SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Google+ Followers

Marcadores

Aborto ACONSELHAMENTO PRÉ-MATRIMÓNIAL Adolecentes Cristão ADOLESCENTES ADPB ADULTÉRIO ADULTOS Agradecimento Aniversario Apologética Cristã Arqueologia As Inquisições Assembleia de Deus Barack Obama Batismos Bíblia Brasil Casamento CGADB Ciência Círculo de Oração CLASSE BERÇARIO CLASSE BERÇÁRIO CLASSE DOS DISCIPULADOS CLASSE DOS DISCIPULANDO CLASSE DOS DISCIPULANDOS CLASSE JOVENS E ADULTOS CENTRAL GOSPEL CLASSE JOVENS E ADULTOS BETEL CLASSE MATERNAL Congresso CPAD Cruzada Curiosidades Cursos Departamento Infantil Depressão Desaparecido DESENHOS BIBLICOS Desfiles Dia do Pastor Discipulado Divórcio EBD EBO Escatologia Estudantes Estudos Eventos FALECIMENTO Família Filmes Galeria de Fotos Gospel Gratidão a Deus Hinos Antigos História Homenagens Homilética Homoxesualismo Ideologia de Gênero Idolatria Inquisição Islamismo Israel LIção de Vida Louvor Luto Maçonaria Mães Mensagens Ministério Missões MODISMOS Mundo Mundo Cristão MUSICAS EVANGÉLICAS Namoro Cristão Noivados Notícias Obreiros ONU Oração Pneumatologia política PRIMARIOS Psicopedagogia Pureza sexual Realidade Social Reforma Protestante RELIGIÕES Retiro Revista Central Gospel REVISTA CLASSE PRIMARIOS REVISTA CLASSE DOS PRE-ADOLESCENTES REVISTA CLASSE DOS ADOLESCENTES REVISTA CLASSE JARDIM DA INFANCIA REVISTA CLASSE JARDIM DA INFÂNCIA REVISTA CLASSE JUNIORES REVISTA DA CLASSE JOVENS CPAD. REVISTA DA CLASSE JOVENS. REVISTA DA CLASSE ADULTOS REVISTA DA CLASSE JOVENS E ADULTOS REVISTA DA CLASSE JUVENIS Revista Maternal Santa Ceia Saúde Seminário Sexualidade Subsídios Subsídios EBD Subsídios EBD Videos Templos Teologia Testemunho TRANSGÊNEROS Utilidade publica UTILIDADE PÚBLICA Vida de Adolecente videos Virgilha

16 setembro 2016

Em coletiva Lula diz ser honesto: “Só Jesus ganha de mim”

Ex-presidente Lula voltou a usar a religião como argumento para se defender

Denunciado nesta quarta-feira (14) pela força-tarefa da Lava Jato, acusado de corrupção e lavagem de dinheiro, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu se pronunciar publicamente sobre o assunto durante uma transmissão pela internet.
Na sede da CUT, em São Paulo, cercado de aliados, ele fez um discurso de mais de uma hora, onde voltou a negar que tenha comandado o esquema de corrupção na Petrobras. Para o Ministério Público, o petista foi responsável, junto com a empreiteira OAS, pelo desvio de ao menos R$ 87,6 milhões da maior estatal do país.
Como sempre, insistiu que trata-se de uma questão política forjada pelos seus inimigos. “Estou orgulhoso de saber que a perseguição a mim é por causa das coisas boas que fiz para o país”, afirmou enquanto era aplaudido pelos presentes.
Entre várias declarações dúbias, afirma que nada foi provado contra ele. Não mencionou os documentos apreendidos pela Polícia Federal nem as delações de empresários e políticos que estão presos e sempre citam sua participação decisiva nos desvios e pagamentos de propinas.
Não é que somos mais honestos que ninguém. É que nós tiramos da sala o tapete que escondia a corrupção neste país. Vale para o PT e para qualquer outro partido”, esbravejou, sem esclarecer se concordava com a prisão de três ex-tesoureiros da sua agremiação política.
Com sua retórica peculiar, comparou-se a vários ex-presidentes como Getúlio Vargas e Juscelino Kubitschek. Mas ao falar de sua honestidade se exacerbou. “Acho que só ganha de mim aqui no Brasil, Jesus Cristo. Pense num cabra conhecido e marcado nesse país”, assegurou.

Comparação recorrente

O coitadismo de Lula e seu uso de metáforas religiosas são conhecidos. Em 2010, durante a primeira campanha de Dilma Rousseff a presidência, fez a seguinte comparação: “Essa mulher (Dilma) foi barbaramente torturada. Não existe nada mais grave que o ser humano possa fazer com o outro do que torturar. Vocês sabem porque Jesus Cristo foi torturado”.
Poucos meses depois, ainda em campanha, comparou a si mesmo: “Meu corpo estaria mais arrebentado que o corpo de Jesus Cristo depois de tantas chibatadas”. Era uma menção às acusações que já envolviam seu nome durante o escândalo do mensalão.
Em 2014, durante um comício onde pedia votos para a reeleição de Dilma, Lula fez novamente esta comparação. Ao mesmo tempo que atacava os políticos do PSDB, se vitimizou: “Outro dia eu falei para eles: vocês são mais intolerantes que Herodes, que mandaram matar Jesus Cristo com medo de ele se tornar o que virou”.
Um ano depois, com Dilma já reeleita e os escândalos do petrolão sendo veiculados a todo momento, voltou a usar a analogia e alegar perseguição injusta.
Falando sobre os primeiros petistas presos, ex-presidente disse: “Eu lembro quando Herodes mandou marcar todas as crianças. E Maria e José tiveram que fugir com Jesus Cristo. Ele ficou 30 anos que a gente não sabe o que aconteceu na vida dele. Quando ele voltou, em três anos transformou a história da humanidade. E o que fizeram com ele? Crucificaram”.

Fonte: Gospel Prime