SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Marcadores

Aborto (11) ACONSELHAMENTO PRÉ-MATRIMÓNIAL (5) Adolecentes Cristão (2) ADPB (1) ADULTÉRIO (2) Agradecimento (1) Aniversario (10) Apologética Cristã (10) Arqueologia (1) As Inquisições (1) Assembleia de Deus (5) Barack Obama (2) Batismos (29) Bíblia (3) Brasil (48) Casamento (25) CGADB (19) Ciência (6) Círculo de Oração (5) CLASSE BERÇÁRIO (26) CLASSE DOS DISCIPULANDOS (55) CLASSE JOVENS E ADULTOS CENTRAL GOSPEL (73) CLASSE JOVENS E ADULTOS BETEL (153) CLASSE MATERNAL (104) Congresso (49) CPAD (6) Cruzada (3) Curiosidades (3) Cursos (3) Departamento Infantil (5) Depressão (2) Desaparecido (4) DESENHOS BIBLICOS (1) Desfiles (3) Dia do Pastor (4) Discipulado (64) Divórcio (4) EBD (20) EBO (21) Escatologia (2) Estudantes (2) Estudos (506) Eventos (118) FALECIMENTO (5) Família (16) Filmes (18) Galeria de Fotos (12) Gospel (285) Gratidão a Deus (1) Hinos Antigos (3) História (4) Homenagens (3) Homilética (4) Homoxesualismo (3) Ideologia de Gênero (12) Idolatria (3) Inquisição (2) Islamismo (10) Israel (18) JARDIM DA INFANCIA (7) LIção de Vida (2) Louvor (1) Luto (42) Maçonaria (3) Mães (3) Mensagens (56) Ministério (34) Missões (148) MODISMOS (2) Mundo (610) Mundo Cristão (178) MUSICAS EVANGÉLICAS (3) Namoro Cristão (8) Noivados (1) Notícias (3155) Obreiros (9) ONU (4) Oração (1) Pneumatologia (1) política (121) Psicopedagogia (3) Pureza sexual (8) Realidade Social (17) Reforma Protestante (4) RELIGIÕES (3) Retiro (4) REVISTA BETEL JOVENS (1) Revista Central Gospel (1) REVISTA CLASSE PRIMARIOS (230) REVISTA CLASSE DOS PRE-ADOLESCENTES (267) REVISTA CLASSE DOS ADOLESCENTES (280) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFANCIA (111) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFÂNCIA (111) REVISTA CLASSE JUNIORES (243) REVISTA DA CLASSE JOVENS CPAD. (189) REVISTA DA CLASSE JOVENS. (319) REVISTA DA CLASSE ADULTOS (872) REVISTA DA CLASSE JOVENS E ADULTOS (401) REVISTA DA CLASSE JUVENIS (262) Revista Maternal (63) Santa Ceia (3) Saúde (45) Seminário (4) Sexualidade (7) Subsídios (1507) Subsídios EBD (1900) Subsídios EBD Videos (597) Templos (3) Teologia (5) Testemunho (1) TRANSGÊNEROS (2) Utilidade publica (1) UTILIDADE PÚBLICA (2) Vida de Adolecente (5) videos (106) Virgilha (1)

23 outubro 2011

Então veremos face a face...



.
O que desejamos de tão importante nesta vida como afortunadas bênçãos ou despreocupação com as coisas financeiras, semeando, como dizem, ofertas, para receber outras tantas, ou a ter que contemplarmos a Deus face a face??

Nossas vidas terrenas, como crentes dever-se-á ser em um constante desejo: nossa Pátria celestial, segura, a qual Deus nos preparou desde a fundação do mundo [Mateus 25]...

Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido” [1Coríntios 13].

Conhecer a Deus como Ele próprio nos conhece, face a face, é o maior desejo ardente em todos os corações de crentes, todos os que em todo o lugar invocam o nome de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor nosso;

Em Seu infinito Amor, nosso Senhor e Salvador, nos ensinou a orar [Mateus 6], suplicando ao Criador que venha a nós o Seu reino; suplicamos, pois, que venha o reino de Deus a nossas almas, tomando de nós posse por completo, porque o Filho de Deus em nada poupou para nos salvar.

Porquanto, sigamos a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor [Hebreus 12]; e por fim, alcançando a promessa: a vida eterna [1João 2], veremos ao Senhor Deus, entronizado, e, nós, diante o Cordeiro de Deus, veremos o Amor, não apenas sentir o Amor, mas ver o Amor face a face!!


Vivendo Por, Em e Para Cristo; nos interesses da Igreja que Cristo edificou.
.

AD de Pernambuco separa 244 novos diáconos do interior no 7º dia de EBO





Todos os anos, a Escola Bíblica de Obreiros sempre deixa para o final as consagrações de novos candidatos ao ministério. Até a próxima segunda, obreiros da capital e do interior serão separados para serem evangelistas, presbíteros e pastores. Hoje, foi a vez do diaconato da igreja ganhar novos integrantes.

Os novos diáconos foram apresentados no fim do culto. No transcorrer da reunião, como sempre, teve muito louvor e adoração dos grupos musicais e cantores. Teve até pastor tocando e cantando, como foi o caso dos pastores Jayme Alexandre (AD de Caruaru) e João Marcos (missionário na África do Sul). Além deles, também louvaram os cantores Jair Santos e irmão Francisco Felismino. O Coral Jovem, o Quarteto Gênesis (de longe, o melhor da assembleiana pernambucana) e o Coro e Orquestra Doce Harmonia, todos do templo Central, também entoaram louvores a Deus.

O templo recebeu um bom público na noite desta sexta-feira. Os obreiros eram maioria. As comitivas vinham de várias cidades do Estado, desde Araripina, no Sertão do Araripe, a 690 km da capital, até as caravanas das áreas 29 e 30, do Recife.

A mensagem foi proferida, novamente, pelo pastor alagoano Sérgio Bastian. Mais do que uma simples reflexão, foi uma palavra encorajada e consciente acerca da fé em Jesus. Com base em Hebreus 10.38, o pastor falou a respeito da vitória da Igreja através da fé, ressaltando que o povo de Deus não se compactua com coisas, modas e ditames mundanos.

O pastor também disse que muitas pessoas estão tratando a fé como mercadoria barata, e foi de encontro aos que mercantilizam a fé para proveito próprio. Pr. Sérgio Bastian afirmou, ainda, que a fé não é ver apenas as evidências, mas é olhar apesar das consequências.

O pastor alagoano terminou suas palavras dizendo que a vida de fé não é provisória. “O justo vive pela fé, e não durante um momento. A fé não se fundamenta em dogmas religiosos, mas está baseada na Palavra de Deus, e nela o justo tem uma vida regrada pela fé”, concluiu.

Após a mensagem, o pastor Simas Dias, da AD de Carpina e primeiro secretário da Convenção da Assembleia de Deus de Pernambuco (Conadepe), foi escalado para chamar os nomes dos diáconos consagrados. No total, 244 novos candidatos de dezenas de cidades pernambucanas foram separados ao diaconato da igreja.

Eles receberam a palavra de orientação do pastor Severino Almeida, atual gestor da AD em Paudalho e ex-vice-presidente da AD de Pernambuco na gestão do pastor José Leôncio da Silva. Após a palavra, os pastores estenderam as mãos e fizeram uma oração junto com a igreja.

Neste domingo, ocorre o penúltimo dia de Escola Bíblica, e novos obreiros deverão ser consagrados.

Veja as fotos do sétimo dia da EBO (para ver no tamanho original, clique nas fotos com o botão direito e as abra numa nova janela).
 

 

 

 

 



A-BD

DIA DAS BRUXAS NAS IGREJAS E A REFORMA PROTESTANTE



Muita gente não sabe, mas o Dia das Bruxas, o Samhain ou Halloween, Ano Novo céltico (31 de outubro), tem uma conexão com o Dia de Todos os Santos da Igreja Católica Romana. Este era originalmente celebrado em maio, e não no primeiro dia de novembro.

No ano 608, o imperador romano Focas apaziguou o populacho dos territórios pagãos recentemente conquistados, permitindo-lhe combinar o antigo ritual de Samhain com o Dia de Todos os Santos. E, assim, o panteão de Roma, templo edificado para a adoração de uma multiplicidade de deuses, foi transformado em igreja.


Foram os imigrantes europeus, especialmente os irlandeses, que introduziram o Halloween nos Estados Unidos. Hoje, o Dia das Bruxas
 é muito importante para os lojistas, inclusive no Brasil. Salém, em Massachusetts (Estados Unidos), é a sede da bruxaria norte-americana. Ali celebra-se, na época do Halloween, o Festival da Assombração, para expandir a temporada turística de verão. Tudo parece uma grande brincadeira, mas — conscientemente ou não — os participantes dessa festa estão se envolvendo com o ocultismo e o satanismo.

Por outro lado, algumas denominações evangélicas, além de realizarem festas similares às juninas (o que já é um absurdo), estão promovendo também, no fim de outubro, uma espécie de Halloween, decorando o ambiente com abóboras, etc. Elas alteram o nome da brincadeira satânica para Jesusween ou Elohin! Aos pastores destas igrejas quero apresentar um motivo melhor para festejar.


Em vez de comemorarem o Dia das Bruxas, os pastores que se prezam deveriam se lembrar da Reforma Protestante. Na manhã de 31 de outubro de 1517, véspera do Dia de Todos os Santos, Martinho Lutero — sacerdote romanista, professor de teologia e filho de um minerador bem-sucedido — começou a questionar de modo mais contundente a Igreja Católica e a atacar a autoridade do papa.

Lutero, então, afixou na porta da Catedral de Wittenberg (pronuncia-se vitemberk) um pergaminho que continha 95 declarações. Estas, conhecidas como teses, eram quase todas relacionadas com a venda de indulgências (pacotes caros pagos pelo perdão, inclusive das pessoas que já haviam partido para a eternidade).


Em junho de 1520, Lutero foi excomungado por uma bula — decreto do papa que continha o seu selo oficial. Em dezembro do mesmo ano, com ousadia, ele queimou esse documento em reunião pública, à porta de Wittenberg, diante de uma assembleia de professores, estudantes e o povo. No ano seguinte, foi intimado a comparecer ante as autoridades romanistas, em Worms. E declarou: “Irei, ainda que me cerquem tantos demônios quantas são as telhas dos telhados”.


No dia 17 de abril de 1521, Lutero apresentou-se à Dieta do Concílio Supremo, presidida pelo imperador Carlos V. Para escapar da morte, teria de se retratar. Mas ele não faria isso, a menos que fosse desaprovado pelas próprias Escrituras. E asseverou perante todos: “Aqui estou. Não posso fazer outra coisa. Que Deus me ajude. Amém”.

Considerado herege, ao regressar à sua cidade Lutero foi cercado e levado por soldados ao castelo de Wartzburg, na Turíngia, onde ficaria “guardado”. Ali, ele traduziu o Novo Testamento para o alemão, obra que, por si só, o teria imortalizado. Ao regressar a Wittenberg, reassumiu a direção do movimento a favor da Igreja Reformada, e a partir daí os princípios da Reforma Protestante se espalharam por toda a Europa, com ajuda de homens de valor, como Ulrico Zuínglio, João Calvino, Jacques Lefevre, João Tyndale, Tomás Cranmer, João Knox, etc.


Assim como muitos teólogos estão fazendo hoje, os católicos romanos haviam substituído a autoridade da Bíblia pela autoridade da igreja. Eles ensinavam que a igreja era infalível e que a autoridade da Bíblia procedia da tradição. Os reformadores afirmavam que as Escrituras eram a sua regra de fé, de prática e de viver, e que não se devia aceitar nenhuma doutrina que não fosse ensinada por elas. A Reforma devolveu ao povo a Bíblia que se havia perdido, passando a considerá-la a fonte primária de autoridade.


Nesses tempos difíceis, em que muitos estão brincando com o pecado e até com festas satânicas, quantos cristãos sérios estão dispostos a protestar contra as heresias verificados entre nós (2 Pe 2.1; At 20.28), à semelhança de Lutero?

Vi no Blog do meu Amigo Pr. Ciro Sanches Zibordi


LIÇÃO 05 - A INSTITUIÇÃO DA MONARQUIA EM ISRAEL / SUBSÍDIOS / CLASSE ADULTOS

Apresentado pelo Comentarista das Revistas Lições Bíblicas Adultos da CPAD, pastor Osiel Gomes