SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Google+ Followers

Marcadores

Aborto ACONSELHAMENTO PRÉ-MATRIMÓNIAL Adolecentes Cristão ADOLESCENTES ADPB ADULTÉRIO ADULTOS Agradecimento Aniversario Apologética Cristã Arqueologia As Inquisições Assembleia de Deus Barack Obama Batismos Bíblia Brasil Casamento CGADB Ciência Círculo de Oração CLASSE BERÇARIO CLASSE BERÇÁRIO CLASSE DOS DISCIPULADOS CLASSE DOS DISCIPULANDO CLASSE DOS DISCIPULANDOS CLASSE JOVENS E ADULTOS CENTRAL GOSPEL CLASSE JOVENS E ADULTOS BETEL CLASSE MATERNAL Congresso CPAD Cruzada Curiosidades Cursos Departamento Infantil Depressão Desaparecido DESENHOS BIBLICOS Desfiles Dia do Pastor Discipulado Divórcio EBD EBO Escatologia Estudantes Estudos Eventos FALECIMENTO Família Filmes Galeria de Fotos Gospel Gratidão a Deus Hinos Antigos História Homenagens Homilética Homoxesualismo Ideologia de Gênero Idolatria Inquisição Islamismo Israel LIção de Vida Louvor Luto Maçonaria Mães Mensagens Ministério Missões MODISMOS Mundo Mundo Cristão MUSICAS EVANGÉLICAS Namoro Cristão Noivados Notícias Obreiros ONU Oração Pneumatologia política PRIMARIOS Psicopedagogia Pureza sexual Realidade Social Reforma Protestante RELIGIÕES Retiro Revista Central Gospel REVISTA CLASSE PRIMARIOS REVISTA CLASSE DOS PRE-ADOLESCENTES REVISTA CLASSE DOS ADOLESCENTES REVISTA CLASSE JARDIM DA INFANCIA REVISTA CLASSE JARDIM DA INFÂNCIA REVISTA CLASSE JUNIORES REVISTA DA CLASSE JOVENS. REVISTA DA CLASSE ADULTOS REVISTA DA CLASSE JUVENIS Revista Maternal Santa Ceia Saúde Seminário Sexualidade Subsídios Subsídios EBD Subsídios EBD Videos Templos Teologia Testemunho TRANSGÊNEROS Utilidade publica UTILIDADE PÚBLICA Vida de Adolecente videos Virgilha

07 julho 2016

Terrorista sírio teria fugido para o Brasil, alerta companhia aérea

Terrorista do Estado Islâmico, Jihad Ahmad Deyab, estaria no Brasil, segundo divisão antiterrorismo da Polícia Federal. (Foto: Extra)



Jihad Ahmad Deyab cumpriu pena na prisão de Guantánamo e havia sido acolhido pelo Uruguai como refugiado. O alerta sobre a vinda do extremista para o Brasil tem base em informações da Divisão Antiterrorismo da Polícia Federal.

A companhia aérea Avianca emitiu um alerta de que terrorista sírio Jihad Ahmad Deyab pode ter fugido para o Brasil. O combatente é ex-presidiário de Guantánamo (presídio norte-americano, contruído em Cuba) e foragido do Uruguai - onde tinha sido acolhido como refugiado - há duas semanas.

A Avianca confirmou a veracidade do comunicado ao site Extra (Globo.com). A empresa explicou que o comunicado consiste em um procedimento “habitual” para mostrar que que a companha está disposta colaborar com as autoridades.

Segundo a companhia aérea, o alerta tem como base, informações repassadas pela própria divisão antiterrorismo da Polícia Federal - a qual deve ser notificada imediatamente, caso haja novas informações sobre o paradeiro do terrorista no Brasil.

Com 45 anos de idade, Jihad estaria usando documentação falsa - provavelmente de origem marroquina, síria ou jordaniana - para se manter em território brasileiro. Seu passaporte oficial teria sido expedido no Uruguai. O terrorista também teria aparente 'dificuldade de locomoção', utilizando muletas e dificuldades para falar português.

Histórico
Jihad foi membro da organização criminosa Al Qaeda e serviu em operações terroristas na África, além de ter atuado como recrutador na Europa. Após sua prisão em Guantánamo, o terrorista foi levado em 2014, junto a outros seis detentos, para o Uruguai, onde todos foram acolhidos como refugiados.

Sua esposa, Usra al-Hussein, chegou a ser presa na Síria, em julho de 2008, mas foi liberada em 22 de julho de 2009, segundo informações da Anistia Internacional. Seu paradeiro atual, no entanto, é oficialmente desconhecido.

Recrutador brasileiro
A presença do terrorista sírio em solo brasileiro vem acrescentar preocupações diante do quadro de ameaças terroristas que o país vem vivendo. A atenção dos investigadores tem se intensificado com a proximidade dos jogos olímpicos deste ano (2016).

Conforme a revista portuguesa Sábado e a VEJA, o terrorista que se identifica como Ismail Abdul Jabbar Al-Brazili tem sido investigado. Ele seria o responsável pelo recrutamento de brasileiros para oEstado Islâmico.

"A disseminação de ideário radical salafista entre brasileiros, aliada às limitações operacionais e legais em monitorar suspeitos e à dificuldade de neutralizar atos preparatórios de terrorismo, aponta para o aumento, sem precedentes no Brasil, da probabilidade de ocorrência de atentados ao longo de 2016, especialmente por ocasião dos Jogos Rio 2016", diz o relatório da Abin.

Guiame