28 outubro 2013

Lição 5 - O cuidado com aquilo que falamos I Plano de Aula

4º Trim. 2013 - Lição 5 - O cuidado com aquilo que falamos I Plano de Aula
PORTAL ESCOLA DOMINICAL
QUARTO TRIMESTRE DE 2013
SABEDORIA DE DEUS PARA UMA VIDA VITORIOSA: A atualidade de Provérbios e Eclesiastes
COMENTARISTA: JOSÉ GONÇALVES
PLANO DE AULA - EV. CARAMURU AFONSO FRANCISCO
ASSEMBLEIA DE DEUS - MINISTÉRIO DO BELÉM - SEDE - SÃO PAULO/SP


PLANO DE AULA  Nº 5
LIÇÃO Nº 5 – O CUIDADO COM AQUILO QUE FALAMOS
1º SLIDE   INTRODUÇÃO
- Na sequência do estudo do livro dos Provérbios, estudaremos hoje o que o Senhor nos ensina a respeito do controle do nosso falar.
- A sabedoria divina ensina-nos a controlar a nossa língua.
2º SLIDE   I – O PAPEL DA LINGUAGEM NO SER HUMANO
- Quando Deus criou o homem, fê-lo um ser inteligente, e, para mostrar ao homem que ele era um ser racional, mandou que ele desse nome aos animais (Gn.2:19,20).
- Neste gesto, o Senhor mostra-nos que a linguagem, a capacidade de criar palavras e de elaborar um discurso é a principal manifestação da inteligência, da racionalidade humana.
3º SLIDE
- Nas Escrituras Sagradas, as expressões “boca”, “lábios” e “língua” referem-se a  mente do homem, a seu raciocínio, meio de expressão do que está no seu íntimo, que a mesma Bíblia Sagrada chama de “coração” e “rins”.
- O falar do homem é a manifestação da sua própria individualidade, é a exposição daquilo que ele é verdadeiramente no íntimo.
4º SLIDE
- A língua, que era uma expressão do domínio do homem sobre a criação terrena, passou a ser um instrumento de escravidão do homem em relação ao pecado e ao mal.
- O homem perdeu o controle da língua, sendo dominado por ela, na verdade, sua língua passou a ser uma manifestação do domínio do pecado sobre o homem (Tg.3:1-12; Mt.15:17-20).
5º SLIDE  II – A BOCA COMO EXTERIORIZAÇÃO DO CORAÇÃO
- Jamais teremos uma “boca sábia” se não aprendermos com o Senhor (Pv.4:5).
- Para isso, devemos guardar o nosso coração, pois é dele que procedem as saídas da vida (Pv.4:23) e, assim, nos desviaremos da tortuosidade da boca e nos alongaremos da perversidade dos lábios (Pv.4:24). “O coração do sábio instrui a sua boca e acrescenta doutrina aos seus lábios” (Pv.16:23).
6º SLIDE
- A boca perversa é característica do “homem de Belial” (Pv.6:12).
- A sabedoria profere coisas excelentes, seus lábios abrem-se para a equidade, sua boca profere a verdade e seus lábios abominam a impiedade, todas as suas palavras são em justiça e nelas não há coisa tortuosa nem perversa (Pv.8:6-8).
7º SLIDE
- Nosso modelo de falar é o Senhor Jesus (Is.53:9; Lc.4:22).
- Quem teme a Deus aborrece a boca perversa (Pv.8:13).
8º SLIDE
- A boca dos ímpios gera maldições como também a morte (Pv.10:6,11), não porque haja “um poder inerente às palavras”, mas, sim, porque esta boca reflete uma vida pecaminosa que se encaminha para a morte.
- Quando não temos comunhão com Deus, através de nossas próprias palavras construímos a nossa própria destruição (Pv.10:14; 18:7).
9º SLIDE
- A pecaminosidade exteriorizada pela boca daquele que não quer aprender de Deus faz com que ele se envolva em contendas, em dissensões, em conflitos que podem arrebatar-lhe a vida ou lhe trazer castigos e repreensões por parte da sociedade (Pv.18:6).
- Além de destruir a si mesmo, a boca do ímpio ainda danifica o próximo (Pv.11:9), como também causa o mal para toda a sociedade (Pv.11:11; 12:6; 16:27,29,30).
10º SLIDE
- O sábio deve abrir a sua boca a favor do próximo (Pv.31:8,9).
- A boca do justo traz para si o agrado de Deus (Pv.23:15,16; 22:11).
11º SLIDE  III – O COMEDIMENTO NO FALAR
- O nosso falar que tem de estar sob integral controle do Espírito Santo em nós, para que não sejamos tomados pela soberba, pela vaidade.
- Além de nos indicar a correlação que existe entre boca e coração, Provérbios também nos aconselha a que sejam comedidos no falar, comedimento este que é tanto quantitativo como qualitativo.
12º SLIDE
- O comedimento no falar deve ser feito nos seguintes aspectos:
a) na oportunidade de tempo – Pv.25:11; 15:23.
b) na quantidade da fala – Pv.13:3; 15:28; 10:19; 29:20; 21:23; 17:27.
c) no modo da fala – Pv.15:1; 12:18; 16:24
13º SLIDE
- Não existe uma “lei bíblica do silêncio”, mas há o calar é preferível ao falar em casos de extrema dúvida e incerteza – Pv.17:28.
- O silêncio, porém, é obrigatório quando há atitude má do coração ou possibilidade de dano ao próximo – Pv.30:32; 11:12.
14º SLIDE
- A brandura no falar não significa ausência de repreensão – Pv.28:23
- As Escrituras abominam a bajulação, a adulação, a concordância com tudo o que alguém faz, para se ter deste alguém uma vantagem - Pv.26:28.
15º SLIDE   III – EVITANDO PECAR COM A LÍNGUA
- Pecados cometidos com a língua e que são condenados pelo proverbista:
a) mentira - Pv.13:5; 6:16,17; 12:19,22; 20:17; 29:12;
b) falso testemunho - Pv.24:28;
c) maledicência - Pv.18:8; 26:22; 20:19;
d) soberba – Pv.27:2
16º SLIDE
- O verdadeiro e genuíno servo de Deus deve evitar todas estas coisas, pois revestidos do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade, deve deixar a mentira e seguir a verdade cada um com seu próximo (Ef.4:24).
- Deve também deixar toda a malícia e todo o engano, fingimentos, invejas e murmurações (I Pe.2:1). Temos feito isto?
COLABORAÇÃO PARA O PORTAL ESCOLA DOMINICAL - EV. CARAMURU AFONSO FRANCISCO
 fonte  portal ebd

Aula 2: O Universo criado por Deus - Pré-adolescentes #EBDemcasa/ especial quarentena

MATERIAL DE APOIO A CLASSE DE PRÉ-ADOLESCENTE DA EBD. Texto Bíblico:  Genesis 1:1,3-4,14-18 1  No começo Deus criou os céus...

Wikipedia

Resultados da pesquisa