SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Google+ Followers

09 abril 2016

Pelo menos 500 pessoas são assassinadas e igrejas incendiadas em novos ataques na Nigéria


Pelo menos 500 pessoas foram assassinadas em novos ataques realizados pelos 'pastores Fulani' em mais de 10 aldeias no norte da Nigéria.

Segundo informações da agência humanitária 'Christian Solidarity Worldwide (CSW)', as aldeias em Agatu permanecem vigiadas pelos pastores muçulmanos. Os mais recentes ataques aconteceram logo depois que as forças de segurança expulsaram o grupo de mais cinco comunidades por eles ocupadas no estado de Benue.

O Chefe Elias Ekoyi Obekpa, líder da tribo Idoma, no Estado de Benue, divulgou os últimos ataques. 

O senador David Mark, que representa a área e que visitou a região de Agatu no mês passado, disse que pelo menos 500 pessoas morreram durante os ataques. Ele acrescentou: "Todas as escolas primárias e pós-primárias, centros de saúde, centros de culto, bem como a estação de polícia na área foram incendiadas".

Ataques realizados pelos 'pastores Fulani' também estão ocorrendo em áreas do estado de Benue, povoadas pela tribo Tiv.

Em abril, o padre Aniako Celestine, da Igreja Católica Ukana de São José, no estado de Enugu foi sequestrado por 'pastores Fulani' enquanto viajava para sua casa em Ezeagu. Os sequestradores usaram o telefone celular do padre para exigir um resgate 35.500 libras por sua libertação. CpadNews
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AS 10 MAIS VISITADAS