Marcadores

SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

01 julho 2017

LIÇÃO Nº 1 – A TAREFA DE TESTEMUNHAR DE CRISTO ...Jovens e Adultos - Betel



ASSEMBLEIA DE DEUS - PORTO VELHO/RO
PORTAL ESCOLA DOMINICAL
TERCEIRO TRIMESTRE DE 2017
Jovens e Adultos - Betel - Evangelismo, missões e discipulado: a tarefa primordial da Igreja
COMENTARISTA: OÍDES JOSÉ DO CARMO
COMENTÁRIO: EV. CLAÚDIO ROBERTO DE SOUZA

INTRODUÇÃO

Neste trimestre iremos tratar de um tema extremamente importante para o cristão – Evangelismo, missões e discipulado, a tarefa primordial da Igreja.
Penso que as mensagens contidas em cada uma das 13 lições dispostas nos próximos meses, poderá servir como um chicote nos lombos daqueles que estão descuidados quanto a esta responsabilidade.
Atos 1:8

8 Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judeia e Samaria e até aos confins da terra. (ARC)
Nosso Senhor Jesus Cristo, momentos antes de ascender aos céus, estabeleceu o caráter evangelizador, missionário e discipulador dos seus seguidores.
Aquilo que Ele mesmo deu início (mensagem de Boas Novas – Mt 4.17), deveria necessariamente ser continuado por seus discípulos (Mt 28.19-20; Mc 16.15).
Sua igreja, que seria fundada no capítulo 2, estaria imbuída da autoridade do Espírito Santo para testemunhar de Jesus Cristo. Segundo Norman Champlin, esse testemunho foi duplo:
1. O testemunho das obras, o testemunho do ministério de ensino, e, acima de tudo, o testemunho acerca da ressurreição de Cristo;
2. O testemunho do Pai, segundo revelado no Filho.
Todos os quatro evangelhos, como também o livro de Atos, enfatizam a Grande Comissão, um dos primeiros temas do cristianismo, que destaca a universalidade da mensagem cristã, em que fica eliminado o caráter provincial do judaísmo. Cristo é o Salvador potencial de todas as nações, bem como o Senhor dos céus e da terra; e o seu reino haverá de propagar-se de mar a mar. Porém, para que isso ocorra, é necessário que os seus mensageiros levem o evangelho para além dos limites da cidade de Jerusalém, para além dos limites da Palestina, para além das regiões imediatamente vizinhas à Palestina, para além do mundo mediterrâneo, levando o evangelho até aos confins da terra. Podemos observar com justiça que os apóstolos originais de Jesus cumpriram a Grande Comissão em Jerusalém, na Palestina, em Samaria e no mundo Mediterrâneo. Agora faz parte da tarefa da igreja cristã universal completar essa Grande Comissão, conquistando o mundo.
– O EVANGELISMO E SUA ESSÊNCIA
Originalmente, a palavra “Evangelho” foi usada para descrever as “boas novas” da vitória militar trazida de um mensageiro ao seu comandante. Em seguida, passou a significar simplesmente uma mensagem “boa”.
A própria Escritura nos dá exemplos deste conceito passado. (II Sm 1.2,4-5; 4.10; 18.26).
De acordo com o dicionário Vine, o termo “Evangelho”, corresponde a palavra grega “euangelion”, originalmente denotava recompensa por dar boas novas. Mais tarde, a ideia de recompensa caiu e a palavra passou a representar as próprias “boas novas”. Em português, a palavra “evangelho”, ou seja, “boas novas”, é a equivalente de euangelion (em português, “evangelho”).
No Novo Testamento, denota as “boas novas” do Reino de Deus e da salvação por meio de Cristo, a serem recebidas pela fé, com base em Sua morte expiatória, sepultamento, ressurreição e ascensão (por exemplo: At 15.7; 20.24; 1 Pe 4.7).
O apóstolo Paulo o usa o termo “evangelho” acerca de duas coisas associadas, contudo, distintas:
(a) – Os fatos básicos da morte, sepultamento e ressurreição de Cristo (por exemplo: 1 Co 15.1 -3);
(b) – A interpretação destes fatos (por exemplo: Rm 2.16; Gl 1.7-11; 2.2);
Na letra “a”, o Evangelho é visto historicamente, e na letra “b” doutrinariamente.
As expressões a seguir são usadas em conexão com o “Evangelho”:
(a) com respeito ao seu testemunho:
(1) kerussõ, “pregá-lo como arauto” (por exemplo: Mt 4.23; Gl 2.2);
(2) laleõ, “falar” (1 Ts 2.2);
(3) diamarturomai, “testemunhar (completamente)” (At 20.24);
(4) euangelizõ, “pregar” (por exemplo: 1 Co 15.1; 2 Co 11.7; Gl1.11);
(5) katangellõ, “proclamar” (1 Co 9.14);
(6 ) douleuõ eis, “servir a” (Fp 2.22);
(7) sunathleõ em, “laborar com em” (Fp 4.3);
Para continuar lendo este artigo baixe o anexo no link abaixo.
Fonte:https://ebdcomentada.com.br/wp/blog/betel-adulto-3o-trimestre-2017-licao-1-tarefa-testemunhar-cristo/ Acesso em 28 jun.2017.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AS 10 MAIS VISITADAS