SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Google+ Followers

21 outubro 2016

Lição 4 - A provisão de Deus no monte do sacrifício I


No capítulo 22 do livro do Gênesis, encontramos um dos mais dramáticos relatos das Escrituras Sagradas, uma incompreensão aos olhos humanos que, entretanto, revela a sublimidade e o ponto culminante da vida de fé do patriarca Abraão.


PORTAL ESCOLA DOMINICAL
QUARTO TRIMESTRE DE 2016
ADULTOS - O DEU DE TODA PROVISÃO - Esperança e sabedoria divina para a Igreja em meio às crises
COMENTARISTA: ELIENAI CABRAL
COMENTÁRIO: EV. CARAMURU AFONSO FRANCISCO
ASSEMBLEIA DE DEUS - MINISTÉRIO DO BELÉM - SEDE - SÃO PAULO/SP

ESBOÇO Nº 4
LIÇÃO Nº 4 – A PROVISÃO DE DEUS NO MONTE DO SACRIFÍCIO

A provisão divina foi atestada por Abraão no episódio do sacrifício de Isaque no monte Moriá.

INTRODUÇÃO
- No capítulo 22 do livro do Gênesis, encontramos um dos mais dramáticos relatos das Escrituras Sagradas, uma incompreensão aos olhos humanos que, entretanto, revela a sublimidade e o ponto culminante da vida de fé do patriarca Abraão. É graças a este fato, aliás, que Abraão assume, em definitivo, a condição de "pai da fé", que lhe é reconhecida pelas três grandes religiões monoteístas do planeta.
- O episódio do capítulo 22 do livro do Gênesis é conhecida pelos estudiosos da Bíblia como sendo o "sacrifício de Isaque", sendo que os judeus o denominam de "Akedah", que quer dizer, atadura ou atar, visto que Isaque não foi sacrificado, mas atado junto ao altar e salvo na última oportunidade. Aqui temos a ideia do que significa a provisão divina.

I – A ORDEM PARA O SACRIFÍCIO DE ISAQUE
- O capítulo 22 do livro do Gênesis começa com uma expressão forte: "E aconteceu depois destas coisas, que tentou Deus a Abraão". A expressão "tentou Deus a Abraão" é melhor traduzida como "Deus pôs Abraão à prova" (como consta da NVI e da Almeida Revista e Atualizada) ou "Deus provou a Abraão", pois, como diz o apóstolo Tiago, Deus não tenta a pessoa alguma (Tg.1:13). Esta, entretanto, não foi a única prova por que Abraão passou. Como ensinou o grande mestre e filósofo judeu Maimônides (1135-1204), Abraão teve de suportar dez provas: 1 - teve de peregrinar como um estrangeiro desde a sua chamada; 2 - a fome que encontrou em Canaã, depois da promessa de que Deus lhe faria uma grande nação; 3 - a violação de direitos humanos elementares quando os egípcios levaram Sara a Faraó; 4 - a luta contra quatro reis conquistadores; 5 - a tomada de Agar como esposa, depois que perdeu toda a esperança de ter um filho com Sara; 6 - a circuncisão em idade avançada por ordem divina; 7 - a atrocidade perpetrada por Abimelequ, que prendeu Sara; 8 - a despedida de Agar; 9 - a separação de Ismael e 10 - o sacrifício de Isaque (apud MELAMED, Meir Matzliah. Torá: a lei de Moisés, nota a Gn.12:15, p.30-1).
Para acessar os slides em PDF CLIQUE AQUI
COLABORAÇÃO PARA O PORTAL ESCOLA DOMINICAL - EV. CARAMURU AFONSO FRANCISCO
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AS 10 MAIS VISITADAS