03 janeiro 2012

The Guardian destaca ascensão da música gospel no Brasil





The Guardian destaca ascensão da música gospel no Brasil
O jornal britânico “The Guardian”, um dos mais importantes periódicos da Europa, destacou a ascensão da música gospel no Brasil, bem como sua visibilidade crescente.

O título da reportagem, “Gospel toca uma corda no Brasil, terra da bossa nova”, dá o tom do texto que lembra o Brasil como berço da bossa nova, mas que também é conhecido pelo samba e pelo funk.

A exaltação à música gospel no Brasil vem depois de uma abertura pela maior televisão secular do país, a rede Globo que promoveu o Festival Promessas. A publicação descreve o festival como “uma explosão de luzes fluorescentes, um rufar de tambores ensurdecedor e a declamação de uma parte do Salmo 91: ‘Mil cairão ao teu lado, e dez mil à tua direita, mas não chegará a ti’".

Para os evangélicos o Festival Promessas (foto) foi considerado uma abertura de Deus através da maior rede de televisão do Brasil para a transmissão do Evangelho.

“É um novo tempo para o Evangelho no Brasil e traz para nós muita reponsabilidade de seguir sendo mais crentes”, disse Fernanda Brum ao CP.

O especial de final de ano da Globo teve a duração de 75 minutos e alcançou a marca de treze pontos de média na Grande São Paulo, de acordo com números prévios do IBOPE.

De acordo com o The Guardian o mercado gospel está avaliado em R$ 1,5 bilhão em 2011, e várias gravadoras seculares, como a Som Livre e a Sony, começaram a ter interesse em participar do segmento.

Cantoras como Aline Barros e Fernanda Brum já disputam espaço nas agendas das gravadoras com cantores internacionalmente populares, como Britney Spears ou Justin Bieber, muitas vezes levando vantagem sobre eles.

O mercado gospel também tem se mostrado relativamente imune à pirataria, pois por razões espirituais e morais, os evangélicos se recusam a adquirir itens falsificados ou mesmo a fazer downloads ilegais.

Para Luiz Gleizer, diretor da Globo, a emissora não poderia ignorar a proporção que assumiu a música gospel no Brasil. Segundo ele, o canal “percebeu a importância progressiva da música gospel na vida cultural do Brasil”.

Ele acrescentou ainda que o evento reafirmou a laicidade da emissora: “a Globo não é um canal católico - é secular, laico e republicano".


Fonte: Christian Post

 

Ex- Deputado e ex prefeito de Patos, Dinaldo Wanderley morre vítima da Covid-19

O ex-prefeito de Patos e ex-deputado, Dinaldo Wanderley, morreu, na madrugada deste domingo (24), de Covid-19. Ele estava int...

Wikipedia

Resultados da pesquisa