SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Google+ Followers

Marcadores

Aborto ACONSELHAMENTO PRÉ-MATRIMÓNIAL Adolecentes Cristão ADOLESCENTES ADPB ADULTÉRIO ADULTOS Agradecimento Aniversario Apologética Cristã Arqueologia As Inquisições Assembleia de Deus Barack Obama Batismos Bíblia Brasil Casamento CGADB Ciência Círculo de Oração CLASSE BERÇARIO CLASSE BERÇÁRIO CLASSE DOS DISCIPULADOS CLASSE DOS DISCIPULANDO CLASSE DOS DISCIPULANDOS CLASSE JOVENS E ADULTOS CENTRAL GOSPEL CLASSE JOVENS E ADULTOS BETEL CLASSE MATERNAL Congresso CPAD Cruzada Curiosidades Cursos Departamento Infantil Depressão Desaparecido DESENHOS BIBLICOS Desfiles Dia do Pastor Discipulado Divórcio EBD EBO Escatologia Estudantes Estudos Eventos FALECIMENTO Família Filmes Galeria de Fotos Gospel Gratidão a Deus Hinos Antigos História Homenagens Homilética Homoxesualismo Ideologia de Gênero Idolatria Inquisição Islamismo Israel LIção de Vida Louvor Luto Maçonaria Mães Mensagens Ministério Missões MODISMOS Mundo Mundo Cristão MUSICAS EVANGÉLICAS Namoro Cristão Noivados Notícias Obreiros ONU Oração Pneumatologia política PRIMARIOS Psicopedagogia Pureza sexual Realidade Social Reforma Protestante RELIGIÕES Retiro Revista Central Gospel REVISTA CLASSE PRIMARIOS REVISTA CLASSE DOS PRE-ADOLESCENTES REVISTA CLASSE DOS ADOLESCENTES REVISTA CLASSE JARDIM DA INFANCIA REVISTA CLASSE JARDIM DA INFÂNCIA REVISTA CLASSE JUNIORES REVISTA DA CLASSE JOVENS CPAD. REVISTA DA CLASSE JOVENS. REVISTA DA CLASSE ADULTOS REVISTA DA CLASSE JOVENS E ADULTOS REVISTA DA CLASSE JUVENIS Revista Maternal Santa Ceia Saúde Seminário Sexualidade Subsídios Subsídios EBD Subsídios EBD Videos Templos Teologia Testemunho TRANSGÊNEROS Utilidade publica UTILIDADE PÚBLICA Vida de Adolecente videos Virgilha

30 junho 2017

LIÇÃO Nº 1 – O QUE É AVIVAMENTO

















ASSEMBLEIA DE DEUS CANAÃ - FORTALEZA/CE
PORTAL ESCOLA DOMINICAL
TERCEIRO TRIMESTRE DE 2017
Juvenis: Avivamento para a juventude
COMENTARISTA: CARLOS ALEXANDRE
COMENTÁRIO: EV. LUCAS NETO

INTRODUÇÃO

O avivamento como uma manifestação gloriosa do Espírito Santo nos remete a um inabalável fortalecimento espiritual. Nesta lição estudaremos sobre o que é avivamento, sua importância, exemplos de notáveis avivamentos e o clamor do profeta Ageu por um avivamento na obra do Senhor.

I – O CONCEITO
1. DEFINIÇÃO DE AVIVAMENTO
Definimos avivamento espiritual como um ato de Deus através do Espírito Santo com a manifestação de sinais, prodígios e maravilhas em resposta a uma demanda individual ou coletiva, por meio da oração, do jejum, da adoração e da leitura da Palavra de Deus com vistas a uma renovação e fortalecimento espiritual dos discípulos de Cristo e a salvação e a vida eterna através da fé em Jesus para aqueles que se denominam não cristãos.(Ed 8:1-9)
2. AVIVAMENTOS BÍBLICOS
Os avivamentos espirituais de uma comunidade, povo ou nação, ocorrem após uma demanda individual ou coletiva de se buscar ao Senhor, e muitas vezes após uma degradação na vida espiritual fruto do afastamento da adoração e da comunhão com o Senhor.
A Bíblia Sagrada está repleta de registros que narram grandes avivamentos que se consumaram após uma iniciativa de homens consagrados ao Senhor que movidos pelo Espírito Santo retornaram ao primeiro estado de amar as coisas de Deus. Um dos mais notáveis avivamentos foi o promovido pelo rei Josias de Judá que ordenou a reforma do Templo do Senhor e após a leitura da Palavra de Deus que estava esquecida nos porões de um templo abandonado suas atitudes propiciaram a um verdadeiro avivamento no reino de Judá, a saber:
2.1. A INSTABILIDADE POLÍTICA DE JUDÁ
O rei Salomão gradativamente em seu reinado afasta-se de Deus e morre, tendo em sua linha sucessória Roboão, seu filho, porém, por conta da negativa de baixar os impostos a pedido do povo, 10 tribos se revoltam sob o comando de Jeroboão contra Roboão e formam o reino do norte, denominado Israel, cuja capital foi estabelecida em Samaria, e 2 tribos (Judá e Benjamim) sob o comando de Roboão formam o reino do Sul, denominado Judá, cuja capital foi estabelecida em Jerusalém.(1 Rs 12:1-20)
Estava consumado a divisão dos israelitas e a partir deste momento o que se seguiu com raras exceções foram reinados de sucessivos reis que se afastaram de Deus adorando deuses estranhos e pagãos o que gerou no povo uma total depravação moral e espiritual.Surge então um rei temente a Deus que teve a disposição de fazer a diferença diante daquela sociedade judaica depravada e com determinação promoveu as mudanças necessárias para se voltar de corpo, alma e espírito para o Senhor.
2.2. UM REI JOVEM E TEMENTE A DEUS
Josias foi um rei temente a Deus que se tornou monarca com apenas 8 anos de idade e governou Judá por 31 anos, seu pai se chamava Amom e sua mãe Jedida, nasceu em Jerusalém. Josias promoveu profunda reformas especialmente a religiosa, tendo sido o melhor e último rei de Judá que temia a Deus.
Josias fez uma grande diferença na vida espiritual de seu povo. (2 Rs 22:1-2; 2 Rs 21:24; 2 Rs 23:25)
O rei Josias morreu em um campo de batalha no vale do Megido tendo sido atingido por flechas do exército egípcio sob o comando do rei Neco, isto porque desobedecera ao Senhor, quando o rei Neco da parte de Deus dissera que não estava ali para guerrear contra Josias. (2 Cr 35:20-24)
O profeta Jeremias compôs uma lamentação em honra a Josias. O povo de Judá tinha uma profunda gratidão ao rei Josias por causa de seus atos de bondade e de obediência a Lei do Senhor. (2 Cr 35:25-27)
2.3. PURIFICANDO O ALTAR: O AVIVAMENTO
Podemos destacar os seguintes feitos do governo de Josias em Judá:
Para continuar lendo este artigo baixe o anexo no link abaixo.
Fonte: https://proflucasneto.files.wordpress.com/2013/04/notas_3t_2017_juvenis_lic3a7c3a3o-1_o-que-c3a9-avivamento.pdf Acesso em 30 jun. 2017.