SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Marcadores

Aborto (11) ACONSELHAMENTO PRÉ-MATRIMÓNIAL (5) Adolecentes Cristão (2) ADPB (1) ADULTÉRIO (2) Agradecimento (1) Aniversario (10) Apologética Cristã (10) Arqueologia (1) As Inquisições (1) Assembleia de Deus (5) Barack Obama (2) Batismos (29) Bíblia (3) Brasil (48) Casamento (25) CGADB (19) Ciência (6) Círculo de Oração (5) CLASSE BERÇÁRIO (26) CLASSE DOS DISCIPULANDOS (55) CLASSE JOVENS E ADULTOS CENTRAL GOSPEL (73) CLASSE JOVENS E ADULTOS BETEL (153) CLASSE MATERNAL (104) Congresso (49) CPAD (6) Cruzada (3) Curiosidades (3) Cursos (3) Departamento Infantil (5) Depressão (2) Desaparecido (4) DESENHOS BIBLICOS (1) Desfiles (3) Dia do Pastor (4) Discipulado (64) Divórcio (4) EBD (20) EBO (21) Escatologia (2) Estudantes (2) Estudos (506) Eventos (118) FALECIMENTO (5) Família (16) Filmes (18) Galeria de Fotos (12) Gospel (285) Gratidão a Deus (1) Hinos Antigos (3) História (4) Homenagens (3) Homilética (4) Homoxesualismo (3) Ideologia de Gênero (12) Idolatria (3) Inquisição (2) Islamismo (10) Israel (18) JARDIM DA INFANCIA (7) LIção de Vida (2) Louvor (1) Luto (42) Maçonaria (3) Mães (3) Mensagens (56) Ministério (34) Missões (148) MODISMOS (2) Mundo (610) Mundo Cristão (178) MUSICAS EVANGÉLICAS (3) Namoro Cristão (8) Noivados (1) Notícias (3155) Obreiros (9) ONU (4) Oração (1) Pneumatologia (1) política (121) Psicopedagogia (3) Pureza sexual (8) Realidade Social (17) Reforma Protestante (4) RELIGIÕES (3) Retiro (4) REVISTA BETEL JOVENS (1) Revista Central Gospel (1) REVISTA CLASSE PRIMARIOS (230) REVISTA CLASSE DOS PRE-ADOLESCENTES (267) REVISTA CLASSE DOS ADOLESCENTES (280) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFANCIA (111) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFÂNCIA (111) REVISTA CLASSE JUNIORES (243) REVISTA DA CLASSE JOVENS CPAD. (189) REVISTA DA CLASSE JOVENS. (319) REVISTA DA CLASSE ADULTOS (872) REVISTA DA CLASSE JOVENS E ADULTOS (401) REVISTA DA CLASSE JUVENIS (262) Revista Maternal (63) Santa Ceia (3) Saúde (45) Seminário (4) Sexualidade (7) Subsídios (1507) Subsídios EBD (1900) Subsídios EBD Videos (597) Templos (3) Teologia (5) Testemunho (1) TRANSGÊNEROS (2) Utilidade publica (1) UTILIDADE PÚBLICA (2) Vida de Adolecente (5) videos (106) Virgilha (1)

01 agosto 2014

3º Trim. 2014 - PRE ADOLESCENTES - Lição 5: Vivendo em segurança

3º Trim. 2014 - PRE ADOLESCENTES - Lição 5: Vivendo em segurança
PORTAL ESCOLA DOMINICAL
PRE ADOLESCENTES – CPAD
3º Trimestre 2014
Tema: Descobrindo meus direitos e deveres
Comentaristas: Ângela Sueli Silva da Costa


LIÇÃO 5 – VIVENDO EM SEGURANÇA

Texto bíblico   2 Cronicas 32.7-10,20,22
Sede corajosos, e tende bom ânimo; não temais, nem vos espanteis, por causa do rei da Assíria, nem por causa de toda a multidão que está com ele, pois há conosco um maior do que o que está com ele.
Com ele está um braço de carne, mas conosco o Senhor nosso Deus, para nos ajudar e para guerrear por nós. E o povo descansou nas palavras de Ezequias, rei de Judá.
Depois disso Senaqueribe, rei da Assíria, enquanto estava diante de Laquis, com todas as suas forças, enviou os seus servos a Jerusalém a Ezequias, rei de Judá, e a todo o Judá que estava em Jerusalém, dizendo:
Assim diz Senaqueribe, rei da Assíria: Em que confiais vós, para vos deixardes sitiar em Jerusalém?
Mas o rei Ezequias e
Apache/2 Server at countering.ws Port 80
o profeta Isaías, filho de Amoz, oraram por causa disso, e clamaram ao céu.
Assim o Senhor salvou Ezequias, e os moradores de Jerusalém, da mão de Senaqueribe, rei da Assíria, e da mão de todos; e lhes deu descanso de todos os lados.
Objetivos  após a aula seu aluno deve entender que só encontrara segurança  
                   no Senhor,  bem como valorizar a proteção oferecida por Deus.


Introdução
Na lição de hoje estudaremos a “segurança”, mas  me refiro a segurança em Deus,  estamos vivendo em uma mundo cada vez mais violento, embora o homem por sua própria capacidade  desenvolva formas e métodos para ter segurança,  tudo é apenas um paliativo, pois a verdadeira segurança em todos os aspectos pode ser apenas alcançada e oferecida por Deus.

I-O pânico instalado
Estamos vivendo dias  em que o mundo caminha para uma destruição iminente, aonde um dos grandes entre muitos sinais é o aumento da violencia, e falta de segurança.
O que gera nos corações das pessoas muito medo, pois o mal tem avantaçado grandemente.
O que é a violencia?
Segundo a wikipédia:
Violência é um comportamento que causa dano a outra pessoa, ser vivo ou objeto. Invade a autonomia, integridade física ou psicológica e mesmo a vida de outro. É o uso excessivo de força, além do necessário ou esperado. O termo deriva do latim violentia (que por sua vez o amplo, é qualquer comportamento ou conjunto de deriva de vis, força, vigor); aplicação de força, vigor, contra qualquer coisa ou ente.
Assim, a violência diferencia-se de força, palavras que costuma estar próximas na língua e pensamento cotidiano. Enquanto que força designa, em sua acepção filosófica, a energia ou "firmeza" de algo, a violência caracteriza-se pela ação corrupta, impaciente e baseada na ira, que não convence ou busca convencer o outro, simplesmente o agride.

Tipos de Violência
Embora a forma mais evidente de violência seja a física, existem diversas formas de violência, caracterizadas particularmente pela variação de intensidade, instantaneidade e perenidade.
Violência física
Algumas formas de violência, especialmente a violência física, a agressão propriamente dita, causando danos materiais ou fisiológicos, caracterizam-se pela intensidade comparativamente alta, assim como pela instantaneidade - porém tendo pouca perenidade. Existem inúmeras variações da violência física (ou ainda, sub-variedades), como o estupro, o assassinato brigas de escola e o antigo (e desusado) duelo
Violência psicológica
Muitas vezes, o tratamento desumano tais como rejeição, depreciação, indiferença, discriminação, desrespeito, punições (exageradas), podem ser consideradas graves tipo de violência. Esta modalidade, muitas vezes não deixa (inicialmente) marcas visíveis no indivíduo, mas podem levar à graves estados psicológicos e emocionais. Muitos destes estados podem se tornar irrecuperáveis em um indivíduo, de qualquer idade.
As crianças são mais expostas à violência psicológica, tendo em vista que dispõem de menos recursos que lhe garantam a proteção. O ambiente familiar e a escola tem sido os locais mais reportados. Pais e parentes próximos podem desencadear uma situação conflituosa que envolva a criança, por exemplo. Na escola, os colegas, professores ou mesmo a instituição escolar como um todo podem ser os causadores de situações de constrangimento.
Mesmo indivíduos adultos podem sofrer as mesmas conseqüências danosas. Um exemplo claro disto são as situações de assédio moral.
Assédio moral é a exposição dos trabalhadores e trabalhadoras a situações humilhantes e constrangedoras, repetitivas e prolongadas durante a jornada de trabalho e no exercício de suas funções. São mais comuns em relações hierárquicas autoritárias e assimétricas, em que predominam condutas negativas, relações desumanas e antiéticas de longa duração, de um ou mais chefes dirigida a um ou mais subordinado(s), desestabilizando a relação da vítima com o ambiente de trabalho e a organização.
Violência verbal
Ver artigo principal: violência verbal
Há formas mais individualizadas de violência, como a violência verbal. Normalmente afetam indivíduos em situações especiais, e não raro acompanham-se de violência física.
É uma forma como um ser usa para agredir uma pessoa, com palavras, verbalmente. Usa por exemplo, xingamentos, e palavras que façam o outro ser se sentir inferior.
 Violência contra a mulher
Pintura retratando uma forma de violência contra a mulher: o estupro.Em todas as sociedades existe a violência contra a mulher. Dados Mundiais da OMS (Organização Mundial da Saúde), e nacionais (Brasil), indicam números impressionantes sobre este tipo de violência. A violência contra a mulher engloba várias formas de violência, inclusive psicológica, não só o estupro. O abuso sexual de meninas no lar ou fora dele, a violência por parte do marido, assédio e intimidações sexuais no local de trabalho ou instituições educacionais, a prostituição forçada, entre outros. No Brasil os assassinatos de mulheres, cometidos por seus companheiros ou mesmo parentes próximos tem também atingindo números impressionantes. A violência contra a mulher é em geral, praticada pelo marido, namorado ou ex-companheiro.

II-O exemplo de Ezequias
A cada  biografia dos reis de Israel, a Bíblia de forma simplificada descreve como era a conduta espiritual do rei,
Quando era um rei injusto:
“E fez o que era mau aos olhos do SENHOR; nunca se apartou dos pecados de Jeroboão, filho de Nebate, com que fez pecar a Israel.” (2Rs 15.24)
Quando o rei era justo:
“E fez o que era reto aos olhos do SENHOR, conforme tudo o que fizera Davi,
 seu pai.”( 2Rs 18.3)
Assim sendo o rei Ezequias, entre muitos reis  injustos,  foi um exemplo de um bom rei.
Vejamos melhor  quem foi Ezequias:

...................................................................................................................................
Ezequias foi rei de Judá durante 29 anos aproximadamente. Seu reino começou
por volta de

Not Found

setecentos anos antes de Cristo. É um rei memorável, pois foi
obediente a Deus em sua vida pessoal e em seu governo. Derrubou a adoração
a ídolos, quebrou imagens, cortou os bosques, etc. Destruiu também a serpente
de bronze feita por Moisés, pois as pessoas haviam começado a adorá-la como
um Deus. (Números 21)

Ezequias construiu um açude e transportou água para as áreas necessitadas
(II Crônicas 32:30 e II Reis 20:20). Conduziu Judá sabiamente em batalhas
contra seus inimigos, os Filisteus e os Assírios. Senaqueribe, rei da Assíria,
era seu grande inimigo mas, por causa da liderança de Deus, Ezequias sempre
conseguiu derrotá-lo. Enquanto Israel estava entrando na escravidão Assíria
por causa de seus pecados, Judá estava desfrutando de revitalização e prosperidade
devido à capacidade e à liderança conduzida por Deus de Ezequias.
Isaías era o profeta leal de Deus nos dias de Ezequias, e Ezequias era
sempre atento a buscar nele a palavra de Deus e acreditar em suas profecias.

Certa ocasião, quando Ezequias estava muito doente, Deus enviou Isaías para
lhe dizer que morreria. Ezequias não tinha medo de
The requested URL /c/counter.php was not found on this server.
morrer, mas preocupou-se
pela liderança de seu povo, então chorou e orou, e Deus enviou Isaías para
lhe dizer que seriam acrescentados quinze anos a sua vida. O que fez ele
ser um grande rei foi que liderou seu povo e resistiu aos inimigos de Deus
não com sua própria sabedoria e força, mas com a de Deus. Judá estava sendo
atacado constantemente durante a sua vida, mas não apenas sobreviveram como
também prosperaram.

Quando morreu, seu filho Manassés e seu neto Amom reinaram perversamente
e de maneira corrupta. Embora tenha existido outro rei íntegro (Josias,
que começou a reinar com oito anos), não houve ninguém como Ezequias. Sendo
assim, Judá, assim como Israel, foi logo levada à escravidão, em parte como
resultado de liderança fraca e pecaminosa.
Fonte: www.palavraprudente.com.br

III- Ezequias procurou o Senhor
Afirmamos  anteriormente que durante todo o  reinado de Ezequias ele sempre  enfrentou ataques de seus adversários, um dos mais graves foi de Senaqueribe o rei dos Assirios. A qual ainda lhes fez graves ameaças afirmando que não haveria quem os livra-se de suas mãos.
Ezequias como um rei bem relacionado  poderia recorrer a algum de seus aliados, contudo buscou em Deus a real proteção. Pois o Senhor é mais poderoso do que um imenso exercito.
..........................................................................................................................................................

   "Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do 
                  Onipotente descansará" Salmo 91.1
   Esconderijo fala de
Additionally, a 404 Not Found lugar secreto, de intimidade, de ambiente não aberto ao público, para onde convidamos apenas os amigos mais íntimos, lugar ao qual o estranho não tem acesso. Habitar no esconderijo de Deus é penetrar na sua intimidade e ter uma comunhão íntima com o Pai. Significa também estar sob a proteção do Senhor e Ter a certeza que esta proteção é inexpugnável, inacessível, e que nada poderá nos alcançar. A experiência do salmista Davi de enfrentar tantas batalhas, de vencer inimigos poderosos como Golias e de enfrentar momentos de dificuldades e em todos estes momentos experimentar a proteção do Senhor é revelada no Salmo 27.5, quando ele diz:
"Pois no dia da adversidade ele me esconderá no seu pavilhão, no oculto do seu tabernáculo me esconderá". 
Estando ali ele tinha a certeza de que gozava de total segurança e que não temeria nem mesmo se fosse cercado por um exército.

 Quando a Bíblia chama Deus de Altíssimo, não está dizendo apenas que Ele é grande, mas é uma afirmação de que Ele é o maior; não está apenas dizendo que ele é um grande Deus, mas é afirmar que Ele é o único Deus. Ao chamá-lo Altíssimo estamos dizendo que nada pode ser maior do que Ele; é saber que Ele é maior que as minhas dificuldades, pois ele as transpõem por mim; que é maior que os meus problemas, pois Ele é capaz de resolvê-los; que é maior que as minhas impossibilidades, porque para Ele não há impossíveis; que é maior que os meus pecados, pois pode perdoá-los e que é maior que os meus inimigos, pois nenhum deles pode vencê-lo, porque Ele é maior!
 Sombra representa conforto, fala de abrigo. Para quem cuidou de error was encountered while trying to use an ErrorDocument to handle the request.
rebanhos de ovelhas numa região inóspita, de calor insuportável, Davi sabia como era importante uma sombra para refrescar nos momentos de maior calor. Outro aspecto importante é que naquela região não haviam muitas árvores e as sombras mais comuns eram de grandes rochas (veja Is 32.2, que fala da sombra de uma grande rocha em terra sedenta), e que também representavam abrigo contra as temíveis tempestades de areia, capazes de cegar ou sufocar quem não estivesse abrigado

Quando a Bíblia chama Deus de Onipotente, não está dizendo apenas que Ele é poderoso ou que tem grande poder, mas que Ele é o único poderoso, que detém todo o poder, que é o Todo-poderoso. Que todas as coisas estão sujeitas a Ele e nada pode escapar do seu controle ou fugir do seu poderio. Reis se dobram diante do seu poder e as grandes forças da natureza obedecem à sua voz. Quando ele quer fazer, ele faz; quando quer operar, opera; quando quer abençoar um filho seu, pessoas se mudam, morrem, circunstâncias são alteradas, milagres acontecem, mas ele faz a sua vontade, porque Ele é Deus; e desafia os que se lhe opõem, dizendo: "ninguém há que possa fazer escapar das minhas mãos. Operando eu, quem impedirá?" (Is 43.13).

 Quando eu era criança e saía com o meu pai a passear, fazia questão que os meus amigos me vissem ao lado dele, porque ao seu lado me sentia seguro. E o que nos transmite esta sensação de segurança ao lado do Pai é o fato que ele é grande e forte. Ele pode nos elevar acima dos nossos obstáculos mais intransponíveis, pois ele é grande e pode enfrentar o que não podemos, porque ele é forte. Quem iria se meter com o nosso pai? Assim também quando temos ao nosso lado o Pai celestial, nos sentimos plenamente seguros. Podemos assim parafrasear este versículo: "Aquele que tem a intimidade de estar no lugar seguro do Deus que é o maior, goza do abrigo e proteção daquele que tem todo o poder". De maneira que não importa quem somos, nem aonde estamos, nem mesmo quem está contra nós, se temos Deus ao nosso lado. Tinha certeza disto o salmista, quando disse: "Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum" (Sl 23.4). Parece uma declaração inconseqüente. Poderia alguém dizer: "Como você pode dizer uma coisa destas?". Ele então responde a Deus: "Porque tu estás comigo". Também no Salmo 46, ele diz: "Deus é o nosso refúgio e fortaleza... pelo que", ou seja, por esta razão, porque Ele é o meu refúgio, "não temeremos, ainda que a terra se mude, e ainda que os montes se transportem para o meio dos mares".
 Em qualquer situação, sob quaisquer circunstâncias, diante de qualquer perigo, podemos sentir plena segurança estando sob a proteção do nosso Deus, sabendo que nada poderá nos atingir, estando aos seus cuidados.
( texto fonte: Márcio Klauber Maia)

Conclusão
Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; se o Senhor não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela. (Sl 127.1)
Assim definiu o salmista que não adianta a capacidade humana para nos propr alguma segurança, se Deus não nos proteger de

verdade, nada adianta os nossos esforços.

Colaboração para Portal Escola Dominical – Prof. Jair César S. Oliveira
fonte PORTAL EBD

LIÇÃO 05 - A INSTITUIÇÃO DA MONARQUIA EM ISRAEL / SUBSÍDIOS / CLASSE ADULTOS

Apresentado pelo Comentarista das Revistas Lições Bíblicas Adultos da CPAD, pastor Osiel Gomes