SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Google+ Followers

Marcadores

Aborto ACONSELHAMENTO PRÉ-MATRIMÓNIAL Adolecentes Cristão ADOLESCENTES ADPB ADULTÉRIO ADULTOS Agradecimento Aniversario Apologética Cristã Arqueologia As Inquisições Assembleia de Deus Barack Obama Batismos Bíblia Brasil Casamento CGADB Ciência Círculo de Oração CLASSE BERÇARIO CLASSE BERÇÁRIO CLASSE DOS DISCIPULADOS CLASSE DOS DISCIPULANDO CLASSE DOS DISCIPULANDOS CLASSE JOVENS E ADULTOS CENTRAL GOSPEL CLASSE JOVENS E ADULTOS BETEL CLASSE MATERNAL Congresso CPAD Cruzada Curiosidades Cursos Departamento Infantil Depressão Desaparecido DESENHOS BIBLICOS Desfiles Dia do Pastor Discipulado Divórcio EBD EBO Escatologia Estudantes Estudos Eventos FALECIMENTO Família Filmes Galeria de Fotos Gospel Gratidão a Deus Hinos Antigos História Homenagens Homilética Homoxesualismo Ideologia de Gênero Idolatria Inquisição Islamismo Israel LIção de Vida Louvor Luto Maçonaria Mães Mensagens Ministério Missões MODISMOS Mundo Mundo Cristão MUSICAS EVANGÉLICAS Namoro Cristão Noivados Notícias Obreiros ONU Oração Pneumatologia política PRIMARIOS Psicopedagogia Pureza sexual Realidade Social Reforma Protestante RELIGIÕES Retiro Revista Central Gospel REVISTA CLASSE PRIMARIOS REVISTA CLASSE DOS PRE-ADOLESCENTES REVISTA CLASSE DOS ADOLESCENTES REVISTA CLASSE JARDIM DA INFANCIA REVISTA CLASSE JARDIM DA INFÂNCIA REVISTA CLASSE JUNIORES REVISTA DA CLASSE JOVENS. REVISTA DA CLASSE ADULTOS REVISTA DA CLASSE JUVENIS Revista Maternal Santa Ceia Saúde Seminário Sexualidade Subsídios Subsídios EBD Subsídios EBD Videos Templos Teologia Testemunho TRANSGÊNEROS Utilidade publica UTILIDADE PÚBLICA Vida de Adolecente videos Virgilha

07 julho 2016

ESCOLA DOMINICAL BETEL ESBOÇO - Subsídio da Lição 1 - Revista Betel


AULA EM 03 DE JULHO DE 2016 – LIÇÃO 1
(Revista: Editora Betel)

Tema: MATEUS: O EVANGELHO DO REINO

Texto Áureo: Mateus 4.23
  
INTRODUÇÃO
- Querido(a) professor(a), nesta lição dê as boas vindas ao terceiro trimestre para os alunos, apresente a revista e suas lições.
“meditar no evangelho de Mateus”, é comum chamarmos de evangelho de Mateus, embora saibamos que é o Evangelho de Cristo segundo escreveu Mateus. Não é errado falar evangelho de Mateus seria como dizer a “Lei de Moisés” se sabemos que a Lei é de Deus.
“também denominado: evangelho do Reino”, esse é o Evangelho que apresenta aos judeus a chegada do Reino de Deus. Vejas as palavras de João Batista registradas por Mateus:
“E dizendo: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus.” Mt 3.2
__________________________________________
1. QUEM FOI MATEUS?
- “Tradicionalmente, Mateus é o autor”, isso porque Mateus não faz uma apresentação de si como autor e não havia o costume na época de se assinar as compilações ou colocar o autor no rodapé, por isso entendemos que foi Mateus o autor pela tradição cristã, passada pelos escritores de épocas próximas ao primeiro século.
“maneira mais pedagógica possível”, de maneira que ensine, que apresente algum significado explicativo para aumentar o conhecimento, essa forma de escrever ensina melhor.

1.1. Mateus, um coletor de impostos.
- “coletoria de impostos para o governo romano”, o governo romano contratava pessoas da província para coletarem os impostos e muitos desses coletores defraudavam o povo arrecadando valores indevidos.
“serem objetos de ódio dos judeus em geral”, Jesus foi muito criticado por entrar e se assentar a mesa com os publicanos.
“muitos publicanos foram ouvi-lo com apreço”, Mateus foi o canal para que muitos publicanos pudessem ouvir as palavras de Jesus. Devemos nós também ser esse canal, não precisamos nos assentar à roda dos escarnecedores, mas não podemos rechaçá-los como se fossem criminosos, precisamos ser um canal que os conduza a Cristo.

1.2. Mateus, um dos doze apóstolos.
“quando enviado a evangelizar”, pelo menos em duas ocasiões ou mais Jesus enviou os discípulos para evangelizarem,  Mt 10.5 e Lc 10.1
“participação de Mateus no dia a dia do ministério do Mestre”, ao ler os evangelhos percebemos citações a maioria dos apóstolos, porém pouco se fala de Mateus, sabemos nos entanto, que ele abandonou seu trabalho lucrativo e passou a seguir Jesus. Lc 5.27, Mateus não cita nem sua própria conversão.
“assim como Tomé, seu companheiro, que tinha vários condiscípulos”, condiscípulos, se refere aos discípulos que seguiam a Jesus sem serem contados com os doze apóstolos, pelo que está falando a lição, Tomé teria condiscípulos que o seguiram, porém a referência usada não parece se referir a esses, parece falar dos doze, veja:
“Disse, pois, Tomé, chamado Dídimo, aos condiscípulos: Vamos nós também, para morrermos com ele” Jo 11.16  veja se essas não são palavras de Tomé aos doze, demonstrando sua incredulidade peculiar.

1.3. Mateus, um evangelho precioso.
- “aceito e popularizado pela Igreja Primitiva”, quando Mateus foi escrito as igrejas já existiam e havia uma grande necessidade de se conhecer a história de Jesus e sua mensagem, por isso esse evangelho ficou tão popular entre os crentes.
“ser uma testemunha ocular”, assim como João Mateus presenciou pessoalmente os principais eventos, dos quatro evangelhos Marcos e Lucas não eram apóstolos.
“um estilo didático de escrever”, estilo de quem ensina, um modo mais explicativo.
“Alguns atestam que este evangelho fora primeiramente escrito em aramaico”, na época o grego era a língua universal, assim como o inglês é hoje, por isso os manuscritos do Novo Testamento estão em grego, somente Mateus parece ter sido escrito em aramaico.
_____________________________________________
2. AS ORIGENS E O PROPÓSITO DO EVANGELHO
- “o evangelho de Mateus seja o primeiro do Novo Testamento”, ele entrou em primeiro devido ao destinatário, por ter sido destinado aos cristãos judeus, porém o primeiro a ser escrito foi o de Marcos.

2.1. Data.
- “evangelho de Marcos tenha sido escrito foi 50 d.C”, seria dezessete anos após a morte e ascensão de Cristo ao céu. Nesse período foram escritas as cartas de Paulo.
“logo após a queda do templo de Jerusalém”, a cidade de Jerusalém foi destruída no ano 70, porém a maioria dos cristãos se salvaram por estarem fora de Jerusalém por conta da perseguição e do alerta de Jesus em Mateus 24.15  
“chamados de “pais da Igreja”, são chamados assim porque ajudaram a estruturar e a divulgar a doutrina cristã em meio a muitas heresias, os pais da Igreja de maior notoriedade foram Clemente de Roma, Inácio e Policarpo.

2.2. Destinatários.
“pensou primeiramente nos cristãos judeus”, dá para perceber isso logo no começo do livro quando apresenta a linhagem de Jesus ligando ele a Abraão, a fim de comprovar sua identidade judaica e real.
“visto que a essa época o cristianismo já alcançara projeção”, se referindo à época em que foi escrito o livro.
“a ponto de sofrer perseguição por parte de Nero”, enquanto Paulo exercia o seu ministério a perseguição era por parte dos judeus, porém conforme foi crescendo o povo de Deus o império começou a voltar as atenções aos cristãos.
“como um documento mostrando quem era Jesus”, mostrando prioritariamente a esses judeus.

2.3. O propósito.
- “um registro histórico”, porque ele narra situações do dia-a-dia de Jesus, mostrando a humanidade de Jesus.
“mostra que Jesus é o Rei e Messias prometido”, apresentando o cunho espiritual da mensagem de Cristo e quem Ele é de verdade.
“escrito para não ficar apenas na tradição oral”, quer dizer que se o Evangelho não fosse escrito ele seria transmitido de pessoa para pessoa apenas falando e dessa forma muita coisa se perde.
________________________________________
3. CARACTERÍSTICAS GERAIS DO EVANGELHO

3.1. Contexto histórico inicial do evangelho.
“situa-se no tempo de Herodes, o Grande”, esse foi o Herodes que restaurou o segundo Templo transformando-o numa obra monumental.
“ele era rei vassalo de Roma”, as cidades dominadas por Roma eram feitas províncias do império, o imperador deixa que funcionasse a religião local e o governo local, desde que pudessem ser controlados pelo imperador, para isso era nomeado um procurador para a região. No tempo de Jesus o procurador romano era Pilatos.
“plenitude dos tempos Deus”, essa classificação usada por Paulo se refere a um tempo propício para o Senhor Jesus vir ao mundo anunciar a salvação da humanidade.

3.2. A apresentação de Jesus.
- “mas morando em Nazaré”, Jesus cresceu em Nazaré e quando cresceu foi para a região da Galileia, mas precisamente para a cidade de Cafarnaum.
“Marcos procurou enfatizar o Jesus operador de milagres”, de fato o evangelho de Marcos é o que narra mais milagres de Jesus.
“em seu evangelho vai ressaltar os ensinos do Mestre”, como Mateus escreve para os crentes judeus era necessário maiores explicações sobre a divindade e o poder de Jesus.
“Messias da linhagem davídica que haveria de vir”, os judeus aguardavam o Messias prometido e por isso Mateus se preocupa em apresentar Jesus dessa forma.

3.3. Questões escatológicas.
- “No denominado “o sermão do templo”, porque foi um sermão feito diante do Templo.
“como a queda do templo de Jerusalém”, no sermão do templo, Jesus afirmou que não restaria pedra sobre pedra Mt 24.12, de fato na ocasião em que o general Tito invadiu Jerusalém e incendiou o Templo, os soldados romanos levaram as pedras do Templo acreditando que havia ouro nelas, não restou nenhuma pedra no Templo.
“advertência para que os discípulos estejam atentos”, parecia um alerta para aqueles discípulos, mas hoje sabemos que é um alerta para todos os servos em todas as épocas.

CONCLUSÃO
“convincente e com ampla aceitação”, o que é didático geralmente não tem muita aceitação, as pessoas preferem mais o que demonstra poder, porém o evangelho de Mateus tem uma dose especial de poder de Deus em suas narrativas, por isso é tão aceito.
“um grande legado”, é aquilo que é deixado para as gerações futuras e de fato a história de Jesus e sua mensagem foi passado de ao mundo de forma didática por esse evangelho.
- Faça o resumo e corrija o questionário.

QUESTIONÁRIO

1. De que maneira o Senhor Jesus é apresentado por Mateus?
R: Jesus é o Rei e Messias prometido (Mt 11.3).

2. O que fazia Mateus antes de seguir Jesus?
R: Era coletor de impostos (Mt 9.9).

3. O menino Jesus nasceu no tempo de que rei?
R: No tempo do rei Herodes, o Grande (Mt 2.1).

4. Qual era a profissão de Jesus?
R: Jesus era carpinteiro (Mc 6.3).

5. Como é chamado o sermão profético de Jesus em Mateus 24?
R: É chamado de “o sermão do templo” (Mt 24)

Marcos André – professor


Boa Aula!
http://marcosandreclubdateologia.blogspot.com.br/2016/07/escola-dominical-betel-esboco-subsidio.html