SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Google+ Followers

Marcadores

Aborto ACONSELHAMENTO PRÉ-MATRIMÓNIAL Adolecentes Cristão ADOLESCENTES ADPB ADULTÉRIO ADULTOS Agradecimento Aniversario Apologética Cristã Arqueologia As Inquisições Assembleia de Deus Barack Obama Batismos Bíblia Brasil Casamento CGADB Ciência Círculo de Oração CLASSE BERÇARIO CLASSE BERÇÁRIO CLASSE DOS DISCIPULADOS CLASSE DOS DISCIPULANDO CLASSE DOS DISCIPULANDOS CLASSE JOVENS E ADULTOS CENTRAL GOSPEL CLASSE JOVENS E ADULTOS BETEL CLASSE MATERNAL Congresso CPAD Cruzada Curiosidades Cursos Departamento Infantil Depressão Desaparecido DESENHOS BIBLICOS Desfiles Dia do Pastor Discipulado Divórcio EBD EBO Escatologia Estudantes Estudos Eventos FALECIMENTO Família Filmes Galeria de Fotos Gospel Gratidão a Deus Hinos Antigos História Homenagens Homilética Homoxesualismo Ideologia de Gênero Idolatria Inquisição Islamismo Israel LIção de Vida Louvor Luto Maçonaria Mães Mensagens Ministério Missões MODISMOS Mundo Mundo Cristão MUSICAS EVANGÉLICAS Namoro Cristão Noivados Notícias Obreiros ONU Oração Pneumatologia política PRIMARIOS Psicopedagogia Pureza sexual Realidade Social Reforma Protestante RELIGIÕES Retiro Revista Central Gospel REVISTA CLASSE PRIMARIOS REVISTA CLASSE DOS PRE-ADOLESCENTES REVISTA CLASSE DOS ADOLESCENTES REVISTA CLASSE JARDIM DA INFANCIA REVISTA CLASSE JARDIM DA INFÂNCIA REVISTA CLASSE JUNIORES REVISTA DA CLASSE JOVENS CPAD. REVISTA DA CLASSE JOVENS. REVISTA DA CLASSE ADULTOS REVISTA DA CLASSE JOVENS E ADULTOS REVISTA DA CLASSE JUVENIS Revista Maternal Santa Ceia Saúde Seminário Sexualidade Subsídios Subsídios EBD Subsídios EBD Videos Templos Teologia Testemunho TRANSGÊNEROS Utilidade publica UTILIDADE PÚBLICA Vida de Adolecente videos Virgilha

01 julho 2017

LIÇÃO Nº 1 – O MEU AMIGO ENVIA AJUDA



ASSEMBLEIA DE DEUS - MINISTÉRIO DO IPIRANGA - SEDE - SÃO PAULO/SP
PORTAL ESCOLA DOMINICAL
TERCEIRO TRIMESTRE DE 2017
Jardim da Infância: O meu amigo guarda e cuida do Seu povo
COMENTARISTA: VERÔNICA ARAÚJO
COMENTÁRIO: JACIARA DA SILVA

Texto Bíblico: Jo 2.1-12

Objetivo
Ministre sua aula de forma a conduzir os pequenos a crer que Jesus faz milagres e que podem contar para Jesus através da oração suas dificuldades e confiar que Ele fará.

Versículo do dia
“No dia da minha angústia clamarei a ti, pois tu me responderás”. (Sl 86.7 – NTLH)
O amor de Deus nos impele à confiar na certeza de Sua resposta. Não é um Deus alheio as nossas necessidades, mas sempre atento ao nosso bem estar espiritual, emocional e físico.
História Bíblica
O cativeiro egípcio deu-se em decorrência de uma mudança dinástica, a uma gestão de poder. O novo rei não conhecera José (Ex 1.8), oprimiu o povo, até que Deus levantou o seu servo Moises para libertá-los (Ex 3.7-14). Ao longo desta revista estaremos vendo o trajeto do povo de Deus que saiu do exílio rumo á Canaã, para experimentar o melhor de Deus. Espero que cada aluno da escola bíblica tire lições para as suas vidas destes maravilhosos estudos.
“O Egito a principio foi visitado por Abraão (Gn12. 10), e depois governado por José (Gn41. 38-40), tornou-se o palco da escravatura israelita por quatro séculos” (Gn 15.13). Neste tópico trataremos de maneira resumida a geografia egípcia, para sentirmos de perto o drama do povo de Deus.
1. A origem do Egito
Não se sabe o certo, mas os grandes historiadores têm disputado com freqüência para decifrar, com precisão, qual na realidade foi o berço das civilizações, se é o vale da Mesopotâmia (Gn24. 10), ou vale do Nilo (Êx 2.5). Sabe-se que os Eruditos arqueólogos provam que á humanidade nasceu entre o Tigre e o Eufrates.
2. O nome do País
O termo português "Egito" deriva do grego antigo Αίγυπτος (Aígyptos), e a forma grega, por sua vez, advém do egípcio Ha-K-Phtah, "morada de Ptá", denominação de Mênfis, capital do Antigo Império. Os egípcios denominavam a sua terra de “Kam-t”, que significa “negro”, por ser cor do solo um contraste com as terras vermelhas do deserto circunvizinho. “Os “cananeus chamava-a terra de “Misru”. O Egito também era chamado de Mizraim (1 Cr.1.8) que do hebraico significa "dois estreitos" referência ao Alto e ao Baixo Egito. Existem alguns nomes bíblicos que é aplicado ao Egito, como: Sul (Jr 13.19), Sior (Is. 23.3), casa da servidão (Êx 13.3; Dt. 7.8), Mizraim (1Cr 1.8), Raabe, que uma designação poética (Sl 87.4;89.10), terra de Cão (Sl105 27;106.22). O nome atual é republica Árabe do Egito.
3. As características da terra
Cerca de 95% do Egito é um deserto assolado,geralmente plano,com algumas serranas no sudeste,ao longo do mar Vermelho e no sul da península do Sinai. Quando estudamos a geografia bíblica ou secular descobrimos, que a forma do Egito é um quadrado. A área atual conta Com aproximadamente 1 001 450 km², o Egito é o 29º maior país do mundo, um pouco maior do que o estado brasileiro do Mato Grosso e duas vezes o território da França. Entretanto, devido à aridez do clima do país, os centros urbanos estão concentrados ao longo do estreito vale do rio Nilo e no Delta do Nilo, razão pela qual 99% da população egípcia usam apenas 5,5% da área total.
4. O rio Nilo
O rio é Nilo é o mais extenso do mundo, tem um percurso de 6.696 km. O Nilo nasce no pleno coração da África. As regiões laterais do Nilo e as partes mais secas para o interior são irrigadas por canais entre vinte e quarenta metros de largura e inúmeros quilômetros de distancia com boa profundidade. Dai então entendemos a famosa frase do historiador “Heródoto” “o Egito é uma dádiva do Nilo”.
Sabemos que foi sobre as águas desse rio que o menino Moisés foi posto numa arca, e Deus o protegeu dos crocodilos (Êx 2.5; Ez 29.3). É bom salientar que alguns eruditos acreditam que o Nilo secará por completo na dispensação milenar (Is 19; Ez. 19).
Após a morte de José, o novo rei que agora estava no trono não conhecera a José (Êx 1.8). Uma nova dinastia agora estava no domínio do País. O povo foi oprimido com dura cerviz, de maneira que eles gemiam sob a servidão (Êx 2.23). A palavra “dureza” que aparece no versículo 13 do capitulo 1 de Êxodo, que está no texto básico, deriva-se de uma raiz hebraica que significa “quebrar em pedaços,triturar”.Isto significa dizer que a opressão imposta por Faraó ao povo Israelita visava destruí-los fisicamente e espiritualmente. Dai então entendemos que, não é o sofrimento que pode fazer o povo de Deus parar de crescer, pois quanto o mais o povo de Israel era afligido, tanto mais eles multiplicavam (Êx. 1.12).
O Egito é para o crente o símbolo do mundo, e é por isso que o cristão sofre perseguição, e opressão de todos os lados, não foi diferente com a igreja primitiva (At 8.1-3). Assim como povo de Israel e a Igreja primitiva cresceu em meio o sofrimento (At. 4.29-31), também devemos crescer no fogo ardente da perseguição.
5. Deus ouviu o gemido e o clamor de Israel
A opressão do povo de Israel era tamanha que levaram eles á gemer e clamarem por Deus. A Bíblia nos informa que eles eram obrigados a trabalharem na fabricação de tijolos, como também em todo o trabalho do campo e com todo o serviço que na tirania serviam (Êx 1.14). Talvez você esteja se perguntando o que tem haver, gemido e o clamor do povo com o trabalho deles? É bom lembrar ao aluno que a maneira pela qual o povo deveria trabalhar, não era algo prazeroso, mas sim amargo “Assim que lhes fizeram amargar a vida com dura servidão, em barro e em tijolos, e com todo o trabalho no campo; com todo o seu serviço, em que os obrigavam com dureza”(Êx 1.14).
Na fabricação de tijolos Israel era obrigado entregar a cota exigida, caso contrario haveria severa punição (Êx 5. 14). Os tijolos eram feitos de palha cortada, caniço, e lama misturada. Muitas das vezes devido eles trabalharem o dia inteiro sem descanso algum, pisando o barro misturado com á palha, afirma á tradição judaica “que os varões hebreus quando iam dormir não conseguiam por terem os pés feridos pelas palhas em meio á argila”. O povo tinha muitas razões para gemer e clamar pela á ajuda de Deus, isso é fato, 400 anos de sofrimento não são apenas quatro dias. O bom é que Deus sempre lembra de sua aliança feita com o seu povo. “E ouviu Deus o seu gemido, e lembrou-se Deus da sua aliança com Abraão, com Isaque, e com Jacó” (Êx 2.24).
Deus está pronto para ouvir o nosso clamor, somos o Israel de Deus ele fez uma aliança com nós, clamemos á Ele e Ele virá á nós para nos ajudar.
Aplicação da lição
Enfatize aos pequenos que Deus sempre está atento ao sofrimento de seu povo, e supre as nossas necessidades.
Fontes consultadas:
Bíblia Almeida Revista e Corrigida - SBB
Bíblia NTLH – SBB
Bíblia Shedd – Editora Mundo Cristão – 2ª Edição
Bíblia Ilustrada Infantil – Editora Geográfica – Redatora Elvira Moraes Lustosa – São Paulo /SP, 2000
Colaboração para Portal Escola Dominical: Profª. Jaciara da Silva
http://www.portalebd.org.br