SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Google+ Followers

Marcadores

Aborto ACONSELHAMENTO PRÉ-MATRIMÓNIAL Adolecentes Cristão ADOLESCENTES ADPB ADULTÉRIO ADULTOS Agradecimento Aniversario Apologética Cristã Arqueologia As Inquisições Assembleia de Deus Barack Obama Batismos Bíblia Brasil Casamento CGADB Ciência Círculo de Oração CLASSE BERÇARIO CLASSE BERÇÁRIO CLASSE DOS DISCIPULADOS CLASSE DOS DISCIPULANDO CLASSE DOS DISCIPULANDOS CLASSE JOVENS E ADULTOS CENTRAL GOSPEL CLASSE JOVENS E ADULTOS BETEL CLASSE MATERNAL Congresso CPAD Cruzada Curiosidades Cursos Departamento Infantil Depressão Desaparecido DESENHOS BIBLICOS Desfiles Dia do Pastor Discipulado Divórcio EBD EBO Escatologia Estudantes Estudos Eventos FALECIMENTO Família Filmes Galeria de Fotos Gospel Gratidão a Deus Hinos Antigos História Homenagens Homilética Homoxesualismo Ideologia de Gênero Idolatria Inquisição Islamismo Israel LIção de Vida Louvor Luto Maçonaria Mães Mensagens Ministério Missões MODISMOS Mundo Mundo Cristão MUSICAS EVANGÉLICAS Namoro Cristão Noivados Notícias Obreiros ONU Oração Pneumatologia política PRIMARIOS Psicopedagogia Pureza sexual Realidade Social Reforma Protestante RELIGIÕES Retiro Revista Central Gospel REVISTA CLASSE PRIMARIOS REVISTA CLASSE DOS PRE-ADOLESCENTES REVISTA CLASSE DOS ADOLESCENTES REVISTA CLASSE JARDIM DA INFANCIA REVISTA CLASSE JARDIM DA INFÂNCIA REVISTA CLASSE JUNIORES REVISTA DA CLASSE JOVENS. REVISTA DA CLASSE ADULTOS REVISTA DA CLASSE JUVENIS Revista Maternal Santa Ceia Saúde Seminário Sexualidade Subsídios Subsídios EBD Subsídios EBD Videos Templos Teologia Testemunho TRANSGÊNEROS Utilidade publica UTILIDADE PÚBLICA Vida de Adolecente videos Virgilha

27 abril 2016

Pastor quer evangelizar os assassinos de sua esposa: "Seria um golpe no inimigo"

Pastor Davey Blackburn e sua esposa Amanda, com o filho. (Foto: ABC 11)



"Imagine se esses três caras conhecem Jesus. Imagine a grande golpe que isto seria para o inimigo", disse o pastor Davey Blackburn, que teve sua esposa assassinada em novembro de 2015.

O pastor Davey Blackburn - marido de Amanda Blackburn, que morreu após ser baleada na cabeça em sua casa por intrusos, em novembro do ano passado - disse que já perdoou os assassinos e que também quer compartilhar sobre sua cristã fé com eles.

Em uma entrevista com o ex-pastor Perry Noble, Davey disse, falou sobre morte de sua esposa e que descobriu que "o perdão não é uma emoção".

"Eu nunca poderia simplesmente sentir que iria perdoá-los [os assassinos de Amanda]. Você nunca vai se sentir como se quisesse perdoar alguém que lhe fez algo que é irreparável... O que eu percebi é que o perdão é uma decisão e não apenas uma decisão de uma só vez. É uma decisão diária", disse.

"Todos os dias eu tenho que acordar ... e eu tenho que decidir perdoar. E eis o motivo pelo qual eu decidir perdoar: a amargura e a falta de perdão seriam um câncer que mais ninguém além de mim estaria desenvolvendo. Isso iria me corroer por dentro se eu o alimentasse".

Ele continuou: "No final do dia, o Senhor disse a 'vingança é minha' Deste lado da eternidade, quem sabe o que vai acontecer? Mas do outro lado da eternidade, Jesus vai restaurar e fazer com que todas as coisas ruins completamente se tornem inverdades. Assim Ele cuidará da vingança. Tudo o que tenho a fazer é confiar que Ele tem tudo isso sob controle.

"A cruz foi um verso por um momento: O vale da sombra da morte, onde todos os discípulos de Jesus poderiam ter se levantado e dito: 'Nós temos que começar a vingança, temos de ter a retribuição'. A ressurreição nos mostra que Deus é um 'vingador' muito melhor do que nós. E ele traz vida, não traz a morte".

Blackburn, que lidera a Igreja Resonate, em Indianapolis (EUA), acrescentou: "Eu sei que isso parece loucura, e eu honestamente não sei como vou fazê-lo fora da graça de Deus, mas eu realmente espero ter a oportunidade de compartilhar o evangelho com esses caras", acrescentou. "Imagine se esses três caras conhecem Jesus. Imagine a grande golpe que isto seria para o inimigo".

Amanda estava grávida de 12 semanas, quando foi baleada em 10 de novembro de 2015 e acabou morrendo no hospital. Três homens - Larry Taylor, Jalen Watson e Diono Gordon - estão sendo acusados pelo assassinato a esposa do pastor.

Guiame