SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Google+ Followers

Marcadores

Aborto ACONSELHAMENTO PRÉ-MATRIMÓNIAL Adolecentes Cristão ADOLESCENTES ADPB ADULTÉRIO ADULTOS Agradecimento Aniversario Apologética Cristã Arqueologia As Inquisições Assembleia de Deus Barack Obama Batismos Bíblia Brasil Casamento CGADB Ciência Círculo de Oração CLASSE BERÇARIO CLASSE BERÇÁRIO CLASSE DOS DISCIPULADOS CLASSE DOS DISCIPULANDO CLASSE DOS DISCIPULANDOS CLASSE JOVENS E ADULTOS CENTRAL GOSPEL CLASSE JOVENS E ADULTOS BETEL CLASSE MATERNAL Congresso CPAD Cruzada Curiosidades Cursos Departamento Infantil Depressão Desaparecido DESENHOS BIBLICOS Desfiles Dia do Pastor Discipulado Divórcio EBD EBO Escatologia Estudantes Estudos Eventos FALECIMENTO Família Filmes Galeria de Fotos Gospel Gratidão a Deus Hinos Antigos História Homenagens Homilética Homoxesualismo Ideologia de Gênero Idolatria Inquisição Islamismo Israel LIção de Vida Louvor Luto Maçonaria Mães Mensagens Ministério Missões MODISMOS Mundo Mundo Cristão MUSICAS EVANGÉLICAS Namoro Cristão Noivados Notícias Obreiros ONU Oração Pneumatologia política PRIMARIOS Psicopedagogia Pureza sexual Realidade Social Reforma Protestante RELIGIÕES Retiro Revista Central Gospel REVISTA CLASSE PRIMARIOS REVISTA CLASSE DOS PRE-ADOLESCENTES REVISTA CLASSE DOS ADOLESCENTES REVISTA CLASSE JARDIM DA INFANCIA REVISTA CLASSE JARDIM DA INFÂNCIA REVISTA CLASSE JUNIORES REVISTA DA CLASSE JOVENS CPAD. REVISTA DA CLASSE JOVENS. REVISTA DA CLASSE ADULTOS REVISTA DA CLASSE JOVENS E ADULTOS REVISTA DA CLASSE JUVENIS Revista Maternal Santa Ceia Saúde Seminário Sexualidade Subsídios Subsídios EBD Subsídios EBD Videos Templos Teologia Testemunho TRANSGÊNEROS Utilidade publica UTILIDADE PÚBLICA Vida de Adolecente videos Virgilha

19 dezembro 2015

Dinâmica da Lição 12: A bondade de Deus e os falsos profetas (Discipulando 4º Ciclo)

,


Professores e professoras observem alguns pontos importantes e valiosos para o bom crescimento e desenvolvimento de seu aluno e de sua sala:
1– Procure manter os dados pessoais de seus aluno(a)s sempre atualizados (endereço, telefone, e-mail, redes sociais, etc)
2– Antes de iniciar a aula procure se aproximar de cada aluno de sua classe:
- Cumprimente-os, abrace-os.
- Procure saber como foi a semana de cada um deles, e escute-os.
- Preste bastante atenção se há alguém que precise de algum tipo de atenção ou oração especial.
- Observe se existe algum visitante e/ ou aluno novato e faça-lhes uma apresentação muito especial para que ele sinta-se desejoso de voltar a sua sala.
3– Aconselhamos que antes da aula procure ver com seu secretário o nome dos aniversariantes para que após a aula você possa parabeniza-los, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo ou quem sabe uma simples lembrancinha.
4– Ao final da aula procure ver com o secretário de sua sala o nome das pessoas ausentes e durante a semana separe um momento onde você possa entrar em contato com ele(a), por meio de uma visita, um telefone ou rede sociais.
5– É importante que você como professor entenda a importância de cada atitude como a que recomendamos logo acima, a fim de que você possa desenvolver um vínculo afetivo com cada aluno, ele compreenderá o quanto você o ama e se importa com ele.
- Ao preparar a aula, você precisa lembrar que seu alvo é ensinar a palavra de Deus a fim de transformar a vida dos alunos. Para isso, tenha sempre em mente o que eles precisam saber, sentir e agir.
- Este é um momento de grande importância, quando você deverá atrair a atenção e o interesse da classe para o que será ensinado.
6 - Não esqueça que ministrar uma aula não significa apenas transmitir um amontoado de informações teológicas ou conhecimentos puramente pessoais sem a interação com a classe. É importante que os alunos sejam incentivados a participar no processo de aprendizagem.
- Apresentem o título da lição: A bondade de Deus e os falsos profetas.
– Agora, trabalhe o conteúdo da lição. – Para isso é importante que você apresente estratégias que estimule a participação dos alunos, valorize o conteúdo, reforce as aplicações e facilite a aprendizagem. Portanto, para não perder de vista o alvo da lição, use a criatividade, apresente domínio da matéria e observe se os alunos estão entendendo o assunto.
- Para concluir, utilize uma das dinâmicas logo abaixo: “Reconhecendo a bondade de Deus”.

Dinâmica – Reconhecendo a bondade de Deus

História: Um rei cético
Era uma vez um rei que não acreditava na bondade de Deus. Tinha, porém, um súdito que não o deixava esquecer. Em todas situações dizia: "- Meu rei, não desanime! tudo que Deus faz é perfeito. Ele nunca erra !" Um dia, o rei saiu para caçar e uma fera da floresta atacou. O súdito conseguiu matar o animal, porém não evitou que sua majestade perdesse um dedo da mão direita. O rei, furioso e sem mostrar agradecimento por ter sido salvo disse ao servo: "- Se Deus fosse bom eu não teria perdido o meu dedo." O servo respondeu: "- Meu rei... só posso dizer que Deus é bom, e que perder um dedo será para seu bem ! Tudo que Deus faz é perfeito. Ele nunca erra !!!" O rei, indignado mandou o súdito para a cadeia. O tempo passou e o rei saiu pra caçar. Nesse dia ele foi atacado por uma tribo de índios muito temidos, que faziam sacrifícios humanos para seus deuses. Quando já estava tudo pronto pra sacrificar o rei o sacerdote indígena, ao examinar a vitima, observou furioso: "- Este é defeituoso... não tem um dedo..não será aceito em sacrifício!" E o rei foi libertado. ao voltar pro palácio, aliviado, libertou o súdito e pediu que viesse a sua presença. ao ver o servo, abraçou-o e disse : "- Deus foi realmente bom comigo ! Escapei da morte porque não tinha um dos dedos. Mas tenho em meu coração uma grande dúvida: Se Deus é tão bom, por que permitiu que você fosse preso? Você, que tanto o defende ?!" O servo sorriu e disse: "- Meu rei, se eu estivesse junto nessa caçada, certamente seria sacrificado em teu lugar, pois não me falta dedo algum !" Portanto, lembre-se: sempre há um porquê para as coisas serem como são! Deus é perfeito. Ele nunca erra !
Autor: Desconhecido

Princípio moral: Desenvolver um coração grato por tudo de bom que Deus nos tem feito, apesar das negativas que nos sobrevem, não é tarefa fácil. Contudo, aqueles que praticam a gratidão conseguem benefícios ímpares em sua saúde física e mental, além de fortalecer seu relacionamento com Deus. O cristão que tem um coração agradecido mostra reconhecimento por um benefício que recebeu.  A gratidão gera uma corrente de emoções positivas, que beneficia tanto aqueles que a expressam como os que a recebem: O primeiro é a afirmação da bondade, ou seja, o reconhecimento que existem coisas boas no mundo, dádivas e benefícios que recebemos. O segundo é o reconhecimento de que a fonte dessa bondade encontra-se fora de nós mesmos, isto é, em Deus.
Princípio espiritual: Deus nos deu vida, e preparou um mundo especial para nos agradar. Ele é a fonte das nossas necessidades diárias. Mas, o discípulo de Cristo deve ver a bondade de Deus de outras formas, além das bênçãos materias. Considere alguns dos motivos espirituais para gratidão do servo de Deus por sua bondade:
Deus enviou a luz para os homens na pessoa de Jesus Cristo (Lucas 1:78; 2:38).
A salvação pela graça em Jesus (Romanos 7:25; 1 Coríntios 1:4; Colossenses 1:12).
O Senhor revelou a sua palavra de maneira que a podemos entender (Lucas 10:21).
Temos, em Cristo, a vitória sobre a morte (1 Coríntios 15:57).
Nossos irmãos oram e se preocupam conosco (2 Coríntios 1:11; 8:16; 9:11-15).
Deus Todo-Poderoso reina sobre todos (Apocalipse 4:9; 7:12; 11:7).
Discussão em grupo
- Dê a sua opinião pessoal sobre o comportamento de cada personagem da história: O rei e o súdito.
- Você já deixou de reconhecer a bondade de Deus em determinados momentos de sua vida?
- Você já deixou de demostrar bondade com alguém?
- Por que o súdito conseguia ver a bondade de Deus em tudo.
- A prática da bondade é uma obrigação ou uma opção?
- Como você tem praticado essa virtude cristã?



Professor, antes de dar esta aula pesquise com muito afinco todos os pontos abordados em seu Plano de Aula, pois não adianta falar só de achismo, ou porque conheceu este Blog e acha suficiente para dar aula. Entenda que eu não conheço a realidade social, psicológica, física e espiritual de seus alunos, por isso, tente chegar no âmago das dúvidas de seus alunos, não os faça de meros espectadores de um "show" de conhecimento, pois isso não será suficiente, o conteúdo precisa de aplicabilidade para a situação de vida de seus alunos e isso é o mais importante. Deguste à vontade o conhecimento, mas não ache que irá inculcá-lo de uma hora pra outra nos seus alunos, por isso procure ser criativo na exposição do assunto.

Desejamos que esta aula seja portadora de grandes frutos para vida de seus alunos!


Por Escriba Digital



Read more: http://euvoupraebd.blogspot.com/2015/12/dinamica-da-licao-12-bondade-de-deus-e.html#ixzz3ujy3rvLb