SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Google+ Followers

20 maio 2016

Lição 9, A Nova Vida em CRISTO 2º trimestre de 2016 - Maravilhosa Graça - O Evangelho de JESUS CRISTO Revelado Na Carta Aos Romanos

Comentarista da CPAD: Pr. José Gonçalves
Complementos, ilustrações, questionários e vídeos: Ev. Luiz Henrique de Almeida Silva
NÃO DEIXE DE ASSISTIR AOS VÍDEOS DA LIÇÃO ONDE TEMOS MAPAS, FIGURAS, IMAGENS E EXPLICAÇÕES DETALHADAS DA LIÇÃO
http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/videosebdnatv.htm
AQUI VOCÊ VÊ PONTOS DIFÍCEIS DA LIÇÃO - POLÊMICOS
 
 
TEXTO ÁUREO"Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de DEUS, que apresenteis o vosso corpo em sacrifício vivo, santo e agradável a DEUS, que é o vosso culto racional". (Rm 12.1)

VERDADE PRÁTICAA nova vida em CRISTO consiste em viver fervorosamente a vitória da cruz.
 
LEITURA DIÁRIA
Segunda - Jo 3.16 - O Reino de DEUS é para todos aqueles que creem, não somente para o judeu
Terça - Jo 3.3 - Para fazer parte do Reino é necessário nascer de novo
Quarta - 2 Co 5.17 - Se alguém está em CRISTO é uma nova criatura e tudo se fez novo
Quinta - Jo 3.5,6 - A regeneração pela água e pelo ESPÍRITO nos torna novas criaturas
Sexta - Cl 2.6,7 - Receber a JESUS como salvador é o início da vida cristã
Sábado - Cl 2.11 - Como novas criaturas fomos circuncidados em JESUS CRISTO
 
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE - Romanos 12.1-12
1 - Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de DEUS, que apresenteis o vosso corpo em sacrifício vivo, santo e agradável a DEUS, que é o vosso culto racional. 2 - E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de DEUS. 3 - Porque, pela graça que me é dada, digo a cada um dentre vós que não saiba mais do que convém saber, mas que saiba com temperança, conforme a medida da fé que DEUS repartiu a cada um. 4 - Porque assim como em um corpo temos muitos membros, e nem todos os membros têm a mesma operação, 5 - assim nós, que somos muitos, somos um só corpo em CRISTO, mas individualmente somos membros uns dos outros. 6 - De modo que, tendo diferentes dons, segundo a graça que nos é dada: se é profecia, seja ela segundo a medida da fé; 7 - se é ministério, seja em ministrar; se é ensinar, haja dedicação ao ensino; 8 - ou o que exorta, use esse dom em exortar; o que reparte, faça-o com liberalidade; o que preside, com cuidado; o que exercita misericórdia, com alegria. 9 - O amor seja não fingido. Aborrecei o mal e apegai-vos ao bem. 10 - Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros. 11 - Não sejais vagarosos no cuidado; sede fervorosos no espírito, servindo ao Senhor; 12 - alegrai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, perseverai na oração;
 
OBJETIVO GERAL - Mostrar que a nova vida em CRISTO consiste em viver em santidade.
 
OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Apontar que precisamos viver a nova vida de maneira que agrade a DEUS;
Explicar a necessidade de se usar os dons com sabedoria e humildade;
Compreender que como novas criaturas precisamos exercitar o amor, o serviço cristão e resistir a todo o mal.
 
INTERAGINDO COM O PROFESSORProfessor, desejamos que o estudo da Epístola aos Romanos contribua para o seu crescimento e de seus alunos. Esta é a mais importante Carta de Paulo. Segundo Lawrence Richards, Romanos é "a pedra angular da teologia do Novo Testamento".
Na lição de hoje estudaremos o capítulo doze. A partir desse capítulo o apóstolo Paulo passa a tratar de questões mais práticas. Como novas criaturas precisamos evidenciar a nossa fé mediante as nossas ações. Paulo mostra que depois de experimentar da graça divina não é mais possível viver segundo as normas ou a maneira de pensar deste mundo pecaminoso (Rm 12.1,2). O apóstolo também mostra que como novas criaturas, pertencemos a um corpo, o "Corpo de CRISTO". Cada membro desse Corpo recebeu dons e talentos e estes precisam ser usados com humildade, amor, sabedoria, contribuindo para o bem-estar de todos.

PONTO CENTRAL
A nova vida em CRISTO deve ser evidenciada mediante as nossas ações.
 
Resumo da Lição 9, A Nova Vida em CRISTO
I - EM RELAÇÃO A MORDOMIA DA ADORAÇÃO CRISTÃ (Rm 12.1,2)
1. Uma exortação em forma de apelo.
2. Uma palavra concernente ao corpo.
3. Uma palavra concernente à mente.
II - EM RELAÇÃO À MORDOMIA DO EXERCÍCIO DOS DONS (Rm 12.3-8)
1. Exercitá-los com moderação e humildade.
2. Exercitá-los respeitando sua diversidade.
3. Exercitá-los com esmero e regularidade.
III - EM RELAÇÃO À MORDOMIA DA PRÁTICA DAS VIRTUDES CRISTÃS (Rm 12.9-21)
1. Exercitar o amor.
2. Exercitar o serviço cristão.
3. Exercitar a resistência ao mal.

SÍNTESE DO TÓPICO I - 
DEUS deseja que vivamos cada dia da nova vida para Ele.
SÍNTESE DO TÓPICO II - Os dons são resultado da graça divina e devem ser usados com amor e humildade, beneficiando todo o Corpo de CRISTO.
SÍNTESE DO TÓPICO III - Como novas criaturas, o amor precisa moldar nosso comportamento e ser a razão do nosso serviço.
 
SUBSÍDIO BIBLIOLÓGICO top 1"Até o capítulo 11, Paulo desenvolveu uma argumentação teológica acerca de algumas doutrinas pertinentes à Soteriologia Bíblica. A partir do capítulo 12, ele disseca essas doutrinas sobre a salvação em uma realidade prática. É o Cristianismo vivido e experimentado. É a vida cristã demonstrada através das relações pessoais com DEUS, com os irmãos na fé, com as pessoas de fora, com as autoridades constituídas e com as responsabilidades para com a igreja. Não basta conhecer a Teologia do Pecado, da Justificação, da Santificação, teoricamente. É preciso ter experimentado isso tudo, para poder viver vitoriosamente no ESPÍRITO. Nos capítulos anteriores, Paulo apresenta o pecado e suas consequências, bem como, o plano de salvação. Já, a partir do capítulo 12, temos o plano da salvação na prática. O Evangelho não é apenas poder para salvar o homem dos seus pecados, mas é também, poder para viver diariamente uma vida vitoriosa e poderosa contra o pecado, contra o mundo e contra o Diabo. Uma vez justificado pela fé, o crente é também capacitado para tornar-se na prática, um vitorioso contra o pecado" (CABRAL, Elienai. Romanos: O Evangelho da Justiça de DEUS. 5.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2005, p.133).

CONHEÇA MAIS top 1
Conformeis (12.2) J. B. Phillips captou o significado dessa exortação numa paráfrase poderosa. 'Não permita que o mundo ao seu redor o bitole de acordo com o seu molde'. O mundo exerce toda a sorte de pressão para nos forçar a adotar sua maneira de pensar. Os crentes, no entanto, não são manipuláveis. Não temos que nos conformar. Podemos ser transformados por DEUS em nosso interior". Para conhecer mais leia Guia do Leitor da Bíblia, CPAD, p. 748.
 
SUBSÍDIO BIBLIOLÓGICO top 2"Paulo usou o exemplo do corpo humano para ensinar como os cristãos devem viver e trabalhar juntos. Assim como os membros do corpo funcionam sob o comando do cérebro, também os cristãos devem trabalhar juntos sob o comando e a autoridade de JESUS CRISTO.
DEUS nos dá muitas habilidades e dons para que possamos edificar a sua igreja. Para usá-los eficientemente, devemos: (1) entender que todas as nossas habilidades e todos os nossos dons vêm de DEUS; (2) entender que nem todos são dotados das mesmas habilidades e dos mesmos dons; (3) saber quem somos e o que fazemos melhor; (4) dedicar nossas habilidades e nossos dons ao serviço de DEUS, não para alcançar sucesso pessoal; (5) estar dispostos a empregar as habilidades e os dons que temos com todo o nosso coração, colocando tudo à disposição da obra de DEUS, sem reter coisa alguma.
Os dons de DEUS diferem quanto à sua natureza, poder e eficiência, de acordo com sua sabedoria e bondade, não conforme a nossa fé (12.6). DEUS deseja conceder-nos o poder espiritual necessário para desempenharmos cada uma de nossas responsabilidades. Mas não podemos obter mais habilidades e dons mediante nosso esforço e nossa determinação para nos tornarmos servos ou mestres mais eficientes. DEUS concede os dons à sua igreja, distribui a fé e o seu poder conforme a sua vontade. Nossa tarefa é sermos fiéis e procurarmos formas de servir aos outros com aquilo que CRISTO nos dá" (Bíblia de Estudo Aplicação Pessoal. Rio de Janeiro: CPAD, p.1572).

SUBSÍDIO BIBLIOLÓGICO top 3"O serviço cristão em relação aos nossos irmãos na fé (12.9-21)
Nestes versículos está a base do serviço cristão que é o amor. Os deveres mencionados e todas as exortações devem estar debaixo do princípio do amor.
12.9 - 'O amor seja não fingido'. A palavra 'fingimento' fica melhor traduzida por hipocrisia, que no grego é anupokritos. Na Versão Inglesa do Rei Tiago a expressão é: 'sem dissimulação'. Portanto, o sentido real é que, a demonstração de qualquer sentimento para com as pessoas seja puro e 'com toda a sinceridade'.
12.9 - 'Aborrecei o mal e apegai-vos ao bem'. Aborrecer o mal é negar tudo que possa prejudicar a outrem.
Podemos servir aos nossos irmãos na fé tendo uma atitude, não só de amor (v. 9), mas pelo espírito fraterno desenvolvido entre todos (v. 10), pelo favor do espírito e serviço a DEUS (v.11), pela esperança e paciência (v.12), pela hospitalidade e a generosidade entre os domésticos da fé (v. 13), pela participação sincera dos sentimentos dos outros (v. 15), pelo perdão aos inimigos (v. 16), pela retribuição do mal com o bem (v. 17) e por viver em paz com todos (v. 18).
12.9 - 'Não vos vingueis a vós mesmos'. Em outras palavras, a vingança pertence a DEUS, por isso, devemos deixar com DEUS a vingança para com aqueles que nos maltratam. Somos frágeis e incapazes de fazer vingança com justiça. A expressão 'daí lugar à ira' não deve ser entendida como o dar razão à manifestação da ira, mas sim com o sentido de dar tempo à ira para que ela se extinga, isto é, deixá-la passar. Também tem o sentido de 'dar lugar à ira de DEUS', à vingança divina, uma vez que a 'vingança pertence a DEUS" (CABRAL, Elienai. Romanos: O Evangelho da Justiça de DEUS. 5.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2005, p.137).

PARA REFLETIR - A respeito da Carta aos Romanos, responda: Qual o sentido original da palavra "rogo-vos"?
Essa palavra tem no original o sentido de admoestar, encorajar e exortar.
O que são as palavras introdutórias de Paulo?
As palavras introdutórias de Paulo são um apelo exortativo.
Segundo a lição, o que é necessário para que a adoração seja verdadeira?
Para que a adoração seja verdadeira ela precisa ser realizada por pessoas com a mente transformada.
Segundo Paulo, o que é indispensável no uso dos dons?
A moderação e a humildade são indispensáveis no exercício dos dons.
Segundo a lição, o que significa ser fervoroso?
Ser fervoroso significa ser alcançado pela graça e andar segundo ela.
 
CONSULTE - Revista Ensinador Cristão - CPAD, nº 66, p40.
 
Romanos - Serie Cultura Biblica - ROMANOS - INTRODUÇÃO E COMENTÁRIO - F. F. Bruce. M.A., D.D. - SOCIEDADE RELIGIOSA EDIÇÕES VIDA NOVA, Caixa Postal 21486, São Paulo-SP 04602-970
B. MODO CRISTÃO DE VIVER (12:1-15:13).
1. Sacrifício Vivo (12:1, 2).
Em vista de tudo quanto DEUS fez por Seu povo em CRISTO, como Seu povo deve viver? Deve apresentai"- se a DEUS como "sacrifício vivo", consagrado a Ele. Os sacrifícios de animais, oferecidos numa época anterior, tornaram-se obsoletos graças à oferta que CRISTO fez de Si mesmo. Mas sempre há lugar para o serviço divino prestado por corações obedientes. Em vez de viverem pelos padrões de um mundo em desacordo com DEUS, os crentes são exortados a deixar que a renovação das suas mentes, pelo poder do ESPÍRITO, transforme as suas vidas harmonizando-as com a vontade de DEUS.
A Bíblia nunca ensina uma doutrina para torná-la simplesmente conhecida. Mas ela é ensinada para que seja transferida para a prática. "Se sabeis estas cousas, bem-aventurados sois se as praticardes" (Jo 13:17). Daí, Paulo repetidamente apresenta uma exposição doutrinária, após uma exortação ética, interligando ambas, como aqui, pela conjiin-ção "pois" ou equivalente (ver Ef 4:1; Cl 3:5).
Além disso, é digno de nota que as admoestações éticas desta e doutras epístolas do Novo Testamento, quer sejam ou não de Paulo, têm forte semelhança com o ensino ético de CRISTO registrado nos evangelhos. Na verdade, elas se baseiam na "lei de CRISTO", como lhe chama Paulo (Gl 6:2; ver 1 Co9:21).
De maneira particular, pode-se traçar uma impressionante lista de paralelos entre 12:3-13:14 Sermão do Monte. Embora não existisse nesse tempo nenhum dos nossos evangelhos canônicos, o ensino de CRISTO registrado neles era corrente nas igrejas — certamente em forma oral, e talvez também naforma de sumários escritos.
1. Que apresenteis os vossos corpos.
Ver 6:13, 19; o verbo grego aqui é o mesmo que ali é traduzido por "oferecer". Agora Paulo expõe com mais pormenores aquilo que está envolvido em apresentar-se os cristãos a DEUS para serem usados no Seu serviço.
Sacrifício vivo. A nova ordem tem os seus sacrifícios, que não consistem nas vidas de outrem, como os antigos sacrifícios de animais (ver Hb 13:15s.; lPe2:5).
O vosso culto racional. AV e RV: "O vosso serviço racional" ou "razoável". RVmg. e RSV traduzem: "Vosso culto espiritual"; NEB: "O culto oferecido pela mente e pelo coração" (mg: "O culto que vocês, como criaturas racionais, devem oferecer"). O substantivo é latreia, já usado em 9:4 com referência ao "serviço de DEUS" (AV, RV) ou o "culto" (RSV, AA; ver NEB: "o culto do templo") instituído para os israelitas. O adjetivo é logikos (derivado de logos), que pode significar "razoável", "racional" (o serviço prestado por vidas obedientes é a única resposta razoável ou lógica à graça de DEUS)' ou "espiritual", como em 1 Pedro 2:2, onde o "leite da palavra" (AV) é expressão traduzida mais apropriadamente por "leite espiritual" em RV, RSV, NEB e AA. Aqui talvez seja preferível "culto espiritual", em contraste com as exterioridades do culto do templo de Israel.
2. E não vos conformeis com este século.
AV: ". . com este mundo". "Este século" (aiõn), como em 1 Corín-tios 1:20, 2:ó, 3:18; 2 Coríntios 4:4; Gálatas 1:4, distingue-se de "século vindouro" (como ocorre em Ef 1:21: "não só no presente século, mas também no vindouro"). Conquanto seja chamado "Este inundo perverso" (ou "este presente século mau") (Gl 1:4, RVmg.), e seja dominado pelo "deus deste século" que cega a mente dos incrédulos (2Co4:4, RVmg. e AA), ainda assim é possível às pessoas pertencer temporariamente a "este século" para viverem como herdeiros do século vindouro, da era de renovação e ressurreição. São aqueles sobre os quais "os fins dos séculos têm chegado" (RV, AA), para os quais, visto que são "uma nova criação" em CRISTO, "as cousas antigas já passaram, eis que se fizeram novas" (2 Co 5:17, RSV). É pelo poder do ESPÍRITO neles, penhor da sua herança no século vindouro, que podem resistir à tendência de viverem ao nível "deste século".
Transformai-vos. O verbo grego é metamorphoõ, traduzido por "transfigurar-se" nas narrativas da transfiguração em Mateus 17:2; Marcos 9:2. O único outro lugar onde aparece no Novo Testamento é 2 Coríntios 3:18, referindo-se aos crentes "transformados" na imagem do Filho "de glória em glória" (ou "de um grau de glória a outro", RSV) pela operação do "Senhor, o ESPÍRITO" — passagem que é útil comentário a este.
 
2. A Vida Comum dos Cristãos (12:3-8).
A marca das obras das mãos de DEUS é a diversidade, não a uniformidade. Assim é com a natureza; é assim também com a graça, e em nenhum lugar mais do que na comunidade cristã. Nesta há muitos homens e mulheres das mais diversas espécies de origem, ambiente, temperamento e capacidade. E não só isso, mas, desde que se tornaram cristãos, são também dotados por DEUS de uma grande variedade de dons espirituais. Entretanto, graças a essa diversidade e por meio dela, todos podem cooperar para o bem do todo. Seja qual for a espécie de serviço que se deva prestar na igreja, que seja feito de coração e com fidelidade pelos que são qualificados por DEUS, quer seja a profecia, o ensino, a exortação, a administração, as contribuições materiais, a visitação aos enfermos, quer a realização de qualquer outra classe de ministério.
Para ilustrar suas palavras, Paulo usa a figura do corpo humano, como já fizera em 1 Coríntios 12:12-27. Cada parte do corpo tem sua função característica a desempenhar e contudo, num corpo sadio, todas as partes funcionam harmoniosa e Ínterdependentemente para o bem do corpo todo. Assim deve ser na igreja, que é o corpo de CRISTO.
 
3. Pela graça que me foi dada.
Isto é, a "graça" ou o dom do apostolado(ver 1:5, 15:15). Conforme o versículo 6, cada membro da igreja recebeu uma "graça" especial neste sentido, a qual deve ser exercida para o benefício de todos.
A medida da fé. "Fé" aqui tem sentido bem diferente do que tem na primeira parte da epístola. Aqui indica o poder espiritual dado a cada cristão para o desempenho da sua responsabilidade especial. Ver "segundo a proporção da fé" no versículo 6(NEB: "em proporção à fé que um homem tem").
5. Um só corpo em CRISTO.
Compare-se isto com 1 Coríntios 12:27: "vós sois corpo de CRISTO". Em 1 Coríntios e em Romanos o corpo humano é mencionado simplesmente como uma ilustração da vida corporificada dos cristãos, mas a idéia é levada muito mais longe em Colossenses e em Efésios. Nestas últimas epístolas dá-se ênfase à relação que a igreja, como corpo, mantém para com CRISTO, como a Cabeça. Nelas não há possibilidade de um membro comum da igreja ser comparado com a cabeça, ou com uma parte da cabeça (como acontece em 1 Co 12:16s., 21). Nelas, ainda, deixa-se de falar do corpo como simples simile e se torna deveras o mais eficaz termo que o apóstolo pôde encontrar para exprimir o elo vital que une a vida dos crentes à vida da ressurreição de CRISTO.2
8. Com liberalidade.
AV: "Com simplicidade". NEB: "De todo o seu coração".
O que preside. O exercício da administração na igreja é um dom tão verdadeiramente espiritual como qualquer dos outros mencionados.
Quem exerce misericórdia. NEB: "Se você dá socorro a outros que estão em aflição."
 
3. A Lei de CRISTO (12:9-21).
As injunções nesta seção ao amor profundo, sincero e prático constituem reminiscências em especial do Sermão do Monte. O amor, a solidariedade e a honra uns para com os outros dentro da fraternidade dos crentes são virtudes que se devem esperar, mas alguma coisa mais é exigida aqui — amor e perdão aos de fora da comunidade, e não menos aos que os perseguem e lhes desejam o mal.
9. Sem hipocrisia.
AV: "Sem dissimulação". Grego, anupakritos, literalmente: "sem hipocrisia", como AA. (NEB: "Com toda sinceridade".)
10. Preferindo-se em honra uns aos outros.
Ver Fp 2:3: "Cada um considerando o outro melhor do que ele próprio" (RV). AA: "Considerando cada um os outros superiores a si mesmo."
11. Fervorosos de espírito.
A mesma expressão é usada com relação a Apoio em At 18:25. É discutível se significa a mesma coisa nas duas passagens. Aqui RSV provavelmente tem razão em entender que a referência é ao ESPÍRITO SANTO: "Sejam ardorosos no ESPÍRITO".
Servindo ao Senhor. RVmg.: "Servindo à oportunidade", reproduz uma redação ocidental que substituiu o dativo kitriõ ("ao Senhor") por kuirô ("ao tempo", "à oportunidade").
14. Abençoai aos que vos perseguem, abençoai, e não amaldiçoeis.
Ver Lucas 6:28: "Bendizei aos que vos maldizem, orai pelos que vos caluniam". Mas há boas evidências antigas (inclusa a de P46) em favor da omissão do pronome "vos". Neste caso, os cristãos são exortados a rogar bênçãos para os perseguidores, sejam os cristãos vítimas da perseguição, ou não. Quanto ao procedimento de Paulo nesta questão, ver 1 Coríntios4:12-13; Atos 28:19.
15. Alegrai-vos com os que se alegram, e chorai com os que choram. Isto nada tem a ver com o ensino estóico, segundo o qual um impassível desapego era indispensável para se viver bem. Mas o ensino de Paulo coaduna-se com o procedimento de CRISTO.
16. Tende o mesmo sentimento uns para com os outros.
(Ver 15!5s.)- Ver também Filipenses 2:2ss., onde a exortação a "que penseis a mesma cousa" (que não é o mesmo que "concordar") é seguida por uma declaração do único modo pelo qual isso é possível no sentido cristão: "Tende em vós o mesmo sentimento que houve também em CRISTO JESUS."
Em lugar de serdes orgulhosos. (...) AV: "Não tenhais em vista coisas altas." Ver versículo 3; também 11:20: "Não te ensoberbeças."
Condescendei com o que é humilde. AV: "Condescendei com homens de posição inferior." NEB: "Andem com gente humilde."
Não sejais sábios aos vossos próprios olhos. Citação de Provérbios 3:7.
17. Não torneis a ninguém mal por mal.
Ver Mateus 5:44: "Amai os vossos inimigos" (ver também 1 Pe 3:9).
Esforçai-vos por fazer o bem perante todos os homens. AV: "Produzi coisas honestas à vista de todos os homens." NEB: "Que os seus objetivos sejam tais que todos os homens considerem honrosos." Citação de Provérbios 3:4 (LXX).
19. Dai lugar à ira.
Dêem lugar a que a lei da retribuição divina opere no presente ou no "dia da ira" (2:5).
A mim me pertence a vingança; eu retribuirei. Citação de Deute-ronômio 32:35: "Minha é a vingança e retribuição" (assim TM; a LXX diz: "No dia da vingança eu retribuirei"). Esta forma do texto, que se acha também em Hebreus 10:30, aparece nos targuns aramaicos e provavelmente era de uso corrente numa versão grega não mais existente. O interesse da citação no presente contexto é que, desde que a vingança e a recompensa são uma prerrogativa de DEUS, devem ser deixadas com Ele. Assim, na comunidade de Qumran a vingança particular era proibida com base em que, segundo Nautn 1:2, somente DEUS "toma vingança contra os seus adversários, e reserva indignação para os seus inimigos".3
20.Se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe de comer; se tiver sede, dá-lhe de beber; porque, fazendo isto, amontoarás brasas vivas sobre a sua cabeça.
Citação de Provérbios 25:21s. Paulo omite a frase final: "e o Senhor te recompensará". O sentido original da admoestação talvez fosse: "Trate o seu inimigo com bondade, pois isto aumentará a culpa dele; as-sim você conseguirá para ele um julgamento mais terrível, e para você uma recompensa melhor — da parte de DEUS." Uma alternativa é entender que o provérbio se refere a um ritual egípcio no qual um homem dava pública evidência do seu arrependimento levando na cabeça uma bacia cheia de carvão em brasa.
De qualquer forma, colocando o provérbio neste contexto e omitindo a frase final, Paulo lhe dá um significado mais nobre: "Trate o seu inimigo com bondade, pois isto poderá fazê-lo envergonhar-se e poderá levá-lo ao arrependimento." Em outras palavras, o melhor modo de livrar-nos de um inimigo é torná-lo amigo, e assim vencer "o mal com o bem"(v.21).
Romanos - Serie Cultura Biblica - ROMANOS - INTRODUÇÃO E COMENTÁRIO - F. F. Bruce. M.A., D.D. - SOCIEDADE RELIGIOSA EDIÇÕES VIDA NOVA, Caixa Postal 21486, São Paulo-SP 04602-970
 
Referências Bibliográficas (outras estão acima)
Dicionário Bíblico Wycliffe. 4.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2009.
Bíblia de estudo - Aplicação Pessoal.
Bíblia de Estudo Almeida. Revista e Atualizada. Barueri, SP: Sociedade Bíblica do Brasil, 2006.
Bíblia de Estudo Palavras-Chave Hebraico e Grego. Texto bíblico Almeida Revista e Corrigida.
Bíblia de Estudo Pentecostal. Traduzida em português por João Ferreira de Almeida, com referências e algumas variantes. Revista e Corrigida, Edição de 1995, Flórida- EUA: CPAD, 1999.
BÍBLIA ILUMINA EM CD - BÍBLIA de Estudo NVI EM CD - BÍBLIA Thompson EM CD.
CPAD - http://www.cpad.com.br/ - Bíblias, CD'S, DVD'S, Livros e Revistas. BEP - Bíblia de Estudos Pentecostal.
VÍDEOS da EBD na TV, DE LIÇÃO INCLUSIVE - http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/videosebdnatv.htm
www.ebdweb.com.br - www.escoladominical.net - www.gospelbook.net - www.portalebd.org.br/
http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/alianca.htm
Dicionário Vine antigo e novo testamentos - CPAD
Manual Bíblico Entendendo a Bíblia, CPAD
Dicionário de Referências Bíblicas, CPAD
As Disciplinas da Vida Cristã; CPAD
Hermenêutica Fácil e descomplicada, CPAD
Revistas antigas - CPAD
Romanos - Serie Cultura Biblica - ROMANOS - INTRODUÇÃO E COMENTÁRIO - F. F. Bruce. M.A., D.D. - SOCIEDADE RELIGIOSA EDIÇÕES VIDA NOVA, Caixa Postal 21486, São Paulo-SP 04602-970
Home
Estudos
EBD
Discipulado
Mapas
Igreja
Ervália
Corinhos
Figuras1
Figuras2
Vídeos
Fotos
 
 http://www.apazdosenhor.org.br/

ESCOLA DOMINICAL BETEL ESBOÇO - Subsídio da Lição 8

AULA EM 20 DE AGOSTO DE 2017 – LIÇÃO 8 (Revista: Editora Betel) Tema:  Jesus o missionário excelente Texto Áureo:   Jo 12.4...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AS 10 MAIS VISITADAS