SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Google+ Followers

Marcadores

Aborto ACONSELHAMENTO PRÉ-MATRIMÓNIAL Adolecentes Cristão ADOLESCENTES ADPB ADULTÉRIO ADULTOS Agradecimento Aniversario Apologética Cristã Arqueologia As Inquisições Assembleia de Deus Barack Obama Batismos Bíblia Brasil Casamento CGADB Ciência Círculo de Oração CLASSE BERÇARIO CLASSE BERÇÁRIO CLASSE DOS DISCIPULADOS CLASSE DOS DISCIPULANDO CLASSE DOS DISCIPULANDOS CLASSE JOVENS E ADULTOS CENTRAL GOSPEL CLASSE JOVENS E ADULTOS BETEL CLASSE MATERNAL Congresso CPAD Cruzada Curiosidades Cursos Departamento Infantil Depressão Desaparecido DESENHOS BIBLICOS Desfiles Dia do Pastor Discipulado Divórcio EBD EBO Escatologia Estudantes Estudos Eventos FALECIMENTO Família Filmes Galeria de Fotos Gospel Gratidão a Deus Hinos Antigos História Homenagens Homilética Homoxesualismo Ideologia de Gênero Idolatria Inquisição Islamismo Israel LIção de Vida Louvor Luto Maçonaria Mães Mensagens Ministério Missões MODISMOS Mundo Mundo Cristão MUSICAS EVANGÉLICAS Namoro Cristão Noivados Notícias Obreiros ONU Oração Pneumatologia política PRIMARIOS Psicopedagogia Pureza sexual Realidade Social Reforma Protestante RELIGIÕES Retiro Revista Central Gospel REVISTA CLASSE PRIMARIOS REVISTA CLASSE DOS PRE-ADOLESCENTES REVISTA CLASSE DOS ADOLESCENTES REVISTA CLASSE JARDIM DA INFANCIA REVISTA CLASSE JARDIM DA INFÂNCIA REVISTA CLASSE JUNIORES REVISTA DA CLASSE JOVENS CPAD. REVISTA DA CLASSE JOVENS. REVISTA DA CLASSE ADULTOS REVISTA DA CLASSE JOVENS E ADULTOS REVISTA DA CLASSE JUVENIS Revista Maternal Santa Ceia Saúde Seminário Sexualidade Subsídios Subsídios EBD Subsídios EBD Videos Templos Teologia Testemunho TRANSGÊNEROS Utilidade publica UTILIDADE PÚBLICA Vida de Adolecente videos Virgilha

09 julho 2016

Lição 2 - Jesus Cristo, o fundador da Igreja I


A Missão da Igreja como extensão do ministério de Jesus é adorar ao Senhor, anunciando as boas novas do Evangelho do Reino, sendo um sinal visível deste Reino eterno (Dn 2.44) e a esperança para a toda a humanidade que foi afetada junto com a Adão (Gn 3.17).

PORTAL ESCOLA DOMINICAL
TERCEIRO TRIMESTRE DE 2016
ADOLESCENTES - Tema: História da Igreja para adolescentes
Comentarista: Sergio de Moura Sodré
Comentário: Prof.ª Jaciara da Silva
ASSEMBLEIA DE DEUS - MINISTÉRIO DO IPIRANGA - SEDE - SÃO PAULO/SP


Lição 2 - Jesus Cristo: o fundador da igreja

Objetivo
Professor (a) ministre sua aula de forma que ao término, seu aluno possa conscientizar-se sobre a importância da história, e como ela nos auxilia a compreender o presente e melhorar nossas ações.

Para refletir
Este Jesus é ‘a pedra que vocês, construtores, rejeitaram, e que se tornou a pedra angular’." (At 4.11 - NVI).

Texto Bíblico: Mt 16.16-18.

Cristo é o fundador, organizador, e cabeça da sua igreja
A palavra igreja significa ajuntamento, congregação, assembleia ou reunião.
A Igreja de Cristo foi organizada e fundada durante o ministério terrestre e público de Cristo antes do dia de Pentecostes.
1 Coríntios 12.28 diz que Deus colocou primeiramente na igreja os doze apóstolos. No dia de Pentecostes 120 pessoas estavam reunidas esperando O Espírito Santo descer (At 1.15). Os primeiros membros da igreja de Cristo eram os doze Apóstolos. Jesus fundou sua igreja pessoalmente durante seu ministério antes de subir ao céu. Cristo prometeu edificar pessoalmente sua igreja sobre se mesmo (Mt 16.18).
Podemos também identificar a igreja verdadeira de Cristo pela doutrina dela. (Ef 3.9-10,21). Ela é a coluna e firmeza da verdade (1 Tm 3.14-15). Cristo deu a ela a sua Palavra para pregar e guardar (Mt 28.18-20). A Palavra de Deus tem ser de  pregada, guardada, preservada, e conservada a Palavra dele durante os séculos. A Igreja batalhada pela fé que uma vez foi dada aos santos. (Jd 3-4). Ela repreende os infiéis para que sejam sãos na fé. (Tt 1.12-14). Se a Igreja não cumpre isso, não é Corpo de Cristo. Não cumpre sua missão. A igreja de Cristo está no mundo batalhando pela fé, e estará até que Cristo volte, pela promessa Dele. Vamos identificar a igreja do Senhor Jesus Cristo através da doutrina bíblica que ela prega:
  •  Salvação. Ela prega o Evangelho e o Cristo da Bíblia. O pecador pode ser salvo pela graça só, através da obra que Cristo fez na cruz para salvar o pobre pecador. O pecador não pode se salvar, mas tem que se arrepender dos seus pecados e crer em Cristo como seu Salvador pessoal. O Evangelho é que Cristo morreu, foi sepultado, e ressuscitou ao terceiro dia para salvar o pecador. O pecador recebe perdão dos seus pecados e vida eterna pela fé em Cristo, e que o não salvo será lançado no inferno para sempre
  • Cristo - O Único Cabeça, Fundador, e Legislador da Igreja.
  • Bíblia - A Única Regra de Fé e Prática. A Palavra de Deus é nossa arma espiritual. (1 Tm 3.15-17; 2 Tm 3.16-17)
  • Batismo - pela imersão, só pessoa adultas que dão sinal de arrependimento deve se batizar (não criancinhas), e tem que ser feito pelo administrador certo - uma igreja verdadeira de Cristo (At 2.41-42; Mt 3.13-17)
  • Ceia Memorial. A pessoa salva e batizada segundo as Escrituras é qualificada só para participar na Ceia do Senhor. A Ceia é uma ordenança da igreja e ela não tem direito para abri-la a todo mundo, a Ceia deve ser restrita (fechada), é para os membros fiéis duma igreja local de Cristo (1 Co 11.17-34)
  • Plano Financeiro - Pelos Dízimos e Ofertas. (Mt 23.23; 1 Co 9.14; 16.1-3)
  • Seus Oficiais - Pastores, Evangelistas, Presbíteros e Diáconos (1 Tm 3.1-16)
A importância da obra da igreja é claramente espiritual, mas há também um aspecto material. Em Atos 4.32-37, os discípulos contribuíram para aliviar as necessidades dos santos. A igreja de Jerusalém ajudou as viúvas pobres de seu meio (At 6.1-2). Quando as necessidades dos santos excederam a capacidade da igreja local, outras congregações enviaram dinheiro para ajudá-los (At 11.29-30; Rm 15.25-26; 1 Co 16.1; 2 Co 8.4; 9.1-2; etc.) Deste modo, as igrejas mais ricas ajudavam as mais pobres, demonstrando a verdadeira fraternidade do amor que deverá caracterizar as igrejas de Cristo.
Os complicados sistemas de obras sociais em muitas igrejas modernas não se parecem nem um pouco com a simplicidade do plano do Novo Testamento. Em vez de terem fé para converter o mundo a Cristo, muitas igrejas estão atarefadas convertendo a igreja para se ajustar às expectativas do mundo. Algumas usam apelos a desejos carnais para atrair pessoas ou adquirir fundos. Em nome da religião, algumas usam bandas de "rock" ou outros programas musicais especiais. Outras oferecem festas completas com bebidas alcoólicas e danças. Muitas outras prometem bênçãos materiais e boa saúde para aqueles que se juntarem a suas igrejas. O interesse neste mundo tornou-se tão forte que algumas igrejas parecem mais como organizações sociais do que corpos espirituais. Precisamos não perder nossa concentração no céu, pensando que podemos corrigir todos os males sociais de um mundo dominado pelo pecado.
Muitas igrejas se enredaram nos negócios da sociedade moderna, procurando colocar seus membros em lugares de poder político ou investindo os fundos da igreja em negócios.
Precisamos ter fé suficiente para estarmos contentes para que a igreja receba dinheiro da maneira que Deus autorizou (contribuições voluntárias ­1 Co 16.1-2) e o uso somente nos modos aprovados por Deus.

Conclusão
A Missão da Igreja é uma continuação da Missão de Cristo, e o melhor exercício desta missão deve ter como ponto de partida a identificação com o ministério de Cristo Jesus.
No Evangelho de Lucas 4.16-21,quando do inicio do ministério de Jesus, Ele mesmo abrindo o rolo do Profeta de Isaias 61.1,2, e lendo esta palavra; nos ensina qual a natureza e o propósito do seu ministério.
Pensando como Igreja a respeito da abordagem de Jesus quando este evangelizava, e buscando um referencial para encontrar o papel da Igreja enquanto continuação na tarefa de evangelização percebemos que a abordagem de Jesus é integral e ampla (evangelizar os pobres,proclamar libertação aos cativos e restauração da vista aos cegos, para por em liberdade os oprimidos e apregoar o ano aceitável do Senhor) e não sintética e superficial como muitas vezes temos feito com um sorriso artificial falando das leis espirituais,fazendo um apelo e dando as costas para pessoa. O ministério de Jesus é um modelo abrangente com uma proposta radical para mudar o homem em todas as suas circunstancias. O Reino de Deus é o novo estado de coisas do todo renovado.
A Missão da Igreja como extensão do ministério de Jesus é adorar ao Senhor, anunciando as boas novas do Evangelho do Reino, sendo um sinal visível deste Reino eterno (Dn 2.44) e a esperança para a toda a humanidade que foi afetada junto com a Adão (Gn 3.17).
O Evangelho todo, para o homem todo é a única direção a ser seguida e é missão da Igreja anunciá-lo.

Fontes Consultadas:
  • Bíblia Shedd – Editora Mundo Cristão – 2ª Edição
 http://www.portalebd.org.br/
Colaboração para Portal Escola Dominical – Profª. Jaciara da Silva