SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Marcadores

Aborto (11) ACONSELHAMENTO PRÉ-MATRIMÓNIAL (5) Adolecentes Cristão (2) ADPB (1) ADULTÉRIO (2) Agradecimento (1) Aniversario (10) Apologética Cristã (10) Arqueologia (1) As Inquisições (1) Assembleia de Deus (5) Barack Obama (2) Batismos (29) Bíblia (3) Brasil (48) Casamento (25) CGADB (19) Ciência (6) Círculo de Oração (5) CLASSE BERÇÁRIO (26) CLASSE DOS DISCIPULANDOS (55) CLASSE JOVENS E ADULTOS CENTRAL GOSPEL (71) CLASSE JOVENS E ADULTOS BETEL (146) CLASSE MATERNAL (103) Congresso (49) CPAD (6) Cruzada (3) Curiosidades (3) Cursos (3) Departamento Infantil (5) Depressão (2) Desaparecido (4) DESENHOS BIBLICOS (1) Desfiles (3) Dia do Pastor (4) Discipulado (64) Divórcio (4) EBD (20) EBO (21) Escatologia (2) Estudantes (2) Estudos (505) Eventos (118) FALECIMENTO (5) Família (16) Filmes (18) Galeria de Fotos (12) Gospel (284) Gratidão a Deus (1) Hinos Antigos (3) História (4) Homenagens (3) Homilética (4) Homoxesualismo (3) Ideologia de Gênero (12) Idolatria (3) Inquisição (2) Islamismo (9) Israel (18) JARDIM DA INFANCIA (7) LIção de Vida (2) Louvor (1) Luto (42) Maçonaria (3) Mães (3) Mensagens (56) Ministério (34) Missões (147) MODISMOS (2) Mundo (608) Mundo Cristão (178) MUSICAS EVANGÉLICAS (3) Namoro Cristão (8) Noivados (1) Notícias (3155) Obreiros (9) ONU (4) Oração (1) Pneumatologia (1) política (121) Psicopedagogia (3) Pureza sexual (8) Realidade Social (17) Reforma Protestante (4) RELIGIÕES (3) Retiro (4) REVISTA BETEL JOVENS (1) Revista Central Gospel (1) REVISTA CLASSE PRIMARIOS (229) REVISTA CLASSE DOS PRE-ADOLESCENTES (267) REVISTA CLASSE DOS ADOLESCENTES (280) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFANCIA (111) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFÂNCIA (110) REVISTA CLASSE JUNIORES (242) REVISTA DA CLASSE JOVENS CPAD. (185) REVISTA DA CLASSE JOVENS. (319) REVISTA DA CLASSE ADULTOS (872) REVISTA DA CLASSE JOVENS E ADULTOS (391) REVISTA DA CLASSE JUVENIS (262) Revista Maternal (63) Santa Ceia (3) Saúde (45) Seminário (4) Sexualidade (7) Subsídios (1507) Subsídios EBD (1900) Subsídios EBD Videos (592) Templos (3) Teologia (5) Testemunho (1) TRANSGÊNEROS (2) Utilidade publica (1) UTILIDADE PÚBLICA (2) Vida de Adolecente (5) videos (106) Virgilha (1)

01 janeiro 2013

1º Trim. 2013 - JARDIM DA INFANCIA - Lição 1: Deus é bom


1º Trim. 2013 - JARDIM DA INFANCIA - Lição 1: Deus é bom

PORTAL ESCOLA DOMINICAL
JARDIM DE INFÂNCIA – CPAD
1° Trimestre de 2013
Tema: Valorizando os bons Princípios
Comentarista: Midiam Pessoa, Mônica Barreto Valente Varela

LIÇÃO 1 - DEUS É BOM

 Objetivo
 Devemos ensinar a criança que Deus sempre estará conosco mesmo quando pensamos que estamos sozinhos, ao terminar a aula a criança tem que ter a convicção que Deus sempre estará cuidando de todos nós.


Palavra do dia
BONDADE

Use a figura Prim1 fig 1 da galeria de imagens para enfatizar aos pequenos que a bondade é produzida em nós pelo Espírito Santo que nos auxilia a exercitar as qualidades inerentes do caráter do Senhor Jesus.

Fonte: www.ministerioinfantilperola.blogspot.com


Aprendendo a Bíblia
“O Senhor é justo e bom... ``Salmos 25.8 
 Escreva o versículo para memorizar. Leia com os pequenos no mínimo três vezes.


HISTÓRIA BÍBLICA
Texto bíblico- Salmos 23.1-6.

O BOM PASTOR
Jesus contou esta história:
``havia um pastor que tinha cem ovelhas .
Todos os dias , de manhã, o pastor saía com suas ovelhas.
Ele as levava a lugares onde havia bastante grama macia.
Levava-as a lugares onde havia água clara e fresquinha.
Quando o sol ficava muito quente, ele as levava a lugares onde havia bastante sombra.
E, á tardinha, o pastor chamava suas ovelhas.
Levava-as de volta ao curral, para passarem a noite ali, abrigadas do sereno e mais quentinhas.
Ali, na porta do curral, o pastor contava as ovelhas: Um, dois, três, quatro...e ia contando até chegar a cem, a última ovelha a entrar. Uma noite, o pastor estava contando as ovelhas .
Contou, contou,contou até... noventa e nove ...e só!
__ Está faltando uma ovelha! Vou procurá-la.
O pastor colocou as outras ovelhas em segurança e saiu procurando a ovelhinha que estava perdida. Procurou, procurou,e procurou por muito tempo.
Feriu-se com pedras e nos espinhos. Caiu várias vezes, porque  a noite era escura.
De repente, ele ouviu: bé...bé... bé...
__ É a minha ovelhinha. Ela estava numa cova, toda embaralhada nos espinhos.
O pastor desceu até lá e, com cuidado, tirou a ovelha.
Colocou-a sobre os ombros e voltou, feliz, para o curral.
Que alegria! O pastor convidou os amigos e disse:
__ Vamos festejar, porque eu encontrei minha ovelha querida.
Assim como aquele pastor amava e cuidava das suas ovelhinhas  o Senhor também nos ama .
E , Ele mesmo disse:
__ Eu sou o seu bom Pastor.
Jesus nos ama e cuida de nós do mesmo jeito que o pastor ama suas ovelhinhas.
Obrigado, Jesus por me amar.
Obrigado, Jesus, por cuidar de mim.    


 FIXANDO A APRENDIZAGEM
Amplie o desenho Prim1 fig 2 da galeria de imagens para os pequenos colorir

Fonte:www.blogcaicara.com
     

Fontes consultadas:
·         A Bíblia dos amiguinhos e 53 Histórias de Jesus


Colaboração para Portal Escola Dominical  -  Profª. Cristina Araújo. fonte Portal ebd

Galeria de imagens

1º Trim. 2013 - PRIMARIOS - Lição 1: Para onde eu vou


1º Trim. 2013 - PRIMARIOS - Lição 1: Para onde eu vou

PORTAL ESCOLA DOMINICAL
PRIMÁRIOS – CPAD
1º Trimestre de 2013
Tema: Uma Família Abençoada
Comentaristas: Midian Pessoa e Laudicéia Barboza


LIÇÃO 1 – PARA ONDE EU VOU?


Ao Mestre
Prezado (a) pela graça de Deus, estamos iniciando mais um trimestre, é imprescindível que o façamos com nosso espírito renovado na Presença e Unção do Senhor Jesus. Dedique todos os dias um tempo para estar orando e meditando na Palavra de Deus, é a única forma de nos mantermos vivos espiritualmente.
Nós, que fomos chamados para sermos professores de EBD (Escola Bíblica Dominical) não devemos ser assim. Como ensinaremos o que não sabemos. Como iremos conduzir nossos pequenos à Cristo se nós mesmos não O conhecemos?

Lembremo-nos do conselho paulino: “... O que ensina esmere-se no fazê-lo”. (Rm 12.7- ARA).
Deus continue a abençoar o seu ministério.


Texto Bíblico: Gênesis 12.1-4.


Objetivo
Ministre sua aula de forma a conduzir os pequenos a compreender a obediência é de suma importância para agradarmos a Deus.


Frase do dia...
QUEM OBEDECE A DEUS É ABENÇOADO
Use o mapa  Prim1 fig 1 na galeria de imagens para demonstrar as jornadas de Abraão em obediência à ordem de Deus.

Fonte:www.apazdosenhor.org.br

Memória em ação
 “... Você será uma benção para todos”. (Gn 12.2b - NTLH)

Leia várias vezes este versículo com os pequenos, isso auxiliará na memorização. Explique aos pequenos que devemos Dedicar profundo respeito e obediência a DEUS. Fazendo assim receberemos grandes bênçãos e poderemos abençoar as outras pessoas.


Explorando a Bíblia
há muito tempo na terra da Mesopotâmia (entre Rios), na cidade de Ur, morava um homem chamado Abrão. Nesta cidade as pessoas adoravam imagens feitas de pedras e madeiras. Mas Abrão adorava o Deus verdadeiro, o Criador dos céus e da terra e de tudo o que existe. Abraão sempre conversava com Deus em oração.

Abrão era casado com uma linda mulher, que se chamava Sarai, mas não podia ter filhos, e eles sempre pensavam como seriam felizes se tivessem um filhinho.
Um dia, quando Abrão estava orando, Deus falou para ele:
__ Deixe sua terra, seus parentes e a casa de seu pai e vá para uma terra que Eu vou te mostrar. Vou lhe dar muitos descendentes e eles se tornarão uma grande nação. Eu o abençoarei, tornarei seu nome conhecido, você será uma bênção e através de você abençoarei todas as nações da terra.

Abrão obedeceu, e começou a arrumar as coisas para deixar a sua elegante casa, e partir.
Os parentes e amigos lhe perguntaram:
__  Por que mudar-se? Para onde você vai?

Abrão sorriu e falou:
__ Na verdade eu nem sei para onde irei. Só sei que Deus Criador de todas as coisas me mandou sair daqui, Ele vai mostrar-me para onde eu devo ir.

Assim Abrão e sua esposa Sarai e seu sobrinho Ló partiram de Ur, sem mapa, sem bussola, mas confiando que Deus lhe mostraria o lugar para onde iria.

Prezado (a) enfatize aos pequenos que Deus sempre se alegra quando lhe obedecemos. Temos de confiar em Sua Palavra. Deus é verdadeiro e fiel, e nos ama muito. Ele sempre cuida daqueles que Nele confia.


Oficina criativa
Amplie o desenho Prim1 fig 2 na galeria de imagens para os pequenos colorir

Fonte: www.rosana.caysmd.com
Fontes Consultadas:
·         Bíblia NTLH - SBB
·         Curso para Professor de EBD - Faculdade de Teologia e Ciências Humanas IBETEL – Pr. Vicente de Paula Leite
·         Bíblia Ilustrada Infantil – Editora Geográfica – Edição 2000.
·         Bíblia para Crianças: Histórias sempre vivas - Lois Rock/Cristina Balit – Editora Sinodal

Colaboração para o Portal Escola Dominical – Profª. Jaciara da Silva


 fonte Portal ebd

1º Trim. 2013 - JUNIORES - Lição 1: Tudo começou com um sonho


1º Trim. 2013 - JUNIORES - Lição 1: Tudo começou com um sonho

PORTAL ESCOLA DOMINICAL
JUNIORES – CPAD
1º Trimestre de 2013
Tema: 
Deus realiza sonhos
Comentaristas: Rosangela Rodrigues do Amaral e Dâmaris da Costa Ferreira


LIÇÃO 1 – TUDO COMEÇOU COM UM SONHO

Ao Mestre
Prezado (a) estamos iniciando mais um trimestre, é imprescindível que o façamos com nosso espírito renovado na Presença e Unção do Senhor Jesus. Dedique todos os dias um tempo para estar orando e meditando na Palavra de Deus, é a única forma de nos mantermos vivos espiritualmente. Hoje me nossas igrejas, há muitos que “que têm nome de que vives e estás morto” (Ap 3.1), exatamente porquê não se alimentam da Palavra de Deus.

Nós, que fomos chamados para sermos professores de EBD (Escola Bíblica Dominical) não devemos ser assim. Como ensinaremos o que não sabemos. Como iremos conduzir nossos pequenos à Cristo se nós mesmos não O conhecemos?
Lembremo-nos do conselho paulino: “... O que ensina esmere-se no fazê-lo”. (Rm 12.7- ARA).

Converse com os pequenos, conduzindo-os a assumir novas metas como: ler a Bíblia durante o ano, mudar com relação a comportamentos e maus hábitos. Enfatizando que estaremos estudando sobre José, uma das personagens mais rico do Antigo testamento, pois sua vida é um exemplo de obediência e temor a Deus, que apesar de muitos problemas, foi vitorioso porque sua atitude agradava a Deus.

Deus continue a abençoar o seu ministério.


Texto Bíblico:Genesis 37.1-8.


Objetivo
Professor ministre sua aula de forma a conduzir seu aluno a compreender que Deus está no controle de todas as coisas. Ele é o SENHOR dos céus e da terra. ELE fala conosco de várias formas, e uma delas é através de sonhos.


Exercitando a memória
“De noite, na cama, quando dormimos um sono profundo, ele fala por meio de sonhos ou de visões.”(Jó 33.15 – NTLH).


Crescendo no conhecimento
José era filho de Jacó, um homem que se tornou muito rico por após reconhecer seus erros, se arrepender e servir a Deus com sinceridade. Possuía grande quantidade de animais: camelos, jumentos, bois e cavalos. Jacó e seus filhos eram pastores e moravam em tendas, pois assim podiam mudar de local sempre que fosse necessário para encontrar pastos para os animais.

Jacó teve doze filhos e uma filha. Seus filhos são Rúben, Simeão, Levi, Judá, Dã, Naftali, Gade, Aser, Issacar, Zebulom, José e Benjamim e sua única filha era Diná.

José era o filho preferido de Jacó, apesar de não ser o seu primogênito, mas por sua responsabilidade com os afazeres que lhe era confiado.  Como eram pastores, os filhos de Jacó muitas vezes tinham de levar os rebanhos pra lugares mais distantes, às vezes, José também acompanhava seus irmãos, pois gostava muito de cuidar dos rebanhos e fazia tudo com muita dedicação, e isso sempre lhe rendia elogios de seu pai.

Porém, sua companhia não agradava aos seus irmãos que sempre o maltratavam com palavras ásperas e zombarias, pois sentiam ciúmes dele quanto ao pai. Apesar de ter pouca idade (entre 15 e 17 anos), e seus irmãos já serem homens feitos, Jose sempre demonstrava maior responsabilidade e atenção na administração dos bens de seu pai.

Um dia Jacó deu um presente a Jose, era uma túnica colorida, como usava os príncipes. A Bíblia diz  que Jacó deu uma túnica talar  de mangas compridas. É uma túnica comprida ate os calcanhares. Como as que eram usadas por pessoas que tinham autoridade, verdadeiros administradores.

Esta túnica que Jacó deu a José mostrava a sua posição de superioridade em relação aos outros irmãos, que se ia manifestando através de um lugar de destaque e liderança. O favoritismo, de que era alvo por parte do pai, valeu-lhe a malquerença dos irmãos. A cada dia crescia o ódio deles em relaçõs a José.

Mas José os amava e sempre queria estar perto deles. E como José era obediente, tudo o que ele fazia dava certo, porque Deus era com ele.


Aplicação da Lição
Enfatize aos pequenos que cada um de nós, devemos ser responsável com as tarefas que nos são confiadas. Que quando o papai e a mamãe nos pedem para fazermos algo é porque confiam em nós. Não devemos ter preguiça e fazer de qualquer forma. Jose sempre fazia da melhor forma que podia.

Fontes Consultadas:
·         Bíblia de Estudo de Aplicação Pessoal – Editora CPAD – edição 2003
·         Bíblia de Estudo Plenitude – SBB/1995 – Barueri/SP
·         Bíblia de Estudo Pentecostal – Editora CPAD – Edição 2002.
·         Bíblia Shedd – Editora Mundo Cristão – 2ª Edição
·         Bíblia de Estudo da Mulher – Editora Mundo Cristão/SBB – Edição 2003
·         365 Lições de vida extraídas de Personagens da Bíblia - Rio de Janeiro Editora CPAD
·         Richards – Lawrence O. – Guia do leitor da Bíblia – Editora CPAD – 8º Edição/2009
·         Bíblia para Crianças: Histórias sempre vivas - Lois Rock/Cristina Balit – Editora Sinodal



Colaboração para o Portal Escola Dominical – Profª. Jaciara da Silva
fonte Portal ebd


1º Trim. 2013 - JUVENIS - Lição 1: Que livro!


1º Trim. 2013 - JUVENIS - Lição 1: Que livro!


PORTAL ESCOLA DOMINICAL
JUVENIS – CPAD
1º Trimestre de 2013
Tema: A ATUALIDADE DA MENSAGEM DA BÍBLIA
COMENTARISTA: Ciro Sanches Zibordi

LIÇÃO 1 - QUE LIVRO!

TEXTO BÍBLICO (Sl. 1) 

ENFOQUE BÍBLICO
“Buscai no livro do SENHOR, e lede...” (Is 34.16 a)

OBJETIVOS
Ensinar que a Bíblia é o livro, superior a qualquer obra, pois foi inspirada por Deus (Sl 138.2)
Convencer os alunos de que a leitura da Bíblia é imprescindível porque alimenta a nossa alma e o nosso espírito (Mt 4.4)
Demonstrar, através de exemplos, por que a mensagem da Bíblia Sagrada tem sido preservada por Deus (Is 55.10,11), apesar de tantos ataques do adversário.

 INTRODUÇÃO
“A doutrina de um Deus pessoal interferindo com os eventos naturais nunca poderá ser refutada (…) pela ciência, pois essa doutrina pode sempre se refugiar naqueles domínios nos quais o conhecimento científico ainda não foi capaz de pôr o pé.” Albert Einstein
“Creio eu na Bíblia, o livro do Senhor,
Pois de Jesus Cristo mostra o doce amor;
Todos meus pecados apagados estão,
Paz e gozo tenho em meu coração.
Creio eu na Bíblia, livro de meu Deus;
Para mim a Bíblia é o maná dos céus!
Mostra-me o caminho para o lar celestial;
Acho eu na Bíblia, graça divinal!
Creio eu na Bíblia, ensina-me a cantar
Cantos de vitória, e de amor sem par;
Lindas melodias, eu cantando vou,
Porque redimido pelo sangue estou!
Só a santa Bíblia a santidade dá,
Este dom de Cristo, prometido já;
Todos os que buscam plena salvação,
Estas bênçãos, só em Cristo, acharão.
Lemos hoje a Bíblia p'ra todo o pecador,
Para que encontre Cristo, o Salvador;
Sendo sua vida, livre de pecar,
O divino livro, ele vai honrar!” (HC – PLM
)

BÍBLIA, LIVRO INSPIRADO POR DEUS
Você conhece algum livro antigo que tenha a mesma infalibilidade da Bíblia? Talvez você já tenha ouvido a famosa frase dos céticos: “papel aceita tudo”. Quem sabe até mesmo já tenha passado pela sua cabeça, será mesmo verdade, tudo o que está escrito na Bíblia? Qual a diferença entre a Bíblia e os demais livros? Nosso objetivo nesta lição é provar que a Bíblia é superior a qualquer obra.
Algumas obras são de grande valor e por essa razão tem atravessado séculos, mas a preservação é apenas o nome do autor e alguns de seus pensamentos ou um fato histórico. Devido ao hiato de tempo, muitas mudanças culturais aconteceram com isto o pensamento do autor se perde nas diversas culturas existentes. Um determinado autor não consegue transculturar para centenas de anos, ou milênios, uma vez que o mesmo esteja impossibilitado pela falência humana. Qual a razão da Bíblia ter atravessado séculos e ser mais atual que o jornal de amanhã? 

A Bíblia é uma obra escrita por mais de quarenta autores, de diversas profissões, uns iletrados e outros de muita cultura, com estilos diferentes, como: poetas, historiadores, cronistas, biográficos, homens da lavoura, da pescaria, dos palácios, vaqueiro etc... São sessenta e seis livros de épocas diferentes, tratando do mesmo assunto, sem que nenhum escritor tenha tido contatos um com o outro. Sua composição total leva um período aproximado de dezesseis séculos, como podemos dizer que ela é atual? Já se passaram quase dois milênios e o livro dos livros é a Bíblia.

Qual a razão da Bíblia ser superior? É um livro funcional, sua primeira função é revelar Deus aos seres humanos. Num segundo momento é revelar a verdade não conhecida antes, em terceiro lugar a Bíblia leva as pessoas a ter comunhão com Deus. A revelação de Deus a nós vem de diversas maneiras, podemos citar algumas como: a natureza, tudo o que vemos ao nosso redor, como os animais, as árvores, arbustos, flores etc... Outro fator importante pelo qual Deus nos dá a revelar através da Bíblia é a história, contada dos reinos já existentes, embora não seja um livro de historia, assim como povos e acontecimentos relatados antes de acontecer.

O que torna a Bíblia um livro diferente é a inspiração divina, a influencia e o poder do Espírito Santo que veio sobre os escritores. A unção que veio sobre cada um deles os capacitou a escrever com exatidão (2Tm 3.16,17). A origem da Bíblia esta em Deus, que inspirando os escritores trouxe a existência a sua Palavra. A Bíblia não é um livro em que os escritores escreviam as suas idéias, eles tiveram seus estilos literários respeitados (2Pe 1.20,21). Há no livro cerca de 3800 vezes os termos: “Assim diz o Senhor” , “O Senhor tem dito”, “Veio a mim a Palavra do Senhor”, isto no Antigo Testamento.
Há varias teorias sobre a inspiração, como a da Inspiração Natural negando que haja algo sobrenatural, comparando a Bíblia a qualquer outra obra de arte. Os da Inspiração Parcial, que acredita haver algumas partes da Bíblia são inspiradas por Deus e outras não. A teoria do ditado sustenta que os escritores eram apenas secretários, Deus ditou e eles escreveram. Acreditamos que a Inspiração Plena, seja a ideal, toda a Bíblia é produto da inspiração de Deus. Os escritores foram guiados pela inspiração divina de tal modo que Deus conseguiu comunicar exatamente o que ele queria. 

POR QUE E PARA QUE LER A BÍBLIA?
Porque ler a Bíblia? Primeiro ela é o manual do cristão, não há como o crente trabalhar sem ela. Em segundo lugar a Bíblia é o alimento da alma (Mt 4.4; Jr 15.16), não há crescimento espiritual, sem que haja alimentação adequada. Em  terceiro lugar a Palavra de Deus é instrumento de uso do Espírito Santo, um crente vazio, não serve para o serviço de Deus.
Outra razão da necessidade das Escrituras é para o enriquecimento da vida cristã, não há como ler a Bíblia e entende-la somente pela capacidade intelectual. A riqueza da Bíblia é a formação do caráter, assim como a formação da vida cristã. Toda a diretriz de conduta e a formação do caráter, os princípios que modelam nossa vida devem proceder das Escrituras.

Que outro livro poderia mudar a vida de um vil pecador? Inúmeras vidas desequilibradas que se chegam a Deus através da Palavra, são milagrosamente mudadas e reajustadas. Passam a viver em sociedade de modo digno e honesto, conforme a revelação vai acontecendo. Tudo o que o homem precisa fazer é: adquirir uma Bíblia e pela fé crer no seu autor é Deus, seu interprete é o Espírito Santo e o tema central é Jesus.

Para que ler este livro? Alguns procuram apenas conhecê-lo de modo intelectual, outros para alguns debates. O crente precisa ler para responder aos que pedem a razão da esperança que nele há (1Pe 3.15). Faz do obreiro aprovado apto para manejar a Palavra da Verdade (2Tm 2.15). Ainda podemos dizer que acrescenta a fé do crente e da luz e entendimento a todos os que com simplicidade procurar entender.   

A PRESERVAÇÃO DA MENSAGEM BÍBLICA E OS ATAQUES DO ADVERSÁRIO.
Que livro! O Antigo testamento foi escrito em Hebraico, idioma oficial dos judeus, já o Novo Testamento foi escrito em Grego, não o clássico, mas num dialeto popular denominado “koiné”, onde todos podiam entender. A Bíblia a principio não era assim como  temos hoje, encadernada, pequena e fácil de manuseio. Eram rolos de pergaminho (pele de animais) ou papiro (planta encontrada a beira dos rios). As folhas mediam em media 65 centímetros de altura e 55 de largura. Entre os séculos II e o XV, foram preparados cerca de quatro mil manuscritos da Bíblia.
Como esse livro chegou até nós? Para evitar que os pergaminhos fossem mutilados ou viesse a acontecer algo espúrio, os judeus tinham por costumes enterrar suas escrituras. Assim mesmo muitos pergaminhos foram destruídos por reis idolatras, por exemplo, o Antíoco Epífanes, (rei da Siria 175-164 a.C), propôs exterminar com a nação judaica e conseqüentemente com a religião destruindo todas as copias que encontrou das Sagradas Escrituras. 

Diocleciano imperador Romano (284-305 d.C), destruiu todas as copias que pode encontrar  dez anos durou esta perseguição. Foi uma varredura total por todo o Império,  ele chegou a pensar que tivesse destruído todos os exemplares da Bíblia, que mandou cunhar uma moeda comemorando a vitória. Foram tantas perseguições e ainda há o mundo fechado e comandado por comunistas, como a China, Coréia do Norte, onde cristãos são perseguidos e Bíblias são destruídas. Os países islâmicos também a perseguem de forma cruel. Todavia o livro mais distribuído no mundo continua sendo a Bíblia e o mais lido, um verdadeiro mistério, apenas compreendido pela fé em Deus.

É possível encontrar a Bíblia completa ou em porções, em mais de 2.400 línguas diferentes (WWW.sbb.org.br/interna.asp?areaID=40). Hoje  temos versões importantes em diversas partes do mundo, na Europa as mais principais versões inglesas são:
a)      Versão Autorizada ou Versão do Rei Tiago – publicada em 1611 é a favorita do povo de fala inglesa, por mais de trezentos anos ocupa o primeiro lugar.
b)      A Versão Revisada – feita por um grupo de sábios ingleses e norte-americanos.
c)      Versão revisada Americana – texto preferido pelos norte-americanos.
d)     Versão Padrão Revisada – preparada nos Estados Unidos, embora feita por renomados teólogos, é vista com certa desconfiança.

Outras línguas também têm as suas versões como os alemães, franceses, espanhóis e etc... Mas vamos mostrar as versões em Português:
a)      Versão de Almeida – por João Ferreira d`Almeida
b)      Versão de Figueiredo – por Padre Antonio Pereira de Figueiredo
c)      Tradução Brasileira – por vultos brasileiros como: Antonio Trajano; Eduardo Carlos Pereira e Hipólito de Oliveira Campos.
d)     Versão Rhoden – somente o Novo Testamento
e)      Versão de matos Soares – traduzida por um padre brasileiro.
Por mais ataques que tenha sofrido, a Bíblia tem atravessado séculos.


CONCLUSÃO
Não existe em nenhuma biblioteca no mundo um livro tão importante quanto a Bíblia, que em todo o Antigo Testamento, trata da preparação para o nascimento de Cristo. Nos Evangelhos, Cristo é visto encarnado e vivendo entre o povo e morto na cruz do calvário. As epistolas traduzem a doutrina de Cristo e no ultimo livro que é o Apocalipse ele trata da consumação de todas as coisas.
Um livro que tem como tema a pessoa de Jesus Cristo como segue:
Genesis – Jesus é o descendente da mulher
Êxodo – Jesus é o Cordeiro Pascal
Levitico – Jesus é o Sacrifício Expiatório.
Números – Jesus é a Rocha Ferida
Deuteronômio – Jesus é o Profeta
Josué – Jesus é o Capitão dos Exércitos do Senhor
Juízes – Jesus é o Libertador
Rute – Jesus é o Parente Remidor
Reis e Crônicas -  Jesus é o Rei Prometido
Ester – Jesus é o Advogado
Jó – Jesus é o Redentor que vive
Salmos – Jesus é o socorro e alegria
Provérbios – Jesus é a Sabedoria de Deus
Cantares de Salomão – Jesus é o Nosso Amado
Eclesiastes – Jesus é o Alvo verdadeiro
Nos Profetas – Jesus é o Messias Prometido
Nos Evangelhos – Jesus é o Salvador do mundo
Atos – Jesus é o Cristo ressurgido e Poderoso
Nas Epistolas – Jesus é a Cabeça da Igreja
Apocalipse – Jesus é o Alfa e o Omega, o Cristo que volta para reinar


OBRAS CONSULTADAS
  • SILVA, Antonio Gilberto – Bibliologia – EETAD- Campinas – 1995


Colaboração para o Portal Escola Dominical – Pr. Jair Rodrigues
fonte Portal ebd

1º Trim. 2013 - PRE ADOLESCENTES - Lição 1: A Bíblia descobre a ciência


1º Trim. 2013 - PRE ADOLESCENTES - Lição 1: A Bíblia descobre a ciência

PORTAL ESCOLA DOMINICAL
PRE ADOLESCENTE- CPAD
1º trimestre 2013
Tema: A Bíblia e a Ciência
Comentaristas: Niedja de Mello

LIÇÃO 1 - A BÍBLIA DESCOBRE A CIÊNCIA

Introdução 
A nossa primeira lição tem como titulo: A Bíblia descobre a ciência.
Na verdade o titulo deveria ser o inverso; a ciência descobre a Bíblia; isto porque ao longo dos séculos a ciência apenas tem descoberto o que a Bíblia já havia dito há milênios.
É claro e evidente na sua própria linguagem, usando as palavras que os escritores conheciam em suas épocas, cabendo as nós fazer as devidas adaptações, mas se levarmos em conta os conhecimentos que cada escritor possuía na época teremos uma boa justificativa, pois que muitos dos seus escritores eram homens simples e alguns até indoutos.
Quando o apostolo João teve a visão de Jesus glorificado não tinha palavras como descrever a
sua glória, então escreveu segundo os elementos que ele conhecia. Do mesmo modo a Bíblia faz menção de muitas coisas a qual a ciência veio a descobrir depois, apresentando com um nome cientifico.
Um exemplo disto esta em Jó 26.7:
Ele estende o norte sobre o vazio e faz pairar a terra sobre o nada.
O vazio mencionado no versículo é conhecido como o Vácuo,
Blaise Pascal, (1623-1662), filósofo e cientista, foi o descobridor do vácuo físico, quando as Escrituras já havia afirmado séculos antes.

I- Por que podemos acreditar na ciência?
Primeiro ponto é definirmos o que é ciência:
Segundo o dicionário ciência é:
Conhecimento, conjunto de conhecimentos socialmente adquiridos ou produzidos, historicamente acumulados, dotados de universalidade e objetividade que permitem sua transmissão, e estruturados com métodos, teorias e linguagens próprias, que visam compreender e, possa orientar a natureza e as atividades humanas
A soma dos conhecimentos humanos considerados em conjunto: e também;
A Ciência é o conhecimento ou um sistema de conhecimentos que abarca verdades gerais ou a operação de leis gerais especialmente obtidas e testadas através do método científico.
Resumindo, simplesmente a ciencia pode ser entendida como todo o conhecimento que o homem vem adquirindo através dos tempos, isto para o desenvolvimento da vida humana.
Isto aconetece por meios da descobertas e invenções que o homem criou para melhor viver.

A principio a ciencia em si é boa, porque Deus permite e dá sabedoria ao homem para que ele descubra a obra de suas mãos, pois Ele é a fonte de todo conhecimento.Tudo se torna mal quando os homens usam as descobertas e invenções produzidas pela  ciencia para o proprio seu proprio beneficio.
Um exemplo disto foi a descoberta da dinamite; hoje vemos todos os anos ser divulgado o nome do ganhador do Premio Nobel da paz, mas como surgiu esse premio?
O suéco Alfred Nobel foi o inventor da dinamite, ele via como os trabalhadores sofriam nas minas, inventou a dinamite para facilitar o trabalho, mas a sua descoberta passou a ser utilizada na guerra, provocando mortes de pessoas, Nobel se latismou por isso, desta forma ele criou este premio para que a paz fosse promovida.
De acordo com a vontade de Alfred Nobel, o prémio deveria distinguir "a pessoa que tivesse feito a maior ou melhor ação pela fraternidade entre as nações, pela abolição e redução dos esforços de guerra e pela manutenção e promoção de tratados de paz".
Deste modo muitas outras invenções tiveram o mesmo destino, de modo que o mal não está na ciencia e sim nos homens.Deste modo a ciencia é confiavel quando ela através dos estudos e pesquisas descobre a obra de Deus e meios pelo qual o homem viva melhor. Além do mais, através de anlises sérios chegasse a comprovação cientifica dessas descobertas.
Porém existe um aspecto negativo, o que veremos no proximo tópico.

A ciencia nunca falha?
Somente o fato de que a ciencia vem por mãos de homens, seria suficiente para concluirmos que certamente ela falha! Assim como os homens falham; pois são imperfeitos por natureza.
Mas para entendermos melhor, é necessario saber em que ela falha!
Existe uma subdivisão da ciencia em que temos  ciencias exatas e ciencias humanas;
A ciencia exata é quando através de devidos testes, analises e comprovação cientifica se chegar a uma verdade. Exemplo disto; a formula da agua, H2O isto é algo exato, não há o que questionar!
Já a ciencia humana abre um leque de possiveis falhas, principalmente quando as suas afirmações estão baseadas emteorias, ora teoria é conhecimento especulativo, meramente racional, suposição; É uma hipótese e não uma verdade absoluta.
A ciencia se mostrou falha nesse ponto, quando especificamente entrou em confronto com a Biblia. Mas algo é necessario entender, que essas mesmas teorias vieram por meio de homens que não cumpriam devidamente o papel da ciencia, veremos isto com mais detalhes na parte 3.
A exemplo disto temos a teoria da evolução de Darwin
Charles Robert Darwin ( 1809-1882) foi um naturalista britânico que alcançou fama ao convencer a comunidade científica da ocorrência da evolução e propor uma teoria para explicar como ela se dá por meio da seleção natural e sexual.
A teoria da evolução, também chamada evolucionismo, afirma que as espécies animais e vegetais existentes na Terra não são imutáveis, mas sofrem ao longo das gerações uma modificação gradual, que inclui a formação de novas raças e de novas espécies.
Tal teoria se transformou em fonte de controvérsia, não somente no campo científico, como também na área ideológica e religiosa em todo o mundo.
Assim foi difundido que o ser humano era uma evolução do macaco, de inicio há falha por se tratar de apenas uma teoria, e teoria é uma idéia que não pode provar.
No caso do ser humano a própria ciência tempos depois se tratou de corrigir este erro, pois novas descobertas a partir do DNA comprovou que há outros animais com genes mais próximo do humano - o rato, por essa razão quando se trata em estudos para novos remédios, etc., sempre vemos os cientistas fazendo experiências nos ratinhos.
Mas para aqueles que deixam de lado a verdade Bíblica, a qual afirma ser Deus o criador do ser humano, só resta uma pergunta!
Com quem você se parece mais com o macaco ou com o rato?   (pergunta para descontração)
Outro ponto importante pelo qual a ciência falha, é quando o cientista não crer em Deus, e seus estudos são direcionados a comprovar tudo de forma cientifica, pela razão humana.
Esses cientistas distanciados de Deus não têm compromisso em divulgar a verdade, mas sim trabalhar de modo a afrontar as verdades bíblicas.

II- Por que devemos acreditar na Bíblia?
Embora a ciência através de seus estudos descubra fatos sobre a criação de Deus, a ela se torna em certos pontos falha, porque é proveniente de homens que a utilizam mal e a sujeitam à erros.
Mas quando falamos da Bíblia, ela é digna de todo crédito, porque não há falha e erros, justamente porque não é proveniente do homem, mas sim de Deus, que é perfeito.
Ela não foi produzida pela mente humana, mediante estudos e analises para chegar a sua conclusão, ela foi inspirada por Deus.
Inspiração significa que Deus é a origem da Bíblia. A Bíblia diz:
Sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação. Porque a profecia nunca foi produzida por vontade dos homens, mas os homens da parte de Deus falaram movidos pelo Espírito Santo.  (2 Pe  1.20,21)
Ele capacitou homens a escrever, inspirados pelo Espírito Santo, houve uma ação sobrenatural do Espírito sobre os escritores sagrados que os levou a produzir de maneira inerrante, infalível      e única Palavra de Deus.
 Toda a Escritura divinamente inspirada é proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça;(2 Tm 3.16)

A Bíblia nunca falha?
Mediante o texto acima podemos declarar com certeza que a Bíblia nunca falha, esta verdade é exposta através da Infabilidade bíblica.
Infabiblidade é a qualidade ou virtude do que é infalível, algo que jamais poderá falhar,                                 cremos que a Bíblia é infalível em tudo quanto diz, consideramos assim porque:
1.      suas profecias cumprem-se de forma detalhada e clara
2.      o plano da salvação é executado apesar de oposições satânicas (vinda e morte de Cristo, remição da humanidade)
3.      nenhuma de suas palavras jamais caiu por terra
4.      a própria Bíblia dá testemunho de sua infabilidade (ler Dn 9.2, Mc 13.31)

III- Bíblia e ciência
Amigas ou inimigas?
Alguém disse certa vez: “A ciência e a Bíblia não estão em desacordo. É a ciência que ainda é muito jovem para compreende-la.”
A verdade é que a Bíblia e a ciência nunca foram e não são inimigas, apesar de haver um grande movimento no intuito de promover uma inimizade, o que podemos afirmar que acontece por causa da chamada falsa ciência, cientistas que não crêem Deus, e que se esforçam para desmentir e desmoralizar a Bíblia.
A relação entre a Bíblia e a ciência sempre foi de paralelo, ou seja, ambas caminham juntas, a Bíblia se antecipou relatando fatos que muitos séculos depois a ciência veio a descobrir, a verdadeira ciência por sua vez, vem a comprovar a veracidade bíblica.
Vejamos alguns pontos:
a) Na ciência:
- A Geologia  tem tido de rever seus livros de ensino com o correr dos anos os seus investigadores honestos  tem de confessar que o relato bíblico da criação é o único verdadeiro e que houve o dilúvio.
- Químicos e físicos são compelidos a admitir que a química da Bíblia não é a alquimia dos livros antigos  e que Davi, Salomão, Jó e Moisés conheciam as maravilhas das nuvens
do calor, luz e som
- Geógrafos modernos com cada revisão dos seus mapas e globos tem tido de acrescentar nomes que eles haviam declarados místicos, mas que a bíblia aplica as localidades  exatas e definidas.
- A entomologia, fisiologia, cosmologia e a filosofia natural, todos tem sido obrigados a testemunhar do caráter sobrenatural da Bíblia, porque nenhum outro livro religioso, filosófico ou cientifico, contém tantas verdades sobre todos os assuntos, com absoluta ausência de erros.
- a astronomia (não confundir com astrologia-falsa ciência) apresenta um testemunho poderoso a favor das Escrituras, durante muitos séculos  as informações contidas sobre as maravilhas celestes, foram escarnecidas ou ignoradas, mas com ajuda de poderosos telescópios  e da chapa fotográfica, a astronomia reconhece que a Escritura tem razão. Aos astrônomos têm sido mostrado de maneira notável que: “Os céus declaram a glória de Deus”.
- a arqueologia apresenta as maiores provas da veracidade da Bíblia. Pelas árduas e pacientes escavações os arqueólogos têm nos dado uma Bíblia verdadeiramente comprovada – escrita em mármore, alabasto, granito, pedras calcarias e papiros.
- a história tampouco fica silenciosa. O vasto esquema da história terrestre acha-se inseparavelmente ligada à Bíblia e seu fruto – o cristianismo. Tirem do mundo todos os traços das Escrituras, e que teremos nós? – não haverá moralidade, nem benevolência, nem calendário, nem trabalho missionário e os benefícios que o mundo deve a Bíblia e ao trabalho de incansáveis servos de Deus.

Conclusão
A verdadeira Ciência não contradiz a Bíblia, antes a reafirma. Nada do que a humanidade em qualquer tempo produziu tem alcançado perfeição – até mesmo nossos relógios são regulados pela grande criação de Deus – o Sol.
As Escrituras, porém, têm uma beleza moral e perfeição não encontrada em literaturas de procedência humana. Sua unidade, sua imparcialidade – tudo isso é um mudo testemunho de sua origem divina.
Encerro este comentário com as palavras do Reformador Martinho Lutero:
Jamais em todo o mundo se escreveu um livro de fácil compreensão como a Bíblia. Comparada aos outros livros é como o Sol em contraste com todas as demais luzes. Não vos deixeis mover levar a abandoná-la sob qualquer pretexto. Se vos afastardes dela... tudo estará perdido (...) se permaneceres com as Escrituras sereis vitoriosos.” ( Martinho Lutero, 1483-1546).

Colaboração para Portal Escola Dominical  – Prof. Jair César S. Oliveira
fonte Portal ebd

1º Trim. 2013 - ADOLESCENTES - Lição 1: Quem é você


1º Trim. 2013 - ADOLESCENTES - Lição 1: Quem é você

PORTAL ESCOLA DOMINICAL
ADOLESCENTES – CPAD
1º Trimestre 2013
Tema: O relacionamento entre o crente e o mundo
Comentarista: Elaine Cruz

LIÇÃO 1 – QUEM É VOCÊ?

Ao Mestre
Amado (a) mais uma vez estaremos retornando o ciclo do currículo da faixa Adolescentes, aprendendo juntos durante este Trimestre, e espero em Deus poder ser-vos útil.

Não devemos viver em uma vida afastada da mídia e noticias, e alienados das transformações tecnológicas, culturais e, etc. Contudo quero alertá-los quanto ao fato de que muitos hoje estão confundindo modernidade com mundanismo, e com isso vemos várias distorções das Doutrinas Bíblicas, e estão banalizando a Palavra de Deus, usando termos que muitas vezes rebaixam os Atributos do Todo-Poderoso, como se ELE fosse um simples ser humano com falhas, e desprovido de Sua Onipotência e Onisciência, e isso amado (a) é inconcebível para todos os que amam a Deus e à Sua Palavra.

Devemos estar vigilantes quanto à preservação dos princípios bíblicos, e como professores foi-nos confiada a sublime missão de transmitir conhecimento, “fazer discípulos” para o Reino, treiná-los para Servir à Deus. E como faremos se deixarmos os princípios bíblicos?
Amado (a) princípios não mudam... são princípios, são bases, fundamentos. Pense nisso.

O Senhor Jesus durante seu ministério terreno não se mostrou alienado das transformações “daquele tempo”, pelo contrario, mostrava uma mentalidade aberta, porém com conceitos sadios, revolucionou o mundo com seus ensinos, e isso exatamente porque sua postura era voltada aos princípios das Escrituras, as quais mencionava:  “Está escrito”, e, “Como dizem as Escrituras”,  e aconselhava: “Examinai as Escrituras”. O Senhor Jesus ensinava a conservação da fé genuína em obediência aos preceitos de Deus.  E não é diferente hoje.
Devemos viver de forma a mostrar Cristo em nós, que ELE viva através de nossas vidas, e que o Evangelho seja proclamado de forma genuína, sem alteração, sem distorções.

Amado (a) transmita a Palavra de Deus como ela é, lembre-se que ela é a única ferramenta que o Espírito Santo usa – é através da Palavra que somos salvos, é através dela que somos lapidados, alimentados, edificados, instruídos em justiça, e andamos em santidade.

Quero sugerir aos professores que preparem suas lições com zelo e temor, rogando ao SENHOR que vos conceda unção do Espírito Santo, a fim de realizar está tão sublime tarefa, de forma a agradar o SENHOR que vos tem chamado.
Deus vos abençoe.


Objetivo:
Professor (a) ministre sua aula de forma a conduzir seus alunos a:
Ø  Refletirsobre sua postura e valores pessoais, ele (a) deve saber diferenciar o que convém ou não fazer, não devemos viver isolados, mas devemos ter consciência de que somos servos de Deus – Igreja de nosso Senhor Jesus Cristo.


Para refletir:
“Alguém vai dizer: “Eu posso fazer tudo o que quero.” Pode, sim, mas nem tudo é bom para você. Eu poderia dizer: “Posso fazer qualquer coisa.” Mas não vou deixar que nada me escravize.” (1 Co 1.6.12 – NTLH)

Um direito torna-se pecado se prejudica o próximo ou a nos mesmos.


Texto bíblico em estudo: Romanos 14.1-12

Introdução
O apóstolo Paulo era um cristão emancipado tanto do legalismo como da lei. Sua objetivo era servir à Deus. Seu zelo como mensageiro de Cristo, lhe trouxe tremendas oposições, mas preocupação era instruir e encorajar a todos quantos aceitavam a fé em Jesus Cristo.
Paulo tanto se adaptou às práticas  dos crentes judeus, quando em companhia deles, como se adaptou as maneiras gentias quando vivendo entre eles. Mas nem todos compreendiam está maneira de pensar por falta de instrução ou debilidade de fé.
Todos devem ser acolhidos com amor, sem preconceitos, ou discriminação, e serem instruídos na Palavra de Deus, porém, não devemos com isso deixar influenciar-nos com certos costumes e atitudes que ferem os princípios bíblicos. Devemos conservar-nos fiéis ao propósito de fazermos a Vontade de Deus.

O Cristianismo é muito mais do que um nome. A Bíblia fala sobre algumas pessoas que reivindicam serem cristãs e pertencer a uma igreja, mas que não possuem uma vida cristã verdadeira. Lamentavelmente, existem muitas pessoas que professam ser seguidoras do Senhor Jesus Cristo, mas não demonstram isso através de seu comportamento, pois se deixam influenciar pelo “não tem nada a ver”, esquecendo-se de que “nem todas as coisas nos convêm fazer”, e que não podemos nos deixar dominar por nenhuma. ( 1 Co 6.12 – ARC).


Olhe para você
“Examine-se, pois, o homem a si mesmo...”(1 Co 11.28 – ARC).

Examine-se– essa  palavra no original grego é dokimazõ que significa “provar”,“testar”“aprovar”, isso equivale um rigoroso auto-exame.
E isso se torna mais interessante se analisarmos para quem Paulo escreveu esta epistola – aos coríntios.

A cidade de Corinto era um rico centro comercial e um importante porto. Muitos estrangeiros passavam pela cidade, pois era Corinto que controlava o istmo que permitia cruzar uns 13 km e  evitar contornar o Peloponeso.
Corinto era uma das maiores cidades do império, um centro comercial que se igualava com as grandes capitais de nossos dias.

Havia uma expressão que era usada naquele tempo: “korinthiazomai” – que significa: “agir como corintio”, ou seja, “praticar imoralidade”.
E era exatamente por essa razão que é tão propicio o conselho paulino – “Examine-se a si mesmo”, ou como dizia o filosofo Sócrates: “Conhece-te a ti mesmo” -  esse termo para Sócrates era essencial, pois todos os dias ele exercitava no conhecimento de si próprio e tentava ensinar aos outros essa difícil arte (pois, sempre é mais fácil observamos à vida dos outros), para que se tornassem melhores.

E por acaso não é isso que devemos fazer? – examinar-nos para conhecermos nossos limites, nossas fraquezas, nossos pontos fortes, para que dia a dia possamos nos aperfeiçoar, moldando nosso caráter, nossas atitudes segundo a Palavra de Deus?
Com certeza se assim o fizermos Deus nos aperfeiçoara segundo a Sua Vontade, par que possamos ensinar à outros a se chegarem a  ELE..

O ser humano está sempre em constante mutação. Hoje não somos a mesma pessoa que fomos ontem. Absorvemos mais informações, trabalhamos, conversamos uns com os outros, aprendemos de diversas formas e nos modificamos, crescemos.
Com isso é nosso dever, crescer, melhorar em valores morais e espirituais. Aqueles que entendem isso, partem para uma busca sagrada de tentar cada vez mais se entender.
Estudam, escutam, conversam, lêem, experimentam, fazem de tudo para adquirir mais e mais conhecimentos acerca de si mesmos. Tentam entender porque agem e reagem de tal maneira. Porque certas coisas os levam às lágrimas e outras a sorrisos. Porque muitas palavras doem em si e em outras pessoas não. Porque sentem incompreensão, inadequação. Porque, porque, porque.... Uma pessoa inteligente é aquela que faz perguntas e não aquela que simplesmente aceita os fatos sem tentar entendê-los.

Somos responsáveis pos nós mesmos, por essa razão é imprescindível que “conhecemos a nós mesmos” e assim nos cheguemos a Deus, a fim de sermos melhores, e que ELE nos “confirme em toda boa obra e boa palavra”.


As diversas “tribos”
Professor (a) em sua revista há alguns exemplos de tipos grupos que possuem diferentes formas de trajes, linguagem e costumes. Você poderá usá-las como dispostas na revista, assim não me deterei em comentar sobre essas “tribos”.

Mas quero enfatizar que, o adolescente esta em fase intermediária da vida, com seu rápido crescimento físico, mental e espiritual. Essa é a época em que, na maioria das vezes, o jovem começa a querer tomar suas próprias decisões. A Bíblia nos dá exemplos de algumas dessas decisões, que vão das mais sábias opções às mais infelizes escolhas (como a do filho pródigo).

Nesse período de transição, geralmente os pais vão dando progressivas liberdades aos filhos, e estes por sua vez tendem a optar por aderirem a costumes de alguma “tribo” que lhe simpatize.
E cabe a você professor (a) instruí-los. Conduzindo-os a desenvolver responsabilidades morais, espirituais e sociais.
Deve ensinar-lhes que as pessoas não são iguais, que cada um de nós foi criado por Deus como um ser único.  E por essa razão devem desenvolver a personalidade, os talentos e o dom que Deus lhes deu, que não precisam copiar o estilo e os modos de outros.

Essas tribos têm práticas que não trazem nenhum beneficio para os que as praticam. Segundo 1 Corintios 6.12, as coisas que são moralmente indiferente, não são vantajosas para quem as está praticando, ou para outros. Ao contrário, elas podem levar-nos a maus hábitos.

“Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm”– era o jargão teológico que os corintos adotaram para justificar seu comportamento. O apóstolo Paulo afirmou sua própria doutrina de liberdade cristã  – “todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma”.Os corintos precisavam entender que o lícito de qualquer comportamento era qualificado por sua conveniência.
Liberdade de ação para agradar a si mesmo não é de modo algum a verdadeira liberdade – é a mais pura forma de prisão.
Precisa ficar bem claro ao adolescente que deve manter-se na administração de sua vida, não se deixando dominar por nada que venha afastá-lo de Deus e de sua Palavra – se isso acontecer o resultado será tristeza e desilusão.

O jeito evangélico de ser
Hoje a palavra “evangélico” tem virado status desde que pessoas famosas aderiram à determinadas igrejas evangélicas.
Mas o “ser evangélico” quer dizer algo mais, isso significa que você pertence à família de Deus, você é filho de Deus. E como tal seu proceder, seu falar, seu vestir tem de condizer com a sua posição de filho de Deus.

Professor (a) o adolescente precisa compreender que estão atravessando um período de grandes mudanças em sua vida. Eles precisam se manter firmes nos valores espirituais verdadeiros que aprenderam, exercitar a paciência com eles mesmos e com os outros e reconhecer que têm responsabilidade de honrar seus compromissos e fazer escolhas certas.
Os seres humanos foram criados por Deus com necessidades físicas, emocionais, intelectuais, psicológicas e espirituais. Deus está pronto e apto para supri-las todas, nós encontramos ajuda Dele na oração, estudo da Palavra de Deus, orientação do Espírito Santo – e no conselho de pessoas piedosas e sábias (usadas por Deus para nos auxiliarem).


Conclusão
Deus nos deu as bases para termos uma vida santa e agradável a Deus e aprovada pelos homens, e isso está em submetermos nossa vida ao senhorio de Cristo.

“Se vivemos, é para o Senhor que vivemos; e, se morremos, também é para o Senhor que morremos. Assim, tanto se vivemos como se morremos, somos do Senhor. Pois Cristo morreu e viveu de novo para ser o senhor tanto dos mortos como dos vivos.”(Rm 14.8,9 – NTLH).

Ao fazer isso moldamos nossas vidas no amor de Deus. Na vida de entrega a Deus e à sua vontade. Aquele que está fundamentado nestas bases para sua orientação, não se move de sua posição de cristão, de servo de Deus, não importando as circunstâncias ou adversidades que possam surgir.
Com essa convicção, não devemos julgar uns aos outros em questões triviais, mas sim, encorajar uns aos outros tendo em vista sermos semelhantes a Cristo e a santidade quanto à fé, a doutrina, e a moral (Hb 10.24). Trata-se de, com toda sinceridade avaliar-se e andar em retidão diante de Deus, e aconselhar uns aos outros com amor e humildade.


Colaboração para o Portal Escola Dominical – Profª. Jaciara da Silva
 FONTE Portal ebd

LIÇÃO 09 - A MORDOMIA DO TRABALHO / SLIDES / CLASSE ADULTOS

BAIXAR OS SLIDES