SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Google+ Followers

Marcadores

Aborto ACONSELHAMENTO PRÉ-MATRIMÓNIAL Adolecentes Cristão ADOLESCENTES ADPB ADULTÉRIO ADULTOS Agradecimento Aniversario Apologética Cristã Arqueologia As Inquisições Assembleia de Deus Barack Obama Batismos Bíblia Brasil Casamento CGADB Ciência Círculo de Oração CLASSE BERÇARIO CLASSE BERÇÁRIO CLASSE DOS DISCIPULADOS CLASSE DOS DISCIPULANDO CLASSE DOS DISCIPULANDOS CLASSE JOVENS E ADULTOS CENTRAL GOSPEL CLASSE JOVENS E ADULTOS BETEL CLASSE MATERNAL Congresso CPAD Cruzada Curiosidades Cursos Departamento Infantil Depressão Desaparecido DESENHOS BIBLICOS Desfiles Dia do Pastor Discipulado Divórcio EBD EBO Escatologia Estudantes Estudos Eventos FALECIMENTO Família Filmes Galeria de Fotos Gospel Gratidão a Deus Hinos Antigos História Homenagens Homilética Homoxesualismo Ideologia de Gênero Idolatria Inquisição Islamismo Israel LIção de Vida Louvor Luto Maçonaria Mães Mensagens Ministério Missões MODISMOS Mundo Mundo Cristão MUSICAS EVANGÉLICAS Namoro Cristão Noivados Notícias Obreiros ONU Oração Pneumatologia política PRIMARIOS Psicopedagogia Pureza sexual Realidade Social Reforma Protestante RELIGIÕES Retiro Revista Central Gospel REVISTA CLASSE PRIMARIOS REVISTA CLASSE DOS PRE-ADOLESCENTES REVISTA CLASSE DOS ADOLESCENTES REVISTA CLASSE JARDIM DA INFANCIA REVISTA CLASSE JARDIM DA INFÂNCIA REVISTA CLASSE JUNIORES REVISTA DA CLASSE JOVENS. REVISTA DA CLASSE ADULTOS REVISTA DA CLASSE JUVENIS Revista Maternal Santa Ceia Saúde Seminário Sexualidade Subsídios Subsídios EBD Subsídios EBD Videos Templos Teologia Testemunho TRANSGÊNEROS Utilidade publica UTILIDADE PÚBLICA Vida de Adolecente videos Virgilha

06 novembro 2015

O PERIGOSO PECADO DA REBELIÃO


“Porque a rebelião é como pecado de feitiçaria, e o porfiar é como iniquidade e idolatria”.(1 Samuel 15.23)



Tudo começou quando Deus, através do profeta Samuel, ordena a Saul, o rei de Israel que destruísse totalmente a Amaleque é sua descendência (1Sm 15.1-3). A ordem de Deus era destruição total, como diz o versículo 3 “Fere a Amaleque, e destrói totalmente a tudo o que tiver, e nada lhe poupes; porém matarás homem e mulher, meninos e crianças de peito, bois e ovelhas, camelos e jumentos”. Pelo que se vê Saul não executou a vontade de Deus, porém, chegou se gabando de haver feito tudo o que Deus lhe ordenara: “... e este lhe disse:Bendito sejas tu do Senhor; executei as palavras do Senhor” (1Sm 15. 13b).

A OBEDIÊNCIA PARCIAL DE SAUL

Saul obedeceu parcialmente a ordem de Deus, pois poupou a Agague rei dos amalequitas, o melhor das ovelhas, dos bois, dos cordeiros e dos animais gordos (1Sm 15. 8,9).

O ORGULHO DE SAUL

Um dos pecados mais graves que tomava conta de Saul era o Orgulho, pois quando foi confrontado por Samuel, logo apareceu o seu orgulho. A Bíblia diz, que após ter voltado da batalha contra os amalequitas, a primeira coisa que Saul fez, foi levantar um MONUMENTO PARA SI (1Sm 15. 12). Esse foi o ponto de partida da REBELIÃO, pois Saul tinha no coração, que ele queria um altar para si próprio. Não queria que ninguém tivesse autoridade sobre ele, estava inchado e tomado de orgulho, que o levou a um pecado ainda mais grave, o da rebelião.

A FRUSTRAÇÃO E A DECEPÇÃO DE SAUL

Vendo que Samuel madrugou para encontrá-lo disse: “Bendito sejas tu do Senhor; executei as palavras do Senhor”(1Sm 15.13b). Ele era orgulhoso e manipulador, e, estava acostumado a racionalizar os acontecimentos, se esquecendo de que Deus se preocupa com os mínimos detalhes de sua vontade (1Sm 15. 11).  Ele não aceita racionalização com a verdade completa dos fatos. Saul estava tão acostumado mentir, que uma mentirinha a mais para ele não fazia diferença, mais para Deus fazia. E por essa causa ele perdeu o reinado.

SAUL É CONFRONTADO POR SAMUEL

Samuel pergunta: “Que balido, pois de ovelhas é este nos meus ouvidos e o mugido de bois que ouço?” (1Ms 15. 14). Saul gagueja ao falar, mas, tem que declarar a falta de compromisso com a execução da vontade de Deus. Samuel o coloca frente a frente com seu pecado, sem que Saul tivesse condições de escapulir, pois foi pego nas suas próprias palavras mentirosas e enganadoras.  Saul como todo desobediente, não aceitou ficar por culpado, e, coloca a culpa no povo, dizendo: “De Amaleque os trouxeram, porque o povo poupou o melhor das ovelhas e dos bois, para os sacrificar ao Senhor, teu Deus; o resto porem foi destruído”(1Sm 15. 15). O covarde nunca assume sua culpa, sempre coloca o povo como escudo de seus atos pecaminosos e rebeldes.

SAUL SE ESTRIBA NOS SEUS CAPRICHOS E NÃO SE ARREPENDE

Saul teria duas saídas: Arrepender-se ou permanecer em sua teimosia pecaminosa. Ele optou pela segunda. Quer dizer, além de não se arrepender ainda em uma atitude de muita covardia por parte daquele que era o rei de Israel, transferiu para o povo a culpa.

SAMUEL CONTINUA CONFRONTANDO A SAUL

Samuel fala da obediência, e diz: Eis que o obedecer é melhor do que sacrificar, e o atender, melhor do que a gordura de carneiros”(1Sm 15. 22b). Como disse o pr Jaime Kemp: “O interesse de Deus não se atem a aparência exterior; Ele nunca é enganado por desculpas ou pela lógica humana. Sua atenção se volta para o coração da pessoa e para sua disposição em obedecer”. Ele ainda diz : “Essa é uma das admoestações mais contundentes de toda Palavra. Ele destrói qualquer tentativa de adaptar o padrão divino às desculpas e às racionalizações humanas. Deus se agrada e é glorificado pela nossa obediência”. Por isso mesmo Samuel é duro e direto: “Porque a rebelião é como pecado de feitiçaria, e a obstinação é como a idolatria e culto a ídolos do lar”(1Sm 15. 23a). O Senhor nos ensina que a rebelião não é uma violação simples. Ela envolve a atuação demoníaca, bem como a insubordinação é comparada a idolatria e culto aos ídolos.

Tome muito cuidado com a Rebelião, pois, como vimos, não é um pecadinho não, pois se trata de FEITIÇARIA E IDOLATRIA. A Bíblia diz que nem os feiticeiros nem os idólatras herdarão o reino dos céus (Ap 21.8).

SAUL NÃO QUIS ARREPENDER-SE

Veja a maneira de arrependimento desse homem: “..., Pequei, pois transgredi o mandamento do Senhor e as suas palavras” “...honra-me, porém, agora diante doas anciãos do meu povo, e diante de Israel e volta comigo, para que adore ao Senhor teu Deus”(1Sm 15. 30). Podemos ver bem claro aqui, que Saul se preocupava muito mais com sua imagem diante do povo, que com sua condição diante de Deus. Ele resistiu à exortação de Deus feita pelo profeta, pondo-se em posição superior ao Senhor e fazendo-se juiz do que era certo ou errado. Saul recusou-se a receber a disciplina de Deus e o resultado foi rejeição do Senhor ao seu posto de rei sobre o seu povo Israel (1Sm 15.28).

Tomemos cuidado com esse grave pecado, pois o Senhor tomará de muitos rebeldes e insubordinados o castiçal, pois Ele resiste ao soberbo mais dá graça ao humilde.

Pr Daniel Nunes – Servo de Todos
http://www.pastordanielnunes.com.br/2012/04/o-perigoso-pecado-da-rebeliao.html