SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Marcadores

Aborto (11) ACONSELHAMENTO PRÉ-MATRIMÓNIAL (5) Adolecentes Cristão (2) ADPB (1) ADULTÉRIO (2) Agradecimento (1) Aniversario (10) Apologética Cristã (10) Arqueologia (1) As Inquisições (1) Assembleia de Deus (5) Barack Obama (2) Batismos (29) Bíblia (3) Brasil (48) Casamento (25) CGADB (19) Ciência (6) Círculo de Oração (5) CLASSE BERÇÁRIO (26) CLASSE DOS DISCIPULANDOS (55) CLASSE JOVENS E ADULTOS CENTRAL GOSPEL (73) CLASSE JOVENS E ADULTOS BETEL (153) CLASSE MATERNAL (104) Congresso (49) CPAD (6) Cruzada (3) Curiosidades (3) Cursos (3) Departamento Infantil (5) Depressão (2) Desaparecido (4) DESENHOS BIBLICOS (1) Desfiles (3) Dia do Pastor (4) Discipulado (64) Divórcio (4) EBD (20) EBO (21) Escatologia (2) Estudantes (2) Estudos (506) Eventos (118) FALECIMENTO (5) Família (16) Filmes (18) Galeria de Fotos (12) Gospel (285) Gratidão a Deus (1) Hinos Antigos (3) História (4) Homenagens (3) Homilética (4) Homoxesualismo (3) Ideologia de Gênero (12) Idolatria (3) Inquisição (2) Islamismo (10) Israel (18) JARDIM DA INFANCIA (7) LIção de Vida (2) Louvor (1) Luto (42) Maçonaria (3) Mães (3) Mensagens (56) Ministério (34) Missões (148) MODISMOS (2) Mundo (610) Mundo Cristão (178) MUSICAS EVANGÉLICAS (3) Namoro Cristão (8) Noivados (1) Notícias (3155) Obreiros (9) ONU (4) Oração (1) Pneumatologia (1) política (121) Psicopedagogia (3) Pureza sexual (8) Realidade Social (17) Reforma Protestante (4) RELIGIÕES (3) Retiro (4) REVISTA BETEL JOVENS (1) Revista Central Gospel (1) REVISTA CLASSE PRIMARIOS (230) REVISTA CLASSE DOS PRE-ADOLESCENTES (267) REVISTA CLASSE DOS ADOLESCENTES (280) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFANCIA (111) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFÂNCIA (111) REVISTA CLASSE JUNIORES (243) REVISTA DA CLASSE JOVENS CPAD. (189) REVISTA DA CLASSE JOVENS. (319) REVISTA DA CLASSE ADULTOS (872) REVISTA DA CLASSE JOVENS E ADULTOS (401) REVISTA DA CLASSE JUVENIS (262) Revista Maternal (63) Santa Ceia (3) Saúde (45) Seminário (4) Sexualidade (7) Subsídios (1507) Subsídios EBD (1900) Subsídios EBD Videos (597) Templos (3) Teologia (5) Testemunho (1) TRANSGÊNEROS (2) Utilidade publica (1) UTILIDADE PÚBLICA (2) Vida de Adolecente (5) videos (106) Virgilha (1)

12 novembro 2012

Jubileu de Prata do Conjunto Nova Aliança foi comemorado em grande estilo


A congregação da Assembleia de Deus em Vila Eduardo foi só festa no fim de semana. Depois do 4º aniversário do PROATI, no sábado (10) e domingo (11) foi a vez dos jovens comemorarem o 25º aniversário de atuação.

O conjunto jovem Nova Aliança foi inaugurado em 1987 ainda no antigo templo, na gestão do Pastor João Fernandes e tendo como dirigente local o presbítero Francisco Joaquim.

Foram dois dias bastante animados. No encerramento neste domingo, o trabalho começou com os hinos congregacionais e a participação do Grupo Vocal Arautos do Rei. Em seguida procedeu-se com a entrada dos componentes do conjunto aniversariante.

Não foi uma simples entrada. A principio a jovem Ruama entrou sozinha pela porta principal do templo apresentando um histórico do grupo. Na sequencia as duas dirigentes adentraram ao templo, cada uma por uma porta lateral, e formaram a expressão “25 anos” lembrando o tempo de história do conjunto aniversariante.

O próximo passo foi a entrada dos componentes, que vieram em duas filas e ja chegaram apresentando um belo jogral baseado no tema da festa "Uma aliança firmada em Deus". Concluída a recitação, o Nova Aliança cantou um hino preparado especialmente para evento.

O culto contou com a participação especial do Grupo Jovem de Louvor Kerigma do bairro Cohab 6 e a mensagem ficou a cargo do presbítero Sinval de Oliveira, supervisor das Campanhas Evangelizadoras.

À frente do trabalho esteve o pastor da igreja, Elci Ribeiro da Silva e o coordenador da Área 2, o presbítero Roberto Rocha.

Clique AQUI  e confira fotos do evento.
fonte http://www.franciscoevangelista.com

Namoro precoce: cinco motivos para fugir dele




Quando eu aconselho jovens que já namoram ou que querem começar a namorar, eu costumo falar sobre cinco motivos para evitarmos entrar muito cedo em um relacionamento deste tipo:

1. O motivo emocional;
Se você for muito novo, você ainda não estará emocionalmente bem formado para namorar. Ok, eu sei que não estaremos até os 30, ou 40, ou… estaremos um dia? Acho que não. Mesmo assim, você é o menos estável de todos. Ou você acredita que já é maduro o suficiente para amar uma mulher como Cristo ama a Igreja ou servir a um homem como uma Igreja serve a Cristo (Ef 5.22,25)? É irresponsável dedicar-se e se prender emocionalmente de um modo tão forte a alguém estando com seus sentimentos ainda em formação. Você vai acabar sofrendo ou fazendo outra pessoa sofrer – e sofrer assim nesta idade não é muito bom para a formação das emoções. Lembre-se, leitor, do fato de que muitos casam cedo demais por vários motivos (por terem tido concebido uma criança, por rebeldia contra os pais, pressão familiar ou desejo de sair de casa) e depois não possuem a maturidade emocional para levar até o fim esse desafio, o que resulta nessa massiva onda de divórcios que temos neste país. Por que não esperar você estar mais bem formado interiormente para seguir algo tão sério como um namoro?

2. O motivo psicológico;
Com muito tempo de namoro, você vai passar por lutas e dores psicológicas que podem ir além de sua capacidade de suportar. Esse ponto se manifesta de maneira diferente com os homens e com as mulheres. Homem, você vai, por exemplo, ficar deprimido por estar namorando há cinco anos e ainda não poder dar para sua namorada o casamento que ela tanto sonha. Alguns homens que conheço sofreram isso e, vá por mim, às vezes é excruciante. Mulheres, vocês passarão horas olhando vestidos de noivas na internet e chorando com o casamento de suas amigas. Por quê? Porque já está namorando faz oito anos, está louca para casar com a pessoa que você ama, mas não pode, pois são muito novos e não têm recursos para tal. Claro, não são essas as únicas crises psicológicas que afligirão vocês, mas são exemplos comuns. Esteja atento, também, que quando uma pessoa namora, todo seu corpo e sua alma começam a configurar-se para o matrimônio, para a sexualidade e para a interdependência. Manter essa tensão emocional e física por muito tempo faz desfalecer a alma, como diz Provérbios 13.12: “A esperança adiada desfalece o coração…”. Não quer passar por isso? Simples: espere o tempo certo para namorar e evite ter crises constantes que, se não for a graça de Deus, poderão te deixar arrasado(a).

3. O motivo acadêmico/profissional;
Seria bom pararmos de negligenciar o provérbio que diz: “Termine primeiro o seu trabalho a céu aberto; deixe pronta a sua lavoura. Depois constitua família” (Pv 24.27). A Bíblia deixa claro que devemos primeiro cuidar de nosso trabalho, devemos deixar pronta a nossa lavoura, antes de constituirmos uma família. Se negligenciarmos esse dito bíblico… sabe aquele seu mestrado de dois anos na França ou seu Doutorado de quatro anos no Japão? Esqueça. Você não vai conseguir passar tanto tempo longe da pessoa que você tanto ama – mas você é apaixonado por sua profissão e deseja, muito, se especializar! O que fazer? A menos que você faça isso depois de algum tempo de casado e/ou sendo bem remunerado para estudar, você ou termina seu namoro ou desiste dos estudos. Ou, em último caso, namora a distância por uma infinidade de tempo, sofrendo e fazendo a outra pessoa sofrer. Ou então você deixa para namorar depois de passar por essas fases, evitando sofrimento desnecessário e se qualificando de acordo com seus planos.

4. O motivo ministerial;
Com raríssimas exceções, você ainda não sabe se será chamado para o ministério ou não. Então, considere que em poucos anos você é capacitado por Deus para ser um pregador razoável e sente ardendo dentro de você um repúdio por estudar qualquer outra coisa e uma chama por se dedicar à teologia, ao ensino e ao cuidado. Você quer largar o estágio, largar a universidade e ir fazer um seminário. Acredito que essa seria uma linda história de dedicação ao evangelho. Pena que você tem uma namorada que ama muito e luta para casar com ela. Você ficará, como dizem, entre a cruz e a espada. No fim das contas, ou você deixa para trás sua namorada para perseguir o ministério ou você adia seus estudos e suas preparações. Como Paulo ensina, os solteiros podem dedicar-se mais intensamente à obra do Senhor (cf. I Co 7.32). Saiba: esse mesmo texto de Coríntios deixa claro que o casado deve buscar agradar o cônjuge. É antibíblico negligenciar a família para fazer missões ou algo parecido. Receba sua juventude como um momento propício para dedicar-se ao Senhor de um modo que você não poderá namorando ou casado – se não: passar dois anos na África pregando o evangelho? É bom desistir… ou então, você deixa para namorar depois que tiver alguma luz sobre o caminho que deve traçar.

5. O motivo sexual.
Embora eu sempre o apresente por último, é provável que ele seja o mais forte. Namorar cedo é pecado? Não. Mas lhe levará ao pecado tão certamente que deveria ser considerado quase que como tal. Entenda, pecar sexualmente com sua (eu) namorada (o) é um dos pecados mais horríveis e devastadores de todos. A maioria dos homens que duvidam de sua salvação aponta pecados sexuais com a namorada como principal fator disto. Além do mais, se devemos amar nossas esposas (consequentemente, nossas namoradas) como Cristo amou a Igreja (Ef 5.25), devemos seguir o exemplo de Cristo, que morreu para que sua noiva seja “sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, porém santa e sem defeito” (Ef 5.27). Morra para que sua namorada seja livre de todo pecado sexual: deixe para namorar apenas quando você estiver, em algum nível, próximo de ter condições para levá-la ao altar, em matrimônio.

Claro, dependendo do caso e do casal, um motivo pesará mais que outro; mas, ainda assim, todos esses pontos acabarão ferroando-os de algum modo. Por isso, acredito que namorar cedo não é uma boa ideia. Embora eu ame minha futura esposa, eu sei que fui um garoto imaturo em namorar ela ainda com meus 15 anos. Louvo a Deus por me ajudar em meu erro e nos ajudar, dia após dia, a crescer em santidade.

Uma consideração final: se você é muito jovem e já namora, não acho que terminar seu namoro por causa destes pontos seja uma boa ideia. Como eu disse, namorar cedo não é pecado em si mesmo, embora seja problemático e possa levá-lo a pecar. Então, entregue seu relacionamento a Deus e lute para vivê-lo de acordo com as Escrituras. Sofra o que precisar sofrer, perca o que precisar perder, lute o que precisar lutar. Ame a pessoa que você ama e perca tudo por ela – quer seja estudo, dinheiro, ministério ou qualquer coisa. Porém, fique ciente do que virá pela frente e aguente tudo na força de Deus. Se você tem pecado contra Deus em seu namoro ou tem sofrido alguns dos problemas que citei aqui, olhe para a cruz dAquele que levou todo o seu pecado e confie na Graça de Deus para te purificar e te manter santo.

Se você não namora ainda, ore a Deus, medite nestes pontos e, vai por mim, espere o momento mais propício para namorar. Como Disse Cristo, “… qual de vós, querendo edificar uma torre, não se assenta primeiro a fazer as contas dos gastos, para ver se tem com que a acabar?” (Lc 14.28). Medite bem se esse é o momento certo para um namoro. Há tempo para tudo debaixo do sol, tudo tem um tempo determinado (cf. Ec 3) – Deus enviará seu parceiro(a) no tempo dEle (cf. Pv 19.14).


A-BD

Trindade (PE) realiza o maior e mais pentecostal Congresso de Jovens da sua história



Foram 10 semanas e 20 ensaios de agosto até o último fim de semana. Depois de pouco menos de 3 meses de preparação, a Assembleia de Deus em Trindade, a 655 km do Recife, no Sertão do Araripe, promoveu o seu 7º Congresso de Jovens, realizado nos dias 9 a 11 de novembro.

Durante esse período, eu me ausentei de todos os eventos do Templo Central para me dedicar a formar um coral de jovens, o Coral da União de Mocidade da AD em Trindade (UMADT) com pouco menos de 60 componentes, que nunca havia cantado uma música com divisão e sem playback, e o Senhor transformou num lindo grupo musical.

É até difícil adjetivar o evento para quem não esteve no local. Mas a tônica do Congresso foi a manifestação divina nas vidas dos jovens da igreja. Uma honra para mim, é claro, em estar no lugar e no momento certo, e de ter sido privilegiado em começar este trabalho.

Ao final, o resultado mais significativo foram as 17 pessoas que se converteram a Cristo. Fora isso, teve muito poder do céu em todos os cultos do evento. Participaram da festividade os grupos de jovens de Ouricuri, Gergelim (Araripina), Parnamirim, Santa Cruz, Ipubi e Bodocó. Na pregação, estiveram o ev. Regotier Martins (Exu) e o pb. Fernando Nascimento (Recife), além de outro de Petrolina que me foge o nome. No louvor, estiveram os cantores Marcos Vinícius (Trindade), Elvis Monteclaro (Petrolina), Vitor Richelles (Gergelim) e Wayne Alyne (Ouricuri).

As mensagens foram recheadas de muito pentecoste. As músicas entoadas pelos cantores e grupos visitantes tinham profundidade espiritual nas letras. O Coral da UMADT impactou a igreja com belas canções, cheias de poder do Espírito Santo. Abaixo, o vídeo da música Jerusalém, do Coral da UMADBLU (Blumenau/SC), cantado com simplicidade e dentro das nossas limitações, mas entoado para chegar aos ouvidos do Senhor.



O Congresso terminou com 17 pessoas convertidas a Cristo, dezenas de jovens renovados e uma mocidade revigorada e fortalecida pela presença do Senhor, iluminando uma cidade cujos jovens distantes de Deus  estão nas trevas da idolatria, promiscuidade, prostituição e frieza espiritual.

Deus abençoe a todos os coristas, músicos, coordenadores e aos demais que fizeram deste congresso o mais belo e mais impactante evento de jovens da História de Trindade.

Abaixo, algumas fotos do evento.









  












 




A-BD

[Vídeo] Missionários brasileiros são presos no Senegal por evangelizarem crianças islâmicas; Pedimos orações

[Vídeo] Missionários brasileiros são presos no Senegal por evangelizarem crianças islâmicas; Pedimos orações
Um missionário brasileiro no Senegal foi preso sob acusação de acolher e evangelizar crianças que frequentam escolas islâmicas no país.
A informação foi repassada à Redação do Gospel+ pelo pastor José Sanches, do projeto Fronteiras África. O pastor em questão é o líder do projeto Obadias, José Dilson, enviado como missionário à região de Mbur, no Senegal, pela Agência Presbiteriana de Missões Transculturais (APMT).
José Dilson recebeu voz de prisão juntamente com uma das missionárias do projeto, Zenaide Moreira Novaes, e segundo a esposa do pastor, Marli, a acusação poderá fazer com que eles permaneçam presos por algum tempo.
De acordo com informações do site da APMT, ambos permanecem retidos e foram transferidos para a cidade de Thiés, vizinha ao local onde foram detidos, para prestarem novos depoimentos.
Em carta enviada pela esposa do pastor, ela revela que os missionários foram obrigados a assinarem documentos sem a possibilidade de ler o que estava escrito, e que o local onde estão detidos, não reúne condições mínimas de respeito aos direitos humanos. Confira abaixo a íntegra do relato:
Queridos, finalmente na parte da tarde Jose Dilson e irmã Zeneide foram tranferidos para Thiés, para serem ouvidos pelo procurador. No documento de acusação consta que somos uma “Associação de Malfeitores para as crianças”. Foram obrigados a assinar este documento, sem terem possibilidade de ler o que estavam assinando. Quem nos conhece sabe o quanto temos nos empenhado para o bem de centenas de crianças no Senegal. Precisamos que continuem na brecha por nós. Vão ficar retidos mais uma noite, agora estão em uma cela como malfeitores, sem luz, sem água, sem uma cadeira para sentar, sem poder ter nenhum pertence pessoal consigo, numa cela imunda. Chorei muito ao ver esta situação, mas preciso ser forte. Por favor, orem para que possam nos permitir levar ao menos um colchão onde possam repousar esta noite. – Marli
No vídeo abaixo, é possível ver explicações do pastor José Dilson a respeito do trabalho desenvolvido pelo projeto Obadias no Senegal:
Os missionários da APMT pedem oração para que a situação do pastor José Dias e da missionária Zeneide seja solucionada de forma rápida e da melhor maneira possível.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Vaticano promete “guerra ao casamento gay”


Lideranças católicas ficam contrariadas com decisões dos Estados Unidos e da Europa

O jornal L’Osservatore Romano, principal publicação do Vaticano, publicou como matéria de capa os esforços que serão adotados pela Santa Sé para lutar, mesmo que sozinha, contra as iniciativas de conceder o reconhecimento legal de casais do mesmo sexo.
O ensinamento católico é que os homossexuais devem ser respeitados e tratados com dignidade, mas que seus atos são “intrinsecamente desordenados”. “Pode-se dizer que a igreja, pelo menos nesta frente de batalha, foi derrotada”, diz o L’Osservatore.
Em um comunicado paralelo, feito pelo porta-voz do Papa, à Rádio Vaticano, Federico Lombardi perguntou sarcasticamente por que os defensores do casamento entre homossexuais não pedem também o reconhecimento legal de casais poligâmicos. “Fica claro que, nos países ocidentais, existe uma tendência disseminada de modificar a visão histórica do casamento entre um homem e uma mulher. Ou mesmo de renunciar a ela, eliminando seu reconhecimento legal específico e privilegiado na comparação com outras formas de união”, disse o padre Lombardi.
O editorial de Lombardi na Rádio oficial da ICAR, transmitida para o mundo todo em cerca de 30 línguas, classificou as decisões como “míopes”, afirmando que “essa lógica não pode ter uma percepção de longo prazo visando o bem comum”.
As palavras de Lombardi tem muita força, considerando que além de porta-voz do Vaticano, é diretor da Rádio Vaticano e da Televisão do Vaticano. Ele afirmou ainda ser de “conhecimento público” que o “casamento monogâmico entre homem e mulher é uma conquista da civilização”.
A forte reação dos católicos é resultado das “conquistas” do movimento em diferentes partes do mundo. Três estados dos EUA aprovaram o casamento homossexual em referendos realizados junto com a eleição presidencial. Reeleito, Barack Obama já se disse favorável a esse reconhecimento que em breve deve ser legalizado em outros Estados americanos. Embora tenha parabenizado Obama pela reeleição, o Papa Bento XVI disse estar rezando para que os ideais de liberdade e justiça continuem a ser acolhidos no mundo.
Na mesma semana, a Espanha manteve a lei do casamento gay, e a França avançou com a legislação que promete legalizar o casamento gay no início do próximo ano. Contudo, no ambiente europeu cada vez mais liberal, não houve manifestações contrárias de vulto.
A reação da mídia do Vaticano deve ter repercussões imediatas dentro da Igreja Católica Romana. Ao que parece, a fortes reações indicam que seus líderes, prometeram “nunca parar de lutar contra as tentativas de “eliminar” o casamento heterossexual.
A Mídia do Vaticano insiste ainda que os católicos devem se esforçar nessa “luta corajosa para defender a doutrina da Igreja em face de ideologias politicamente corretas que tentam invadir todas as culturas do mundo”. “A Igreja é chamada a apresentar-se como o crítico solitário da modernidade”, disse Lombardi, ao enfatizar que os governos deveriam respeitar os valores essenciais defendidos pelo Vaticano, isso inclui a liberdade religiosa e a oposição ao aborto, eutanásia e outras questões classificadas como “pró-vida”. Traduzido do jornal The Australian.
fonte http://blogdoantoniomoreno.blogspot.com.br/

LIÇÃO 05 - A INSTITUIÇÃO DA MONARQUIA EM ISRAEL / SUBSÍDIOS / CLASSE ADULTOS

Apresentado pelo Comentarista das Revistas Lições Bíblicas Adultos da CPAD, pastor Osiel Gomes