SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Marcadores

Aborto (11) ACONSELHAMENTO PRÉ-MATRIMÓNIAL (5) Adolecentes Cristão (2) ADPB (1) ADULTÉRIO (2) Agradecimento (1) Aniversario (10) Apologética Cristã (10) Arqueologia (1) As Inquisições (1) Assembleia de Deus (5) Barack Obama (2) Batismos (29) Bíblia (3) Brasil (48) Casamento (25) CGADB (19) Ciência (6) Círculo de Oração (5) CLASSE BERÇÁRIO (26) CLASSE DOS DISCIPULANDOS (55) CLASSE JOVENS E ADULTOS CENTRAL GOSPEL (71) CLASSE JOVENS E ADULTOS BETEL (146) CLASSE MATERNAL (103) Congresso (49) CPAD (6) Cruzada (3) Curiosidades (3) Cursos (3) Departamento Infantil (5) Depressão (2) Desaparecido (4) DESENHOS BIBLICOS (1) Desfiles (3) Dia do Pastor (4) Discipulado (64) Divórcio (4) EBD (20) EBO (21) Escatologia (2) Estudantes (2) Estudos (505) Eventos (118) FALECIMENTO (5) Família (16) Filmes (18) Galeria de Fotos (12) Gospel (284) Gratidão a Deus (1) Hinos Antigos (3) História (4) Homenagens (3) Homilética (4) Homoxesualismo (3) Ideologia de Gênero (12) Idolatria (3) Inquisição (2) Islamismo (9) Israel (18) JARDIM DA INFANCIA (7) LIção de Vida (2) Louvor (1) Luto (42) Maçonaria (3) Mães (3) Mensagens (56) Ministério (34) Missões (147) MODISMOS (2) Mundo (608) Mundo Cristão (178) MUSICAS EVANGÉLICAS (3) Namoro Cristão (8) Noivados (1) Notícias (3155) Obreiros (9) ONU (4) Oração (1) Pneumatologia (1) política (121) Psicopedagogia (3) Pureza sexual (8) Realidade Social (17) Reforma Protestante (4) RELIGIÕES (3) Retiro (4) REVISTA BETEL JOVENS (1) Revista Central Gospel (1) REVISTA CLASSE PRIMARIOS (229) REVISTA CLASSE DOS PRE-ADOLESCENTES (267) REVISTA CLASSE DOS ADOLESCENTES (280) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFANCIA (111) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFÂNCIA (110) REVISTA CLASSE JUNIORES (242) REVISTA DA CLASSE JOVENS CPAD. (185) REVISTA DA CLASSE JOVENS. (319) REVISTA DA CLASSE ADULTOS (872) REVISTA DA CLASSE JOVENS E ADULTOS (391) REVISTA DA CLASSE JUVENIS (262) Revista Maternal (63) Santa Ceia (3) Saúde (45) Seminário (4) Sexualidade (7) Subsídios (1507) Subsídios EBD (1900) Subsídios EBD Videos (592) Templos (3) Teologia (5) Testemunho (1) TRANSGÊNEROS (2) Utilidade publica (1) UTILIDADE PÚBLICA (2) Vida de Adolecente (5) videos (106) Virgilha (1)

23 outubro 2014

4º Trim. 2014 - Lição 4 - A Providência Divina na fidelidade humana I Plano de Aula

4º Corte.  2014 - Lição 4 - A Providência Divina na Fidelidade Humana I Plano de Aula
PORTAL ESCOLA DOMINICAL
QUARTO TRIMESTRE DE 2014
Integridade MORAL E ESPIRITUAL: o Legado do Livro de Daniel Pará a Igreja Hoje
Comentarista: Elienai CABRAL
PLANO DE AULA - EV. CARAMURU AFONSO FRANCISCO
ASSEMBLEIA DE DEUS - MINISTÉRIO DO BELÉM - SEDE - SÃO PAULO / SP


PLANO DE AULA N ° 4
Lição N ° 4 - A PROVIDÊNCIA DIVINA NA FIDELIDADE HUMANA
1º SLIDE INTRODUÇÃO
- Na sequencia do Estudo do Livro de Daniel, Hoje estudaremos o Seu Capítulo Três.
- O Episódio dos amigos de Daniel na fornalha de fogo ardente ENSINA-SOE Que o servo de Deus DEVE Ser fiel Ate a morte.
2º SLIDE I - A Estatua DE OURO QUE FAZER Nabucodonosor Mandou
- Daniel e SEUS amigos Ananias, Misael e Azarias estavam a Frente do Governo da Província de Babilônia.
- Daniel e SEUS amigos Ananias, Misael e Azarias haviam obtido ESTA Importante posição POR Causa da Revelação e interpretação do Sonho Que Nabucodonosor havia Tido, OCASIÃO los that Nabucodonosor reconhece Que o Deus de  Daniel era "o Deus dos deuses, o Senhor dos reis, o revelador dos Segredos "(Dn.2: 47).
3º SLIDE
- This Admissão de Nabucodonosor da superioridade do "Deus de Daniel", não entanto, Nao significou QUALQUÉR Conversão da Parte Do Rei.
- Por Causa Disto, Querendo Como Que Fazer com Que de Todos os Povos POR ELE conquistados estivessem Semper soluçar o Dominio de Babilônia, Mandou Construir UMA Estatua de Ouro.
4º SLIDE
- Como Dimensões Desta Estatua de Ouro Bem Falam fazer Seu significado Espiritual: sessenta côvados de Altura, SEIS côvados de largura e SEIS tipos Instrumentos seriam tocados os antes fazer Momento de Adoração SUA.
- O Nummer proeminente Aqui É O Nummer "seis", Que, na Biblia Sagrada, semper represen o Número do Homem. This estatua, portanto, era Mais UMA Tentativa Humana de rebeldia contra Deus.
5 ° SLIDE
- This Estatua Bem repre O Mundo, env Evoca: a) idolatria; b) O Amor fazer Dinheiro c) a imposição fazer assuntos Poder Político gentílico EM Religiosos
6º SLIDE
- A UO Imagem Deveria Ser fazer deus Merodaque (Marduque), OU fazer deus Nebo OU, AINDA, não Proprio Nabucodonosor.
- O Objetivo Desta Adoração era uma exaltação da supremacia de Babilônia e de SEUS deuses SOBRE de Todos os Povos POR ELA conquistados.
7º SLIDE
- O rei convocou Toda a Cúpula de  Seu Governo do Pará uma cerimónia de consagração Desta estatua.
- A era verdadeira Ordem clara: when se ouvissem o som da buzina, Pífaro, harpa, sambuca, Salterio, gaita de foles e de Toda a sorte de Música, Todos deveriam se prostrar e Adorar a Imagem de Ouro, soluçar pena de Ser lançado não forno de fogo ardente (Dn.3: 4-6).
8º SLIDE II - A FIDELIDADE DE Ananias, MISAEL E Azarias
- Em Meio àquela Multidão de adoradores, Três PESSOAS Localidade: Não se curvaram a Imagem do Rei: Ananias, Misael e Azarias.
- ELES ERAM OS Assessores diretos de  Daniel, entao Governador da Província de Babilônia, os "judeus", Como São identificados los Dn.3: 8.
9º SLIDE
- Onde estava Daniel naquele Momento?
- Tudo indica that, Por algum Motivo de Força Maior, Daniel estava ausente Naquela cerimónia.
10 ° SLIDE
- Imediatamente, sugiram alguns acusadores Diante do rei Nabucodonosor parágrafo delatar that Ananias, Misael e Azarias de: Não haviam se prostrado eadorado a Imagem (Dn.3: 8).
- Ananias, Misael e Azarias incomodavam a muitos com Seu Modo Diferente de Viver, POR ISSO ERAM aborrecidos Pelo Mundo. ASSIM OS devem Ser cristãos los NOSSOS Dias (Jo.15: 18,19; 17: 11,16; Mt 5: 11,12; II Co.2: 15,16).
11º SLIDE
- Ananias, Misael e Azarias de: Não se curvaram a Imagem do Rei, mas compareceram à cerimónia, POIs de sempre iam ATÉ Onde A Mão de Deus alcançava.
- Devemos ter uma MESMA habilidade destes Jovens Pará andar Sobre a cara da Terra - saber separar o Que É lícito fazer Que Localidade: Não E. Jamais resistirmos ÀS autoridades naquilo Que ELAS TEM legitimidade Rm.13: 1,2; At.5: 29).
12ºSLIDE
- O Efeito da Acusação FOI Imediato. Nabucodonosor encheu-se de ira e furor, POIs Localidade: Não pódios admitir, EM plena solenidade los that objetivava demonstrar a superioridade da Babilônia, Ser desafiado ASSIM POR Funcionários de SUA Própria corte.
- A Fala do Rei Nabucodonosor Bem demonstra quão irado estava ELE. Inicia ELE com a Expressão "E de Propósito". "... A pergunta Presente do Rei Mostra Que ELE tinha Tomado o ato daqueles judeus Como Um verdadeiro desprezo AO Seu edito de verdade ..." (SILVA, Severino Pedro da. Op.cit., P.61).


13º SLIDE
- Nabucodonosor, entao, Quis demonstrar Uma "Tolerância", Quis Fazer hum "gesto de Clemência", Que, na Verdade, nada Mais Que era uma reafirmação de SUA autoproclamada supremacia e superioridade, era that O Fim de Toda aquela solenidade.
- E o falso Discurso de  Tolerância that Embute los si a imposição de Valores SOBRE O Outro.
14º SLIDE
- Nabucodonosor expõe Toda arrogância e soberba that inspiraram Toda aquela solenidade AO AFIRMAR: "E QUEM É O Que Deus vos podera livrar das Minhas Mãos?" (Dn.2: 15 "in fine").
- Diante da "Oferta" de Nabucodonosor, aqueles Jovens de: Não titubearam lhes reiterar o Seu Compromisso com o Único e verdadeiro Deus (Dn.3: 16).
15 º SLIDE
Lições Que o Testemunho de Ananias, Misael e Azarias nn da:
a) TEMOS de saber distinguir OS Limites das autoridades terrenas; b) E Deus Soberano e FAZ O Que Lhe apraz, Nao o que Queremos; c) devemos Falar A Verdade Sem Medo e de Modo firme; d) devemos Estar dispostos a Morrer POR Causa de Nossa Fé in Deus.
16º SLIDE     
- A Fidelidade nada Mais E Que a Manutenção do Compromisso assumido com alguem num Determinado Instante.
- Trata-se de UMA Das qualidades do Fruto do Espírito (Gl.5: 22) e Que Nos Mostra Que ESTAMOS participando da Natureza divina (II Pe.1: 4), POIs DEUS É FIEL (II Tm.2: 13) .
17 ° SLIDE
- Diante de tamanha Demonstração de Fidelidade, Que ganharam aqueles Jovens judeus? Uma fornalha de fogo ardente aquecida Sete-fold Mais do Que o normal!
- Aqueles Que se mostram Fiéis a Deus, Que Localidade: Não se dobram à imposição do Mundo, Irão Ser levados AO forno de fogo ardente aquecido Sete-fold Mais!
18 º SLIDE
- Nabucodonosor, Completamente alucinado, Mandou Que se trouxessem OS Homens Mais Fortes de Seu Exercito, parágrafo Que atassem Ananias, Misael e Azarias, um Fim de that they fossem lançados no forno de fogo ardente.
- Era UMA cabala Demonstração de Poder Que Nabucodonosor dava uma de Todos os presentes, parágrafo Que ninguem duvidasse da suposta superioridade esupremacia de Babilônia.
19º SLIDE
- Estes mesmos Homens fortes do Exército de Babilônia foram responsáveis ​​OS POR lançar aqueles Jovens sem forno de fogo ardente, mas, Diante da Alta Temperatura determinada Pelo rei, enguias foram Mortos AO fazerem tal Lançamento, POIS a Chama do Forno OS Matou (Dn. 3:23).
- Parecia MESMO Que Localidade: Não havia Livramento parágrafo aqueles Homens, POIs se ATÉ OS Que OS lançaram nenhum forno morreram Queimados, that Dira aqueles Que haviam Sido lançados atados Naquela fornalha. Era uma Demonstração Máxima do Poder supremo de  Babilônia ...
20 º SLIDE III - O LIVRAMENTO DE DIVINO Ananias, MISAEL E Azarias
- Doce Ilusão um de Nabucodonosor!
a) Perdeu SEUS Homens Mais Fortes, that morreram Queimados AO lançar Os Jovens na fornalha;
b) Que PoDE ver o fogo de: Não PoDE consumir Os Jovens Que, AO contrario passeavam, soltos no Meio do Fogo, acompanhados de hum "Quarto Homem", "Semelhante AO Filho dos deuses".
21º SLIDE
- Ananias, Misael e Azarias haviam Sido Firmes e Fiéis Ate a morte EO Senhor Quis mostrar, Mais UMA Vez, AO rei Nabucodonosor that He era o Único e verdadeiro Deus.
 - Por ISSO MESMO, O Senhor permitiu Que se queimassem apenas como Cordas com cais Quais d'Orsay como aqueles Jovens tinham Sido atados e fez Questão de Estar Presente juntamente com enguias, soltos JÁ COMPLETAMENTE, no Meio da Fornalha.
22º SLIDE
- TEMOS Aqui O Que OS teólogos denominam de "Teofania", OU SEJA, UMA Aparição de fazer Senhor Jesus Antes de Suá Encarnação.
- Ocorre, entao, Mais um Milagre, POIs Nabucodonosor Chegou à porta do Forno parágrafo Chamar aqueles Jovens. Por Que hum Milagre? O Porque, embora tenha se aproximado do Forno e Chamado Os Jovens, o rei de: Não Morreu Queimado, Como OS soldados that haviam lançado Ananias, Misael e Azarias na fornalha. Deus Localidade: Não queria Matar Nabucodonosor, mas mostrar-LHE that He era o Único e verdadeiro Deus!
23 ° SLIDE
- O rei, entao, chamou aqueles Jovens, JA OS considerando "Como servos do Deus Altissimo", reconhecendo, Assim, a divina Soberania, Isto É num Momento los Que Deveria Ser demonstrada a supremacia de Babilônia.
- Obedientemente, aqueles Jovens Sairam da Fornalha. Eram apenas Três OS, POIs o "Quarto Homem" tinha apenas uma Missão de enguias com Ficar na fornalha.
24º SLIDE
- Como Diz o Texto Sagrado, "NEM Só Cabelo de SUA Cabeça se tinha Queimado, NEM como Capa de se mudaram, NEM cheiro de fogo tinha Passado SOBRE enguias" (Dn.3: 27).
- Diante de tamanha Demonstração de Poder, aquela cerimónia idólatra, Que havia Sido Feita Para uma exaltação da suposta supremacia de Babilônia e, espiritualmente Falando, do Mundo e fazer maligno Que o domina, ACABOU Sendo UMA solene declaração de exaltação de Deus e de Seu Poder.
Colaboração PARA O PORTAL ESCOLA DOMINICAL - EV. CARAMURU AFONSO FRANCISCO

 http://www.portalebd.org.br/classes/jovens-e-adultos/item/3553-4%C2%BA-trim-2014-li%C3%A7%C3%A3o-4-a-provid%C3%AAncia-divina-na-fidelidade-humana-i-plano-de-aula.html

LIÇÃO 09 - A MORDOMIA DO TRABALHO / SLIDES / CLASSE ADULTOS

BAIXAR OS SLIDES