SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Marcadores

Aborto (11) ACONSELHAMENTO PRÉ-MATRIMÓNIAL (5) Adolecentes Cristão (2) ADPB (1) ADULTÉRIO (2) Agradecimento (1) Aniversario (10) Apologética Cristã (10) Arqueologia (1) As Inquisições (1) Assembleia de Deus (5) Barack Obama (2) Batismos (29) Bíblia (3) Brasil (48) Casamento (25) CGADB (19) Ciência (6) Círculo de Oração (5) CLASSE BERÇÁRIO (26) CLASSE DOS DISCIPULANDOS (55) CLASSE JOVENS E ADULTOS CENTRAL GOSPEL (73) CLASSE JOVENS E ADULTOS BETEL (153) CLASSE MATERNAL (104) Congresso (49) CPAD (6) Cruzada (3) Curiosidades (3) Cursos (3) Departamento Infantil (5) Depressão (2) Desaparecido (4) DESENHOS BIBLICOS (1) Desfiles (3) Dia do Pastor (4) Discipulado (64) Divórcio (4) EBD (20) EBO (21) Escatologia (2) Estudantes (2) Estudos (506) Eventos (118) FALECIMENTO (5) Família (16) Filmes (18) Galeria de Fotos (12) Gospel (285) Gratidão a Deus (1) Hinos Antigos (3) História (4) Homenagens (3) Homilética (4) Homoxesualismo (3) Ideologia de Gênero (12) Idolatria (3) Inquisição (2) Islamismo (10) Israel (18) JARDIM DA INFANCIA (7) LIção de Vida (2) Louvor (1) Luto (42) Maçonaria (3) Mães (3) Mensagens (56) Ministério (34) Missões (148) MODISMOS (2) Mundo (610) Mundo Cristão (178) MUSICAS EVANGÉLICAS (3) Namoro Cristão (8) Noivados (1) Notícias (3155) Obreiros (9) ONU (4) Oração (1) Pneumatologia (1) política (121) Psicopedagogia (3) Pureza sexual (8) Realidade Social (17) Reforma Protestante (4) RELIGIÕES (3) Retiro (4) REVISTA BETEL JOVENS (1) Revista Central Gospel (1) REVISTA CLASSE PRIMARIOS (230) REVISTA CLASSE DOS PRE-ADOLESCENTES (267) REVISTA CLASSE DOS ADOLESCENTES (280) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFANCIA (111) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFÂNCIA (111) REVISTA CLASSE JUNIORES (243) REVISTA DA CLASSE JOVENS CPAD. (189) REVISTA DA CLASSE JOVENS. (319) REVISTA DA CLASSE ADULTOS (872) REVISTA DA CLASSE JOVENS E ADULTOS (401) REVISTA DA CLASSE JUVENIS (262) Revista Maternal (63) Santa Ceia (3) Saúde (45) Seminário (4) Sexualidade (7) Subsídios (1507) Subsídios EBD (1900) Subsídios EBD Videos (597) Templos (3) Teologia (5) Testemunho (1) TRANSGÊNEROS (2) Utilidade publica (1) UTILIDADE PÚBLICA (2) Vida de Adolecente (5) videos (106) Virgilha (1)

21 janeiro 2012

Congregação do Núcleo I realiza 1º Culto de Santa Ceia 2012



No útimo domingo (15) foi realizado o primeiro Culto de Santa Ceia na Congregação do Núcleo Habitacional I, cujo culto foi dirigido pelo Presbítero Francisco Caboclo e teve a participação musical do Grupo Kades e de parte da Banda instrumental Vitória em Cristo.

A ministração da Palavra de Deus foi realizada pelo Presbítero Marcos Galdino de Lima, do Templo Central da AD Sousa, o que fez ministrando com base no livro de Isaías 55.1,2 e 3.

O culto foi muito alegre, abençoado e cheio da presença de Deus com muitas glórias e aleluias. Logo após a ministração da Palavra de Deus foi realizada a celebração da Santa Ceia pelo Presbítero Francisco Caboclo, quando os irmãos e irmãs participaram do pão e do vinho.

 
  
 
 

 Fonte: Redação AD Sousa

AD Sousa celebra casamento coletivo



Na Congregação do Alto do DNOCS foi realizado o casamento de dois casais de novos convertidos que aceitaram a Jesus sem serem casados civilmente, todavia ao estudarem a Bíblia Sagrada comprenderam a necessidade de convolarem núpcias segundo as leis civis.

Na última quinta (19) o Pastor Alexandre Duarte dirigiu um culto de ação de graças a Deus pelo matrimônio dos irmãos e fez uma oração pelos nubentes e pelas alianças, quando então os nubentes efetivaram a troca das alianças.

A Congregação do Alto do DNOCS estava superlotada e muitos vizinhos e amigos dos casais foram ao templo para ver como era o casamento cristão.

Ao final da cerimônia de agradecimento a Deus os nubentes foram recepcionados com muitos parabéns e cada casal partiu um bolo especial em alusão ao casamento.

Fonte: Redação AD Sousa 

Garota torturada por ser cristã recebe alta do hospital



Ela foi presa pelo pai muçulmano que não aceitou sua conversão


Garota torturada por ser cristã recebe alta do hospital
Uma garota cristã de 15 anos que mora em Uganda e que foi presa por seu pai, um muçulmano que não aceitou sua conversão e a trancou em um pequeno quarto por seis meses, está começando a voltar a sua rotina normal.

Susan Ithungo, uma jovem cristã da aldeia de Isango, foi hospitalizada em setembro de 2010 após seus vizinhos, juntamente com a polícia, resgatarem ela de um quarto onde seu pai a mantinha presa há seis meses.

Seu pai a trancou no pequeno quarto por esse longo período sem dar a ela quase nenhuma água ou comida. Ele foi preso logo após a libertação de sua filha, mas foi libertado da prisão rapidamente.

Susan e seu irmão, Mbusa Baluku, moravam sozinhos com seu pai, que se divorciou de sua mãe há poucos anos atrás.

Depois do Compass publicaram o sofrimento que Susan passou em 11 de agosto de 2011, várias pessoas e ministérios de todo o mundo se disponibilizou para ajudá-la.Ela agora vive em uma casa alugada em uma localização confidencial.

Após ter recebido a alta hospitalar, Susan ainda anda com muitas dificuldades. Ela sente dores nas costas e não consegue se agachar. Para piorar seu quadro, ela ainda contraiu malária em seu período de reabilitação. Apesar de tudo, Susan diz que perdoa seu pai.

Crianças e adolescentes, como Susan, enfrentam grandes problemas por aceitarem e decidirem seguir a Jesus. Muitas vezes, seus pais os rejeitam e até os agridem para que a sua decisão seja revogada.

Ore por Susan Ithungo por todas as crianças e adolescentes e enfrentam perseguição por aceitarem e decidirem viver suas vidas para Deus. Peça que Deus derrame ousadia e paz, para que continue nessa caminhada com Jesus.


Fonte: Portas Abertas

Pesquisa indica que apenas 26% dos cristãos creem que a fé mudou sua vida



Um terço das pessoas religiosas diz não ter uma ´ligação pessoal´ com Deus



Pesquisa indica que apenas 26% dos cristãos creem que a fé mudou sua vida
O relatório divulgado recentemente pelo Grupo Barna, um instituto cristão de pesquisas, com sede na Califórnia, tentou analisar a experiência de cristãos ativos em suas igrejas. Um terço das pessoas que frequentam a igreja diz que nunca experimentou uma “ligação pessoal e real” com Deus, indica a pesquisa.

Durante a publicação do estudo, o Grupo Barna explica que considera o desenvolvimento deste relacionamento com Deus “o resultado mais importante da frequência aos cultos”. Mesmo que muitos acreditem não terem alcançado esse objetivo, os que afirmam possuir essa ligação dizem que é raro percebê-la durante os cultos.

Entre os entrevistados, 66% disse que desfrutavam dessa relação pessoal com Deus durante o culto. Apenas 18% dos entrevistados disse que percebe a presença clara de Deus em suas vidas ao menos uma vez por mês, enquanto 44% afirmam sentir essa presença toda semana.

Whitman Toland, pastor fundador da Igreja C3 em Greensboro, Carolina do Norte, diz que se as igrejas querem ver as pessoas se relacionarem melhor com Deus, devem se preocupar menos com o templo e sua programação e mais com o que é ensinado durante o culto.

O pastor diz que muitas igrejas hoje em dia sabem como atrair as pessoas, “mas sua mensagem é fraca. Muitas vezes os pastores tentam fazer as pessoas ligar-se intelectualmente com Deus, mas o que você tem de fazer é procurar a vontade de Deus e confiar nele. Eu acho esse problema realmente tem a ver com as igrejas, se estamos ou não tentando fazer o que Deus nos pede para fazer”.

Outra questão levantada pelo estudo foi o impacto que as igrejas estão causando nas pessoas. Apenas 26% dos que são assíduos em suas igrejas disseram que sua vida havia mudado ou que estavam “muito preocupados” com isso.

Quase metade dos entrevistados, 46%, disse que ir à igreja não tinha mudado nada, e 50% das pessoas que haviam ido a um culto naquela semana não saberiam dizer alguma coisa importante que aprenderam durante o sermão.

O estudo também descobriu que 68% dos entrevistados sentiam-se ligados a outras pessoas “que estão unidas por suas crenças e que cuidam uns dos outros de maneira prática”, enquanto apenas 23% afirmaram que não sentiram isso. Por sua vez, 73% dos entrevistados disse que o cuidado com os pobres foi enfatizado “muito” ou “um pouco” nas suas igrejas.

“Esta pesquisa tem uma boa notícia e gera muitas preocupações. O lado positivo é que muitos fiéis são beneficiados por estarem envolvido em uma igreja ou paróquia, especialmente na sua relação com Deus e com os outros”, disse David Kinnaman, presidente do Grupo Barna.

“No entanto, os resultados de nossa pesquisa também são um lembrete de que os líderes religiosos não podem minimizar a importância do sermão. Precisam gastar tempo pensando e orando sobre como os membros podem gerar uma identificação mais profunda e mais abrangente com os demais, pois elas não poderiam ser meros observadores dos ministérios, mas deveriam ter uma participação real".

"Milhões de pessoas entram e saem de nossas igrejas sem ter uma experiência significativa”, observou Kinnaman.

A pesquisa do Grupo Barna foi feita entre 1022 pessoas maiores de 18 anos, de ambos os sexos, e tem uma margem de erro de 3% para mais ou para menos.


Fonte: Gospel Prime

Christian Aid pede fim da violência no sul do Sudão



Mais de 60 mil pessoas foram afetadas pelos últimos combates




Christian Aid pede fim da violência no sul do Sudão
A Christian Aid, agência cristã britânica, lançou uma campanha pedindo o fim da violência no Sudão. O objetivo é proporcionar alívio a algumas das dezenas de milhares de pessoas deslocadas pelos combates no sul do Sudão.

Eles pedem um "fim imediato" da violência inter-comunitária crescente na área de Jonglei Pipor.

Os combates entre os grupos étnicos Nuer e Murle Lou foi provocada por ataques recentes de gado e rapto de crianças.

A Christian Aid disse que conflitos inter-étnicos no Sul do Sudão estava sendo alimentado por décadas de subdesenvolvimento e à proliferação de armas pequenas no maior estado do país recém-independente.

O governo sul-sudanês declarou que Jonglei é uma "área de desastre humano" e apelou para a ajuda internacional para trazer fim à crise.

A Christian Aid disse que a emergência em Jonglei estava criando um desafio humanitário para o país.

"Não pode haver desenvolvimento significativo ou de qualquer nação sustentável, a menos que questões fundamentais que afetam a essência da interdependência e da co-existência pacífica entre as diferentes comunidades étnicas no sul do Sudão sejam abordadas", disse Yitna Country Manager Tekaligne, para a Christian Aid, o Sudão eo Sul do Sudão .

A ONU estima que mais de 60 mil pessoas foram deslocadas pela última rodada de combates.

Christian Aid e uma organização parceira da Federação Luterana Mundial estão trabalhando juntas para fornecer alimentos de emergência, água potável, tendas e utensílios de cozinha.

A instituição também está ajudando os feridos e apoiando o trabalho de reconciliação a ser conduzido pelo Conselho das Igrejas do Sudão.


Fonte: Christian Today

Empresário cristão é acusado de blasfêmia no Egito



Ele pode ser condenado a um ano de prisão



Empresário cristão é acusado de blasfêmia no Egito
Um empresário cristão e líder político liberal do Egito foi acusado de “blasfêmia e insulto ao Islã” por postar a foto de personagens famosos de um desenho vestidos com roupas usadas por muçulmanos.

O executivo Naguib Sawiris, que também preside um partido liberal secular egípcio, terá de enfrentar um julgamento depois que um grupo de advogados islâmicos entrou com uma ação contra ele. Ele pode ser condenado a um ano de prisão.

Ele usou a imagem do Mickey com barba vestindo uma túnica tradicionalmente islâmica e Minnie usando um véu islâmico em sua rede social e isso levou milhares de pessoas a reclamarem da atitude dele.

Ele se desculpou dizendo: “Eu apenas pensei que fosse uma imagem engraçada, não era minha intenção desrespeitar ninguém. Sinto muito.”

Mas o pedido de desculpas não foi suficiente para aplacar a ira dos muçulmanos que se sentiram ofendidos, incluindo grupos islâmicos extremistas como a Irmandade Muçulmana e os Salafistas, que lideraram uma campanha de boicote contra a empresa de Sawiris.

A acusação de blasfêmia contra Naguib Sawiris levantou muitas preocupações sobre qual seria a direção que o Egito estaria caminhando após a revolução que aconteceu no país. Enquanto muitos estão pedindo por maior democracia, a liberdade de expressão e religiosas parece estar em falta no país.

Ore pelo Egito, para que Deus possa guiar quais rumos e decisões devem ser tomados para que o pais possa desfrutar de uma verdadeira democracia e liberdade religiosa para todos.


Fonte: Portas Abertas

Caravana missionária Conexão Haiti de volta ao Brasil



Estavam no país caribenho em uma missão evangelística e humanitária para anunciar Cristo



Caravana missionária Conexão Haiti de volta ao Brasil
Chegaram essa semana ao Brasil os 27 voluntários da caravana missionária Conexão Haiti. O grupo desembarcou no aeroporto internacional de Cumbica, em Guarulhos/SP. O Conexão Haiti estava desde o dia 5 de janeiro no país caribenho em uma missão evangelística e humanitária para anunciar Cristo, a paz que liberta, aos haitianos e servi-los com atividades nas áreas de educação, saúde, capelania, assistência social, KidsGames, entre outras.

Para o coordenador do Setor de Voluntários da JMM, Pr. Marcos Grava, a caravana foi uma bênção e rendeu muitos frutos. 

O Pr. Grava, que mesmo com um problema de saúde embarcou para o Haiti, conta que, no último dia em Porto Príncipe, o grupo teve a oportunidade de ir a uma base militar e conhecer alguns soldados da missão brasileira no país. 

“Participamos de um culto com eles. Foi uma alegria entrar ali e poder e ver e ouvir muitos brasileiros servindo a Deus e a nossa pátria”, conta o Pr. Grava. “Ficamos felizes por também estar no Haiti e, assim como eles, tendo uma missão a cumprir", acrescenta. 

O Pr. Grava finaliza com uma mensagem aos voluntários de mais esta caravana missionária da JMM e àqueles que intercederam por este projeto. 

"Que o Senhor nos leve ao Haiti novamente, ou quem sabe, alguns de vocês que estiveram segurando nossas cordas durante estes dias. O Haiti precisa de gente que ama a Deus e que ame também os perdidos", conclui.


Fonte: Junta de Missões Mundiais

A EFICÁCIA DO TEMOR A DEUS NA VIDA DO CRENTE


A EFICÁCIA DO TEMOR A DEUS NA VIDA DO CRENTE
MAL.1.6, PV 14.2
I – O Significado das palavras eficácia, temor e crente
Eficácia: É a capacidade de atingir o efeito esperado.
Temor: É a sensação de ameaça, medo, receio e sentimento de um profundo respeito à obediência aos pais e às leis de Deus.
Crente: É aquele que segue uma fé religiosa.
INTRODUÇÃO
Podemos analisar que os ímpios não temem a Deus e nós, que somos cristãos, temos vários benefícios em temer a Deus em nossas vidas.
II – O ímpio não tem temor a Deus. Sal 36.1 Rom 3.18.
III- Porque devemos temer a Deus.
1-          E ordenada pela palavra de Deus . Dt .4.10,Js 4.24,Luc 12.5,Rom 11.20,Ap 14.7.
2-          Ensinada por Deus. Sal 86.11.
IV- O que provoca o temor a Deus.
1-          A glória do Senhor. Luc 2.9
2-          Milagres Atos 2.43.
3-          A morte de Ananias e Safira Atos 5.11
4-          A ressurreição do filho da viúva de Naim Luc 7.16
5-          A ressurreição de Jesus Mc 16.8.
6-          Exortação I Tim 5.20
7-          Prosperidade Ec 3.12-14
V-  As bênçãos em temer a Deus.
1-          Produz sabedoria Pv 1.7,Jó 28.28,Sal 111.10
2-          Estar sempre com Deus Dt 5.29
3-          Proteção Dt 11.25,Sal 15.1
4-          Produz bondade Sal 31.19
5-          Produz  misericórdia Sal 33.18,Sal 103.11,Luc 1.50
6-          Produz salvação Sal 85.9
7-          Produz alimento Sal 111.5
8-          Produz  aumento de dias na face da terra Pv 10.26
9-          Produz refúgio Pv 10.27
10-       Produz vida Pv 14.27,Pv 22.4
11-       Produz o bem Ec 8.12
12-       Produz galardão Ap 11.18
13-       Produz santificação Is 8.13
14-       Produz afastamento do mau Pv 8.13,Pv 3.7
15-       Produz segurança para vida eterna Mat. 10.28
16-       Produz obediência ao patrão Ef 6.5,Col 3.22,
17-       Produz inclinação a Deus Sal 119.38
18-       Produz limpeza Sal 19.9
19-       Faz que Deus satisfaça o desejo dos que o temem Sal 145.19
CONCLUSÃO
Podemos ver neste estudo que Deus sempre está ao lado de todos que tem o desejo no coração para servir e temer o nome do Todo Poderoso, o nosso amado Deus.
ORAÇÃO
Senhor nosso Deus, vimos a Ti, neste momento, para Te pedir que nos venha ajudar a temer o Teu lindo nome em nossas vidas, que possamos, a cada dia, estar em comunhão contigo e que Tu, Senhor, possas fazer a Tua vontade em nossas vidas, pois nós tememos o Teu nome.e abençoa todos aqueles que temem o Teu nome. Pedimos isto em o nome de Jesus Cristo Amém.
POR ELIAS DE OLIVEIRA SERVO DO NOSSO SENHOR JESUS CRISTO
FONES 11 34617496/97486104/86576159
www.palestranteeliasdeoliveira.blogspot.com

JUNIORES - Lição 4: Jesus Ensina Sobre a Amizade


1º Trim. 2012 - JUNIORES - Lição 4: Jesus Ensina Sobre a Amizade
PORTAL ESCOLA DOMINICAL
JUNIORES – CPAD
1º Trimestre de 2012
Tema: Os ensinos de Jesus
Comentaristas: Damaris Ferreira da Costa & Luciana Alves de Sousa
LIÇÃO 4 - JESUS ENSINA SOBRE A AMIZADE
Ao Mestre
A EBD tem objetivos definidos para atingir. Não se trata apenas de uma reunião domingueira comum, ou um culto a mais. Esses objetivos são::
1. Ganhar almas para Jesus
O primeiro dever do professor da Escola Dominical é agir e orar diante de Deus no sentido de que todos os seus alunos aceitem ao SENHOR JESUS COMO SALVADOR e  O SIGAM como seu SENHOR e MESTRE. Há professores de EBD que, ensinam durante anos sem nunca ver um aluno convertido, talvez porque nunca os levaram a aceitar a Cristo na própria sala de aula.
O meio certo de lavar almas a Cristo é usar a PALAVRA DE DEUS e confiar na operação do Espírito Santo (Jo 3.5; 16.8; 1 Pe 1.23). O professor não pode salvar os alunos, mas pode leva-los ao SENHOR, assim como fez André (Jo 1.42).
A Bíblia não diz “Ensina a criança no caminha ‘em que vai andar’  ou ‘quer andar’, mas no caminho em que deve andar” (Pv 22.6).
2. Desenvolver a espiritualidade e o caráter cristão
O ensino da Palavra de Deus é uma obra espiritual e por essa razão é muito significativa para à cultura da alma, ganhar o aluno para Cristo é apenas o inicio desta obra, é necessário cuidar em seguida da formação doa hábitos cristãos, os quais resultarão num caráter ideal.
São os hábitos que formam o caráter, afirma a filosofia:
“O pensamento conduz ao ato, o ato conduz ao hábito, o hábito conduz ao caráter, o caráter conduz ao destino da pessoa”, é claro que isso humanamente falando.
A palavra caráter procede do grego charassein ou  charasso significando “coisa gravada”, ou “eu gravo”. Caráter é o conjunto de qualidades fundamentais da personalidade.
Como podemos ver, o caráter pode ser gravado, é imprescindível que o professor (a) de EBD, tenha maturidade espiritual e consciência da importância desse trabalho.
Professor (a) você através do Espírito Santo, pode e deve, ensinar de forma a desenvolver a personalidade cristã, os talentos, os dons em seus alunos. Dê exemplo de uma vida cristã fiel e constante. Ensine com firmeza, aconselhando-os com sabedoria e santidade, sem esquecer-se de orar por cada um individualmente.
Texto Bíblico: Mateus 4.12-25
Objetivos
Professor (a) ministre sua aula de forma que possa conduzir seu aluno a:
Compreender o valor da amizade, e que se devemos valorizar os amigos terrenos, devemos prezar muito mais Aquele que deu a vida pelos seus amigos.
Introdução
Um bom amigo, tem hábitos bons, bom comportamento, boa moral, pois um bom amigo é alguém leal, senão não é amigo.
O que é Amizade?
É sentimento de quem é amigo; é afeição recíproca que liga duas pessoas; é simpatia; é estima; é dedicação; é benevolência (benevolência possui quem é bondoso, bem intencionado, favorável).
Isso descreve o que é uma Amizade. Vê como deve ser um amigo? – dedicado, bondoso, bem intencionado, ou seja, alguém que quer o seu bem.
Assim é o Senhor Jesus, um amigo que quer e faz tudo para sermos felizes.
Jesus escolheu amigos
No texto de nossa lição de hoje, vemos que o Senhor Jesus, quando em sua vida terrena, sabia que precisaria de amigos para auxiliá-Lo, para estar com Ele.
O ser humano é um sociável. Fomos criados com a necessidade de relacionarmos com outros. Quando isso não ocorre, sentimo-nos sozinhos, vem a solidão e, muitas vezes sentimo-nos excluídos e separados dos outros. Por essa razão desejamos tanto ter um (a) amigo (a).
O Senhor Jesus procurou escolher, dentre a multidão que o acompanhava por toda parte aqueles seguidores fiéis, que seriam capazes de conduzir os outros homens, tal como o pastor que sabe guiar as suas ovelhas pelos lugares mais seguros, onde elas ficariam abrigadas e felizes.
Desse modo, Jesus começou a fazer convites.
Passando pelo Mar da Galiléia, chamou os dois irmãos: Simão (que Ele chamou de Pedro) e André, que eram pescadores. Prosseguindo, encontrou outros dois irmãos: Tiago e João, que também foram convidados. E assim, Jesus continuou até convidar doze homens, que Ele sabia que seriam capazes de levar sua mensagem por todo o mundo.
Esses homens, seus discípulos, chamados, mais tarde, apóstolos, foram os seguintes: Simão Pedro, Tiago, João, André, Filipe, Bartolomeu, Mateus, Tomé, Tiago (filho de Alfeu), Simão e Judas Iscariotes. Eram as pessoas certas; Jesus sabia que com eles a sua doutrina amorosa não seria perdida e ficaria sempre entre os homens.
Certo dia Jesus lhes disse:
“Já vos não chamarei servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor, mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho feito conhecer.”(Jo. 15.15).
Assim como Jesus sendo Filho de Deus escolheu amigos, nós também devemos valorizar as amizades que Deus tem nos dado. É através deles que aprendemos o respeito e nossos limites
Professor (a) enfatize aos pequenos que é agradável a Deus que tenhamos amizade verdadeira, sincera. Porém, devemos escolher bem, como Jesus fez, nem todos são bons amigos
Todos nós precisamos de amigos que estejam por perto para escuta-nos, preocupar-se, oferecer ajuda quando necessário. Alguém que está compartilhando de nossos bons e maus momentos, com certeza é melhor ter um amigo assim do que dúzias de conhecidos – o amigo que assim procede nos é mais chegado do que um irmão.
Um amigo de verdade, não te apóia quando você vai fazer algo que irá te prejudicar – ele (a) irá te dizer para não fazer. Já aquele que te incentiva para cometer um erro – não gosta de você, pois, não é bem intencionado, não quer o seu bem – logo não é seu amigo (a).
Mas vejamos o outro lado: será que nós (eu, você) temos sido bons amigos? – reflita nisso.
Em vez de somente desejarmos ter um bom amigo, tornemo-nos um bom amigo. Muitas pessoas precisam de uma amizade sincera, seja um verdadeiro amigo, assim sua amizade será a palavra que Deus usará para demonstrar o Seu Amor a muitos. Pois uma amizade profunda e verdadeira é expressão do Amor de Deus
Jesus é seu melhor amigo
Como é UM VERDADEIRO AMIGO?

1.      Jesus É UM AMIGO INFALÍVEL
2.      Ele nos consola quando estamos tristes.
3.      Nos cura quando estamos doentes.
4.      É o nosso companheiro quando estamos sozinhos.
Ele é, e quer o melhor para nós. Tudo que encontramos escrito em sua Palavra é para o nosso bem, pois ninguém tem amor amor por nós do que Quem entrega o próprio filho para morrer em nosso lugar. (Jo 3.16).
5.      Nós é que necessitamos de sua companhia. Em nós há um sopro divino, e somente nos sentimos felizes quando O temos em nossas vidas, quando não, há um vazio, o qual nada preenche, nem dinheiro, nem fama, nada... somente Deus pode fazer-nos felizes e realizados..
João era amigo íntimo de Jesus, encostava-se ao seu peito, ouvia seus conselhos, sabia de seus segredos. Já pensou que maravilha?
Você também pode ter esse privilégio... tenha o SENHOR como seu amigo. Você poderá ter grandes amigos, mas nenhum é semelhante a Jesus, que está conosco 24 horas do dia. Sabe do seu coração, conhece seus pensamentos e sempre diz: “Não temas, eu estou contigo”.
“Ninguém tem maior amor do que este: de dar alguém a sua vida pelos seus amigos. Vós sereis meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando. Já vos não chamarei servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor, mas tenho-vos chamado amigos” (Jo 15.13-15).
Aplicação da lição
Existe uma grande diferença entre conhecer alguém, e ter um verdadeiro amigo. A maior evidência da verdadeira amizade é a lealdade e a benevolência. O verdadeiro “amigo que é mais chegado que um irmão” é aquele que em todo o tempo é o mesmo com você, na alegria e na tristeza, quando você está ou quando está mal, mesmo quando a comunicação fica difícil ele (a) não te esquece.
Mas lembre-se o verdadeiro amigo quer o seu bem, jamais te aconselhará ou te induzirá a praticar coisas erradas e as escondidas. Tome cuidado!
Ouça sempre o conselho do melhor amigo – Jesus. E não se deixe levar por más companhias. Procure aqueles que são bons e em seu coração amam a Deus, como Jesus procurou os que assim eram.
Fontes Consultadas:
·         Bíblia de Estudo Pentecostal – Editora CPAD
·         Bíblia Shedd – Editora Mundo Cristão – 2ª Edição
·         Bíblia de Estudo de Aplicação Pessoal – Editora CPAD – edição 2003
·         Bíblia Ilustrada Infantil – Editora Geográfica – Redatora Elvira Moraes Lustosa – São Paulo /SP, 2000
Colaboração para o Portal Escola Dominical: Profª. Jaciara da Silva.

LIÇÃO 05 - A INSTITUIÇÃO DA MONARQUIA EM ISRAEL / SUBSÍDIOS / CLASSE ADULTOS

Apresentado pelo Comentarista das Revistas Lições Bíblicas Adultos da CPAD, pastor Osiel Gomes