SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Google+ Followers

28 julho 2017

CPAD JOVENS 3º Trimestre de 2017 Lição 5 Ansiedade, a antecipação do tempo



“Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.”
(1 Pedro 5.7)

Síntese
A nossa fé em Deus nos faz entender que é possível ser feliz hoje, e que o amanhã pertence ao Senhor.


Texto bíblico
Mateus 6.25-34
25 Por isso, vos digo: não andeis cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o mantimento, e o corpo, mais do que a vestimenta?
26 Olhai para as aves do céu, que não semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas?
27 E qual de vós poderá, com todos os seus cuidados, acrescentar um côvado à sua estatura?
28 E, quanto ao vestuário, porque andais solícitos? Olhai para os lírios do campo, como eles crescem; não trabalham, nem fiam.
29 E eu vos digo que nem mesmo Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles.
30 Pois, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada no forno, não vos vestirá muito mais a vós, homens de pequena fé?
31 Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que comeremos ou que beberemos ou com que nos vestiremos?
32 (Porque todas essas coisas os gentios procuram.) Decerto, vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas essas coisas;
33 Mas buscai primeiro o Reino de Deus, e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão acrescentadas.
34 Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal.

Introdução
“E disse-me o SENHOR: Viste bem; porque eu velo sobre a minha palavra para a cumprir”. Jeremias 1.12
O tema do trimestre é: ‘Tempo para todas as coisas’. Se existe algo que nos atrapalha a viver o tempo e a vontade de Deus é a ansiedade.
Segundo o dicionário temos a seguinte definição para ansiedade: grande mal-estar físico e psíquico; aflição, agonia. A escritora Adriana Falcão em seu livro: Mania de Explicação diz que a ansiedade é quando faltam cinco minutos sempre para o quer que seja. O psiquiatra Ricardo Torresan nos diz que a ansiedade aciona a produção de hormônios que nos suprem de energia física e mental para enfrentar uma apresentação no trabalho, uma competição esportiva ou uma situação de risco (como um incêndio em casa), da qual precisamos fugir.
Se por um lado achamos que ela pode ser apenas ruim, alguns especialistas alegam que ela pode ser benéfica dependendo da situação vivida: “Usamos o lado bom da ansiedade quando vemos as dificuldades como desafios e canalizamos uma força extra – pensamento mais ágil, músculos mobilizados – para sair da acomodação e perseguir os objetivos”, afirma o psicólogo Armando Ribeiro.
O que podemos concluir é que independente de ela ser boa ou não, vemos que ela nos suga uma energia muito grande, física e mentalmente. O que muitos concordam é que a ansiedade vem acompanhada de outro sentimento: o medo. Temos medo do que poderá acontecer e por isso ficamos angustiados sem saber se o que imaginamos vai acontecer ou não. É o ‘sofrer por antecipação.’  Pode-se considerar como sintomas de ansiedade à partir do ponto em que você tem uma preocupação, tensão, medo ou pavor e qualquer outro sentimento ruim em excesso.
A ansiedade é um sentimento natural e, quando bem dosada, alerta sobre possiveis perigos ou dá o sinal de que está na hora de promover mudanças.
O que vamos aprender é justamente a controlarmos esse sentimento. Se ficamos ansiosos, isso gera em nós um impedimento de crescer espiritualmente, algo que vai nos impedir de obter aquilo que Deus tem reservado para nós.

I – A ANSIEDADE
1. Um discurso sobre a ansiedade
Quanto de nós não colocamos algo para esquentar no microondas e antes mesmo do tempo terminar, vamos lá e cancelamos pra ver se já esquentou. Queremos sempre antecipar as coisas. Não temos tempo para ficar esperando. Vivemos ansiosos.
O que Jesus nos ensina é justamente ao contrário:
“Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal”. Mateus 6.34
Quando Jesus, na última ceia, disse aos discípulos que ele iria embora e que naquele momento os discípulos não poderiam ir com ele, houve um sentimento de angustia e ansiedade no coração deles, ao ponto que Jesus lhes disse:
“Não deixem que seu coração fique aflito. Creiam em Deus; creiam também em mim”. João 14.1 (NVT)
Jesus orienta os discípulos a não ficarem aflitos pois no tempo certo ele voltará e os levará para Ele:
“Na casa de meu Pai há muitas moradas. Se não fosse assim, eu lhes teria dito. Vou preparar lugar para vocês e, quando tudo estiver pronto, virei buscá-los, para que estejam sempre comigo, onde eu estiver”. João 14.2-3 (NVT)
‘Quando tudo estiver pronto’. Sem stress, sem medo, sem angustia, sem ansiedade. Tudo tem o seu tempo determinado.
Jesus nos ensina a viver o dia de hoje. Isso não significa que nós não devemos planejar o dia de amanhã, que nós não devemos pensar no futuro. Claro que devemos planejar, pensar no futuro, mas devemos deixá-lo nas mãos de Deus, vivendo muito mais no dia de hoje, que é o que temos, do que no amanhã, que nem sequer sabemos se chegará.
“Entregue seu caminho ao Senhor; confie nele, e ele o ajudará”. Salmos 37.5 (NVT)

2. Causas
Se queremos antecipar as coisas é porque não ‘entregamos nosso caminho ao Senhor’. Isso significa que não confiamos plenamente nele, ao ponto de não ficarmos mais ansiosos.
É claro que o atual momento em que vivemos nos causa uma certa ansiedade com o que irá acontecer, principalmente no que diz respeito ao trabalho. Há alguns dias, o meu Pastor e também comentarista deste blog (Pastor Eliel), conversávamos sobre a reforma trabalhista e certo ponto da conversa ele me disse: ‘Irmão Rafael, fique tranquilo. Se Deus cuidou de você até agora, Ele vai continuar cuidando. No mais, Deus proverá!’
Ansiedade vem quando nossa fé é pequena ou quase nada. Jesus nos ensina em Mateus que:
“Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas”? Mateus 6.26
Ter consciência que Deus é nosso Pai, é saber que um Pai cuida dos seus filhos e nada lhes falta. O salmista em sua sabedoria nos diz:
“Fui moço, e agora sou velho; mas nunca vi desamparado o justo, nem a sua semente a mendigar o pão”. Salmos 37:25
Motivos e causas para ficarmos ansiosos, pode ter certeza que não vai faltar. Basta abrir qualquer site de notícias, que há uma boa possibilidade de ‘ficarmos com os cabelos em pé’, preocupados e quem sabe até ‘desesperados’, mas:
“Os que confiam no SENHOR serão como o monte de Sião, que não se abala, mas permanece para sempre”. Salmos 125:1

3. Consequências
Como tudo aquilo que foge do padrão de Deus, a ansiedade nos traz consequências ruins ao nosso corpo:
Devemos lembrar que já aprendemos que o nosso corpo é templo do Espirito Santo, e por isso devemos cuidar muito bem dele.

II – UM JEITO DE VER A VIDA
1. A filosofia deste mundo
A ansiedade nos afasta de Deus. Quantos momentos que poderíamos ter com Deus e desperdiçamos com outras coisas. Certa vez, uma amiga minha vendo um culto ao vivo pela internet, me disse assim: ‘O pregador falando e a maioria do pessoal no púlpito mexendo no celular’. As pessoas ficam ansiosas em ver novos posts, novas curtidas…e horas se vão em frente ao celular, computador, tablet, etc. e com isso nos afastamos mais de Deus.
Estamos aprendendo que Deus cuida de nós, algo que o mundo prega ao contrário. ‘Não temas’ é uma expressão bastante encontrada na Bíblia, que nos deixa seguro em saber que o Senhor cuida de nós em todos os detalhes. O que acontece é que por muitas vezes, não conseguimos esperar ou entender o tempo de Deus, e é ai que falhamos no sentido de crer e esperar no Senhor. Povo de Israel, Saul, amigos de Davi e vários outros exemplos na Bíblia, nos mostram que não estamos sozinhos quando ficamos ansiosos.
“Não estejais inquietos por coisa alguma; antes, as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus, pela oração e súplicas, com ação de graças”. Filipenses 4.6
Não vamos ficar inquietos, mas entreguemos tudo na mão do nosso Senhor. Jeová Jireh!

2. O modo de vida das aves
“Ele é o que cobre o céu de nuvens, o que prepara a chuva para a terra, e o que faz produzir erva sobre os montes; O que dá aos animais o seu sustento, e aos filhos dos corvos, quando clamam”. Salmos 147:8,9
Se Deus cuida até dos animais, imagina de nós!! É isso que Jesus nos fala: da importância e do valor que nós temos diante dEle.
Jesus nos orienta a olharmos os pássaros e aprendermos com eles. Não possuem nenhuma garantia de futuro, mas mesmo assim continuam vivendo, se reproduzindo; no fundo eles possuem uma certeza: nada vai lhes faltar.
“O Senhor é o meu Pastor e nada me faltará”. Salmos 23.1
Vale a pena confiar no Senhor. Professor, aluno, a você que lê agora esse comentário, eu tenho a certeza que você possui um testemunho de que Deus já supriu todas as suas necessidades em tempo de aflição. Lembre desse momento, compartilhe com seus alunos para que as vidas deles possam ser edificadas com base naquilo que Deus já fez por você.

3. Os lírios do campo
Viver uma vida com propósito. Por mais curto que seja o tempo de vida de um lírio (8 a 10 dias), o Senhor o veste de uma forma que nem Salomão se vestiu com toda sua riqueza.
Não sabemos o dia de amanhã: se viveremos, se morreremos. Deus quer de nós uma vida com propósito, com uma razão, com um objetivo.
Quando Jesus foi ao céu, nos deixou uma missão (justamente para não vivermos uma vida sem sentido):
“E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura”. Marcos 16:15
Deus nos deu essa missão, não importa o tempo que irá levar, Ele há de nos sustentar e prover com todas as nossas necessidades. Se andarmos com Deus, não teremos motivos para vivermos ansiosos.

III – A TERAPIA DE DEUS
1. Aprendendo a depender do Senhor
Todos nós buscamos a nossa independência. Como diz o ditado: ‘Quem casa, quer casa’. Ninguém quer ficar pra sempre na casa dos pais: quer ter sua própria casa, sua família, seu carro, etc. O ruim é que nessa busca por independência, acabamos que querendo ficar independente de Deus também.
Vamos lembrar do filho pródigo que em uma busca por independência da casa do seu pai, pediu sua parte na herança, esbanjou tudo que tinha e no final voltou humilde e arrependido, sabendo que o melhor lugar é a casa do Pai.
As vezes a palavra dependente pode parecer ruim (desonra, falta de capacidade, comodismo) mas no sentido bíblico, ser servo de Deus é ser dependente dele.
Ser dependente de Deus traz benefícios as nossas vidas:
  • Temos certeza que nada nos falta: “Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas”. Mateus 6.33;
  • Ficamos mais firmes na fé: “Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade. Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece”. Filipenses 4:12,13;
  • Nos tornamos mais pacientes: “Esperei com paciência no SENHOR, e ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor”. Salmos 40.1.

2. Enfrentando os temores
Vimos no começo da lição que a ansiedade por muitas vezes vem acompanhada por outro sentimento: o medo. Consequentemente se não vivermos ansiosos, não teremos medo daquilo que pode ou não vir.
O medo é um sentimento que nos impede de viver aquilo que Deus tem preparado para nós. A Bíblia nos conta o episódio dos 300 de Gideão. Um dos critérios para refinar aqueles que estavam ali foi justamente o medo:
“Agora, pois, apregoa aos ouvidos do povo, dizendo: Quem for medroso e tímido, volte, e retire-se apressadamente das montanhas de Gileade. Então voltaram do povo vinte e dois mil, e dez mil ficaram”. Juízes 7.3
Deus não usa os medrosos, mas dá coragem aqueles que possuem a fé de que com Ele são mais do que vencedores!
Fiquemos firmes em saber que o Senhor é sempre conosco:
“Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém”. Mateus 28:20
Ele nunca nos abandona, nunca nos deixa só. Ele é Emanuel (Deus Conosco)!

3. Surpresas de Deus
Deus é aquele que nos surpreende. Quando mais pensamos que nada vai dar certo; tudo dá certo. Quando pensamos que acabou; Deus só está começando a boa obra.
Costumo dizer que Deus enxerga a nossa vida como uma reta numérica:
Onde o 0 é o agora; os números negativos, aquilo que já passou; os números positivos aquilo que está por vir.
Como só vemos o ‘0’ (zero) não conseguimos entender o motivo de muitas coisas que acontecem; mas Deus que vê tudo, sabe o que é melhor para nós e é ai que vemos as surpresas de Deus nas nossas vidas.
Esperar o tempo certo, ser dependente de Deus, parece ser muito difícil. Sim, é mesmo; mas no final, vai valer a pena passar por tudo que passamos.
Confie em Deus, deixe de lado toda ansiedade. Ele tem cuidado de você.
Deus lhe abençoe!

Por Rafael Cruz
dcomentada.com.br
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AS 10 MAIS VISITADAS