SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Marcadores

Aborto (11) ACONSELHAMENTO PRÉ-MATRIMÓNIAL (5) Adolecentes Cristão (2) ADPB (1) ADULTÉRIO (2) Agradecimento (1) Aniversario (10) Apologética Cristã (10) Arqueologia (1) As Inquisições (1) Assembleia de Deus (5) Barack Obama (2) Batismos (29) Bíblia (3) Brasil (48) Casamento (25) CGADB (19) Ciência (6) Círculo de Oração (5) CLASSE BERÇÁRIO (26) CLASSE DOS DISCIPULANDOS (55) CLASSE JOVENS E ADULTOS CENTRAL GOSPEL (73) CLASSE JOVENS E ADULTOS BETEL (153) CLASSE MATERNAL (104) Congresso (49) CPAD (6) Cruzada (3) Curiosidades (3) Cursos (3) Departamento Infantil (5) Depressão (2) Desaparecido (4) DESENHOS BIBLICOS (1) Desfiles (3) Dia do Pastor (4) Discipulado (64) Divórcio (4) EBD (20) EBO (21) Escatologia (2) Estudantes (2) Estudos (506) Eventos (118) FALECIMENTO (5) Família (16) Filmes (18) Galeria de Fotos (12) Gospel (285) Gratidão a Deus (1) Hinos Antigos (3) História (4) Homenagens (3) Homilética (4) Homoxesualismo (3) Ideologia de Gênero (12) Idolatria (3) Inquisição (2) Islamismo (10) Israel (18) JARDIM DA INFANCIA (7) LIção de Vida (2) Louvor (1) Luto (42) Maçonaria (3) Mães (3) Mensagens (56) Ministério (34) Missões (148) MODISMOS (2) Mundo (610) Mundo Cristão (178) MUSICAS EVANGÉLICAS (3) Namoro Cristão (8) Noivados (1) Notícias (3155) Obreiros (9) ONU (4) Oração (1) Pneumatologia (1) política (121) Psicopedagogia (3) Pureza sexual (8) Realidade Social (17) Reforma Protestante (4) RELIGIÕES (3) Retiro (4) REVISTA BETEL JOVENS (1) Revista Central Gospel (1) REVISTA CLASSE PRIMARIOS (230) REVISTA CLASSE DOS PRE-ADOLESCENTES (267) REVISTA CLASSE DOS ADOLESCENTES (280) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFANCIA (111) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFÂNCIA (111) REVISTA CLASSE JUNIORES (243) REVISTA DA CLASSE JOVENS CPAD. (189) REVISTA DA CLASSE JOVENS. (319) REVISTA DA CLASSE ADULTOS (872) REVISTA DA CLASSE JOVENS E ADULTOS (401) REVISTA DA CLASSE JUVENIS (262) Revista Maternal (63) Santa Ceia (3) Saúde (45) Seminário (4) Sexualidade (7) Subsídios (1507) Subsídios EBD (1900) Subsídios EBD Videos (597) Templos (3) Teologia (5) Testemunho (1) TRANSGÊNEROS (2) Utilidade publica (1) UTILIDADE PÚBLICA (2) Vida de Adolecente (5) videos (106) Virgilha (1)

01 outubro 2014

4º Trim. 2014 - Lição 1 - Daniel, nosso "contemporâneo" I Plano de Aula

4º Trim. 2014 - Lição 1 - Daniel, nosso "contemporâneo" I Plano de Aula
PORTAL ESCOLA DOMINICAL
QUARTO TRIMESTRE DE 2014
INTEGRIDADE MORAL E ESPIRITUAL: o legado do livro de Daniel para a Igreja hoje
COMENTARISTA: ELIENAI CABRAL
PLANO DE AULA - EV. CARAMURU AFONSO FRANCISCO
ASSEMBLEIA DE DEUS - MINISTÉRIO DO BELÉM - SEDE - SÃO PAULO/SP


PLANO DE AULA
INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE
1º SLIDE
- Este quarto trimestre será mais um “trimestre bíblico”. Iremos estudar o livro do profeta Daniel.
- O livro de Daniel é conhecido como “o Apocalipse do Antigo Testamento”, visto que sua segunda parte é composta de profecias escatológicas, que apontam para o tempo do fim, tendo no livro do Apocalipse um inevitável paralelo.
2º SLIDE
- O livro de Daniel é uma resposta de Deus aos judeus que estavam no exílio da Babilônia para mostrar ao Seu povo que continuava o Senhor a ter o controle de todas as coisas, apesar da temporária perda da Terra Prometida.
- Mesmo em meio ao cativeiro da Babilônia e no próprio núcleo do poder, Daniel é levantado como profeta de Deus e, mediante uma vida santa e dedicada ao Senhor, não só dá bom testemunho diante do Senhor e dos homens, como, ainda, é escolhido pelo Senhor para trazer revelações a respeito do tempo do fim, mantendo, assim, viva a esperança do povo na redenção que se daria mediante a vinda do Messias.
3º SLIDE
- A vida do profeta Daniel mostra que a forma de se viver neste mundo que está no maligno (I Jo.5:19) é a de servir integralmente ao Senhor, ou seja, ser-Lhe fiel.
- Por isso, o tema de nosso trimestre é “Integridade moral e espiritual”, a indicar que, neste mundo, o servo do Senhor precisa estar inteiramente nas mãos do Senhor para poder vencer.
4º SLIDE
- A vida de Daniel é uma lição de fidelidade na Bíblia Sagrada, fidelidade esta que exige esta integridade moral e espiritual.
- Pro isso, o subtítulo do trimestre é “o legado do livro de Daniel para a Igreja hoje”, a nos mostrar que este livro nos traz uma importante lição para sermos fiéis até o fim.
5º SLIDE
Capa da revista deste trimestre
- Uma Bíblia que é segurada por ambas as mãos, de modo que não há qualquer membro superior que não esteja a envolver a Palavra de Deus.
- Esta ilustração fala-nos de integridade, da necessidade que temos de ter a Palavra de Deus como centro, como norte, como bússola da nossa existência sobre a face da Terra.
6º SLIDE
- Esta é a atitude que vemos na vida não só do profeta Daniel mas também de seus amigos Hananias, Misael e Azarias.
- Desde o instante em que foram retirados do convívio de sua pátria e de seus pais, estes jovens jamais deixaram de ter a Deus como norte, como centro de suas vidas, a despeito de todas as grandes mudanças ocorridas em suas vidas.
7º SLIDE
Blocos do trimestre
Lição introdutória – lição 1
- Lições seguintes: uma correspondente a cada capítulo do livro de Daniel:
1º bloco – a parte histórica de Daniel – lições 2 a 7
2º bloco – a parte escatológica de Daniel – lições 8 a 12
8º SLIDE
Comentarista deste trimestre é o pastor Elienai Cabral, membro da Casa de Letras Emílio Conde, da Academia Brasileira Evangélica de Letras e do Conselho Administrativo da CPAD, que vem comentando as Lições Bíblicas desde 1985.

PLANO DE AULA Nº 1
LIÇÃO Nº 1 – DANIEL, O NOSSO “CONTEMPORÂNEO”
1º SLIDE   INTRODUÇÃO
- Damos início ao estudo do livro do profeta Daniel, tema que encerra nosso ano letivo de 2014.
- O livro de Daniel não só nos fala do futuro, mas também de como devemos viver no presente.
2º SLIDE   I – O CONTEXTO HISTÓRICO DO LIVRO DO PROFETA DANIEL
- Segundo Frank Klassen e Edward Reese, Daniel nasceu em 628 a.C., ou seja, no décimo terceiro ano do reinado de Josias, precisamente o ano em que começou o ministério do profeta Jeremias (Jr.1:1).
- Vivia-se um momento de avivamento espiritual em Judá, mas este avivamento, entretanto, não seria suficiente para aplacar a ira de Deus, pois a mentalidade pecaminosa intensificada no longo reinado de Manassés, não seria extirpada do meio do povo judaíta (Jr.15:4).
3º SLIDE
- Daniel nasce, num período em que o Senhor começaria a vaticinar para o povo a perda da Terra Prometida e o cativeiro da Babilônia em virtude da apostasia espiritual.
- Daniel cresce diante desta situação de advertência divina a um povo que insistia em viver no pecado.
4º SLIDE
- Daniel, desde cedo, mesmo em meio ao seu povo, pertencia a uma minoria que insistia em se manter servindo ao Senhor (Jr.24:1-7; Dn.1:4,8).
- Daniel é um exemplo para nós, que temos de fazer parte da “minoria” no povo de Deus que se mantém fiel mesmo diante da multiplicação da iniquidade (Mt.24:12 ARA).
5º SLIDE
- Daniel presenciou o término do reinado de Josias, rei que morreu quando Daniel tinha apenas vinte anos de idade, bem como a subida ao trono de Jeoacaz, que reinou apenas três meses e, em seguida, sua substituição por Jeoiaquim.
- No terceiro ano do reinadode Jeoiaquim, dá-se a primeira deportação de judeus para a Babilônia, deportação em que estava incluído Daniel (Dn.1:1), o que se deu em 605 a.C., quando Daniel tinha vinte e três anos de idade.
6º SLIDE
- O livro do profeta Daniel insere-se neste contexto histórico de necessidade de reafirmação das promessas de redenção de Israel mesmo diante do cativeiro da Babilônia.
- O Senhor utilizará Daniel para mostrar a Israel o seu futuro e o futuro das demais nações, comprovando, assim, que Ele é o Senhor não só de Israel mas de toda a Terra e que tem o pleno controle da história.
7º SLIDE   II – O LIVRO DO PROFETA DANIEL
-  O livro de Daniel, no arranjo de livros proveniente da Septuaginta, é o quinto livro profético, o último dos chamados profetas maiores e situado antes dos profetas menores.
- No cânon judaico, entretanto, faz parte dos "Ketuvim", ou seja, dos outros escritos, já que é um livro mais recente, escrito que foi durante o cativeiro babilônico.
8º SLIDE
-  Seu nome hebraico é "Daniyel"(ﬢבֿיּﭏﬥ), nome de seu autor, cujo significado é "Deus é o meu juiz".
- O nome do profeta revela bem o ministério profético de Daniel, que foi o resultado de um constante julgamento de aprovação por parte do Senhor, a ponto de ser a única pessoa na história da humanidade a ter servido a três impérios mundiais
9º SLIDE.
- Autor - o próprio profeta Daniel, que dá nome ao livro, como se deixa claro nos capítulos 8 a 12, onde o narrador se identifica como sendo o próprio profeta.
- Data - o livro foi escrito até o terceiro ano de Ciro, o persa, ou seja, até o ano 537 a.C., data das últimas revelações recebidas pelo profeta (Dn.10:1),
10º SLIDE
- Local da escrita :Babilônia e Susã, locais onde Daniel viveu, pela sua condição de alto funcionário tanto da corte babilônica quanto da corte medo-persa.
- O Senhor Jesus confirma a autenticidade do livro em Mt.24:15.
11º SLIDE
- Daniel, o autor do livro, pertencia à elite governante de Judá, ou seja, pertencia à família real, tendo sido levado na primeira leva de cativos para a Babilônia (Cf.II Rs.24:12 e Dn.1:1-3).
- Daniel foi escolhido por Deus para ser um estadista, tendo sido o único homem que serviu a três impérios mundiais consecutivos (babilônio, medo e persa).
12º SLIDE
- Daniel é daqueles profetas que, ainda em vida, alcançaram o reconhecimento do povo de Deus como sendo um homem escolhido por Deus.
- Ezequiel, seu contemporâneo, demonstra bem este reconhecimento ao colocá-lo ao lado de Noé e de Jó como exemplo de justiça (Ez.14:14).
13º SLIDE
- Segundo Finnis Jennings Dake (1902-1987), o livro do profeta Daniel tem 13 capítulos, 357 versículos, 16 perguntas, 218 versículos de história, 79 versículos de profecias cumpridas e 60 versículos de profecias não cumpridas, 7 ordens, 4 promessas e 16 mensagens de Deus. O livro é dividido em duas partes:
a)1ª parte - relato histórico dos fatos relativos da Daniel e seus amigos na corte de Babilônia e do Império Medo-Persa - Dn.1-6
b)2ª parte - mensagens proféticas a respeito do futuro de Israel e dos impérios mundiais até a redenção da humanidade - Dn.7-12
14º SLIDE
- O livro de Daniel, na versão grega da Septuaginta, contém acréscimos apócrifos, que foram incorporados pela Igreja Romana no Concílio de Trento (1545-1563):
a) “cântico dos três jovens” - acréscimo ao capítulo 3 (a partir do versículo 24 até o 90, quando, então, retoma-se o texto inspirado, que vai até o versículo 100, correspondendo aos versículos 24 até 30 de nossas Bíblias);
b) “história de Suzana” – capítulo 13
c) “história de Bel e o dragão” – capítulo 14
15º SLIDE
- Estes acréscimos não podem ser aceitos, porque:
a) nunca se encontrou um manuscrito judaico que os contivesse em hebraico ou aramaico;
b) contém erros históricos e doutrinários que revelam sua inautenticidade.
16º SLIDE
- No livro de Daniel, temos duas importantes mensagens:
a) Deus honra aqueles que decidem servi-l’O mesmo diante de situações altamente adversas, como era o caso de Daniel e seus amigos na corte real pagã de Nabucodonosor;
b) a mais forte mensagem escatológica do Antigo Testamento, que faz de Daniel o verdadeiro "Apocalipse do Antigo Testamento", a mostrar que Deus está no pleno controle da história.
17º SLIDE   III – A CONTEMPORANEIDADE DE DANIEL
- Embora fale do passado e do futuro, Daniel, como parte da Palavra de Deus, é sempre uma mensagem atual (Is.40:8; Mt.24:35; I Pe.1:25).
- No entanto, além deste dado, que se aplica a todo o texto da Bíblia Sagrada, o livro do profeta Daniel possui algumas peculiaridades que nos são extremamente caras, importantes e indispensáveis, a nós que somos a geração do término da dispensação da graça, a geração do arrebatamento da Igreja.
18º SLIDE
- Daniel foi escrito durante um período de apostasia espiritual e nos mostra que é perfeitamente possível se manter fiel a Deus mesmo diante de todas as pressões e vicissitudes existentes no mundo.
- Esta fidelidade exige de nós alto preço, seja a fornalha de fogo ardente, seja a cova dos leões.
19º SLIDE
- O livro de Daniel mostra-nos, ainda, que, para manter esta fidelidade e termos condições de resistir às enormes pressões deste mundo, torna-se necessário termos integridade espiritual.
- A integridade espiritual somente é obtida mediante conhecimento e observância das Escrituras e uma vida de oração e de jejum.
20º SLIDE
- O livro de Daniel mostra-nos que a fidelidade a Deus não nos impede de termos uma efetiva ação na sociedade que nos cerca, mesmo sendo esta sociedade dominada pelo pecado.
- Esta efetiva ação na sociedade depende, sobretudo, de nossa integridade moral e espiritual, de nosso testemunho diante dos homens.
21º SLIDE
- O livro de Daniel também nos mostra que não é possível sermos fiéis em nossa peregrinação térrea se não escondermos em nosso coração a esperança do cumprimento das promessas do Senhor, se não pusermos como alvo a redenção eterna.
- Se perdermos a perspectiva da redenção, esta visão escatológica, corremos sério risco de perdermos a salvação (II Pe.3:3,4).
COLABORAÇÃO PARA O PORTAL ESCOLA DOMINICAL - EV. CARAMURU AFONSO FRANCISCO
 http://www.portalebd.org.br/classes/jovens-e-adultos/item/3491-4%C2%BA-trim-2014-li%C3%A7%C3%A3o-1-daniel-o-nosso-contempor%C3%A2neo-i-plano-de-aula.html

LIÇÃO 05 - A INSTITUIÇÃO DA MONARQUIA EM ISRAEL / SUBSÍDIOS / CLASSE ADULTOS

Apresentado pelo Comentarista das Revistas Lições Bíblicas Adultos da CPAD, pastor Osiel Gomes