SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Google+ Followers

Marcadores

Aborto ACONSELHAMENTO PRÉ-MATRIMÓNIAL Adolecentes Cristão ADOLESCENTES ADPB ADULTÉRIO ADULTOS Agradecimento Aniversario Apologética Cristã Arqueologia As Inquisições Assembleia de Deus Barack Obama Batismos Bíblia Brasil Casamento CGADB Ciência Círculo de Oração CLASSE BERÇARIO CLASSE BERÇÁRIO CLASSE DOS DISCIPULADOS CLASSE DOS DISCIPULANDO CLASSE DOS DISCIPULANDOS CLASSE JOVENS E ADULTOS CENTRAL GOSPEL CLASSE JOVENS E ADULTOS BETEL CLASSE MATERNAL Congresso CPAD Cruzada Curiosidades Cursos Departamento Infantil Depressão Desaparecido DESENHOS BIBLICOS Desfiles Dia do Pastor Discipulado Divórcio EBD EBO Escatologia Estudantes Estudos Eventos FALECIMENTO Família Filmes Galeria de Fotos Gospel Gratidão a Deus Hinos Antigos História Homenagens Homilética Homoxesualismo Ideologia de Gênero Idolatria Inquisição Islamismo Israel LIção de Vida Louvor Luto Maçonaria Mães Mensagens Ministério Missões MODISMOS Mundo Mundo Cristão MUSICAS EVANGÉLICAS Namoro Cristão Noivados Notícias Obreiros ONU Oração Pneumatologia política PRIMARIOS Psicopedagogia Pureza sexual Realidade Social Reforma Protestante RELIGIÕES Retiro Revista Central Gospel REVISTA CLASSE PRIMARIOS REVISTA CLASSE DOS PRE-ADOLESCENTES REVISTA CLASSE DOS ADOLESCENTES REVISTA CLASSE JARDIM DA INFANCIA REVISTA CLASSE JARDIM DA INFÂNCIA REVISTA CLASSE JUNIORES REVISTA DA CLASSE JOVENS. REVISTA DA CLASSE ADULTOS REVISTA DA CLASSE JUVENIS Revista Maternal Santa Ceia Saúde Seminário Sexualidade Subsídios Subsídios EBD Subsídios EBD Videos Templos Teologia Testemunho TRANSGÊNEROS Utilidade publica UTILIDADE PÚBLICA Vida de Adolecente videos Virgilha

13 janeiro 2016

Lição 3, Esperando a Volta de JESUS 1º trimestre de 2016 - O Final de Todas as Coisas - Esperança e Glória Para os Salvos

Comentarista da CPAD: Pr. Elinaldo Renovato de Lima
Complementos, ilustrações, questionários e vídeos: Ev. Luiz Henrique de Almeida Silva
NÃO DEIXE DE ASSISTIR AOS VÍDEOS DA LIÇÃO ONDE TEMOS MAPAS, FIGURAS, IMAGENS E EXPLICAÇÕES DETALHADAS DA LIÇÃO
http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/videosebdnatv.htm
AQUI VOCÊ VÊ PONTOS DIFÍCEIS DA LIÇÃO - POLÊMICOS
Veja http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/licao13-vidasanta-aguardandoavindadejesus.htm
http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/licao6-vidasanta-exortacaoasantidade.htm
http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/licao10-vidasanta-avindadejesuseavigilanciadocrente.htm
 
 
TEXTO ÁUREO
"E o mesmo DEUS de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor JESUS CRISTO."(1 Ts 5.23)
 

VERDADE PRÁTICA
Com relação à volta de JESUS, só há dois tipos de crentes: os que serão arrebatados e os que ficarão.
 
 
LEITURA DIÁRIA
Segunda - Jo 14.3 JESUS prometeu voltar para buscar todos aqueles que são seus
Terça - Mt 24.43,44 A volta de JESUS será uma surpresa para muitos
Quarta - 1 Pe 3.15 Saber testemunhar a respeito da nossa esperança
Quinta - Jo 13.34, 35 Amor ao próximo é o que identifica os discípulos de JESUS
Sexta - 2 Pe 3.3,4 A falta de esperança na vinda do Senhor gera incredulidade
Sábado - Mt 24.12 O esfriamento do amor é um dos sinais da segunda vinda de JESUS

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE - Mateus 24.42-46
42 - Vigiai, pois, porque não sabeis a que hora há de vir o vosso Senhor. 43 - Mas considerai isto: se o pai de família soubesse a que vigília da noite havia de vir o ladrão, vigiaria e não deixaria que fosse arrombada a sua casa. 44 - Por isso, estai vós apercebidos também, porque o Filho do Homem há de vir à hora em que não penseis. 45 - Quem é, pois, o servo fiel e prudente, que o Senhor constituiu sobre a sua casa, para dar o sustento a seu tempo? 46 - Bem-aventurado aquele servo que o Senhor, quando vier, achar servindo assim.

OBJETIVO GERAL
Compreender que a volta de JESUS é iminente.
 
OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Mostrar que precisamos aguardar a volta do Senhor com fé e perseverança;
Explicar algumas atitudes errôneas diante da vinda de JESUS;
Compreender as atitudes do servo fiel ante a volta do Senhor.
 
INTERAGINDO COM O PROFESSORVocê crê na vinda iminente de JESUS? Então, não terá dificuldades em ensinar a lição de hoje. Infelizmente, muitos crentes já não creem mais na segunda vinda de JESUS. Porém, a certeza da vinda de CRISTO é a nossa real esperança. Ele virá e nos levará para o céu. Você almeja o céu? Definitivamente, este mundo tenebroso não é para nós. No céu não haverá mais dor, perda, sofrimento, morte, etc. As intempéries da vida vão ficar para trás.
É importante ressaltar, no decorrer da lição, que temos de esperar o Salvador em santidade. Enquanto ainda estivermos neste mundo temos de ter uma vida irrepreensível, corpo, alma e espírito. Também não podemos deixar de produzir frutos, trabalhando na seara do Mestre. Ainda temos muito trabalho a fazer. Existem muitos povos, tribos e nações que não conhecem nada ou quase nada a respeito da Palavra de DEUS. Como estes ouvirão e poderão aguardar a vinda de JESUS com alegria se não há quem pregue?
 
PONTO CENTRALEsperando a volta de JESUS de modo irrepreensível.
 
Resumo da Lição 3, Esperando a Volta de JESUS
I - AGUARDANDO A VOLTA DO SENHOR
1. Com fé e vigilância.
2. Cheio do ESPÍRITO SANTO.
3. Em santidade e em amor.
II - ATITUDES ERRÔNEAS DIANTE DA VINDA DE JESUS
1. Ignorar a vinda de JESUS.
2. Escarnecer das profecias.
III - ATITUDES DO SERVO FIEL ANTE A VOLTA DO SENHOR
1. Ter uma vida irrepreensível.
2. Não dar lugar à carne.
3. Dar frutos.
 
SÍNTESE DO TÓPICO I - Aguardando a volta do Senhor com fé e vigilância.
SÍNTESE DO TÓPICO II - Muitos crentes, erroneamente, ignoram a vinda de JESUS e escarnecem das profecias
SÍNTESE DO TÓPICO III - O servo fiel ante da volta do Senhor procura ter uma vida irrepreensível, dando muitos frutos.
 
SUBSÍDIO DIDÁTICO top1Professor, para tornar o ensino mais dinâmico e participativo, faça antes de iniciar o tópico, a seguinte indagação: "Temos de nos preocupar com a data da volta de JESUS ou em estar preparados para sua vinda?" Ouça os alunos com atenção e explique que durante o sermão do Monte das Oliveiras, JESUS mostrou que a nossa preocupação deve ser com o estar preparado. Se desejar, leia o texto a seguir para os alunos: "JESUS estava no Monte das Oliveiras, exatamente no lugar onde o profeta Zacarias havia predito que o Messias estaria quando viesse estabelecer o seu Reino (Zc 14.4). Era o momento apropriado para os discípulos perguntarem a JESUS quando Ele viria com todo o seu poder e o que poderiam esperar dEle. A resposta de JESUS enfatizou os acontecimentos antes do final daquela era. Ele lhes recomendou que se preocupassem menos com a data exata, e mais em estar preparados para a ocasião; deveriam viver totalmente de acordo com os mandamentos de DEUS, para que estivessem prontos para a sua volta" (Bíblia de Estudo Aplicação Pessoal. Rio de Janeiro: CPAD, p. 1267).
 
CONHEÇA MAIS
*A grande tribulação
“A grande aflição” (Mt 24.21). A palavra grega thlipsis significa ‘tribulação’ e é usada para definir sofrimentos terríveis, matanças e doenças. Todas os profetas
do Antigo Testamento preveem esse período anterior à grande intervenção redentora de DEUS em favor de seu povo no final da história. A referência que JESUS faz dessa tribulação como ‘nunca houve’ na história do mundo, se ajustará à visão profética do Antigo Testamento.”
Leia mais em Guia do Leitor da Bíblia, CPAD, p. 626.
 
SUBSÍDIO ESCATOLÓGICO top2"Cinco ilustrações em forma de parábola
Ao fim de seu discurso acerca da Tribulação e de sua segunda vinda, JESUS apresentou cinco parábolas como ilustração do que Ele acabara de ensinar. Houve a parábola da figueira (Mt 24.32-35), a ilustração sobre os dias de Noé (24.36-39), a comparação entre os dois homens e as duas mulheres (24.40,41), a ilustração do vigia sempre alerta (24.42-44) e a parábola do servo fiel e prudente (24.45-51). Todas estas ilustrações estão relacionadas às doutrinas ensinadas por CRISTO em Mateus 24" (LAHAYE, Tim. Enciclopédia Popular de Profecia Bíblica.1.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2008, p. 139).

SUBSÍDIO DIDÁTICO top3
Reproduza o esquema abaixo no quadro. Em seguida faça a seguinte indagação: "Quais são as atitudes que os crentes precisam ter ante a volta de JESUS?" Ouça seus alunos com atenção. Incentive a participação de todos. Em seguida complete, juntamente com a turma, o quadro. Leia as referências bíblicas com a classe.
 
ATITUDES DO SERVO FIEL ANTE A VOLTA DO SENHOR JESUS
Ter uma vida irrepreensível
Fp 2.15
Não dar lugar à carne
Gl 5.13,16
Dar fruto
Jo 15.16
Ler a palavra de DEUS e orar
Mt 22.19; Lc 22.40

PARA REFLETIR - A respeito da Escatologia Bíblica, responda:
JESUS exortou seus discípulos a serem vigilantes?
Sim. Ele afirmou: "Vigiai, pois, porque não sabeis a que hora há de vir o vosso Senhor" (Mt 24.42).
Como devemos aguardar a volta de JESUS?Com fé e vigilância, cheios do ESPÍRITO SANTO e em santidade
O que JESUS desejou mostrar com a Parábola das Dez Virgens?JESUS ensinou a Parábola das Dez Virgens (Mt 25) para mostrar o que significa estar pronto para o seu retorno.
O que é ser santo?Ser santo é ser separado, consagrado para o Senhor.
Quais as atitudes do servo fiel ante a volta de JESUS?Ter uma vida irrepreensível, não dar lugar à carne e dar frutos.
 
CONSULTE - Revista Ensinador Cristão - CPAD, nº 65, p. 37.
 
SUGESTÃO DE LEITURA
Santidade, Teologia Sistemática de Norman Geisler e Manual de Ensino para o Educador Cristão

 
 
Comentários de vários autores com alguma modificações do Ev. Luiz Henrique
Pontos difíceis e polêmicos discutidos durante a semana em nossos grupos de discussão no WhatsApp
 
Foi com os ensinos de JESUS que Paulo aprendeu que o crente deve estar preparado para a vinda do Senhor: compare Lucas 21.34 com 1 Tessalonicenses 5.4 (veja l Co 1.7-8; Fp 1.10-11; 1Ts3.13).
Lucas 21.34 E olhai por vós, não aconteça que os vossos corações se carreguem de glutonaria, de embriaguez, e dos cuidados da vida, e venha sobre vós de improviso aquele dia.
O noivo deve achar a noiva em santificação para que a possa conduzir à sua mansão celestial.
Esta é a vontade de DEUS: a vossa santificação; que eviteis a impureza; 1 Tessalonicenses 4:3
Pois DEUS não nos chamou para a impureza, mas para a santidade. 1 Tessalonicenses 4:7
Procurai a paz com todos e ao mesmo tempo a santidade, sem a qual ninguém pode ver o Senhor. Hebreus 12:14
É por sua graça que estais em JESUS CRISTO, que, da parte de DEUS, se tornou para nós sabedoria, justiça, santificação e redenção, 1 Coríntios 1:30
Mas agora, libertados do pecado e feitos servos de DEUS, tendes por fruto a santidade; e o termo é a vida eterna.Romanos 6:22
- eleitos segundo a presciência de DEUS Pai, e santificados pelo ESPÍRITO, para obedecer a JESUS CRISTO e receber a sua parte da aspersão do seu sangue. A graça e a paz vos sejam dadas em abundância. 1 Pedro 1:2
Nós, porém, sentimo-nos na obrigação de incessantemente dar graças a DEUS a respeito de vós, irmãos queridos de DEUS, porque desde o princípio vos escolheu DEUS para vos dar a salvação, pela santificação do ESPÍRITO e pela fé na verdade. 2 Tessalonicenses 2:13
Depositários de tais promessas, caríssimos, purifiquemo-nos de toda imundície da carne e do espírito, realizando plenamente nossa santificação no temor de DEUS. 2 Coríntios7:1
Contudo, ela poderá salvar-se, cumprindo os deveres de mãe, contanto que permaneça com modéstia na fé, na caridade e na santidade. 1 Timóteo 2:15
que cada um de vós saiba possuir o seu corpo santa e honestamente, 1 Tessalonicenses 4:4
Por uma só oblação ele realizou a perfeição definitiva daqueles que recebem a santificação. Hebreus 10:14
Vou-me servir de linguagem corrente entre os homens, por causa da fraqueza da vossa carne. Pois, como pusestes os vossos membros a serviço da impureza e do mal para cometer a iniqüidade, assim ponde agora os vossos membros a serviço da justiça para chegar à santidade. Romanos 6:19
que, segundo o ESPÍRITO de santidade, foi estabelecido Filho de DEUS no poder por sua ressurreição dos mortos; Romanos1:4
 
O DEUS da paz vos conceda santidade perfeita. Que todo o vosso ser, espírito, alma e corpo, seja conservado irrepreensível para a vinda de nosso Senhor JESUS CRISTO! 1 Tessalonicenses 5:23
 
Lição 13 - Aguardando a Vinda de JESUS
Lições Bíblicas do 3º Trimestre De 2005 Vida Santa Até A Volta De CRISTO: Conselhos Para Uma Vida Vitoriosa - Comentarista: Pr. Elinaldo Renovato De Lima - Livro Tema: 1e 2 Tessalonicenses
 
 
“Ora, irmãos, rogamos-vos, pela vinda de nosso Senhor JESUS  CRISTO e pela nossa reunião com ele, que não vos movais facilmente do vosso entendimento, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como de nós, como se o Dia de CRISTO estivesse já perto” (2 Ts 2.1,2).
 
Os sinais preditos na Bíblia indicam a iminente vinda de JESUS  para buscar sua Igreja. Como servos de DEUS, devemos vigiar e orar.
 
2 TESSALONICENSES 2.1,2,7,8; 3.6,7
2 TESSALONICENSES 2.1 Ora, irmãos, rogamos-vos, pela vinda de nosso Senhor JESUS  CRISTO e pela nossa reunião com ele, 2 que não vos movais facilmente do vosso entendimento, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como de nós, como se o Dia de CRISTO estivesse já perto. 3 Ninguém, de maneira alguma, vos engane, porque não será assim sem que antes venha a apostasia e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição, 4 o qual se opõe de se levanta contra tudo o que se chama DEUS ou se adora; de sorte que se assentará, como DEUS, no templo de DEUS, querendo parecer DEUS. 5 Não vos lembrais de que estas coisas vos dizia quando ainda estava convosco? 6 E, agora, vós sabeis o que o detém, para que a seu próprio tempo seja manifestado. 7 Porque já o mistério da injustiça opera; somente há um que, agora, resiste até que do meio seja tirado; 8 e, então, será revelado o iníquo, a quem o Senhor desfará pelo assopro da sua boca e aniquilará pelo esplendor da sua vinda;
2 TESSALONICENSES 3. 6 Mandamos-vos, porém, irmãos, em nome de nosso Senhor JESUS  CRISTO, que vos aparteis de todo irmão que andar desordenadamente e não segundo a tradição que de nós recebeu. 7 Porque vós mesmos sabeis como convém imitar-nos, pois que não nos houvemos desordenadamente entre vós,
 
LEITURAS
Segunda - Mt 24.36 Daquele dia e hora ninguém sabe MAS UNICAMENTE MEU PAI. 
36 Porém daquele Dia e hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, mas unicamente meu Pai.
O versículo 36 afirma que o Filho não sabe o tempo da sua volta. Esta expressão refere-se apenas ao tempo em que CRISTO esteve na terra. Certamente, quando JESUS  reassumiu a sua glória anterior (Jo 17.5), passou a conhecer a data da sua futura volta. Os santos da tribulação poderão saber o tempo da sua volta, observando os sinais dessa tribulação que CRISTO descreveu.
 
Terça - Mt 24.42 Esperando com vigilância
Vigiai, pois, porque não sabeis a que hora há de vir o vosso Senhor.
PORTANTO, VIGIAI. Vigiai (gr. gregoreo) é um imperativo presente e denota uma vigília constante no tempo atual. A razão para a vigília constante, hoje, e não apenas no futuro, é que os crentes dos dias atuais não sabem quando o Senhor virá buscá-los (ver Jo 14.3 nota). Não haverá sinais específicos de aviso para eles. Nunca devem presumir que Ele não poderá vir hoje (ver v. 44; cf. Mc 13.33-37). A volta de CRISTO para buscar a igreja pode ocorrer a qualquer dia.
NÃO SABEIS A QUE HORA. A advertência de CRISTO aos seus discípulos para estarem sempre apercebidos para a sua vinda, por não saberem quando ela se dará, cremos ser uma referência à volta de CRISTO, vindo do céu, para tirar do mundo os santos da Igreja, i.e., o arrebatamento (ver Jo 14.3 ). 
(1) JESUS  afirma claramente que sua vinda para levar os santos antes da tribulação será numa ocasião inesperada. Ele não somente declara que eles não sabem a hora (v. 42), mas também que Ele voltará à hora em que não pensais (v. 44). Isto indica claramente que haverá surpresa, espanto, e que os fiéis não saberão o momento certo da sua vinda. Assim sendo, para os santos da igreja, JESUS  virá num momento inesperado (v. 44). Isto claramente fala de surpresa, pasmo e rapidez nesta específica fase da vinda de CRISTO. Este evento é chamado de primeira fase da segunda vinda de CRISTO. 
(2) Quanto à vinda de CRISTO com poder e grande glória, para julgar o mundo depois da tribulação (v. 30; Ap 19.11-21), ela será aguardada e prevista v. 33; Lc 21.28). O cumprimento dos eventos e sinais durante a tribulação suscitará nos santos a certeza e a expectativa da ocasião da volta de CRISTO, ao passo que os santos da igreja dos dias atuais terão surpresa por ocasião do seu arrebatamento (ver 24.44; Jo 14.3). A vinda de CRISTO depois da tribulação é comumente chamada a segunda fase da
vinda de CRISTO.
 
Quarta - Mt 26.41 Esperando com oração 
Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o espírito está pronto, mas a carne é fraca.
Marcos 13.33 Olhai, vigiai e orai, porque não sabeis quando chegará o tempo.
Marcos 14.38 Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca.
Lucas 22 .40 E, quando chegou àquele lugar, disse-lhes: Orai, para que não entreis em tentação.
46 E disse-lhes: Por que estais dormindo? Levantai-vos, e orai para que não entreis em tentação.
Efésios 6.18 orando em todo tempo com toda oração e súplica no ESPÍRITO e vigiando nisso com toda perseverança e súplica por todos os santos
 
Quinta - 1 Pe 1.13-15 Esperando com santidade
Portanto, cingindo os lombos do vosso entendimento, sede sóbrios e esperai inteiramente na graça que se vos ofereceu na revelação de JESUS  CRISTO, 14 como filhos obedientes, não vos conformando com as concupiscências que antes havia em vossa ignorância; 15 mas, como pé santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver,
Lucas 12.35 Estejam cingidos os vossos lombos, e acesas, as vossas candeias.
Efésios 6.14 Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça,
Lucas 1.74 de conceder-nos que, libertados das mãos de nossos inimigos, o servíssemos sem temor,
75 em santidade e justiça perante ele, todos os dias da nossa vida.
2 Coríntios 7.1 Ora, amados, pois que temos tais promessas, purifiquemo-nos de toda imundícia da carne e do espírito, aperfeiçoando a santificação no temor de DEUS.
1 Tessalonicenses 4.3 Porque esta é a vontade de DEUS, a vossa santificação: que vos abstenhais da prostituição,

Sexta - Jo 13.34,35 Esperando com amor
34 Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que
também vós uns aos outros vos ameis.
35 Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros.
AMEIS UNS AOS OUTROS. O cristão é exortado a amar de um modo especial a todos os outros cristãos verdadeiros, quer sejam membros da sua igreja e da sua persuasão teológica, quer não. 
(1) Isso significa que o crente deve saber distinguir os cristãos verdadeiros daqueles cuja confissão de fé é falsa, observando a sua obediência a JESUS  CRISTO e sua lealdade às Sagradas Escrituras (5.24; 8.31; 10.27; Mt 7.21; Gl 1.9). 
(2) Isso significa que quem possui uma fé viva em JESUS  CRISTO e é leal à Palavra inspirada e inerrante de DEUS, conforme tal pessoa a compreende, e que resiste ao espírito modernista e mundano predominante em nossos tempos, é meu irmão em CRISTO e merece meu amor, consideração e apoio especiais. 
(3) Amar a todos os cristãos verdadeiros, inclusive os que não pertencem à minha igreja, não significa transigir ou acomodar minhas crenças bíblicas específicas nos casos de diferenças doutrinárias. Também não significa querer promover união denominacional. 
(4) O cristão nunca deverá transigir quanto à santidade de DEUS. É essencial que o amor a DEUS e à sua vontade, conforme revelados na sua Palavra, controlem e orientem nosso amor ao próximo. O amor a DEUS deve sempre ocupar o primeiro lugar em nossa vida (Mt 22.37,39).
13.35 CONHECERÃO QUE SOIS MEUS DISCÍPULOS. O amor (gr. agape) deve ser a marca distintiva dos seguidores de CRISTO (1 Jo 3.23; 4.7-21). Este amor é, em suma, um amor abnegado e sacrificial, que visa ao bem do próximo (1 Jo 4.9,10). Por isso, o relacionamento entre os crentes deve ser caracterizado por uma solicitude dedicada e firme, que vise altruisticamente a promover o sumo bem uns dos outros. Os cristãos devem ajudar uns aos outros nas provações, evitar ferir os sentimentos e a reputação uns dos outros e negar-se a si mesmos para promover o mútuo bem-estar (cf 1 Jo 3.23; 1 Co 13; 1 Ts 4.9; 1 Pe 1.22; 2 Ts 1.3; Gl 6.2; 2 Pe 1.7).
 
Sábado - Ef 5.18 Esperando cheio do ESPÍRITO SANTO
E não vos embriagueis com vinho, em que há contenda, mas enchei-vos do ESPÍRITO,
VINHO. A declaração de Paulo no versículo 18, demonstra que a plenitude do ESPÍRITO SANTO depende do modo como o crente corresponde à graça que lhe é dada para viver em santificação. Isso quer dizer que a pessoa não pode estar "embriagada com vinho" e, ao mesmo tempo, "cheia do ESPÍRITO". Paulo adverte todos os crentes a respeito das obras da carne; que os que cometem tais coisas "não herdarão o reino de DEUS" (Gl 5.19-21; cf. Ef 5.3-7). Além disso, "os que cometem tais coisas" (Gl 5.21) não terão a presença interior do ESPÍRITO SANTO, nem a sua plenitude. Noutras palavras, não ter "o fruto do ESPÍRITO" (Gl 5.22,23) é perder a plenitude do ESPÍRITO (Ef 5.18; ver At 8.21).
5.18 ENCHEI-VOS DO ESPÍRITO. "Enchei-vos" (imperativo passivo presente) tem o significado, em grego, de "ser enchido repetidas vezes". A vida espiritual do filho de DEUS deve experimentar a renovação constante (3.14-19; 4.22-24; Rm 12.2), mediante enchimentos repetidos do ESPÍRITO SANTO. 
(1) O cristão deve ser batizado no ESPÍRITO SANTO após a conversão (ver At 1.5; 2.4), mas também deve renovar-se no ESPÍRITO repetidas vezes, para adoração a DEUS, serviço e testemunho (ver At 4.31-33). 
(2) Experimentamos enchimentos repetidos do ESPÍRITO SANTO quando mantemos uma fé viva em JESUS  CRISTO (Gl 3.5), estamos repletos da Palavra de DEUS (Cl 3.16), oramos, damos graças e cantamos ao Senhor (1 Co 14.15; Ef 5.19,20), servimos ao próximo (Ef 5.21 ) e fazemos aquilo que o ESPÍRITO SANTO quer (Rm 8.1-14; Gl 5.16ss.; Ef 4.30; 1 Ts 5.19). 
(3) Alguns resultados de ser cheio do ESPÍRITO SANTO são: 
(a) falar com alegria a DEUS, em salmos, hinos e cânticos espirituais (v. 19), 
(b) dar graças (v. 20) e 
(c) sujeitar-nos uns aos outros (v. 21).
 
COMENTÁRIO/INTRODUÇÃO 
A vinda de JESUS deve ser a memória cristã sempre atual e atuante em nossos dias.
Esperar a hora e o dia é ser sábio e prudente, pois os sinais da volta de JESUS são claros e cada dia mais são espantosos pelo seu cumprimento das escrituras; quanto ao dia do Senhor, ou da ira de DEUS, ainda acontecerá após o arrebatamento e então com a ida do ESPÍRITO SANTO ao encontro de JESUS, conduzindo sua noiva, a igreja, nesta oportunidade o Anticristo se manifestará, seu intento é destruir os judeus e tudo o que nomeia DEUS. O fim do governo do Anticristo acontecerá na batalha do Armagedom e conseqüente derrota de seus exércitos por CRISTO e Seu poder. Ainda nesta lição veremos como tratar com os desordeiros e falsos mestres que se infiltram na igreja.
 
I. A ESPERA COM SABEDORIA E PRUDÊNCIA 
Gl 1.6 Admiro-me de que vocês estejam abandonando tão rapidamente aquele que os chamou pela graça de CRISTO, para seguirem outro evangelho 7 que, na realidade, não é o evangelho. O que ocorre é que algumas pessoas os estão perturbando, querendo perverter o evangelho de CRISTO. 8 Mas ainda que nós ou um anjo dos céus pregue um evangelho diferente daquele que lhes pregamos, que seja amaldiçoado! 9 Como já dissemos, agora repito: Se alguém lhes anuncia um evangelho diferente daquele que já receberam, que seja amaldiçoado! 
A idéia é que somente a Palavra inspirada de DEUS deve ser aceita como doutrina de DEUS, transmitida oralmente por JESUS e seus apóstolos, incluindo-se aqui, Lucas, Marcos, Paulo e Tiago.
Os mestres e escritores de cartas que aparecessem dizendo-se portadores da Palavra de DEUS, deveriam ser colocados à prova e analisadas suas palavras de acordo com os escritos dos mencionados acima.
Nossa vigilância e santidade são nossa garantia de estarmos prontos para o tão esperado dia do arrebatamento, quando CRISTO virá nos buscar.
toda seita ou grupo herético tem um líder com uma profecia que diferente do que está na Bíblia e leva após si inúmeros incautos e ignorantes das escrituras.
2 TESSALONICENSES 2.1 Ora, irmãos, rogamos-vos, pela vinda de nosso Senhor JESUS  CRISTO e pela nossa reunião com ele,2.1 A VINDA DE NOSSO SENHOR JESUS  CRISTO. Na sua primeira epístola aos Tessalonicenses, Paulo garantiu que todos os crentes verdadeiros serão arrebatados para encontrar o Senhor nos ares e assim ficarão para sempre com Ele (1 Ts 4.13-18). Esse evento os livraria da ira futura de DEUS sobre a terra (1 Ts 1.10; 5.9,10). Agora, porém, os falsos mestres ensinavam que o Dia de Senhor ("Dia de CRISTO") já havia começado, e que a ira final de DEUS estava sendo derramada sobre a terra.
2 TESSALONICENSES 2.2 que não vos movais facilmente do vosso entendimento, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como de nós, como se o Dia de CRISTO estivesse já perto.2.2 NÃO VOS MOVAIS FACILMENTE... NEM VOS PERTURBEIS. Os tessalonicenses estavam perturbados por causa do que os falsos mestres estavam ensinando sobre o Dia do Senhor. Paulo lhes escreveu para não se alarmarem, porque o dia da ira de DEUS ainda não era chegado. Duas coisas assinalarão essa chegada: 
(1) Haverá uma "apostasia" específica; e 
(2) Manifestar-se-á "o homem do pecado" (v. 3). Paulo declara, em seguida, que esses dois eventos não se cumprirão enquanto "um que, agora, resiste... seja tirado" (v.7). As palavras de Paulo: "quer por espírito, quer por palavra", talvez indiquem que os falsos ensinos eram transmitidos através de línguas, com interpretação, ou através de profecia (ver 1 Co 14.29).
 
PALAVRAS DE EXORTAÇÃO
1. Eleitos desde o principio (2 Ts 2.13-17). Paulo eleva mais uma gratidão a DEUS pelos crentes tessalonicenses (v.13). Seu pastor, dirigente e professor da Escola Dominical louvam a DEUS por sua vida? Afirma Paulo que os tessalonicenses foram eleitos “desde o princípio para a salvação, em santificação do ESPÍRITO e fé da verdade” (v.13).
Observemos: a eleição antecede a predestinação conforme Ef 1.4. Há quem propague uma eleição e predestinação extra-bíblicas, que priva o ser humano do livre-arbítrio. DEUS, porém, é justo; não faz acepção de pessoas (Dt 10.17; Ml 2.9; At 10.34; Rm 2.11; Tg 2.9). Ele não criou uns para a salvação e outros para a perdição eterna. Como JESUS  morreu por toda a humanidade, todo o que nEle crê será salvo.
2. DEUS guarda o crente do maligno (2 Ts 2,3). Oremos uns pelos outros para que nos guarde “dos homens maus e dissolutos, porque a fé não é de todos”. Os obreiros, por sua vez, devem orar para que DEUS guarde os crentes (v.3).
3. Como lidar com os desordenados na igreja (2 Ts 3.6-15).  
2 TESSALONICENSES 3.6 Mandamos-vos, porém, irmãos, em nome de nosso Senhor JESUS  CRISTO, que vos aparteis de todo irmão que andar desordenadamente e não segundo a tradição que de nós recebeu.
3.6 TODO IRMÃO QUE ANDAR DESORDENADAMENTE. Esses que andavam desordenadamente eram desocupados e inimigos do trabalho. Tiravam proveito da generosidade da igreja (cf. 1 Ts 4.9,10) e dependiam, também, dos irmãos que ganhavam a vida trabalhando normalmente (vv. 6-15). 
(1) Paulo diz que tais pessoas devem ser disciplinadas mediante a recusa de lhes dar sustento e o privá-los da comunhão da igreja (vv. 6,14). 
(2) Embora Paulo ensine que se ajude aos verdadeiramente necessitados, ele não ensina, em parte alguma, que se deva dar comida ou dinheiro às pessoas em perfeitas condições físicas de trabalho, que não querem emprego fixo para ganhar a vida (cf. v. 10).
7 Porque vós mesmos sabeis como convém imitar-nos, pois que não nos houvemos desordenadamente entre vós,1 Coríntios 4.16 Admoesto-vos, portanto, a que sejais meus imitadores.
1 Coríntios 11.1 Sede meus imitadores, como também eu, de CRISTO.
1 Tessalonicenses 1.6 E vós fostes feitos nossos imitadores e do Senhor, recebendo a palavra em muita tribulação, com gozo do ESPÍRITO SANTO, 7 de maneira que fostes exemplo para todos os fiéis na Macedônia e Acaia.
Na igreja de Tessalônica (como ocorre em nossos dias), existem pessoas desocupadas, desobedientes, irreverentes com as coisas santas, problemáticas e que querem viver sem trabalhar.
a) Apartar-se do desordenado (3.6). Esta doutrina pode parecer dura. Mas a comunhão de que desfrutamos com o santos, na igreja, é algo muito sério e sublime; não pode ser compartilhada com quem afronta a santidade do Senhor (Rm 16.17; 1 Tm 6.5). O apóstolo evoca seu próprio exemplo de integridade (vv. 7-9). Determina ele que, “em nome de nosso Senhor JESUS  CRISTO”, devemos apartar-nos “de todo o irmão que andar desordenadamente” (v 6).
b) Se não trabalham, não comam (v.10). Paulo deixa bem claro: não deve haver tolerância com os desordenados e desocupados. O ensino do apóstolo é incisivo: “...se alguém não quer trabalhar, não coma também...”. Os tais, além de viverem na ociosidade, intrometiam-se na vida dos outros (vv.11, 12). A Bíblia reprova e execra a preguiça e à ociosidade (Pv 6.6-9; 12.27; 15.19).
 
“Tanto o apóstolo Paulo quanto CRISTO revelam um quadro difícil da condição de grande parte da igreja — moral, espiritual e doutrinariamente — à medida que a era presente chega ao seu fim (cf. Mt 24.5,10-13,24; 1 Tm 4.1; 2 Tm 4.3,4). Paulo, principalmente, ressalta que nos últimos dias elementos ímpios ingressarão nas igrejas em geral.
Essa ‘apostasia’ dentro da igreja terá duas dimensões. (i) A apostasia teológica, que é o desvio de parte ou totalidade dos ensinos de CRISTO e dos apóstolos, ou a rejeição deles (1 Tm 4.1; 2 Tm 4.3). Os falsos dirigentes apresentarão uma salvação fácil e uma graça divina sem valor, desprezando as exigências de CRISTO quanto ao arrependimento, à separação da imoralidade, e à lealdade a DEUS e seus padrões (2 Pe 2.1-3, 12-19). Os falsos evangelhos, voltados a interesses humanos, necessidades e alvos egoístas, gozarão de popularidade. (ii) A apostasia moral, que é o abandono da comunhão salvífica com CRISTO e o envolvimento com o pecado e a imoralidade. Esses apóstatas poderão até anunciar a sã doutrina bíblica, e mesmo assim nada terem com os padrões morais de DEUS (Is 29.13; Mt 23.25-28). Muitas igrejas permitirão quase tudo, para terem muitos membros, dinheiro, sucesso e prestígio (ver 1 Tm 4.1 nota). O evangelho da cruz, com o desafio de sofrer por CRISTO (Fp 1.29), de renunciar todo pecado (Rm 8.13), de sacrificar-se pelo reino de DEUS e de renunciar a si mesmo, será algo raro (Mt 24.12; 2 Tm 3.1-5; 4.3).” (Bíblia de Estudo Pentecostal. RJ: CPAD, 1995, p.1856). Leia mais Revista Ensinador Cristão CPAD, no 23, pág. 42.
 
Referências Bibliográficas (outras estão acima)
Bíblia de estudo - Aplicação Pessoal.
Bíblia de Estudo Almeida. Revista e Atualizada. Barueri, SP: Sociedade Bíblica do Brasil, 2006.
Bíblia de Estudo Palavras-Chave Hebraico e Grego. Texto bíblico Almeida Revista e Corrigida.
Bíblia de Estudo Pentecostal. Traduzida em português por João Ferreira de Almeida, com referências e algumas variantes. Revista e Corrigida, Edição de 1995, Flórida- EUA: CPAD, 1999.
BÍBLIA ILUMINA EM CD - BÍBLIA de Estudo NVI EM CD - BÍBLIA Thompson EM CD.
CPAD - http://www.cpad.com.br/ - Bíblias, CD'S, DVD'S, Livros e Revistas. BEP - Bíblia de Estudos Pentecostal.
VÍDEOS da EBD na TV, DE LIÇÃO INCLUSIVE - http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/videosebdnatv.htm
www.ebdweb.com.br - www.escoladominical.net - www.gospelbook.net - www.portalebd.org.br/
http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/alianca.htm
Dicionário Vine antigo e novo testamentos - CPAD
Dicionário Bíblico Wycliffe - Charles F. Pfeiffer, Howard F. Vos, John Rea - CPAD
3º Trimestre De 2005 - Vida Santa Até A Volta De CRISTO: Conselhos Para Uma Vida Vitoriosa - Comentarista: Pr. Elinaldo Renovato De Lima - Livro Tema: 1e 2 Tessalonicenses
1- Fortalecendo A Fé Ante A Vinda De CRISTO  
2- A Defesa De Um Ministério Frutífero  
 3- O Árduo Trabalho Missionário  
4- A Mensagem De DEUS Nos Corações   
5- Fortalecendo A Fé Dos Irmãos   
6- Exortação À Santidade   
7- Exortação Ao Amor Fraternal   
8- Trabalhando Sem Ansiedade   
9- A Vinda De JESUS E A Ressurreição Dos Santos   
10- A Vinda De JESUS E A Vigilância Do Crente   
11- A Vinda De JESUS E A Conduta Cristã  
12- A Vinda De JESUS E O Juízo Sobre Os Ímpios   

13- Aguardando A Vinda De JESUS
fonte http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/ebd-henr.htm