SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Google+ Followers

01 janeiro 2016

Lição 1 - Escatologia, o estudo das últimas coisas I



Estamos dando início a mais um ano letivo da Escola Bíblica Dominical, agradecendo ao Senhor por ter mantido, em nosso país, a liberdade de culto e de crença e, assim, podermos estudar, sem restrições, a Sua Palavra.
PORTAL ESCOLA DOMINICAL
PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2016
ADULTOS - O FINAL DE TODAS AS COISAS - Esperança e glória para os salvos
COMENTARISTA: ELINALDO RENOVATO DE LIMA
COMENTÁRIO: EV. CARAMURU AFONSO FRANCISCO
ASSEMBLEIA DE DEUS - MINISTÉRIO DO BELÉM - SEDE - SÃO PAULO/SP


ESBOÇO Nº 1
A) INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE

Estamos dando início a mais um ano letivo da Escola Bíblica Dominical, agradecendo ao Senhor por ter mantido, em nosso país, a liberdade de culto e de crença e, assim, podermos estudar, sem restrições, a Sua Palavra.
Neste primeiro trimestre, teremos um “trimestre temático”, ou seja, estudaremos um tema nas Escrituras Sagradas, mais precisamente a Escatologia, que é a doutrina das últimas coisas.

Se terminamos o ano de 2015 estudando o começo de todas as coisas, haveremos de, no início de 2016, estudar o final de todas as coisas.

O estudo da escatologia é extremamente importante para o nosso crescimento espiritual, pois demonstra que a Bíblia Sagrada é a Palavra de Deus, porquanto o estudo da Escatologia mostra que Deus está no pleno controle de todas as coisas e que, por isso, podemos n’Ele confiar plenamente.

Quando os crentes ficaram perplexos, olhando para o céu, após a ocultação da figura física de Jesus, de imediato o Senhor mandou dois anjos para lembrar àqueles discípulos que aquele Jesus, que havia acabado de retornar aos céus, haveria de voltar da mesma forma que havia subido para a glória (At.1:11).

Esta prontidão divina em fazer os discípulos relembrarem as promessas de Jesus a respeito da Sua volta revela-nos quão importante é o estudo das profecias bíblicas ainda não cumpridas, daquilo que brevemente há de acontecer, para a vida espiritual de cada cristão.

Com o impacto daquelas palavras, os discípulos encontraram disposição para saírem do monte das Oliveira e iniciar um período de oração de dez dias no cenáculo, dando início, assim, ao trabalho evangelístico que perdura até hoje, quase dois mil anos depois, um trabalho feito sob a perspectiva da volta de Cristo.

Como diz conhecido hino da Harpa Cristã, “nossa esperança é Sua vinda”. Sem a perspectiva da volta de Cristo, não há esperança para o crente, não há sentido em nossa vida espiritual, a nossa adoração a Deus perde a razão de ser.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AS 10 MAIS VISITADAS