SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Google+ Followers

17 maio 2017

LIÇÃO 08 - ABIGAIL, UM CARÁTER CONCILIADOR / SUBSÍDIO / PASTOR ISMAEL OLIVEIRA


2º TRIMESTRE DE 2017Nesta lição aprenderemos com uma pessoa de bom caráter a agir com sabedoria diante de grandes crises. A sabedoria e o bom caráter de Abigail superaram as atitudes erradas de duas pessoas que eram lideranças importantes e estavam em conflito. A atitude errada do seu marido Nabal que negou ajuda aos homens de Davi e isso gerou uma sentença de morte contra sua casa. A atitude precipitada de Davi de Eliminar a Nabal e sua casa, pois Deus já queria mata-lo, mas, não seria da forma como Davi planejou.


O nome Nabal significa “tolo”, “insensato”, além disso, era um homem duro e maligno em suas obras, arrogante, dominado por um espírito mal e relacionava-se mal com sua esposa. Nabal (cabeça da casa) representa muitas lideranças na igreja que tem características idênticas, líderes tolos, duros, malignos, arrogantes e que não sabem se relacionar bem com a Igreja (Abigail).

A prosperidade de uma pessoa não está relacionada com um caráter bom ou ruim, não podemos confundir prosperidade com aprovação diante de Deus. Não é porque uma liderança possui sucesso material que isso significa aprovação de seu caráter. Nabal representa os homens arrogantes por causa de seu poder financeiro.

Nabal representa os líderes de coração duro, que não ouve conselhos de ninguém, que ainda que se forme uma comissão com 10 pessoas para conversar com ele, não os ouvirá, prefere maltratar esse grupo do que atende-los. Será que ainda existe em nossos dias lideranças com esse mesmo perfil? 

Davi nesse contexto representa o líder precipitado que no ímpeto da justiça própria sentencia além do que Deus aprova, pois queria eliminar toda a casa de Nabal, nem crianças deixaria, na sua ira puniria inocentes, servos e servas, crianças e até a esposa de Nabal. Será que existem em nosso meio líderes como Davi, que por não ter um discernimento correto das coisas acabam por matar jovens talentos na igreja, pessoas de bons caráter como Abigail. Infelizmente, há igrejas que tem sido maltratadas por líderes de julgamentos precipitados.

Era justo Davi pedir a Nabal ajuda para alimentar os homens que andavam com ele, pois, por um certo período de tempo, Davi protegeu o rebanho de Nabal, também agiu com honestidade nada lhe furtando. A atitude de Nabal além de grosseira demonstrou grande ingratidão, uma medida desaforada e injusta. Para resolver isso, a punição de Deus foi justa, recaiu somente sobre Nabal. Percebe-se também a longanimidade de Deus na vida de Nabal, pois o Senhor o feriu de morte após 10 dias. Deus deu a Nabal um dia de vida para se arrepender por cada um dos 10 homens que foi até ele enviado por Davi.

Abigail representa a Igreja de Cristo, que deve agir sabiamente, possuir bom caráter, o fruto do Espírito. As nossas atitudes se assemelham à de Abigail? Quais são nossas ações quando temos um líder em nossa igreja como Nabal? Nossas atitudes melhoram ou pioram as coisas dentro da igreja? Obviamente que esse contexto não se aplica a todas as igrejas, assim como não se aplica a história de Nabal a todas as famílias de Israel. Há muitos líderes bons, sábios e de bom caráter nas igrejas.

Porém, se há um líder como Nabal e fazemos parte dessa família, a história de Abigail trás uma grande lição de vida, um excelente exemplo a ser seguido. Se há no lar um marido como Nabal, o exemplo de Abigail pode ajudar muito também. Se há um chefe no trabalho igual a Nabal, o exemplo de Abigail também se aplica perfeitamente.

O que essa mulher fez que foi tão importante? Algumas coisas podemos destacar, por exemplo: 

PRIMEIRO. Abigail assumiu o erro do seu marido ao invés de sair falando mal para todas as pessoas ou ficar jogando na cara de Nabal o quanto ele era tolo, pois isso não resolveria, ela tomou uma atitude que resolveria o problema. “E lançou-se a seus pés e disse: Ah! Senhor meu, MINHA SEJA A TRANSGRESSÃO” (1 Samuel 25.24 a). O resultado de nossas ações serão diferentes quando assumirmos que o erro do nosso líder é o nosso erro e tomar atitude para consertar tal erro.

Ao contrário disso, presencia-se muito em nossos dias, pessoas que adoram ver um erro de seus líderes, procuram erros para exercitar a língua fofoqueira, a língua acusatória, a língua difamatória etc. O resultado é que a destruição virá sobre esse lugar, pois não se achou aí uma pessoa como Abigail que assumisse o erro do líder como se ele próprio tivesse praticado tal ação e agora buscasse consertá-lo.

SEGUNDO. Abigail se tornou imediatamente uma intercessora do seu líder arrogante, petulante e de atitudes malignas, “deixa, pois, falar a tua serva aos teus ouvidos e ouve as palavras da tua serva.” “Perdoa, pois, à tua serva esta transgressão”. Quando um líder fracassa, as coisas serão resolvidas quando se levantar do meio dos seus liderados alguém que assuma a condição de intercessor.

Há muitos líderes que precisam de bons intercessores, a nação brasileira precisa de intercessores, está cheio de líderes como Nabal, loucos, e suas atitudes estão trazendo grande destruição sobre a nação. Falar mal desses líderes não vai resolver, mas, devemos nos colocar como intercessores diante de Deus. Isso sim, trará grandes benefícios para todo o povo brasileiro. Essas atitudes trazem grandes benefícios para toda a igreja.

TERCEIRO. Atitudes que solucionam o problema “e agora esta é a bênção que trouxe a tua serva a meu senhor;” “Então, Abigail se apressou, e tomou duzentos pães, e dois odres de vinho, e cinco ovelhas guisadas, e cinco medidas de trigo tostado, e cem cachos de passas, e duzentas pastas de figos passados, e os pôs sobre jumentos”. As ações certas aplacam a ira no momento certo, há sempre um preço a pagar para se estabelecer a paz, para corrigir um erro. Atitudes certas serão louvadas e podem mudar a história. Tem situações que só se reverte com ações, não adianta só palavras, é preciso agir, é preciso pagar o preço.

QUARTO. Abigail não usou a oportunidade para se promover, pelo contrário, ela colocou seus criados na frente e ficou atrás “e disse aos seus jovens: Ide adiante de mim, eis que vos seguirei de perto. Isso, porém, não declarou a seu marido Nabal.” Tem pessoas que aproveitam as falhas de seus líderes para aparecer, para tomar o seu lugar e se auto promover, a intenção de Abigail não foi tomar o lugar de liderança de seu marido, mas, apenas a de resolver um problema grave. Que atitude sábia, devemos imitar essa mulher no seu bom caráter.

Essa história trás grandes ensinamentos, outra análise importante a ser considerada é que líderes maus, arrogantes e soberbos tem data de validade curta, “O que usa de engano não ficará dentro da minha casa; o que fala mentiras não estará firme perante os meus olhos.” (Salmos 101:7). assim como Nabal, Deus conta os seus dias e põe fim a sua liderança. Se você vive sob liderança de um Nabal, tenha paciência, tenha atitude como a de Abigail, pois no tempo de Deus, você vai experimentar a liderança de um homem segundo o coração de Deus, assim como Abigail passou a ter Davi como seu líder matrimonial. 

Portanto, a atitude sábia de uma pessoa de bom caráter pode mudar a decisão ou as consequências das ações de grandes líderes. A atitude de Abigail mudou a sentença de morte contra sua casa e mudou os propósitos maléficos que estavam no coração de Davi. Muitos dizem que não vai fazer nada porque não é sua responsabilidade, mas sim do seu líder, que não vai se envolver porque isso não é problema seu. Não é desse tipo de pessoas que precisamos, mas, de pessoas como Abigail. Que Deus nos dê um coração sábio como o dessa mulher para sermos bênçãos na igreja, na família, no trabalho e para a nação brasileira.

Bons estudos e boa aula a todos!

Pr. Ismael Oliveira
http://www.escola-dominical.com/

Extremista que perseguia cristãos se converte após visão: “Ouvi o chamado de Deus”

  SEMADUP MISSÕES   terça-feira, maio 23, 2017   Criado no hinduísmo, Pradhan era líder de um grupo extremista que perseguia cr...

AS 10 MAIS VISITADAS