SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Google+ Followers

10 dezembro 2016

Lição 11 - Estevão, um herói até o fim


PORTAL ESCOLA DOMINICAL
QUARTO TRIMESTRE DE 2016
PRIMÁRIOS - Tema: Conhecendo alguns heróis e heroínas da Bíblia
Comentarista: Paula Renata Santos
Comentário: Prof.ª Jaciara da Silva
ASSEMBLEIA DE DEUS - MINISTÉRIO DO IPIRANGA - SEDE - SÃO PAULO/SP


 
Lição 11 – Estevão, um herói até o fim

Texto Bíblico: Atos 6.8-15; 7.54-60

Ao Mestre
Prezado (a) para enriquecer sua aula, algumas informações adicionais acerca de Estevão.
Estêvão é o primeiro mártir do Cristianismo. A palavra “mártir” tem origem na palavra grega “testemunha”. Era aplicado aos que testificavam da realidade e o significado de sua fé, preferinfo a morte do que negar deixar o Caminho – Jesus.

O seu nome vem do grego Stephanós, o qual se traduz para aramaico como Kelil, significando coroa, galardão. Estêvão foi um dos sete primeiros diáconos da igreja nascente, logo após a morte e ressureição de Jesus, pregando os ensinamentos de Cristo e convertendo tanto judeus como gentios.

Objetivo
Professor (a) ministre sua aula de forma a conduzir seu aluno a conscientizar-se de que precisamos demonstrar que somos fiéis a Deus e à Sua Palavra, e para tal precisamos perdoar como Ele nos perdoa.

Exercitando a Memória
Logo após a ascensão do Senhor Jesus ao céu, os discípulos (que significa alunos) que agora eram apóstolos (que significa enviado a serviço de), estavam preocupados, pois estavam se ocupando muito com as necessidades temporais (alimentos) dos membros da igreja do que com o ensino da Palavra de Deus, e isto estava prejudicando a parte espiritual, pois eles tinham de se dedicar ao ensino da Palavra de Deus. Decidiram então nomear diáconos para que estivessem atendendo a necessidade material dos cristãos. Escolheram de sete homens, o termo escolher, quer dizer que dentre aqueles que serviam ao Senhor, precisavam encontrar homens com as qualificações necessárias: boa reputação, cheios do Espírito Santo e de sabedoria (sabedoria prática, ou tato para questões circunstanciais).

Esta proposta agradou a toda a comunidade; e elegeram Estêvão, homem cheio de fé e do Espírito Santo, Filipe, Prócoro, Nicanor, Timão, Pármenas e Nicolau e apresentaram-nos perante os apóstolos, e estes, orando, lhes impuseram as mãos.
Estevão é bastante conhecido em nossas igrejas simplesmente porque foi o primeiro mártir após a ascensão do Senhor Jesus Cristo. Estevão é, com quase certeza, um dos setenta escolhidos e enviados pelo Senhor em Lucas 10:1-10, e que O acompanhou sempre, a partir do batismo de João (At 1.21-22). Podemos concluir isso, devido ao fato de ele exercer dons atribuídos exclusivamente aos apóstolos e estes homens (At 6.8), por ser homem cheio do poder do Espírito Santo
Observe nos dois capítulos bíblicos que fazem menção a Estevão como o fato dele ser cheio do poder do Espírito Santo é realçado

“E elegeram Estevão, homem cheio de fé e do Espírito Santo...” (6.5); 
“E Estevão, cheio de fé e de poder, fazia prodígios e grandes sinais entre o povo.” 
(6.8); 
“E não podiam resistir à sabedoria e ao Espírito com que falava...” 
(6.10); “Mas ele, cheio do Espírito Santo, fitando os olhos no céu, viu a glória de Deus, e Jesus em pé à direita de Deus.”(7.55)
Para ter uma vida cheia do Espírito é preciso viver de forma a agradar ao Senhor Estevão não cometia o erro que denunciou nos judeus para quem ele testemunhou no conselho:
“... vós sempre resistis ao Espírito Santo” (7.52).
Fé, poder, autoridade, milagres, prodígios, sinais, sabedoria... são qualidades que encontramos neste homem, tudo decorrência da ação do Espírito Santo em sua vida. Trabalhava com alegria na Obra de Deus e anunciava com coragem a Palavra de Deus.
Por causa da atividade cristã de Estevão havia homens que se colocavam contra ele. Estevão, era  muito abençoado por Deus e cheio de poder, fazia grandes maravilhas e milagres entre o povo.vendo como Deus abençoava Estevão ficaram contra ele alguns membros da “Sinagoga dos Homens Livres”, que era a sinagoga dos judeus que tinham vindo das cidades de Cirene e Alexandria. Estes e outros judeus da região da Cilícia e da província da Ásia começaram a discutir com Estevão. Mas o Espírito de Deus dava tanta sabedoria a Estevão, que ele ganhava todas as discussões, explicando-lhes como a Palavra de Deus dizia que devemos fazer.
Não conseguiam derrotá-lo em nenhum tipo de discussão, pois estava cheio do Espírito Santo e da sabedoria espiritual. Então, contrataram homens perversos e desonestos para dizer mentiras sobre ele, levaram-no perante o conselho e o acusaram de blasfêmia contra Deus e contra Moisés.
Estevão poderia ter ficado muito preocupado em se defender e tentar provar sua inocência, mas tinha outra responsabilidade, perante ele, havia centenas de pessoas que precisavam ouvir a mensagem da Bíblia. Porém conforme Estevão falava a mensagem de Deus, eles se enfureceriam.
Estevão optou por não se livrar da culpa, mas ser fiel a Deus, falou então sobre os pecados de Israel continuamente pela história. Ele os fez lembrar-se de como haviam se rebelado contra Moisés, Elias, Jeremias, Isaías, e como tinham matado os profetas de Deus e se voltado para os ídolos. Os judeus o odiaram por dizer-lhes a verdade sobre eles.
Mas Estevão, cheio do Espírito Santo, olhou firmemente para o céu e viu a glória de Deus. E viu também Jesus em pé, ao lado direito de Deus. Então disse:
— Olhem! Eu estou vendo o céu aberto e o Filho do Homem em pé, ao lado direito de Deus.
Mas eles taparam os ouvidos e, gritando bem alto, avançaram todos juntos contra Estêvão. Depois o jogaram para fora da cidade e o apedrejaram. E as testemunhas deixaram um moço chamado Saulo tomando conta das suas capas. Enquanto eles atiravam as pedras, Estevão chamava Jesus, dizendo:
— Senhor Jesus, recebe o meu espírito!
Depois, ajoelhou-se e gritou com voz bem forte:
— Senhor, não condenes esta gente por causa deste pecado! E, depois que disse isso, ele morreu.
O jovem que estava consentindo o assassinato de Estevão. Recolheu as capas dos homens que o apedrejaram. Esse jovem Saulo, mais tarde foi gloriosamente salvo e tornou-se o grande Apóstolo Paulo.

Aplicação da Lição
Prezado (a) enfatize aos pequenos que temos poucas informações sobre a vida de Estevão, sabemos que foi um homem bom e dedicado, e que perdeu a sua vida por causa do Evangelho. Mas aquele jovem chamado Saulo que participou quando Estevão foi morto, também tinha convicções fortes. Ele opunha-se a tudo que Estevão defendia, achando que os cristãos realmente mereciam a morte. Pela graça de Deus, encontrou-se com Jesus para aprender a verdade e se arrepender. A vida e o testemunho de Estevão sempre ficou gravado no coração do apostolo Paulo. Estevão foi um herói que com muito amor pelas almas, e fidelidade a Deus, proclamou a Palavra de Deus até o fim.

Fontes Consultadas:
  • Bíblia de Estudo de Aplicação Pessoal – Editora CPAD – edição 2003
  • Bíblia de Estudo Plenitude – SBB/1995 – Barueri/SP
  • Bíblia de Estudo Pentecostal – Editora CPAD – Edição 2002.
  • Bíblia Shedd – Editora Mundo Cristão – 2ª Edição
  • Bíblia de Estudo da Mulher – Editora Mundo Cristão/SBB – Edição 2003
  • Dicionário Vine – Editora CPAD – 3ª Edição 2003
  • 365 Lições de vida extraídas de Personagens da Bíblia - Rio de Janeiro Editora CPAD
  • Richards – Lawrence O. – Guia do leitor da Bíblia – Editora CPAD – 8[ Edição/2009
  • Comentário Bíblico Beacon – Vol.7: João a Atos – Editora CPAD – Rio de Janeiro/2005

Colaboração para Portal Escola Dominical – Profª. Jaciara da Silva
 http://www.portalebd.org.br/

Bíblia é considerada livro “homofóbico” e proibida nas escolas do Canadá

A Escola Cristã Cornerstone não poderá mais ensinar sobre a Bíblia, porque o livro foi considerado "homofóbico" e "ofensi...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AS 10 MAIS VISITADAS