SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Marcadores

Aborto (11) ACONSELHAMENTO PRÉ-MATRIMÓNIAL (5) Adolecentes Cristão (2) ADPB (1) ADULTÉRIO (2) Agradecimento (1) Aniversario (10) Apologética Cristã (10) Arqueologia (1) As Inquisições (1) Assembleia de Deus (5) Barack Obama (2) Batismos (29) Bíblia (3) Brasil (48) Casamento (25) CGADB (19) Ciência (6) Círculo de Oração (5) CLASSE BERÇÁRIO (26) CLASSE DOS DISCIPULANDOS (55) CLASSE JOVENS E ADULTOS CENTRAL GOSPEL (73) CLASSE JOVENS E ADULTOS BETEL (152) CLASSE MATERNAL (104) Congresso (49) CPAD (6) Cruzada (3) Curiosidades (3) Cursos (3) Departamento Infantil (5) Depressão (2) Desaparecido (4) DESENHOS BIBLICOS (1) Desfiles (3) Dia do Pastor (4) Discipulado (64) Divórcio (4) EBD (20) EBO (21) Escatologia (2) Estudantes (2) Estudos (506) Eventos (118) FALECIMENTO (5) Família (16) Filmes (18) Galeria de Fotos (12) Gospel (285) Gratidão a Deus (1) Hinos Antigos (3) História (4) Homenagens (3) Homilética (4) Homoxesualismo (3) Ideologia de Gênero (12) Idolatria (3) Inquisição (2) Islamismo (10) Israel (18) JARDIM DA INFANCIA (7) LIção de Vida (2) Louvor (1) Luto (42) Maçonaria (3) Mães (3) Mensagens (56) Ministério (34) Missões (148) MODISMOS (2) Mundo (610) Mundo Cristão (178) MUSICAS EVANGÉLICAS (3) Namoro Cristão (8) Noivados (1) Notícias (3155) Obreiros (9) ONU (4) Oração (1) Pneumatologia (1) política (121) Psicopedagogia (3) Pureza sexual (8) Realidade Social (17) Reforma Protestante (4) RELIGIÕES (3) Retiro (4) REVISTA BETEL JOVENS (1) Revista Central Gospel (1) REVISTA CLASSE PRIMARIOS (230) REVISTA CLASSE DOS PRE-ADOLESCENTES (267) REVISTA CLASSE DOS ADOLESCENTES (280) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFANCIA (111) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFÂNCIA (111) REVISTA CLASSE JUNIORES (243) REVISTA DA CLASSE JOVENS CPAD. (188) REVISTA DA CLASSE JOVENS. (319) REVISTA DA CLASSE ADULTOS (872) REVISTA DA CLASSE JOVENS E ADULTOS (398) REVISTA DA CLASSE JUVENIS (262) Revista Maternal (63) Santa Ceia (3) Saúde (45) Seminário (4) Sexualidade (7) Subsídios (1507) Subsídios EBD (1900) Subsídios EBD Videos (593) Templos (3) Teologia (5) Testemunho (1) TRANSGÊNEROS (2) Utilidade publica (1) UTILIDADE PÚBLICA (2) Vida de Adolecente (5) videos (106) Virgilha (1)

18 novembro 2011

LIÇÃO 8 - JESUS CURA UM PARALÍTICO


4º Trim. 2011 - JARDIM DE INFÂNCIA - CPAD - Lição 8: Jesus Cura um Paralítico
PORTAL ESCOLA DOMINICAL
JARDIM DE INFÂNCIA - CPAD
4º Trimestre de 2011
Tema: Porque Jesus é poderoso.
Comentarista: Mônica Barreto Valente Varela e Midiam Pessoa.

Texto Bíblico
Marcos 2.1-12.
Objetivo
Ao ministrar sua aula, seja claro e ensine a criança que nosso Deus é poderoso, e não existe pecado que Ele não possa perdoar. Apresente Deus como um grande amigo e que eles podem confiar e esperar nele.
 Aprendendo a Bíblia:
“Um verdadeiro amigo é mais chegado que um irmão”. Provérbios 18.24.
Palavra do dia...
AMIGO.
JD_4trim2011_Licao8_fig 1.jpg
4º Trim. 2011 - JARDIM DE INFÂNCIA - CPAD - Lição 8: Jesus Cura um Paralítico
PORTAL ESCOLA DOMINICAL
JARDIM DE INFÂNCIA - CPAD
4º Trimestre de 2011
Tema: Porque Jesus é poderoso.
Comentarista: Mônica Barreto Valente Varela e Midiam Pessoa.
LIÇÃO 8 - JESUS CURA UM PARALÍTICO
Texto Bíblico
Marcos 2.1-12.
Objetivo
Ao ministrar sua aula, seja claro e ensine a criança que nosso Deus é poderoso, e não existe pecado que Ele não possa perdoar. Apresente Deus como um grande amigo e que eles podem confiar e esperar nele.
 Aprendendo a Bíblia:
“Um verdadeiro amigo é mais chegado que um irmão”. Provérbios 18.24.
Palavra do dia...
AMIGO.
JD_4trim2011_Licao8_fig 1.jpg
www.giselle.cfn.blog.br
Explorando a Bíblia
Na história passada vimos como Jesus curou um cego, quem se lembra como foi?
Bem, hoje continuaremos aprendendo sobre os milagres que Jesus realizou quando esteve aqui na terra.
Depois de vários dias Ele voltou a Cafarnaum, e a notícia de sua chegada se espalhou depressa pela cidade, logo a casa que Ele estava ficou tão cheia de visitas que não havia espaço nem para mais uma pessoa até do lado de fora, e Jesus pregava a palavra a eles.
 De repente chegaram quatro homens carregando um paralítico numa esteira, eles não podiam chegar até Jesus por causa da multidão e por isso fizeram um buraco no teto por cima de onde Jesus estava, e fizeram descer o homem na esteira bem na frente de Jesus.
Quando Jesus viu como eles acreditavam tão imensamente que Ele socorreria o amigo deles, disse ao doente: Filho os teus pecados estão perdoados!
Mas alguns dos líderes religiosos judaicos que estavam sentados ali diziam entre si: Quê? Isto é uma blasfêmia! Ele acha que é Deus! Pois só Deus pode perdoar pecado.
Jesus pôde ler a mente deles e lhes disse logo: Por que isto está perturbando vocês? Eu, o Messias tenho autoridade na Terra para perdoar pecados. Mas, falar é fácil- qualquer um poderia afirmar isso. Porém Eu, posso provar o que estou dizendo, curando este homem.
Então se voltando para o paralítico, ordenou-lhe: Você está curado, pegue sua esteira e vá embora para casa. O homem levantou-se de um salto, enrolou sua esteira e abriu caminho através dos presentes cheios de espanto! Todos ficaram maravilhados e louvaram a Deus.
Nunca vimos nada igual! Exclamavam todos, Assim como aqueles amigos ajudaram paralítico, assim todos nós devemos nos esforçar para ajudar aos necessitados sem olhar para quem e Deus se agradará de nós.              
Oficina criativa
Amplie o desenho abaixo para os pequenos colorir
JD_4trim2011_Licao8_fig 2.jpg
www.montesiao.pro.br
Fontes Consultadas:
·         Bíblia na linguagem de hoje
·         Bíblia da galerinha
·         Bíblia de estudo pentecostal.
·         Clássicos da Bíblia
Colaboração para o Portal Escola Dominical – Profª Cristina Araújo
www.giselle.cfn.blog.br
Explorando a Bíblia
Na história passada vimos como Jesus curou um cego, quem se lembra como foi?
Bem, hoje continuaremos aprendendo sobre os milagres que Jesus realizou quando esteve aqui na terra.
Depois de vários dias Ele voltou a Cafarnaum, e a notícia de sua chegada se espalhou depressa pela cidade, logo a casa que Ele estava ficou tão cheia de visitas que não havia espaço nem para mais uma pessoa até do lado de fora, e Jesus pregava a palavra a eles.
 De repente chegaram quatro homens carregando um paralítico numa esteira, eles não podiam chegar até Jesus por causa da multidão e por isso fizeram um buraco no teto por cima de onde Jesus estava, e fizeram descer o homem na esteira bem na frente de Jesus.
Quando Jesus viu como eles acreditavam tão imensamente que Ele socorreria o amigo deles, disse ao doente: Filho os teus pecados estão perdoados!
Mas alguns dos líderes religiosos judaicos que estavam sentados ali diziam entre si: Quê? Isto é uma blasfêmia! Ele acha que é Deus! Pois só Deus pode perdoar pecado.
Jesus pôde ler a mente deles e lhes disse logo: Por que isto está perturbando vocês? Eu, o Messias tenho autoridade na Terra para perdoar pecados. Mas, falar é fácil- qualquer um poderia afirmar isso. Porém Eu, posso provar o que estou dizendo, curando este homem.
Então se voltando para o paralítico, ordenou-lhe: Você está curado, pegue sua esteira e vá embora para casa. O homem levantou-se de um salto, enrolou sua esteira e abriu caminho através dos presentes cheios de espanto! Todos ficaram maravilhados e louvaram a Deus.
Nunca vimos nada igual! Exclamavam todos, Assim como aqueles amigos ajudaram paralítico, assim todos nós devemos nos esforçar para ajudar aos necessitados sem olhar para quem e Deus se agradará de nós.              
Oficina criativa
Amplie o desenho abaixo para os pequenos colorir
JD_4trim2011_Licao8_fig 2.jpg
4º Trim. 2011 - JARDIM DE INFÂNCIA - CPAD - Lição 8: Jesus Cura um Paralítico
PORTAL ESCOLA DOMINICAL
JARDIM DE INFÂNCIA - CPAD
4º Trimestre de 2011
Tema: Porque Jesus é poderoso.
Comentarista: Mônica Barreto Valente Varela e Midiam Pessoa.
LIÇÃO 8 - JESUS CURA UM PARALÍTICO
Texto Bíblico
Marcos 2.1-12.
Objetivo
Ao ministrar sua aula, seja claro e ensine a criança que nosso Deus é poderoso, e não existe pecado que Ele não possa perdoar. Apresente Deus como um grande amigo e que eles podem confiar e esperar nele.
 Aprendendo a Bíblia:
“Um verdadeiro amigo é mais chegado que um irmão”. Provérbios 18.24.
Palavra do dia...
AMIGO.
JD_4trim2011_Licao8_fig 1.jpg
www.giselle.cfn.blog.br
Explorando a Bíblia
Na história passada vimos como Jesus curou um cego, quem se lembra como foi?
Bem, hoje continuaremos aprendendo sobre os milagres que Jesus realizou quando esteve aqui na terra.
Depois de vários dias Ele voltou a Cafarnaum, e a notícia de sua chegada se espalhou depressa pela cidade, logo a casa que Ele estava ficou tão cheia de visitas que não havia espaço nem para mais uma pessoa até do lado de fora, e Jesus pregava a palavra a eles.
 De repente chegaram quatro homens carregando um paralítico numa esteira, eles não podiam chegar até Jesus por causa da multidão e por isso fizeram um buraco no teto por cima de onde Jesus estava, e fizeram descer o homem na esteira bem na frente de Jesus.
Quando Jesus viu como eles acreditavam tão imensamente que Ele socorreria o amigo deles, disse ao doente: Filho os teus pecados estão perdoados!
Mas alguns dos líderes religiosos judaicos que estavam sentados ali diziam entre si: Quê? Isto é uma blasfêmia! Ele acha que é Deus! Pois só Deus pode perdoar pecado.
Jesus pôde ler a mente deles e lhes disse logo: Por que isto está perturbando vocês? Eu, o Messias tenho autoridade na Terra para perdoar pecados. Mas, falar é fácil- qualquer um poderia afirmar isso. Porém Eu, posso provar o que estou dizendo, curando este homem.
Então se voltando para o paralítico, ordenou-lhe: Você está curado, pegue sua esteira e vá embora para casa. O homem levantou-se de um salto, enrolou sua esteira e abriu caminho através dos presentes cheios de espanto! Todos ficaram maravilhados e louvaram a Deus.
Nunca vimos nada igual! Exclamavam todos, Assim como aqueles amigos ajudaram paralítico, assim todos nós devemos nos esforçar para ajudar aos necessitados sem olhar para quem e Deus se agradará de nós.              
Oficina criativa
Amplie o desenho abaixo para os pequenos colorir
JD_4trim2011_Licao8_fig 2.jpg
www.montesiao.pro.br
Fontes Consultadas:
·         Bíblia na linguagem de hoje
·         Bíblia da galerinha
·         Bíblia de estudo pentecostal.
·         Clássicos da Bíblia
Colaboração para o Portal Escola Dominical – Profª Cristina Araújowww.montesiao.pro.br
Fontes Consultadas:
·         Bíblia na linguagem de hoje
·         Bíblia da galerinha
·         Bíblia de estudo pentecostal.
·         Clássicos da Bíblia
Colaboração para o Portal Escola Dominical – Profª Cristina Araújo

LIÇÃO 8 - O LIVRO ACHADO NO TEMPLO


4º Trim. 2011 - PRIMÁRIOS - CPAD - lição 8: O Livro Achado no Templo
PORTAL ESCOLA DOMINICAL
PRIMÁRIOS - CPAD
4° Trimestre de 2011
Tema: Conhecendo a vontade de Deus.
Comentarista: Maria de Lourdes de A. Nascimento.

Texto Bíblico- 2 Reis 22.1-10; 23.1-3.
Objetivo: Ministre sua aula de forma que os alunos compreendam que somente na Bíblia encontraremos qual é a boa, perfeita e agradável vontade de Deus.
Frase do dia:
A vontade de Deus está escrita na Bíblia.
Prim_4trim2011_licao7_ fig 1.jpg
www.umadenortepalmas.blogspot.com
Memória em ação
“Tenho prazer em fazer a tua vontade, ó meu Deus! Guardo a tua lei no meu coração!”
Salmos 40.8.
 Explorando a Bíblia
Vocês se lembram da história da semana passada?
Hoje vamos conhecer mais um rei que obedecia tudo quanto o Senhor falava com ele.
O novo rei de Judá, seu nome Josias sua idade no início do seu reinado era de oito anos.       
Josias reinou durante trinta e um anos em Jerusalém, sua mãe se chamava Jedida, Josias era um ótimo rei, pois havia seguido os passos de seu pai Davi, obedecendo ao Senhor em tudo.
No ano dezoito do seu reinado, Josias mandou seu secretário Safã, ao templo a fim de dar instruções a Hilquias o sumo sacerdote, recolha o dinheiro dado aos sacerdotes á porta do templo, quando o povo vem para adorar dê este dinheiro aos dirigentes da construção, de maneira que eles possam contratar carpinteiros e pedreiros para fazerem os consertos no templo e comprar madeira e pedra. Os dirigentes da construção não eram obrigados a fazer o registro das despesas e prestar contas, porque eram homens honestos.
Um dia, o sumo sacerdote Hilquias foi ver Safã, o secretário do rei, e exclamou: Descobri um livro no templo, e esse livro contém as leis de Deus! O livro foi entregue a Safã para ler, quando Safã relatou ao rei acerca das obras e do conserto do templo ele também mencionou o livro que Hilquias encontrou.
Então Safã leu o livro para o rei, quando ele ouviu o que estava escrito no livro ficou tão apavorado que rasgou as suas roupas, mandou que o sumo sacerdote Hilquias e Safã ajudante do rei que perguntassem ao Senhor: O que devo fazer? Porque não estamos seguindo as instruções deste livro, o Senhor deve está muito zangado com todos nós, porque nem nós nem os nossos pais que já morreram temos obedecido a ás ordens de Deus.
Então o sacerdote Hilquias e Safã foram ao bairro de Jerusalém conhecido como cidade baixa procurar a profetiza Hulda, ela era uma mulher de Salum ela deu a eles esta mensagem vinda do Senhor Deus de Israel.
Digam ao homem que enviou vocês a mim, que vou destruir esta cidade e seu povo, assim como declarei naquele livro que ele leu porque o povo de Judá me abandonou, adorou a outros deuses e me deixou muito zangado; e o meu furor contra esse povo não pode parar, mas porque o rei ficou triste, preocupado e se humilhou perante o Senhor quando leu o livro, e porque ele rasgou as suas vestes e chorou de mim, Eu ouvirei a oração que ele fez.
Então levaram a mensagem ao rei, diante disso o rei mandou chamar os homens mais respeitados e outros chefes de Judá e de Jerusalém para que fossem ao templo com ele.
Assim todos os sacerdotes e profetas, e o povo tanto pequenos como grandes se reuniram no templo de modo que o rei pôde ler para eles o livro das leis de Deus, o livro que tinha sido achado no templo.
O rei se colocou em pé junto a coluna diante do povo, e ele e o povo fizeram uma promessa sincera ao Senhor que obedeceriam a Ele sempre e fariam tudo quanto o livro mandava, Nós devemos obedecer á palavra do Senhor, para sermos abençoados e para termos uma vida feliz.
Vou fazer uma pergunta para vocês, onde está a palavra dentro de vocês?
Ela tem surgido efeito em suas vidas ou será que ela não tem nenhuma importância para vocês?
A palavra nos limpa, nos liberta, e se não temos ela dentro de nós estamos em ruínas e quero dizer a vocês que tem crente que pega a Bíblia somente no momento de ir para a igreja, que possamos mudar nossas vidas e fazemos como o rei Josias quando ouviu a palavra do Senhor, ele rasgou suas vestes, pois ele viu que precisava buscar a Deus, pois rasgar as vestes significa indignação do modo de vida que vivemos.
O que nós temos feito? Temos obedecido a ás suas ordenanças, ou será que ela está perdida dentro de nós?
Que possamos hoje mudar a situação e obedecer ás ordens do Senhor, ainda temos tempo de procurar dentro de nós em algum sentimento que simplesmente por não querer falar, esconde-a dentro de você.
Hoje temos a oportunidade de ler e procurar obedecer e que possamos guardá-la dentro do nosso coração a palavra tem que estar em destaque nas nossas vidas, hoje encontramos pessoas que pregam sem fundamento, pois não vivem o que pregam, sem esta palavra somos apenas templos em ruínas.
Que a palavra possa estar dentro de nós e só assim faremos a diferença, que Deus abençoe a todos.
Oficina criativa
Amplie o desenho abaixo para os pequenos colorir
Prim_4trim2011_licao7_ fig 2.jpg
www.afontedevida.blogspot.c
Prim_4trim2011_licao7_ fig 3.jpg
www.atividadesdapre-escola.blogspot.com
Fontes Consultadas:
·         Bíblia na linguagem de hoje
·         Bíblia da galerinha
·         Bíblia de estudo pentecostal.
·         Bíblia Viva
Colaboração para o Portal Escola Dominical – Profª Cristina Araújo

LIÇÃO 8 – ISAÍAS, O PROFETA DE JESUS


4º Trim. 2011 - JUNIORES – CPAD - Lição 8: Isaías. o Profeta de Jesus
PORTAL ESCOLA DOMINICAL
JUNIORES – CPAD
4º Trimestre de 2011
Tema:
 Deus fala com o seu povo
Comentarista: Laudicéia Barboza da Silva

Texto Bíblico:Isaías 7.14; 9.6,7; 11.1-7
Ao Mestre
Prezado (a), a lição de hoje nos apresenta o profeta messiânico Isaias.
Isaias exerceu seu ministério durante o reinado de cinco reis (Uzias, Jotão, Acaz, Ezequias e Manassés, sendo martirizado pro este ultimo), porém no inicio ele não tinha intenção de ser profeta. A mudança em sua vida se deu na época do falecimento do rei Uzias.
Era uma época difícil em Israel, muitos haviam apostatado da fé no Deus vivo. Não sabemos por quais conflitos Isaias estava passando, mas com certeza ele colocou em seu coração buscar a deus em oração, e foi assim que se deu seu chamado.
O cap. 6 do livro de Isaias descreve bem, a maneira como Isaias voluntariamente se dispõe a servir ao SENHOR: “Eis-me aqui, envia-me a mim”(v.8). Assim iniciou-se o ministério profético de Isaías:
·         Ele é considerado o maior profeta do Antigo Testamento;
·         Seu nome é mencionado no mínimo 50 vezes no Novo Testamento;
·         Transmitiu mensagens de juízo, mas também a da esperança para o ser humano – o Messias, o Salvador da humanidade nasceria de uma virgem.
Isaias é reconhecido como o profeta das mensagens mais belas e significativas do Antigo Testamento. Suas mensagens de julgamento divino estão balanceadas por incomparáveis palavras de conforto e esperança. As suas visões acerca do Salvador são as mais tocantes e mais claras de todo o Antigo Testamento.
Deus continue a abençoar o seu ministério. Boa aula!
Objetivo
Professor ministre sua aula de forma a conduzir seu aluno a compreender o motivo pelo qual Isaias é chamado o profeta de Jesus. Explicando que segundo os estudiosos, Isaias é denominado de o profeta messiânico, exatamente porque é o profeta que mais falou acerca do nascimento e ministério terreno de nosso Salvador Jesus Cristo.
Exercitando a memória
“Pois já nasceu uma criança, Deus nos mandou um menino que será o nosso rei. Ele será chamado de “Conselheiro Maravilhoso”, “Deus Poderoso”, “Pai Eterno”, “Príncipe da Paz”..” (Is 9.6 – NTLH).
Em tempos de grandes trevas espirituais em Israel, e também de dificuldades econômicas e sociais. Deus prometeu enviar uma luz que brilharia sobre toda a terra. Um menino nasceria, uma crianças traria salvação, paz, direção estabilizadora a todos os que NELE cressem. Seu Nome é Maravilhoso, pois traz em si a esperança e a vida eterna a toda a humanidade.
Crescendo no conhecimento
Crianças, hoje iremos conhecer um profeta muito especial. Especial porque a ele foi dada a honra de falar mais sobre o nascimento e a vida do Senhor Jesus Cristo, o nosso Salvador, e isso há mais de 750 anos antes do nascimento de Messias. Já pensou? Quantos anos antes Deus já estava com tudo pronto? A cidade onde ELE nasceria, como seria seu nascimento, sua morte. Deus é Onisciente (sabe tudoo que acontece) e Senhor da historia (faz como lhe apraz).
Mas vamos conhecer um pouco da vida de Isaias. Ele trabalhava no palácio no reino do Sul, ou seja, em Judá. Certo dia enquanto orava ele viu o céu, e Deus preocupado em transmitir Sua palavra para as pessoas na terra perguntou:
— Quem é que eu vou enviar? Quem será o nosso mensageiro?
Então Isaías respondeu:
— Aqui estou eu. Envia-me a mim!
Deus o avisou de que muitas pessoas não aceitariam a sua mensagem, mas que ele deveria falar assim mesmo. Isaias aceitou a chamada divina e iniciou o seu trabalho de profeta.
Isaías agora era reconhecido como um profeta por todo o povo, e o seu trabalho era contar às pessoas o que Deus disse. As pessoas não queriam sempre saber as palavras de Deus, mas Isaías nunca as ignorava.
Isaías pregou durante o reinado de quatro diferentes reis: Uzias, Jotão, Acaz e Ezequias.
O primeiro rei foi Uzias, rei que governava a terra de Judá, na cidade de Jerusalém, foi abençoado, no começo por Deus, mas depois ele se tornou orgulhoso e parou de obedecer a Deus. Por isso, ele se tornou leproso e viveu sozinho até a sua morte. Seu filho Jotão ficou no seu lugar.
Deus abençoou Jotão porque ele ouvia o que Deus falava por Isaías e pelos outros profetas. O filho do rei Jotão se chamava Acaz. Acaz não ligou para Deus, ele adorou ídolos e falsos deuses e fez com que o povo de Deus fizesse o mesmo. Isaías o advertiu, Acaz não escutou os avisos de Deus. Ele morreu com apenas 35 anos de idade.
Deus abençoou o próximo rei, o rei Ezequias, porque ele removeu todos os ídolos e deuses falsos, e adorou o Deus verdadeiro. Um dia, Isaías teve uma visão, (que é uma espécie de sonho quando você está acordado), e contou ao povo, coisas maravilhosas como sobre uma crianças que iria nascer, que seria um libertador forte e viria para salvá-los do pecado e de todos os inimigos. As pessoas judaicas chamavam essa pessoa de Messias. Apesar de eles estarem esperando Deus enviar o Messias, muitas pessoas viviam como se ele nunca fosse vir. Todas as coisas que Isaías disse sobre o Jesus está escrito na Bíblia e embora Isaías escreveu todas essas coisas centenas de anos antes de Jesus nascer, todas as coisas que ele escreveu vieram a acontecer exatamente como ele disse e escreveu.
Isaías disse que o próprio Deus daria um sinal, ele disse: “Eis que a virgem terá um filho, e ele se chamará Emanuel” (Is 7.14, essa profecia foi confirmada em Mt 1.23) . As pessoas sabiam que Isaías falava sobre o Messias, porque uma mulher não podia ser virgem e ter um filho, e Emanuel significa  “Deus conosco”.
Isaías disse: “Para nós uma criança nasce, para nós é dado um filho, e o governo estará sobre os seus ombros, seu nome será: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade e Príncipe da paz” (Is 9.6, Mt 2.2).
Isaías estava tão certo de que as promessas de Deus se tornariam verdade, que ele falou como se o evento já tivesse acontecido, isso é chamado de profecia. Isaías disse que o Messias seria grande e faria coisas grandes. Deus também disse a Isaías para dizer ao povo que o Messias iria sofrer, ser preso, condenado e levado para ser morto, por causa dos pecados do nosso povo e ser condenado à morte (Is 53.8, Mc 8.31).
Isaías poderia ter imaginado como o Messias poderia ser grande e poderoso e ao mesmo tempo fraco e ferido. Mas Isaías não discutiu com Deus. Ele apenas repetiu o que Deus lhe mandou dizer. Messias estava chegando e ELE viria para abençoar a todos e levar a salvação aos confins da terra.
Aplicação da Lição
Amado (a) enfatize aos pequenos assim como nos dias do profeta Isaias, da mesma maneira hoje Deus pergunta: “Quem irá dizer as pessoas que meu Filho, o Salvador do mundo já nasceu?”
E quase ninguém responde como Isaias. Vioc~e não quer hoje responder que você irá contar essa maravilhosa noticia para as pessoas?  Pois assim como o profeta Isaías proclamou o nascimento de Jesus, nós também devemos contar para as pessoas sobre Jesus.
Fontes Consultadas:
·         Bíblia de Estudo de Aplicação Pessoal – Editora CPAD – Edição 2003
·         Bíblia Shedd – Editora Mundo Cristão – 2ª Edição
·         Bíblia de Recursos para o Ministério com crianças – APEC – Editora Hagnos – Edição 2009
·         365 Lições de vida extraídas de Personagens da Bíblia - Rio de Janeiro - Editora CPAD
·         Richards – Lawrence O. – Guia do leitor da Bíblia – Editora CPAD – 8º Edição/2009
Colaboração para o Portal Escola Dominical – Profª. Jaciara da Silva

LIÇÃO 7- ESCOLHA AMAR


4º Trim. 2011- PRÉ-ADOLESCENTES - CPAD - Lição 7: Escolha amar
PORTAL ESCOLA DOMINICAL
PRÉ-ADOLESCENTES - CPAD
4º Trimestre de 2011
Tema: Escolhas que Agradam a Deus
Comentarista: Ângela Sueli Silva da Costa

Texto bíblico: 1Co 13.1-7
Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos e não tivesse caridade, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.
E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse caridade, nada seria.
E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse caridade, nada disso me aproveitaria.
A caridade é sofredora, é benigna; a caridade não é invejosa; a caridade não trata com leviandade não se ensoberbece,
não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;
não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;
tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
O texto descrito acima na 1ª epistola a Igreja de Corinto o apostolo Paulo da uma definição do verdadeiro amor, bem como das suas virtudes.
O amor que ele se refere é o amor Ágape, ou seja, o amor de Deus, o que faz bem diferente do amor do homem que muitas vezes esta associado ao pecado.
O amor divino esta baseado na sua justiça e bondade.
Este amor descrito por Paulo deveria estar presente nos corações de todos os cristãos, todo proceder diante de Deus e do próximo esta baseado neste amor, o qual se torna a característica mais importante na vida cristã, nada pode subsitui-lo, Paulo afirma; mesmo que seja feito um grande sacrifício a favor de alguém, se isto for feito com amor não tem valor algum.
Introdução
A lição de hoje nos fala a cerca do amor, dentro do nosso trimestre é uma escolha que agrada a Deus, principalmente porque é uma ordenança do Senhor que amassemos, não somente a Deus mas também ao nosso próximo.
Porem este amor não pode ser como o amor humano, que esta associado ao pecado, pois muitas pessoas amam de forma parcial ou fazendo acepções de pessoas. Existem pessoas que apenas amam as pessoas que lhe agradam, mas Deus manda que amemos a todos.
Por isso o apostolo Paulo fez menção de um amor perfeito, um amor verdadeiro que esta livre da influencia do pecado, este amor é chamado ágape, ou seja, o amor de Deus, um amor baseado na sua bondade e justiça.
Para entendermos melhor vamos definir inicialmente o que é amor:
A Palavra amor
A palavra amor presta-se a múltiplos significados na língua portuguesa. Pode significar afeição, compaixão, misericórdia, ou ainda, inclinação, atração, paixão, querer bem de outra pessoa.
O conceito mais popular de amor envolve, de modo geral, a formação de um vínculo emocional com alguém, ou com algum objeto que seja capaz de receber este comportamento amoroso e alimentar as estimulações sensoriais e psicológicas necessárias para a sua manutenção; alguém pode ter, por exemplo, amor pelos estudos.
Os gregos utilizavam quatro palavras diferentes para definir o amor, cada uma delas tinha uma característica própria: Philia, Storge, Eros e Agape.
a) Philia
É o amor social, amor de amigo, de afinidade, patriótico, cívico. É a necessidade de compartilhar algo com alguém. Envolve afeição, e é o que chamamos "amizade".
b) Storge
É o amor familiar, amor natural de pai para os filhos, do tio para o sobrinho, e vice-versa. Envolve reciprocidade e homogeneidade.
c) Eros 
É o amor biológico, físico, sensorial, hormonal, sensual. É amor entre um homem e uma mulher. Amor que define bem o instinto sexual, a paixão.
d) Ágape
 É o amor de Deus, o amor-que-se-dá, o amor-sacrifício, o amor-entrega, o amor eterno, imutável e perfeito incondicional, não está dependente de uma resposta positiva: O amor de Deus diz: Eu amo-te, mesmo que tu me rejeites, que fales mal de mim, que me persigas, que tu me faças mal. É um amor que não é baseado nos sentimentos, nem em interesses pessoais.
Veja que o Senhor Jesus nos amou mesmo sem nós o amarmos
Nós fazíamos coisas desagradáveis aos seus olhos, porém, ele continuou a amar-nos esperando que um dia, nos reconciliássemos com Ele, e fizéssemos a Sua Vontade. O Amor Ágape considera uma pessoa valiosa e preciosa independente-mente, da sua maneira de ser, daquilo que ela é ou faz.
Foi este amor que Paulo mencionou na sua carta, não apenas para mostrar o verdadeiro amor que vinha de Deus, mas conscientizar os cristãos que este amor deveria predominar toda a nossa vida.
I- Porque Deus nos manda amar?
De um modo geral a essencial razão pelo fato de Deus desejar que amamos é que ele deu o exemplo disto. Deus com seu amor não permitiu que o homem vivesse pra sempre separado Dele, para resgatá-lo enviou seu filho a este mundo a dar a sua vida.
De igual modo o Senhor amou a todos, nos deixando o exemplo a ser seguido.
Ora, antes da festa da Páscoa, sabendo Jesus que já era chegada a sua hora de  passar deste mundo para o Pai, como havia amado os seus que estavam no mundo,  amou-os até ao fim. (Jo 13.1)
Ainda segundo nossa lição há pelos menos cinco razões porque Deus quer escolhamos amar!
Vejamos:
a) É uma ordenança
Por meio de Jesus Cristo a ordem de amar foi realçada, pois o Senhor definiu o amar como o mais importante dos mandamentos, primeiramente a Deus, e também ao próximo.
Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis.. (Jo 13.34))
b) Ele é o amor
O amor em seu conceito mais sublime é personificado em Deus, no versículo abaixo a palavra caridade tem o mesmo sentido de amor.
Aquele que não ama não conhece a Deus, porque Deus é caridade. (1Jo 4.8)
c) Ele nos amou primeiro
O apostolo Paulo afirma que antes de ser salvos, Deus já nos amava.
 Mas Deus prova o seu amor para conosco em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores. (Rm 5.8
d) Ele é o autor do amor
No Salmo 133 vemos de forma clara que Deus se agrada da união entre seus filhos, união esta baseada no amor ágape, Deus na sua infinita bondade projetou o homem para amar, amar a Ele primeiramente, bem como o seu próximo, esta era a sua vontade quando os criou no jardim do Éden, pois Ele é o Deus de amor.
Quanto ao mais, irmãos, regozijai-vos, sede perfeitos, sede consolados, sede de um mesmo parecer, vivei em paz; e o Deus de amor e de paz será convosco.( 2 Co 13.11)
e) Quem ama faz a diferença
Jesus ensinou que ao amarmo-nos uns aos outros, o mundo passa a ver que somos seguidores de Cristo. Pois todos veram que andamos diferentes dos demais, enquanto muitos amam apenas aqueles que os amam, fazemos diferente, amamos a todos.
Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros. (Jo 13.35)
II- Maior do que tudo
No evangelho de Marcos, nós vemos o Senhor Jesus ensinar os discípulos uma série de ensinamentos e parábolas, e em certo momento um dos que estavam ouvindo seus ensinamentos  lhe perguntou: qual o primeiro de todos os mandamentos?
E Jesus respondeu-lhe: O primeiro de todos os mandamentos é: Ouve, Israel, o Senhor, nosso Deus, é o único Senhor.
Amarás, pois, ao Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento.
E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes. (Mc 12.31,310)
De toda a lei de Deus o Senhor resumiu nestes dois mandamentos, as quais o elemento principal é o amor, tudo gira em torno do amor.
Deus amou a humanidade, mesmo sendo pecadores:
Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. (Jo 3.16)
Nós agora salvos devemos amar a Deus, e ao nosso próximo, o amor tem um papel importantíssimo na vida cristã de tal modo que Paulo o descreve como a coisa mais importante na vida do crente. Paulo menciona que ate mesmo algumas bênçãos espirituais de Deus que ele nos concedeu um dia cessará, mas o amor não, ele será eterno.
A caridade nunca falha; mas, havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá;
Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e a caridade, estas três; mas a maior destas é a caridade. (1Co 13.8,13)
III- Isso que é ser feliz!
Uma das características mencionada por Paulo é que o amor nunca falha, nisto nós vemos que ele é essencial para termos uma vida feliz e vitoriosa.
Muitos cristãos são derrotados na vida, porque não sabem andar em amor, no início da Igreja primitiva no tempo dos apóstolos; verificamos que um dos motivos porque ela crescia, era precisamente por causa da união,da comunhão saudável que existia entre os irmãos, o amor  predominava na vida dos discípulos.
E, perseverando unânimes, todos os dias, no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração, louvando a Deus e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor, à igreja, aqueles que se haviam de salvar. (At 2.46,47)

Todos viviam unidos e felizes, o amor de Deus produzia isto em seus corações, alias o apostolo Paulo fez menção desta operação de Deus em nòs, por ocasião da nossa salvação, todo temor e receio sai e entra a paz e a alegria.
Conclusão
Terminamos nossa lição aqui afirmando escolher amar, não é apenas obedecer a Palavra de Deus é viver de maneira plena, sem receio, confiando inteiramente no cuidado de Deus.
Se amamos; vivemos bem, em paz com Deus, com o nosso próximo, isto só produz alegria.
Podemos confiar inteiramente no amor de Deus, ele produz segurança.
Porque estou certo de que nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir,
Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor! (Rm 8.38,39)
Se confiarmos neste amor Deus estara sempre presente para nos ajudar, nos da alegria e paz.
Que Deus os abençoe.
Colaboração para o Portal Escola Dominical - Prof. Jair César S. Oliveira

ESCOLA DOMINICAL CPAD ADULTOS - Lição 3

A chamada profética de Samuel 20 de outubro de 2019 TEXTO ÁUREO “Então, veio o SENHOR, e ali esteve, e chamou como ...