SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Google+ Followers

13 janeiro 2017

Jovens: A Igreja de Jesus Cristo - Sua Origem, Doutrina, Ordenanças, Missão e Destino Eterno Lição 03: A organização da igreja


Professoras e professores, observem estas orientações:
1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
2 - Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.
Outro fator importante para estabelecer vínculos com os alunos é através das redes sociais, adicionem os alunos e mantenham comunicação com eles.
3 - Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email ou pelas redes sociais,deixando uma mensagem “in box” dizendo que sentiu falta dele(a) na EBD).
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.
4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.
5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associando a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!
6 – Agora, vocês iniciam o estudo da lição. Vejam estas sugestões:
- Apresentem o título da lição: A organização da igreja.
 - Ao trabalhar o conteúdo da lição, vocês devem oportunizar a participação do aluno, envolvendo-o através de exemplos e situações próprias de sua idade. Dessa forma, vocês estão contextualizando o tema com a vida do aluno, além de promover uma aprendizagem mais significativa.
Quando vocês falarem sobre os lideres da igreja, utilizem a dinâmica“Ministério Pastoral, Presbitério e Diaconia”.
Tenham uma excelente e produtiva aula!

Dinâmica: Ministério Pastoral, Presbitério e Diaconia
Objetivos:
Exemplificar e refletir sobre as múltiplas funções do Pastor.
Enfatizar a importância dos colaboradores no ministério pastoral, como o serviço prestado pelos Presbíteros e Diáconos.
Material:
Vários objetos de tamanhos e formas diferentes
Procedimento:
– Escolham uma pessoa da turma para representar a figura do pastor.
– Falem sobre as inúmeras funções de um pastor.
Para cada função citada, entreguem um objeto para o “pastor” segurar, até que não haja mais condições por causa da quantidade.
– Falem: Observem que o pastor exerce muitas funções, com o objetivo de cuidar do rebanho espiritualmente e administrar de forma exitosa a parte administrativa da igreja.
– Falem: É necessário também divisão de tarefas no ministério de pastor, para que haja um bom exercício das múltiplas funções que exerce, pois de forma isolada não é possível e para que haja responsabilidade, é necessária a cooperação de outros para poder trabalhar de forma exitosa. Podemos citar os presbíteros, os diáconos e outros…
– Neste momento, perguntem: Que tipo de atividades podem ser desenvolvidas pelos membros e congregados para colaborar com o vasto trabalho da igreja.
Aguardem as respostas.
– Para concluir, apresentem estes dois exemplos de líderes e seus cooperadores:
Paulo, o líder, precisou de dois cooperadores, Timóteo e Epafrodito, preparados e capacitados para o serviço. Sigamos pois este exemplo(Fp  2. 19 e 25).
Moisés também precisou de colaboradores que tinham propósitos comuns, vejam:
“E acontecia que, quando Moisés levantava a sua mão, Israel prevalecia; mas quando ele abaixava a sua mão, Amaleque prevalecia. Porém as mãos de Moisés eram pesadas, por isso tomaram uma pedra, e a puseram debaixo dele, para assentar-se sobre ela; e Arão e Hur sustentaram as suas mãos, um de um lado e o outro do outro; assim ficaram as suas mãos firmes até que o sol se pôs” (Ex17. 11 e 12).
Por Sulamita Macedo.
Pré-adolescentes – Currículo do Ano 1: Quem é Deus
Lição 03: O Único
Professoras e professores, observem estas orientações:
1 - Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
2 - Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.
Outro fator importante para estabelecer vínculos com os alunos é através das redes sociais, adicionem os alunos e mantenham comunicação com eles.
3 - Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email ou pelas redes sociais,deixando uma mensagem “in box” dizendo que sentiu falta dele(a) na EBD).
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.
4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.
5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associando a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!
6 – Agora, vocês iniciam o estudo da lição. Vejam estas sugestões:
- Já estudamos que Deus é o criador e o libertador. Hoje, vamos aprender que Ele é o único Deus verdadeiro.
- O tema será estudado através da história do povo de Israel, especificamente sobre o personagem Elias e o rei Acabe e os profetas de Baal.
- Façam um breve relato sobre o confronto entre o profeta Elias e os 450 profetas de Baal. Se possível, mostrem este acontecimento através da exibição de parte de um filme.
- Em seguida, leiam 1 Reis 18:36-39:
“Sucedeu que, no momento de ser oferecido o sacrifício da tarde, o profeta Elias se aproximou, e disse: Ó Senhor Deus de Abraão, de Isaque e de Israel, manifeste-se hoje que tu és Deus em Israel, e que eu sou teu servo, e que conforme à tua palavra fiz todas estas coisas.
Responde-me, Senhor, responde-me, para que este povo conheça que tu és o Senhor Deus, e que tu fizeste voltar o seu coração.
Então caiu fogo do Senhor, e consumiu o holocausto, e a lenha, e as pedras, e o pó, e ainda lambeu a água que estava no rego.
O que vendo todo o povo, caíram sobre os seus rostos, e disseram: Só o Senhor é Deus! Só o Senhor é Deus!”
Ao trabalhar o conteúdo da lição, lembrem-se de que vocês devem oportunizar a participação do aluno, envolvendo-o através de exemplos e situações próprias de sua idade. Dessa forma, vocês estão contextualizando o tema com a vida do aluno, além de promover uma aprendizagem mais significativa.
- Para concluir, utilizem a dinâmica “Prova de Fogo”.
Tenham uma excelente e produtiva aula!

Dinâmica: Prova de Fogo
Objetivo: Contextualizar o tema estudado com a vida do aluno, enfatizando que Deus nos vê, ouve e age em nosso favor.
Material:
01 pedra pequena para cada aluno(pode ser aquela de aquário).
Procedimento:
- O que significa passar por uma prova de fogo?
Aguardem as respostas.
Normalmente as respostas convergem para as dificuldades, problemas que estamos passando.
- Falem: Na lição de hoje, estudamos que o profeta Elias passou por uma prova de confronto com os profetas de Baal, tendo como vencedor Elias, que através da operação do Deus verdadeiro, fez cair fogo do céu, deixando evidente para o povo a quem eles deveriam adorar.
- Falem: Nós também passamos por provas de fogo e para sairmos desta situação precisamos fazer o que Elias fez - consertar o altar.
O que pode então significar: consertar o altar?
Aguardem as respostas, que serão em torno da restauração do altar da oração, da adoração a Deus e comunhão com o Senhor.
Neste momento, falem: Elias utilizou 12 pedras, representando as tribos Israel, aqui vamos montar um “altar” com a quantidade de pedras, que representarão cada pessoa da classe.
- Falem: Elias ofereceu um bezerro em sacrifício. Mas o que podemos oferecer como sacrifício?
Leiam Rm 12.1 “Rogo-vos, pois irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis o vosso corpo em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional”.
Então, conforme o versículo lido, nossa vida é o que temos para oferecer em sacrifício para Deus.
- Depois falem: Elias utilizou água. E o que pode representar água?
A água representa a palavra de Deus, leiam, Ef 5. 26 “Para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra”.
- Perguntem: Mas o que pode representar o fogo?
O fogo é representado pelo poder do Deus, através da atuação do Espírito Santo em nossas vidas.
Por isso, se vocês estão passando pela prova de fogo, vocês têm como seu companheiro constante o Espírito Santo. Lembrem-se de que a operação de Deus se apresenta com poder, milagres, modificando situações impossíveis, confirmando quem é seu Deus e mostrando como Ele cuida de você.
- Depois façam uma oração e entreguem 01 pedrinha para cada aluno.

Por Sulamita Macedo.

AD em Itajá realiza batismo nas águas

Aconteceu, neste sábado dia (22), na cidade de Itajá, liderado pelo Pastor Josias Belmiro, líder da Assembleia de Deus naquele município...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AS 10 MAIS VISITADAS