-de-Jesus.gif
Fontes consultadas:
·         Bíblia Shedd – Editora Mundo Cristão – 2ª Edição
·         Bíblia Ilustrada Infantil – Editora Geográfica – Redatora Elvira Moraes Lustosa – São Paulo /SP, 2000
Colaboração para o Portal Escola Dominical: Profª. Jaciara da Silva

PRIMÁRIOS - Lição 2: Ainda há Salvação?


1º Trim. 2012 - PRIMÁRIOS - Lição 2: Ainda há Salvação?
PORTAL ESCOLA DOMINICAL
PRIMÁRIOS – CPAD
1º Trimestre de 2012
Tema: Jesus é o nosso Salvador
Comentaristas: Laudicéia Barboza da Silva & Débora Ferreira da Costa
LIÇÃO 2 – AINDA HÁ SALVAÇÃO?
Ao Mestre
Prezado (a), que grande é o privilégio que temos de ser chamados para colaborar em um trabalho tão importante como esse. Sejamos gratos a Deus pela oportunidade que temos de dar nossa contribuição para o desenvolvimento de nossos pequenos.
Para melhor desempenho, é imprescindível, que conheçamos os pequenos, em suas capacidade e limitações, por essa razão estarei colocando aqui algumas características dessa faixa etária.
Primários( de 6-8 anos)
a. Características físicas:
Como eles são:
- crescimento muscular rápido.
- cansam-se facilmente.
- preferem fazer algo, do que prestar atenção.
- sentidos aguçados.
- tendência à doenças.
O professor deve: providenciar atividades de modo que dê vazão a sua energia, providenciar atividades que haja participação em grupo, manter o ambiente limpo.
b. Características mentais:
Como eles são:
estão aprendendo a ler.
- gostam de escrever.
- estão desenvolvendo o raciocínio.
- período de atenção em expansão (de 5 a 15 minutos).
- gostam de fatos e fantasias.
- tem capacidade limitada de se expressarem.
- tem boa memória.
- tem mente literal.
O professor deve: estimulá-los a ler a Lição do aluno e versículos simples, dar oportunidade para copiarem versículos, ensine-os a imitar os exemplos dos personagens bíblicos, ajude-os a se expressarem em grupo, cumpra o que lhes prometer, anime-os a decorar versículos, evite simbologia.
c. Características sociais
Como eles são:
gostam de brincar com os outros.
- são comunicativos.
- desejam ser crescidos.
- respeitam autoridade.
- inclinam a ser egoístas.
- são cooperadores
- gostam de atividades (com ou sem competição).
O professor deve: providenciar atividades em grupo, dar oportunidade de se expressarem, ensiná-los a pensar nos outros, apresentar a eles Cristo como melhor amigo, encorajá0los a trabalhar em grupo, preparar atividades ( porém mais daquelas que não há competição).
d. Características Emocionais e Espirituais
Como eles são:
- emocionalmente imaturos.
- animam-s facilmente.
- rebela-se contra exigências pessoais.
- impacientes (tudo tem de ser agora).
- tem medo de muitas coisas.
- pode sentir-se inibido diante do grupo.
- gostam da EBD.
- tem fé na oração.
- desejam ser bom.
- curiosos quanto ao céu e a morte.
- podem estar prontos a aceitarem a Cristo como Salvador.
O professor deve: ensiná-los dentro de sua capacidade de agir, manter um ambiente controlado, ensinar obediência por sugestão, ensiná-los a expressar bondade, ensiná-los a esperar para cooperar, ajudá-los a sentirem-se seguros, elogiá-los pelas ações corretas, ensinar o certo e o errado dando ênfase que Cristo está sempre ao lado deles para ajudá-los, explicar as coisas de maneira simples e breve, estar atento e saber levar a criança à Cristo.
Que o Senhor Deus derrame sobre sua vida a unção do Espírito Santo, para que cada pequeno seja alcançado, salvo e se torne servos valorosos para o nosso Mestre.
Texto Bíblico: Gn .6.1 a 9.17.
Objetivo:
Ministre sua aula de forma a conduzir os pequenos a entenderem nossos dias há avisos de iminente destruição, e temos uma arca, através dela todos os que aceitarem serão salvos – nossa arca é JESUS.
Frase do dia...
DEUS NOS DÁ A VIDA ETERNA
Deus revelou-se na forma humana de Jesus Cristo, e como Filho de Deus conviveu conosco, falando e tornando conhecido para todos a natureza e vontade de Deus. Jesus Cristo veio como Salvador, porque a humanidade precisava ser libertada da escravidão do pecado.

"Ela dará à luz um filho, e você deverá dar-lhe o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo dos seus pecados".(Mt. 1.21)
"Pois o Filho do homem veio buscar e salvar o que estava perdido". (Lc. 19.10)
"Esta afirmação é fiel e digna de toda aceitação: Cristo Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores...” (1 Tm. 1.15)

Jesus Cristo veio a este mundo para nos mostrar o caminho, a verdade e a vida, o caminho de volta à Deus, a reconciliação com o Pai. A vida eterna é um presente de Deus através de Jesus Cristo. A salvação é o bilhete para entrada na vida eterna.
Explorando a Bíblia
Depois que Adão e Eva pecaram e foram morar fora do Jardim. Eles tiveram muitos filhos e seus filhos tiveram muitos filhos também. Assim o mundo foi ficando cheio de pessoas.
Mas as pessoas foram se tornando mas, porque não lembravam de Deus nem para agradecer o dia lindo que ELE lhes dava.
Todas, todas mesmo se esqueceram de Deus, menos Noé e sua família, esses se lembravam de Deus, agradeciam a ELE por Sua bondade e obedecia fazendo o que era bom e honesto.
Noé era um homem bom e vivia com sua família uma vida tranqüila e pacífica. Eles cultivavam figos e uvas sob o calor do sol e punham ternura nas mãos para tratar dos animais.
Um dia, Noé ouviu a voz de Deus:
 "Noé uma grande inundação está se aproximando. As pessoas estão fazendo muitas maldades, por essa razão vou mandar muita chuva sobre a terra. Eu quero que você construa um barco bem grande, uma arca. Então coloque dentro da arca dois de todos os tipos de animais, e de animais limpos sete casais de cada que existem no mundo. Sua família e essas criaturas serão salvas da enchente".
Noé fez o que Deus pediu. Juntou uma grande quantidade de madeira que havia nas suas terras. Dia após dia, ele e seus filhos - Sem, Cam e Jafé - martelavam e pregavam as pranchas da arca.
Durante o tempo que trabalharam na construção da arca, as pessoas más zombavam de Noé e sua família, mesmo Noé avisando que deus mandaria muita chuva, que a terra ficaria toda inundada, eles não acreditavam, e chamavam Noé de louco
Finalmente o enorme barco estava pronto. Havia uma rampa de madeira que chegava até a porta. Assim que Noé que terminaram de construir a arca os animais começaram a vir.
Noé olhou e viu, descendo pelas estradas e colinas, animais grandes e pequenos que se aproximavam. Pássaros enchiam o ar. Formigas joaninhas e aranhas comam pelo chão. Com um retumbar de passos e uma agitação de asas, os animais entravam na arca. Com seus passos de trovão, os elefantes balançam a rampa todinha. Coelhos enormes saltavam. Andorinhas faziam vôos rasantes sobre as cabeças. A família de Noé observava o embarque, enquanto um macho e uma fêmea de todos os animais existentes na terra encontravam um lugar a bordo da arca.
O interior da arca estava lotado e os animais se acomodavam nas camas feitas de palhinha.
Então Noé levantou a cabeça para escutar. As primeiras gotas de chuva começavam a tamborilar no casco da arca. Deus então ordenou que Noé e sua família entrassem na arca. E Deus fechou a porta por fora. E choveu, e choveu e choveu. A água levantou a arca do chão. Flutuando na enchente, ela subiu acima das árvores. Depois, acima das mais altas montanhas. A chuva caiu por 40 dias e 40 noites. Todos que estavam fora da arca morreram.
Os animais se sentiam seguros dentro da arca enquanto ela era levada pelas águas. A família de Noé alimentou-os e lhes deu banho. Sem esfregava as costas dos porcos, Jafé lixava as unhas das patas do rinoceronte... E o pombinho ia para todo canto empoleirado no ombro de Noé.
Finalmente a chuva parou. As águas acalmaram. A luz do sol brilhou no convés molhado da arca. Noé abriu uma janela:
 "Vá, amiguinho"disse para o pombinho. "Vá por aí e procure por terra".
O pombo voltou mais tarde, cansado e triste. Noé deixou-o descansar por uma semana. Então o soltou novamente. Desta vez o pombinho voltou todo alegre, com um ramo de oliveira no bico. "Terra!", gritou Noé. "Abençoado sejam, as águas estão baixando!
Assim que a água começou a baixar, Noé viu que a arca estava pousada no alto de uma montanha. As árvores e os campos começaram a aparecer logo abaixo. Quando a terra ficou seca, Noé abriu as portas da arca. Aos pares e em famílias, os animais deixaram o barco. Eles corriam, voavam e deslizavam pelo vale ensolarado.
E Deus falou novamente com Noé:
“Eu faço a seguinte aliança com vocês: prometo que nunca mais os seres vivos serão destruídos por um dilúvio. E nunca mais haverá outro dilúvio para destruir a terra. Como sinal desta aliança que estou fazendo para sempre com vocês e com todos os animais, vou colocar o meu arco nas nuvens. O arco-íris será o sinal da aliança que estou fazendo com o mundo. Quando eu cobrir de nuvens o céu e aparecer o arco-íris, então eu lembrarei da aliança que fiz com vocês e com todos os animais. E assim não haverá outro dilúvio para destruir todos os seres vivos. Quando o arco-íris aparecer nas nuvens, eu o verei e lembrarei da aliança que fiz para sempre com todos os seres vivos que há no mundo. O arco-íris é o sinal da aliança que estou fazendo com todos os seres vivos que vivem na terra”.(Gn. 9.11-17 – NTLH).
E Noé e sua família agradeceram a Deus, em seguida, se instalaram no vale. Eles viveram sempre felizes, sob tempos de chuva e sol, conforme a promessa de Deus.
Professor (a) enfatize aos pequenos que Deus não quer que soframos, quer que sejamos felizes, mas o pecado, nossas desobediências sempre traz tristezas e catástrofes para a vida da humanidade, mas se nós obedecermos a Deus e aceitarmos o presente que ELE nos enviou – Jesus Cristo, seremos salvos de todo mal que virá sobre a terra.
Oficina criativa
Reproduza o desenho abaixo para pintarem, com certeza se alegrarão em faze-lo:
Pri_1trim2011_L2_ fig 1
Imagem: http://lh3.ggpht.com/_4KmFGCCYfYw/SneEy8uYH4I/AAAAAAAAQz0/9OHZrr-xPY8/clip_image002%5B6%5D%5B2%5D.jpg
Fontes Consultadas:                                                               
·         Bíblia Almeida Revista e Corrigida - SBB
·         Bíblia NTLH - SBB
·         Curso para Professor de EBD - Faculdade de Teologia e Ciências Humanas IBETEL – Pr. Vicente de Paula Leite
·         Livro “A Escola Dominical” – Pastor Antonio Gilberto – CPAD
·         53 Histórias de Jesus – Geográfica Editora
·         www.inthenameofjesus.org
Colaboração para o Portal Escola Dominical: Profª. Jaciara da Silva.

Lição 5, A Mordomia da Igreja Local

  Lição 5, A Mordomia da Igreja Local