SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Google+ Followers

29 julho 2016

Dinâmica da Lição 05: Vencendo a tentação (Discipulando 3º Ciclo)



Professores e professoras observem alguns pontos importantes e valiosos para o bom crescimento e desenvolvimento de seu aluno e de sua sala:
1– Procure manter os dados pessoais de seus aluno(a)s sempre atualizados (endereço, telefone, e-mail, redes sociais, etc)
2– Antes de iniciar a aula procure se aproximar de cada aluno de sua classe:
- Cumprimente-os, abrace-os.
- Procure saber como foi a semana de cada um deles, e escute-os.
- Preste bastante atenção se há alguém que precise de algum tipo de atenção ou oração especial.
- Observe se existe algum visitante e/ ou aluno novato e faça-lhes uma apresentação muito especial para que ele sinta-se desejoso de voltar a sua sala.
3– Aconselhamos que antes da aula procure ver com seu secretário o nome dos aniversariantes para que após a aula você possa parabeniza-los, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo ou quem sabe uma simples lembrancinha.
4– Ao final da aula procure ver com o secretário de sua sala o nome das pessoas ausentes e durante a semana separe um momento onde você possa entrar em contato com ele(a), por meio de uma visita, um telefone ou rede sociais.
5– É importante que você como professor entenda a importância de cada atitude como a que recomendamos logo acima, a fim de que você possa desenvolver um vínculo afetivo com cada aluno, ele compreenderá o quanto você o ama e se importa com ele.
- Ao preparar a aula, você precisa lembrar que seu alvo é ensinar a palavra de Deus a fim de transformar a vida dos alunos. Para isso, tenha sempre em mente o que eles precisam saber, sentir e agir.
- Este é um momento de grande importância, quando você deverá atrair a atenção e o interesse da classe para o que será ensinado.
6 - Não esqueça que ministrar uma aula não significa apenas transmitir um amontoado de informações teológicas ou conhecimentos puramente pessoais sem a interação com a classe. É importante que os alunos sejam incentivados a participar no processo de aprendizagem.
- Apresentem o título da lição: Vencendo a tentação.
– Agora, trabalhe o conteúdo da lição. – Para isso é importante que você apresente estratégias que estimule a participação dos alunos, valorize o conteúdo, reforce as aplicações e facilite a aprendizagem. Pergunte se algum aluno ouviu alguma reportagem recente a respeito de adultério e traição e quais foram às consequências disso. Portanto, para não perder de vista o alvo da lição, use a criatividade, apresente domínio da matéria e observe se os alunos estão entendendo o assunto.
- Para introduzir o estudo do tema, utilizem a dinâmica “Como está sua resistência?”.
- Em seguida, trabalhem outros pontos levantados na lição, sempre de forma participativa e contextualizada.
- Para concluir, perguntem: O que vocês aprenderam sobre a tentação?
Aguardem as respostas.
Tentações, todos nós estamos sujeitos, qualquer que seja o cristão, ninguém está livre de sofrer tentações, a diferença está na resistência, como anda a sua?
Você pode abrir a discussão deste assunto com os novos convertidos utilizando esta simples dinâmica. Muitos novos convertidos reclamam que passam por muitas tentações e que são fracos, mas eles têm resistido? Buscam situações que levam a tentação? Abrem mão de si ou priorizam suas vontades e não em agradar ao Senhor? Destaque o quanto é importante se revestir do “novo homem” e está sempre se “equipando” espiritualmente, quanto mais protegidos com a Palavra, oração e comunhão com Deus, melhor.



Dinâmica: Como está sua resistência?

Material didático:
Uma sacola de papel;
Uma caixa reforçada de papel (tipo caixa de leite ou suco)
Uma jarra cheia d’água
Uma vasilha para evitar encharcar tudo
Atividade didática:
Ponha numa mesa, diante da turma, os materiais de que vai precisar: a sacola de papel, a caixa de papel, a jarra d’água e a vasilha para quando você for encher a sacola, utilizar embaixo para evitar molhar a mesa.

Apresente a eles a sacola de papel, fale de que é feita e sobre seu grau de resistência, faça a mesma coisa com a caixa de leite, diga que tanto a sacola quanto a caixa são do mesmo material, ou seja, papel, mas o grau de revestimento e resistência de cada uma delas é diferente.

Peça um voluntário para segurar a sacola de papel enquanto você pega a jarra com água e enche a sacola d’água, à medida que for enchendo d’água interaja com eles, indagando até que ponto aquela sacola suportará a pressão ... (use a vasilha embaixo da sacola enquanto enche de água, assim, se romper, não molha a mesa e tudo ao redor...)

Após encher um pouco a sacola de papel pergunte até quando ela vai suportar, ressalte que a sacola está toda encharcada e visivelmente fragilizada a ponto de romper de vez a qualquer momento...
Depois, faça o mesmo procedimento com a caixa de leite/suco e compare a reação de ambas em relação à água, são do mesmo material, mas com resistências diferentes! Por quê?! Dê oportunidade para eles falarem.

Agora leia o texto bíblico de reflexão e demais referências relacionadas à tentação e resistência espiritual, peça que eles leiam as referências, explique, aplique e discuta com eles a importância do cristão resistir as tentações e que para isso, é preciso se esforçar para se proteger, para melhor ter forças e com a graça do Senhor, vencer.

Enquanto a caixa aguenta e resiste, a sacola só encharca, absorvendo tudo de imediato sem nenhuma resistência, pergunte: Você é igual a sacola ou a caixa? Você resiste ou cede logo? (não precisam responder, é só pra refletir).

Se você resiste à tentação na primeira vez que surgir, será mais fácil resistir da próxima vez, se você continuar resistindo, vai ficando cada vez mais confiante e mais fácil resistir, e aquele “mostro” que você temia já não causa tanto medo e receio assim... Mas o oposto também acontece, se cedermos da primeira vez à tentação, fica mais difícil resistir da próxima vez que formos cercados por ela, se continuar caindo será fácil cair novamente, pois pode tornar-se um hábito e levar até mesmo a um vício!

Mostre aos alunos que mesmo se esforçando, se alguém cair em tentação e pecar contra Deus, temos um advogado: Jesus! (1 Jo 2:1) E que podemos recorrer a Ele, com confissão, arrependimento sincero e novas atitudes, Deus tem o perdão e o levantar, podemos caminhar firmes com confiança novamente.

Você também pode pesquisar como são feitas as embalagens e adaptar a dinâmica conforme seus objetivos e classe.
Texto bíblico de reflexão:
“Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar; Ao qual resisti firmes na fé, sabendo que as mesmas aflições se cumprem entre os vossos irmãos no mundo” (1 Pedro 5:8-9).
Textos bíblicos relacionados para estudo e discussão em grupo:
1 Pedro 5:8,9; 2 Pedro 2:9
1 João 1:9; 2:1,12; 4:4
1 Coríntios 10:13
Hebreus 12:6
Tiago 1:2,3 e 2; 4:7
Daniel 1:8
Lucas 4:5 a 8
Efésios 4:24; 6:10-18
2 Timóteo 2:22


Professor, antes de dar esta aula pesquise com muito afinco todos os pontos abordados em seu Plano de Aula, pois não adianta falar só de achismo, ou porque conheceu este Blog e acha suficiente para dar aula. Entenda que eu não conheço a realidade social, psicológica, física e espiritual de seus alunos, por isso, tente chegar no âmago das dúvidas de seus alunos, não os faça de meros espectadores de um "show" de conhecimento, pois isso não será suficiente, o conteúdo precisa de aplicabilidade para a situação de vida de seus alunos e isso é o mais importante. Deguste à vontade o conhecimento, mas não ache que irá inculcá-lo de uma hora pra outra nos seus alunos, por isso procure ser criativo na exposição do assunto.

Desejamos que esta aula seja portadora de grandes frutos para vida de seus alunos!


Por Roberto José
http://www.ensinadorcristao.com.br  todos os direitos reservados.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AS 10 MAIS VISITADAS