SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

12 maio 2017

Ex-alcoólatra, jovem testemunha como a fé a libertou do vício: “Nasci de novo”



A história de Maryann pode ser exemplo para tantos homens e mulheres que passaram por traumas, seja na infância, até mesmo na fase adulta. Ela conta que quando criança, não teve o melhor exemplo de pai. “Eu cresci com um pai abusivo e alcoólatra”.


✕Powered by GreatadsO pai de Maryann era viciado em bebidas e batia em sua mãe, além de os ameaçar com armas. Ela lembra: “A polícia vinha muitas vezes aqui em casa, porque era sempre mais um caso de violência doméstica para nós”. Ela tinha 12 anos quando passou a copiar os hábitos de seu genitor.

Maryann compartilha: “O que me obrigou a beber foi o que estava faltando na minha vida. Paz, amor. Eu me sentia abandonada, como se eu fosse um erro”. Seu pai morreu de câncer quando ela estava na escola, mas ainda assim sentia sua influência na vida. Aos 17 anos, ela se casou com um homem igual ao pai. “Eu sei que é confuso, mas para mim quanto mais controle, mais abuso significa”.


Depois de quatro anos, eles se divorciaram. E Maryann se juntou à força aérea. Mesmo dando-lhe estabilidade e esperança para o futuro, ela olhava para os homens e o álcool como algo que seu novo emprego não poderia dar.

Outra prisão

“Eu ia de cama em cama para encontrar amor. Eu bebia muito também. Eu estava tão entorpecida. Quero dizer, eu bebia até que eu apagasse”, conta. Foi aí que Maryann conheceu Michael, um piloto de caça que era cristão. Ao contrário da maioria dos homens que ela queria, ele recusou seus avanços sexuais. Em vez disso, ele começou a compartilhar sua fé em Cristo e a levá-la à igreja.

Maryann compartilha: “Quando eu vi essa luz nele, que ele não era como todos os outros, que ele não tinha que beber, e seu valor era ser um piloto de caça. Percebi que queria saber mais sobre Jesus”, disse.

Ela tinha medo de contar a Michael sobre seu passado, mas seus ataques contínuos com embriaguez tornaram óbvio para ele que ela estava carregando uma profunda dor. Michael diz: “Ela era definitivamente alguém que estava apenas morrendo sem Deus”.

Michael foi transferido para o Arizona. Então, alguns meses mais tarde Maryann foi a Phoenix para o casamento de um amigo. Ela visitou Michael e estava pronta para compartilhar sua história. Ele imediatamente pensou que sua vida ressoava com o livro.

Enquanto Mike começava a ler a história para ela, nenhum deles tinha ideia de como suas vidas mudariam. Maryann lembra: “Meu coração estava correndo, meu corpo parecia que estava em chamas, e a Palavra de Deus estava viva. Deus começou a falar comigo, quase com sua própria voz. E naquele momento eu disse: ‘Perdoe-me, Pai, pois eu tenho questionado você toda a minha vida’”.

Libertação

“Tudo foi feito novo naquele momento e eu estava chorando porque eu estava tão feliz. Era como se eu pudesse respirar. Eu me senti livre e me senti viva. Eu nunca havia sentido isso na minha vida. Nenhuma quantidade de bebida era capaz de se comparar a este amor”, relatou.

Naquele momento, Maryann entregou seu coração a Jesus. “Quando me arrependi e entreguei a minha vida a Deus, pedi-lhe que me perdoasse todo meu vil passado. E ele me libertou milagrosamente do álcool”, Duas semanas depois, Mike fez algo que queria fazer desde que ela entregou sua vida a Cristo – propor a Maryann. Eles dizem que naquele momento, Deus lhes deu um sinal de promessa.

Michael lembra: “Um enorme arco-íris imediatamente saiu”. Maryann compartilha, “Eu não tive nenhuma reserva, eu apenas flutuava. Eu não podia esperar para ser uma com ele. Eu não podia esperar para começar nossa vida juntos. Eu estava tão pronta para aquela vida, tão pronta”.

Maryann está sóbria há 17 anos. Hoje, eles têm dois filhos e eles começaram um ministério chamado “Broken No More” (Não mais caídos, em tradução livre). Maryann escreveu um livro sobre sua vida para ajudar a levar outros a serem livres de seus vícios.

“Minha identidade não é mais prostituta, alcoólatra. Minha identidade é: ‘Eu nasci de Deus e o maligno não pode me tocar’. Há um Deus que te ama e Ele não vê o seu pecado. Ele vê o seu sangue. Você não está tão ruim para que Deus não te alcance e toque. Tudo que você tem a fazer é pedir ao mesmo Deus que me resgatou para salvá-lo”, finalizou. (Guiame)

Betel ADULTO – 3º Trimestre de 2017 – 24/09/2017 – Lição 13 – A perseverança do discípulo de Jesus Cristo

Este post é assinado por: Cláudio Roberto TEXTO ÁUREO Lucas 8:15 15  e a que caiu em boa terra, esses são os que, ouvindo a palavra,...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AS 10 MAIS VISITADAS