SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Google+ Followers

Marcadores

Aborto ACONSELHAMENTO PRÉ-MATRIMÓNIAL Adolecentes Cristão ADOLESCENTES ADPB ADULTÉRIO ADULTOS Agradecimento Aniversario Apologética Cristã Arqueologia As Inquisições Assembleia de Deus Barack Obama Batismos Bíblia Brasil Casamento CGADB Ciência Círculo de Oração CLASSE BERÇARIO CLASSE BERÇÁRIO CLASSE DOS DISCIPULADOS CLASSE DOS DISCIPULANDO CLASSE DOS DISCIPULANDOS CLASSE JOVENS E ADULTOS CENTRAL GOSPEL CLASSE JOVENS E ADULTOS BETEL CLASSE MATERNAL Congresso CPAD Cruzada Curiosidades Cursos Departamento Infantil Depressão Desaparecido DESENHOS BIBLICOS Desfiles Dia do Pastor Discipulado Divórcio EBD EBO Escatologia Estudantes Estudos Eventos FALECIMENTO Família Filmes Galeria de Fotos Gospel Gratidão a Deus Hinos Antigos História Homenagens Homilética Homoxesualismo Ideologia de Gênero Idolatria Inquisição Islamismo Israel LIção de Vida Louvor Luto Maçonaria Mães Mensagens Ministério Missões MODISMOS Mundo Mundo Cristão MUSICAS EVANGÉLICAS Namoro Cristão Noivados Notícias Obreiros ONU Oração Pneumatologia política PRIMARIOS Psicopedagogia Pureza sexual Realidade Social Reforma Protestante RELIGIÕES Retiro Revista Central Gospel REVISTA CLASSE PRIMARIOS REVISTA CLASSE DOS PRE-ADOLESCENTES REVISTA CLASSE DOS ADOLESCENTES REVISTA CLASSE JARDIM DA INFANCIA REVISTA CLASSE JARDIM DA INFÂNCIA REVISTA CLASSE JUNIORES REVISTA DA CLASSE JOVENS. REVISTA DA CLASSE ADULTOS REVISTA DA CLASSE JUVENIS Revista Maternal Santa Ceia Saúde Seminário Sexualidade Subsídios Subsídios EBD Subsídios EBD Videos Templos Teologia Testemunho TRANSGÊNEROS Utilidade publica UTILIDADE PÚBLICA Vida de Adolecente videos Virgilha

19 julho 2016

Dinâmica da Lição 04: Ética cristã na família (Juvenis)





Professores e professoras observem alguns pontos importantes e valiosos para o bom crescimento e desenvolvimento de seu aluno e de sua sala:
1– Procure manter os dados pessoais de seus aluno(a)s sempre atualizados (endereço, telefone, e-mail, redes sociais, etc)
2– Antes de iniciar a aula procure se aproximar de cada aluno de sua classe:
- Cumprimente-os, abrace-os.
- Procure saber como foi a semana de cada um deles, e escute-os.
- Preste bastante atenção se há alguém que precise de algum tipo de atenção ou oração especial.
- Observe se existe algum visitante e/ ou aluno novato e faça-lhes uma apresentação muito especial para que ele sinta-se desejoso de voltar a sua sala.
3– Aconselhamos que antes da aula procure ver com seu secretário o nome dos aniversariantes para que após a aula você possa parabeniza-los, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo ou quem sabe uma simples lembrancinha.
4– Ao final da aula procure ver com o secretário de sua sala o nome das pessoas ausentes e durante a semana separe um momento onde você possa entrar em contato com ele(a), por meio de uma visita, um telefone ou rede sociais.
5– É importante que você como professor entenda a importância de cada atitude como a que recomendamos logo acima, a fim de que você possa desenvolver um vínculo afetivo com cada aluno, ele compreenderá o quanto você o ama e se importa com ele.
- Ao preparar a aula, você precisa lembrar que seu alvo é ensinar a palavra de Deus a fim de transformar a vida dos alunos. Para isso, tenha sempre em mente o que eles precisam saber, sentir e agir.
- Este é um momento de grande importância, quando você deverá atrair a atenção e o interesse da classe para o que será ensinado.
6 - Não esqueça que ministrar uma aula não significa apenas transmitir um amontoado de informações teológicas ou conhecimentos puramente pessoais sem a interação com a classe. É importante que os alunos sejam incentivados a participar no processo de aprendizagem.
- Apresentem o título da lição: Ética cristã na família.
– Agora, trabalhe o conteúdo da lição. – Para isso é importante que você apresente estratégias que estimule a participação dos alunos, valorize o conteúdo, reforce as aplicações e facilite a aprendizagem. Portanto, para não perder de vista o alvo da lição, use a criatividade, apresente domínio da matéria e observe se os alunos estão entendendo o assunto.
- Para concluir, aplique uma das dinâmicas: “Casa e Família” ou “Minha Família”, que proporcionará a reflexão sobre o tema ética em família.



Texto Para Dinâmica: Casa e Família

Casa é uma construção de cimento e tijolos.
Família é uma construção de valores e princípios.

Casa é o nosso abrigo das chuvas, do calor, do frio.
Família é o abrigo do medo, da dor e da solidão.

A Casa é o lugar onde as pessoas entram para dormir, usar o banheiro, comer. Onde temos pressa para sair e retardamos a hora de voltar.
A Família é o lugar onde os membros da família anseiam por estar nele, onde refazem suas energias, alimentam-se de afeto e encontram o conforto do acolhimento. É onde temos pressa de chegar e retardamos a hora de sair.

Numa casa criamos e alimentamos problemas.
A Família é o centro de resolução de problemas.

Numa casa moram pessoas que mal se cumprimentam e se suportam.
Na Família vivem companheiros que, mesmo na divergência, se apoiam e nas lutas se solidarizam.

Casa é local de discussões, conflitos, discórdia.
Na Família as discussões, os conflitos, existindo, servirão para esclarecer e engrandecer.

Numa casa desdenha-se dos nossos valores.
Na Família sonhamos juntos.

Numa casa há azedume e destrato.
Na Família sempre há lugar para a alegria.

Numa casa nascem muitas lágrimas.
Na Família plantam-se sorrisos.

A casa é um nó que oprime, sufoca.
A Família é um ninho que aconchega.

Se você apenas mora em uma casa, eu o convido, com urgência, a conviver em família, para que Deus seja sempre o seu convidado especial.


Dinâmica: Casa e Família
Objetivo:
Refletir sobre a diferença entre casa e família
Material didático:
Texto casa e família, tirinhas de papel, desenho de uma casa numa cartolina.
Atividade didática:
1. Leitura do texto, por um aluno voluntário ou pelo professor, se for preciso.
2. Discussão sobre o tema, deixando que os alunos falem o que entenderam do texto e como é a própria casa.
3. Ler a frase: “Para uma família realmente aconchegante, é preciso...”
4. Deixar que os alunos escrevam em tirinhas de papel o que acreditam que precisam mudar em seu convívio familiar.
5. Colar as tirinhas em uma casa previamente desenhada numa cartolina e colada em local visível, para que todos possam ler.

Reflexão:

Nosso papel na construção do nosso lar é de suma importância. Não importa onde você está colocado(a). Não importa qual a sua função, se é um adolescente ou um adulto. Não importa se é solteiro(a) ou casado(a). Deus te fez e te chama a cada dia para fazer a diferença. Seja no alicerce ou no telhado, cada um tem a responsabilidade de fazer bem a sua parte. Devemos fazer a diferença na construção do nosso lar, não escolhendo o melhor lugar, mas sim onde somos necessários. Não podemos esquecer que somente com organização e união alcançaremos nossos objetivos. Quando nos unimos, a construção termina em menor tempo e com menos desgaste para todos. Juntos, passo a passo, faremos parte na evangelização dos filhos, dos vizinhos, dos amigos, alcançando novas almas para a vida eterna no nosso lar.

Por Roberto José

Dinâmica: Minha Família

Objetivo:
Entender a importância de um bom relacionamento em família.
Material didático:
Foto pequena de uma família, cartolina, lápis atômico.
Atividade didática:
Desenhe na cartolina uma casa sem móveis ou qualquer acessório, mas que seja grande, cole a foto da família dentro da casa. Solicite que cada aluno analise a casa, por alguns minutos, e escrevam dentro do desenho da casa os sentimentos e atitudes que deveriam levar para o seio de sua família. Em seguida peça para que escrevam fora da casa os sentimentos e atitudes que não deve fazer parte de sua família.
Os bons sentimentos e atitude devem estar escrito no seu lugar correto, pois são os mais importantes para uma família, acima de qualquer coisa material. Se priorizarmos qualquer coisa acima da família, muitos problemas e graves conflitos no relacionamento familiar poderão ser gerados.
 Destaque que alguns conflitos são inevitáveis, mas muitos podem ser solucionados com um bom diálogo e respeito mútuo. Deus quer que o jovem honre seu pai e sua mãe, não lhes faltando jamais ao respeito, seja por atos, seja por palavras. Ame sua família, não deseje mal a sua família, não fale mal de sua família. O lar cristão é lugar de paz e alegria, perdão e união. Quanto mais ajustado for este ambiente, mais fácil será o relacionamento dos seus componentes fora dele.
Se relacionar bem facilita a troca de ideias, serviços, interesses, informações, etc.
Pergunte aos seus alunos: De uma forma mais simples pense você em quantas vezes você ajudou um amigo, um parente ou colegas da escola mais próximos de você?
Agora pense nas vezes que você fez o mesmo por um estranho?

Para finalizar questione:
- O que você tem feito para melhorar a convivência em sua família?
- Você tem se preocupado em colocar para fora de sua casa tudo aquilo que pode ser considerado como lixo no seio de sua família?


Professor, antes de dar esta aula pesquise com muito afinco todos os pontos abordados em seu Plano de Aula, pois não adianta falar só de achismo, ou porque conheceu este Blog e acha suficiente para dar aula. Entenda que eu não conheço a realidade social, psicológica, física e espiritual de seus alunos, por isso, tente chegar no âmago das dúvidas de seus alunos, não os faça de meros espectadores de um "show" de conhecimento, pois isso não será suficiente, o conteúdo precisa de aplicabilidade para a situação de vida de seus alunos e isso é o mais importante. Deguste à vontade o conhecimento, mas não ache que irá inculcá-lo de uma hora pra outra nos seus alunos, por isso procure ser criativo na exposição do assunto.

Desejamos que esta aula seja portadora de grandes frutos para vida de seus alunos!

Por Roberto José
http://www.ensinadorcristao.com.br  todos os direitos reservados.