SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Google+ Followers

Marcadores

Aborto ACONSELHAMENTO PRÉ-MATRIMÓNIAL Adolecentes Cristão ADOLESCENTES ADPB ADULTÉRIO ADULTOS Agradecimento Aniversario Apologética Cristã Arqueologia As Inquisições Assembleia de Deus Barack Obama Batismos Bíblia Brasil Casamento CGADB Ciência Círculo de Oração CLASSE BERÇARIO CLASSE BERÇÁRIO CLASSE DOS DISCIPULADOS CLASSE DOS DISCIPULANDO CLASSE DOS DISCIPULANDOS CLASSE JOVENS E ADULTOS CENTRAL GOSPEL CLASSE JOVENS E ADULTOS BETEL CLASSE MATERNAL Congresso CPAD Cruzada Curiosidades Cursos Departamento Infantil Depressão Desaparecido DESENHOS BIBLICOS Desfiles Dia do Pastor Discipulado Divórcio EBD EBO Escatologia Estudantes Estudos Eventos FALECIMENTO Família Filmes Galeria de Fotos Gospel Gratidão a Deus Hinos Antigos História Homenagens Homilética Homoxesualismo Ideologia de Gênero Idolatria Inquisição Islamismo Israel LIção de Vida Louvor Luto Maçonaria Mães Mensagens Ministério Missões MODISMOS Mundo Mundo Cristão MUSICAS EVANGÉLICAS Namoro Cristão Noivados Notícias Obreiros ONU Oração Pneumatologia política PRIMARIOS Psicopedagogia Pureza sexual Realidade Social Reforma Protestante RELIGIÕES Retiro Revista Central Gospel REVISTA CLASSE PRIMARIOS REVISTA CLASSE DOS PRE-ADOLESCENTES REVISTA CLASSE DOS ADOLESCENTES REVISTA CLASSE JARDIM DA INFANCIA REVISTA CLASSE JARDIM DA INFÂNCIA REVISTA CLASSE JUNIORES REVISTA DA CLASSE JOVENS CPAD. REVISTA DA CLASSE JOVENS. REVISTA DA CLASSE ADULTOS REVISTA DA CLASSE JOVENS E ADULTOS REVISTA DA CLASSE JUVENIS Revista Maternal Santa Ceia Saúde Seminário Sexualidade Subsídios Subsídios EBD Subsídios EBD Videos Templos Teologia Testemunho TRANSGÊNEROS Utilidade publica UTILIDADE PÚBLICA Vida de Adolecente videos Virgilha

31 maio 2016

A MARCHA PARA JESUS E O RETRATO DO EVANGELICALISMO BRASILEIRO



Lá vem o trio elétrico. Nas laterais os nomes 

“Tremendão”, no centro os balões amarelos delineando a palavra “Jesus”. A multidão diz “palavras de ordem”, cantarola refrãos de canções gospel e com alegria demonstra suas coreografias. Não é um bloco de carnaval. É o bloco de Jesus! Eles não caminham para o martírio. Calma! Não os confunda com aquela multidão que sofreram ou sofrerão por causa do testemunho de Jesus e pela palavra de Deus, e que não adoraram a besta, nem a sua imagem, e não receberam o sinal em suas testas nem em suas mãos, como narra João em Apocalipse 20. Eles só são os fieis que compõem a Marcha pra Jesus.

Informações dão conta de que esta marcha realizada em São Paulo, chegou a mais de 3 milhões de fiéis, superando os 340 mil de 2015. No entanto, esta explosão de gente ilustra muito bem o retrato do evangelicalismo brasileiro.

1) As denominações se multiplicaram, a grande maioria destas influenciada pelo movimento Neopentecostal. Este movimento tem enchido as igrejas ao oferecer aos fieis um Evangelho voltado para bênçãos materiais, milagres e prosperidades.

2) As grandes igrejas investiram em programas de TV e se utilizaram deste meio de comunicação para difundir suas programações e campanhas, atraindo mais fieis e ampliando seus campos de implantação.

3) Os cantores do gospel galgaram espaço na mídia televisiva e através de seus show business passaram a disputar os fãs e o palco com artistas do meio secular, reforçando, por assim dizer esta engrenagem que faz crescer o público nominal evangélico.

4) Alguns pastores evangélicos tem ganhado notoriedade ao defender questões relacionadas a questões morais, principalmente relacionada a família e em resistência as pautas LGBT.

5) O surgimento de um mercado gospel tem encontrado guarida diante desta crescente de fieis que ao consumirem produtos “cristãos” sentem-se partícipes de uma cultura divinizada que passa a fazer todo o sentido quando vista a partir do ponto de vista de sua fé.

Organizada pela Igreja Renascer em Cristo, a marcha ilustra uma igreja que não cresceu em qualidade, apenas inchou. A marcha depõe contra o próprio crescimento da igreja brasileira, que apesar da imensa multiplicação de igrejas nas ruas de nossas cidades não tem tido força para impactar a realidade social desta nação. A marcha mostra que a grande maioria dos evangélicos do país entendem que o mercado gospel e seus cantores são ícones relevantes para o cultivo da fé. A marcha pra Jesus mostra que a igreja pode até não saber ser sal e luz, mas sabe pelo menos marchar.

É grande importância ressaltar que tal evento não representa a totalidade dos evangélicos do Brasil. A grande maioria das denominações tradicionais e de origem reformada entende que antes de qualquer marcha, o que os evangélicos mais precisam é retornar as bases da fé protestante. Ao invés de marchar na rua como bloco de festa sob o pretexto de que aquilo é um ato profético em prol da nação, o que esta multidão mais precisa é retornar Escrituras Sagradas, orar pela nação e cumprir seu papel social como um verdadeiro cristão.

Particularmente, eu ficaria bem mais feliz ao ver a Globo, ao invés de anunciar “Fiéis se emocionam em shows de música gospel na Marcha para Jesus”, estampar em suas manchetes a notícia: “Evangélicos desistem de Marcha pra Jesus, retornam as Escrituras Sagradas e impactam a sociedade com suas vidas”.


***

Antognoni Misael é colunista do Púlpito Cristão.http://blogdoantoniomoreno.blogspot.com.br/2016/05/a-marcha-para-jesus-e-o-retrato-do.html