SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Google+ Followers

Marcadores

Aborto ACONSELHAMENTO PRÉ-MATRIMÓNIAL Adolecentes Cristão ADOLESCENTES ADPB ADULTÉRIO ADULTOS Agradecimento Aniversario Apologética Cristã Arqueologia As Inquisições Assembleia de Deus Barack Obama Batismos Bíblia Brasil Casamento CGADB Ciência Círculo de Oração CLASSE BERÇARIO CLASSE BERÇÁRIO CLASSE DOS DISCIPULADOS CLASSE DOS DISCIPULANDO CLASSE DOS DISCIPULANDOS CLASSE JOVENS E ADULTOS CENTRAL GOSPEL CLASSE JOVENS E ADULTOS BETEL CLASSE MATERNAL Congresso CPAD Cruzada Curiosidades Cursos Departamento Infantil Depressão Desaparecido DESENHOS BIBLICOS Desfiles Dia do Pastor Discipulado Divórcio EBD EBO Escatologia Estudantes Estudos Eventos FALECIMENTO Família Filmes Galeria de Fotos Gospel Gratidão a Deus Hinos Antigos História Homenagens Homilética Homoxesualismo Ideologia de Gênero Idolatria Inquisição Islamismo Israel LIção de Vida Louvor Luto Maçonaria Mães Mensagens Ministério Missões MODISMOS Mundo Mundo Cristão MUSICAS EVANGÉLICAS Namoro Cristão Noivados Notícias Obreiros ONU Oração Pneumatologia política PRIMARIOS Psicopedagogia Pureza sexual Realidade Social Reforma Protestante RELIGIÕES Retiro Revista Central Gospel REVISTA CLASSE PRIMARIOS REVISTA CLASSE DOS PRE-ADOLESCENTES REVISTA CLASSE DOS ADOLESCENTES REVISTA CLASSE JARDIM DA INFANCIA REVISTA CLASSE JARDIM DA INFÂNCIA REVISTA CLASSE JUNIORES REVISTA DA CLASSE JOVENS. REVISTA DA CLASSE ADULTOS REVISTA DA CLASSE JUVENIS Revista Maternal Santa Ceia Saúde Seminário Sexualidade Subsídios Subsídios EBD Subsídios EBD Videos Templos Teologia Testemunho TRANSGÊNEROS Utilidade publica UTILIDADE PÚBLICA Vida de Adolecente videos Virgilha

04 dezembro 2015

Fábrica chinesa de clones promete vacas, cavalos e até bebés


Xu Xiaochun, director de um ambicioso laboratório de clonagem chinês, não apenas prometeu «fabricar» milhares de vacas, cavalos e cães, mas também garante dispor da tecnologia necessária para duplicar seres humanos.


O grupo Boyalife e os seus parceiros estão a construir as suas gigantescas instalações na cidade de Tianjin (norte), que abrirão dentro de sete meses e onde esperam criar um milhão de vacas antes de 2020.

Mas os bovinos são apenas uma primeira etapa no ambicioso projecto de Xu Xiaochun, de 44 anos, director-geral da empresa, que também quer clonar cavalos puro-sangue e cães polícias.

A Boyalife, em colaboração com a empresa sul-coreana Sooam e a academia chinesa de ciências, já está a trabalhar na clonagem dos primatas que são usados na pesquisa científica. E no que diz respeito aos seres humanos, Xu garante que está tudo pronto.

«A tecnologia já existe (...) Se for autorizada, não acredito que haverá uma empresa melhor do que a Boyalife», garante Xu, afirmando que actualmente não está a realizar nenhuma clonagem.

Os valores mudam, diz em referência aos debates éticos e morais sobre a clonagem, e lembra como mudou por exemplo a percepção social da homossexualidade.

«Infelizmente hoje a única maneira de ter um filho é que seja uma mistura do seu pai e da sua mãe. Mas quem sabe no futuro haverá três possibilidades (...). Ou bem será 50 e 50, ou bem 100% do ADN do pai ou 100% do ADN da mãe», afirma.

A empresa considera que a sua actividade garante a biodiversidade e tem previsto criar em Tianjin um banco de genes que armazenará até cinco milhões de amostras de células congeladas, uma espécie de inventário das espécies ameaçadas à espera que possam ser regeneradas.

Sooam, o parceiro sul-coreano da Boyalife, já está a trabalhar no projeto de ressurreição de um mamute através de células com milhares de anos descobertas sob o gelo na Sibéria. Esta empresa também oferece aos seus clientes um serviço para clonar cães falecidos por um preço próximo a 100.000 dólares.

O fundador da Sooam, o sul-coreano Hwang Woo-Suk, anunciou em 2004 ter criado células de um embrião humano, algo que acabou por se revelar falso. No entanto, continua a ser reconhecido por ter criado, em 2005, o primeiro cão clonado, Snuppy.

Este ano, Hwang anunciou a sua intenção de trabalhar com empresas chinesas «porque as leis da Coreia do Sul sobre bioética proíbem o uso de óvulos humanos», explicou ao jornal sul-coreano Dong-A Ilbo, e não descartou usá-los no futuro.

Por enquanto, a sua parceira chinesa Xu Xiaochun aspira apenas em tornar-se um líder mundial na criação de carne bovina - «supervacas» clonadas com o mesmo ADN e cuja carne, promete, será tão saborosa quanto a famosa carne japonesa de Kobe.

Estes animais, garante, permitirão aos exploradores «matar menos e produzir mais» para atender ao crescimento da classe média na China.

«Num supermercado tudo é bom (...) todos têm a mesma forma, e até agora não conseguimos fazer o mesmo com os animais. Mas na nossa fábrica de clonagem, decidimos que iremos fazê-lo», afirma Xu.

Entretanto, não há consenso sobre se carne de animais clonados pode ter consequências negativas para a saúde. A Agência dos EUA para a Segurança dos Alimentos (Food and Drug Administration) garante que a carne é segura, mas o Parlamento Europeu quer proibi-la.