SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Google+ Followers

06 fevereiro 2016

Jovens: Justiça e Graça – Um estudo da doutrina da Salvação na carta aos Romanos Lição 06: Bênçãos da Justificação

Professoras e professores, observem estas orientações:
1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
2 - Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.
Outro fator importante para estabelecer vínculos com os alunos é através das redes sociais, adicionem os alunos e mantenham comunicação com eles.
3 - Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email ou pelas redes sociais,deixando uma mensagem “in box” dizendo que sentiu falta dele(a) na EBD).
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.
4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.
5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associando a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!
6 – Agora, vocês iniciam o estudo da lição. Vejam estas sugestões:
- Apresentem o título da lição: Bênçãos da Justificação.
- Lembrem-se de que ao trabalhar o conteúdo da lição, vocês devem oportunizar a participação do aluno, envolvendo-o através de exemplos e situações próprias de sua idade. Dessa forma, vocês estão contextualizando o tema com a vida do aluno, além de promover uma aprendizagem mais significativa.
À medida que vocês falarem sobre das bênçãos da justificação, anotem o nome de cada uma delas no quadro, para que haja visualização e melhore a aprendizagem.
- Para concluir, utilizem a dinâmica “Alegria, alegria...”
Tenham uma excelente e produtiva aula!

Dinâmica: Alegria, alegria...
Objetivo:
Refletir sobre a alegria, a paz, a confiança, a esperança e a fé que devemos ter mesmo diante de dificuldades.
Refletir sobre as bênçãos da justificação.
Material:
01 caixa que caiba os seguintes objetos:
01 figura de um rosto sorrindo
01 bala de mel
01 lenço
Um pouco de sal
01 pedra
01 espinho
01 limão
01 grão de mostarda
01 figura de um pombo branco
Procedimento:
1 - Passem a caixa para que alguns alunos tirem um objeto.
2 - Peçam para que a pessoa que pegou o objeto pense o que pode significar este objeto nas lutas da vida cristã.
Nesse momento, os alunos podem pedir ajuda ao colega do lado.
3 - Agora, solicitem que os alunos socializem o que pensaram, mostrando primeiro o objeto ou a figura.
Caso haja dificuldade, deem algumas indicações como estas abaixo, sugerindo o que pode representar os objetos ou figuras:
Rosto sorrindo: Alegria na tribulação e no momento do desfecho da situação.
Bala de mel: Alegria que encontramos na Palavra de Deus: As tuas palavras são mais doces que o mel(Sl 119.103)
Lenço: Para enxugar as lágrimas de tristeza, de alegria e quando oramos.
Sal: Conserva a nossa esperança e confiança em Deus
Pedra: Simboliza as dificuldades do caminho
Espinho: Representa o incômodo, o sofrimento
Limão: Representa os azedumes, as angústias, as tristezas
Grão de mostarda: Representa a fé
Pombo: Simboliza a paz
4 – Leiam as referências:
“Tenho vos dito isto, para que em mim tenhais paz. No mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo”(Jo 16.33).
“Regozijai-vos, sempre, no Senhor; outra vez digo: regozijai-vos”(Fp 4.4).
5 – Para concluir, enfatizem a importância da alegria e paz que temos através da atuação divina em nossas vidas, diante das vicissitudes da caminhada cristã.
Por Sulamita Macedo.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AS 10 MAIS VISITADAS