SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Google+ Followers

16 novembro 2015

Dinâmica da Lição 08: Sem hipocrisia, mas com verdade (Discipulando 4º Ciclo)

,


Professores e professoras observem alguns pontos importantes e valiosos para o bom crescimento e desenvolvimento de seu aluno e de sua sala:
1– Procure manter os dados pessoais de seus aluno(a)s sempre atualizados (endereço, telefone, e-mail, redes sociais, etc)
2– Antes de iniciar a aula procure se aproximar de cada aluno de sua classe:
- Cumprimente-os, abrace-os.
- Procure saber como foi a semana de cada um deles, e escute-os.
- Preste bastante atenção se há alguém que precise de algum tipo de atenção ou oração especial.
- Observe se existe algum visitante e/ ou aluno novato e faça-lhes uma apresentação muito especial para que ele sinta-se desejoso de voltar a sua sala.
3– Aconselhamos que antes da aula procure ver com seu secretário o nome dos aniversariantes para que após a aula você possa parabeniza-los, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo ou quem sabe uma simples lembrancinha.
4– Ao final da aula procure ver com o secretário de sua sala o nome das pessoas ausentes e durante a semana separe um momento onde você possa entrar em contato com ele(a), por meio de uma visita, um telefone ou rede sociais.
5– É importante que você como professor entenda a importância de cada atitude como a que recomendamos logo acima, a fim de que você possa desenvolver um vínculo afetivo com cada aluno, ele compreenderá o quanto você o ama e se importa com ele.
- Ao preparar a aula, você precisa lembrar que seu alvo é ensinar a palavra de Deus a fim de transformar a vida dos alunos. Para isso, tenha sempre em mente o que eles precisam saber, sentir e agir.
- Este é um momento de grande importância, quando você deverá atrair a atenção e o interesse da classe para o que será ensinado.
6 - Não esqueça que ministrar uma aula não significa apenas transmitir um amontoado de informações teológicas ou conhecimentos puramente pessoais sem a interação com a classe. É importante que os alunos sejam incentivados a participar no processo de aprendizagem.
- Apresentem o título da lição: Sem hipocrisia, mas com verdade.
– Agora, trabalhe o conteúdo da lição. – Para isso é importante que você apresente estratégias que estimule a participação dos alunos, valorize o conteúdo, reforce as aplicações e facilite a aprendizagem. Portanto, para não perder de vista o alvo da lição, use a criatividade, apresente domínio da matéria e observe se os alunos estão entendendo o assunto.
- Para concluir, utilizem o texto e a dinâmica “Compartilhando meu coração”.


Dinâmica: Compartilhando meu coração

Objetivo:
Levar os alunos a prática das boas obras motivados pelo amor cristão.
Material didático:
Corações desenhados e recortados em papel A4 (Cada coração deve ocupar o papel inteiro).
Atividade didática:
Antes de iniciara a dinâmica dê uma palavra introdutória falando sobre a importância do amor na igreja e que ele é responsável pelos atos de caridade, ou seja, obras. Muitos irmãos têm espalhado a péssima notícia que o amor parece desacreditado, mas não o verdadeiro amor cristão; esse nunca estará desacreditado, pois ele reflete o genuíno amor de Deus e é o modo da Igreja mostrar que está viva. O assunto do amor é tão extenso quanto a Bíblia e tão profundo quanto o próprio Deus, pois "Deus é amor (Jo 4.8).
Inicie a dinâmica entregando a cada aluno os corações recortados. A seguir, pergunte o que eles acharam em ver o coração totalmente liso, sem nenhum amasso. Ouça as respostas. Agora peça que todos amassem bastante a folha com o coração recortado. Depois comece a falar que aquele coração liso simboliza a pessoa que não exercita o amor, a caridade e misericórdia, esses permanecem sem marcas e não marcam a vida de ninguém. Jesus disse a seus discípulos: "Um novo mandamento vos dou: que vos amei uns aos outros; assim como eu vos amei a vós, que também vos ameis uns aos outros. Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos, se tiverdes amor uns aos outros" (Jo 13.34,35). Diga que o amor não é apenas sentimento, mas ação demostrada. Informe que o coração amaçado representa as pessoas que doam seu coração para servir ao próximo e as marcas são as experiências da vida
A segunda etapa prossegue com o professor pedindo que escreva no coração uma experiência de amor e misericórdia de ajuda a um necessitado praticada com um amigo ou desconhecido. Agora cada aluno deve compartilhar o seu coração com outro aluno e o aluno com ele.
Agora faça alguns questionamentos:
-Como Jesus mostrou amor e compaixão pelas pessoas, e por que motivo ele fazia isso?
-O que significa amar o próximo como a nós mesmos?
-Como é que mostramos que verdadeiramente amamos a Deus?
-Qual é a melhor maneira de mostrar amor ao nosso próximo?
Comente que o próprio Jesus provavelmente fazia parte de uma família com poucas posses, pois a oferta dada no templo foi a que era estipulada aos pobres (Lc 2.24), diga que Jesus tinha algumas preocupações em relação a essa classe de pessoas, essa era uma característica que o credenciava como verdadeiro Messias (Lc. 4.18), também o interessante é que ele fala que ao darmos um banquete devemos convidar os pobres e não os ricos (Lc 14.13), fez Zaqueu notar que o arrependimento de seu roubo seria compensado por sua devolução aos mesmos (Lc 19.8), e também se fez simples para que pudéssemos herdar a Glória e as bençãos (2 Co 8.9).
É importante entendermos que o verdadeiro amor nunca se desgasta. Quanto mais se dá, mais se tem, e que a vida nos foi dada por Deus para a empregarmos em benefício do nosso próximo. Deus está presente onde às pessoas demonstram amor umas às outras. O amor ao próximo, assim como o amor a Deus, não é apenas um sentimento; envolve ação.
Encerre a dinâmica dividindo a turma em dois grupos. Dê aos grupos a tarefa de arrecadar alimentos não perecíveis durante a semana. Ganhará o grupo que arrecadar a maior quantidade de quilos. Você pode idealizar um premio para o grupo vencedor. Os alimentos arrecadados devem ser entregues ao serviço social da igreja.

Por Escriba Digital


Texto Para Reflexão: Um pedaço de coração

Um jovem estava no centro da cidade, proclamando ter o coração mais belo da região. Uma multidão o cercou e todos admiraram o seu coração. Não havia marca ou qualquer outro defeito. Todos concordaram que aquele era o coração mais belo que já tinham visto. O jovem ficou muito orgulhoso por seu belo coração.
De repente, um velho apareceu diante da multidão e disse: "Porque o coração do jovem é mais belo do que o meu?”.
A multidão e o jovem olharam para o coração do velho, que estava batendo com vigor, mas tinha muitas cicatrizes. Havia locais em que pedaços tinham sido removidos e outros tinham sido colocados no lugar, mas estes não encaixavam direito, causando muitas irregularidades. Em alguns pontos do coração, faltavam pedaços.
O jovem olhou para o coração do velho e disse:
"O senhor deve estar brincando... Compare os nossos corações. O meu está perfeito, intacto e o seu é uma mistura de cicatrizes e buracos!"
"Sim! - disse o velho - Olhando, o seu coração parece perfeito, mas eu não trocaria o meu pelo seu. Veja, cada cicatriz representa uma pessoa para a qual eu dei o meu amor. Tirei um pedaço do meu coração e dei para cada uma dessas pessoas. Muitas delas deram-me também um pedaço do próprio coração para que eu colocasse no meu, mas como os pedaços não eram exatamente iguais, há irregularidades. Mas eu as estimo, porque me fazem lembrar do amor que compartilhamos. Algumas vezes, dei pedaços do meu coração a quem não me retribuiu. Por isso, há buracos. Eles doem, ficam abertos, lembrando-me do amor que senti por essas pessoas... Um dia espero que elas retribuam, preenchendo esse vazio. E então, jovem? Agora você entende o que é a verdadeira beleza?"
O jovem ficou calado e lágrimas escorriam pelo seu rosto. Ele aproximou-se do velho, tirou um pedaço de seu perfeito e jovem coração e ofereceu ao velho, que retribuiu o gesto. O jovem olhou para o seu coração, não mais perfeito como antes, mas mais belo que nunca. Os dois se abraçaram e saíram caminhando lado a lado.


Autor: Desconhecido


Professor, antes de dar esta aula pesquise com muito afinco todos os pontos abordados em seu Plano de Aula, pois não adianta falar só de achismo, ou porque conheceu este Blog e acha suficiente para dar aula. Entenda que eu não conheço a realidade social, psicológica, física e espiritual de seus alunos, por isso, tente chegar no âmago das dúvidas de seus alunos, não os faça de meros espectadores de um "show" de conhecimento, pois isso não será suficiente, o conteúdo precisa de aplicabilidade para a situação de vida de seus alunos e isso é o mais importante. Deguste à vontade o conhecimento, mas não ache que irá inculcá-lo de uma hora pra outra nos seus alunos, por isso procure ser criativo na exposição do assunto.

Desejamos que esta aula seja portadora de grandes frutos para vida de seus alunos!


Read more: http://euvoupraebd.blogspot.com/2015/11/dinamica-da-licao-08-sem-hipocrisia-mas.html#ixzz3rgsTpCGe
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AS 10 MAIS VISITADAS