SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Marcadores

Aborto (11) ACONSELHAMENTO PRÉ-MATRIMÓNIAL (5) Adolecentes Cristão (2) ADOLESCENTES (3) ADPB (1) ADULTÉRIO (2) ADULTOS (9) Agradecimento (1) Aniversario (10) Apologética Cristã (10) Arqueologia (1) As Inquisições (1) Assembleia de Deus (5) Barack Obama (2) Batismos (29) Bíblia (3) Brasil (48) Casamento (25) CGADB (19) Ciência (6) Círculo de Oração (5) CLASSE BERÇARIO (10) CLASSE BERÇÁRIO (26) CLASSE BETEL JOVENS (37) CLASSE DOS DISCIPULANDOS (55) CLASSE JOVENS E ADULTOS CENTRAL GOSPEL (74) CLASSE JOVENS E ADULTOS BETEL (155) CLASSE MATERNAL (104) Congresso (49) CPAD (6) Cruzada (3) Curiosidades (3) Cursos (3) Departamento Infantil (5) Depressão (2) Desaparecido (4) DESENHOS BIBLICOS (1) Desfiles (3) Dia do Pastor (4) Discipulado (64) Divórcio (4) EBD (20) EBO (21) Escatologia (2) Estudantes (2) Estudos (506) Eventos (118) FALECIMENTO (5) Família (16) Filmes (18) Fome (1) Galeria de Fotos (12) Gospel (285) Gratidão a Deus (1) Hinos Antigos (3) História (4) Homenagens (3) Homilética (4) Homoxesualismo (3) Ideologia de Gênero (12) Idolatria (3) Inquisição (2) Islamismo (10) Israel (18) LIção de Vida (2) Louvor (1) Luto (42) Maçonaria (3) Mães (3) Mensagens (56) Ministério (34) Missões (148) MODISMOS (2) Mundo (610) Mundo Cristão (178) MUSICAS EVANGÉLICAS (3) Namoro Cristão (8) Noivados (1) Notícias (3156) Obreiros (9) ONU (4) Oração (1) Pneumatologia (1) política (121) Psicopedagogia (3) Pureza sexual (8) Realidade Social (17) Reforma Protestante (4) RELIGIÕES (3) Retiro (4) REVISTA CLASSE PRIMARIOS (230) REVISTA CLASSE DOS PRE-ADOLESCENTES (267) REVISTA CLASSE DOS ADOLESCENTES (280) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFÂNCIA (111) REVISTA CLASSE JUNIORES (243) REVISTA DA CLASSE JOVENS CPAD. (191) REVISTA DA CLASSE JOVENS. (319) REVISTA DA CLASSE ADULTOS (872) REVISTA DA CLASSE JOVENS E ADULTOS (411) REVISTA DA CLASSE JUVENIS (262) Revista Maternal (63) Santa Ceia (3) Saúde (45) Seminário (4) Sexualidade (7) Subsídios (1507) Subsídios EBD (1900) Subsídios EBD Videos (601) Templos (3) Teologia (5) Testemunho (1) TRANSGÊNEROS (2) Vida de Adolecente (5) videos (106) Virgilha (1)

03 novembro 2015

Sou cristão e descobri que o meu cônjuge é homossexual,o que devo fazer?


Num mundo relativista como o nosso onde os valores da família tem sido desconstruídos, volta e meia, alguém tem passado pelo drama em descobrir que o cônjuge é homossexual. 

Na igreja mesmo isso tem sido muito comum encontrar casos assim. Na verdade, inúmeras pessoas tem experimentado a dor em descobrir que aquele com que casou  vive a homossexualidade.  

Diante disso, alguns cristãos tem perguntado: O que devo fazer? Quais devem ser minhas atitudes diante a descoberta de que meu cônjuge tem atração homossexual?

Ora, a traição é um sentimento terrível, descobrir então que o cônjuge tem relacionamento homossexual é uma dor pior ainda.

 O que a Bíblia tem dizer sobre isso?

Bem, não quero ser simplista, mesmo porque, em casos tão complexos como esses, o simplismo em nada ajuda, contudo, acredito que algumas dicas se observadas e se aplicadas poderão ajudar aqueles que sofrem a dor da traição, senão vejamos:

1-) Coloque suas mágoas, decepções e frustrações nas mãos do Senhor
2-) Não se culpe pelo homossexualidade do seu cônjuge
3-) Tente perdoar o seu cônjuge
4-) Procure ajuda pastoral 
5-) Se necessário for, procure a ajuda de um terapeuta ou conselheiro cristão idôneo 
6-) Converse com seu cônjuge sobre o problema com toda transparência possível
7-) Tente levar o seu cônjuge ao entendimento que o homossexualismo não é vontade de Deus para  o ser humano e que as Escrituras Sagradas condenam esse tipo de comportamento
8-) Ore com seu cônjuge e pelo seu cônjuge
9-) Não tente enfrentar o problema sozinho. Por mais difícil que seja, compartilhe isso com um amigo próximo
10-) Evite agressões verbais, físicas e "pedradas" acusatórias, até porque, isso só irá piorar a situação
11-) Busque ao Senhor, entendendo que dele virá a força e a sabedoria necessária para superar o problema
12-) Decida amar e perdoar
13-) Ajude seu cônjuge a entender, confessar e a abandonar o pecado.

Agora, eu compreendo que a situação é extremamente complicada. À luz das Escrituras eu entendo que o ideal é haja perdão, reconciliação, bem como restauração do relacionamento conjugal, todavia, compreendo também que a pessoa ofendida possui o direito de se separar, fundamentando sua decisão no ensinamento de Jesus. (Mateus 19:3-10)

Renato Vargenshttp://renatovargens.blogspot.com.br/