SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Google+ Followers

Marcadores

Aborto ACONSELHAMENTO PRÉ-MATRIMÓNIAL Adolecentes Cristão ADOLESCENTES ADPB ADULTÉRIO ADULTOS Agradecimento Aniversario Apologética Cristã Arqueologia As Inquisições Assembleia de Deus Barack Obama Batismos Bíblia Brasil Casamento CGADB Ciência Círculo de Oração CLASSE BERÇARIO CLASSE BERÇÁRIO CLASSE DOS DISCIPULADOS CLASSE DOS DISCIPULANDO CLASSE DOS DISCIPULANDOS CLASSE JOVENS E ADULTOS CENTRAL GOSPEL CLASSE JOVENS E ADULTOS BETEL CLASSE MATERNAL Congresso CPAD Cruzada Curiosidades Cursos Departamento Infantil Depressão Desaparecido DESENHOS BIBLICOS Desfiles Dia do Pastor Discipulado Divórcio EBD EBO Escatologia Estudantes Estudos Eventos FALECIMENTO Família Filmes Galeria de Fotos Gospel Gratidão a Deus Hinos Antigos História Homenagens Homilética Homoxesualismo Ideologia de Gênero Idolatria Inquisição Islamismo Israel LIção de Vida Louvor Luto Maçonaria Mães Mensagens Ministério Missões MODISMOS Mundo Mundo Cristão MUSICAS EVANGÉLICAS Namoro Cristão Noivados Notícias Obreiros ONU Oração Pneumatologia política PRIMARIOS Psicopedagogia Pureza sexual Realidade Social Reforma Protestante RELIGIÕES Retiro Revista Central Gospel REVISTA CLASSE PRIMARIOS REVISTA CLASSE DOS PRE-ADOLESCENTES REVISTA CLASSE DOS ADOLESCENTES REVISTA CLASSE JARDIM DA INFANCIA REVISTA CLASSE JARDIM DA INFÂNCIA REVISTA CLASSE JUNIORES REVISTA DA CLASSE JOVENS CPAD. REVISTA DA CLASSE JOVENS. REVISTA DA CLASSE ADULTOS REVISTA DA CLASSE JOVENS E ADULTOS REVISTA DA CLASSE JUVENIS Revista Maternal Santa Ceia Saúde Seminário Sexualidade Subsídios Subsídios EBD Subsídios EBD Videos Templos Teologia Testemunho TRANSGÊNEROS Utilidade publica UTILIDADE PÚBLICA Vida de Adolecente videos Virgilha

05 dezembro 2016

A História da Terra Santa


  • Imagem relacionada


    • Da promessa até o cativeiro 2126 a.C. - Deus chama Abrão para a terra de Canaã (Gn 12.1-3). 1913 a.C. - Deus estabelece uma aliança incondicional com Abraão e revela-lhe os limites da terra prometida a ele e aos seus descendentes para sempre (Gn 15). 1800 a.C. - Deus confirma a aliança abraâmica com Isaque (Gn 26.1-5). 1760 a.C. - Deus confirma a aliança com Jacó (Gn 28.13-15). Egito 1728 a.C. - José é vendido como escravo no Egito (Gn 37.36). 1706 a.C. - Jacó (agora chamado Israel, Gn 32.28) e seus filhos mudam-se para o Egito (Gn 46.1-26). 1446 a.C. - O êxodo do Egito (Êx 14). 1406 a.C. - Início da conquista israelita de Canaã. 1375 a.C. - Começa o período dos juízes. 1050-930 a.C. - O reino unido (Saul, Davi e Salomão). Em 1000 a.C., Davi conquista Jerusalém e a torna a capital de Israel. 930-732 a.C. - O reino dividido (Norte = Israel; Sul = Judá). Jerusalém é a capital de Judá. 722 a.C. - A Assíria conquista o Reino do Norte (Israel). 605-586 a.C. - A Babilônia conquista o Reino do Sul (Judá) e destrói o Templo de Salomão. Início do cativeiro babilônico. Do retorno até Herodes, o Grande 539 a.C. - Queda da Babilônia diante da Média-Pérsia (Dn 5). 538 a.C. - Ciro, o rei persa, permite o retorno dos judeus à sua terra (Esdras 1). 537 a.C. - Judeus retornam a Jerusalém sob Zorobabel. Maquete do segundo templo 516 a.C. - A reconstrução do Segundo Templo é concluída. 458 a.C. - Nova leva de judeus retorna a Israel sob Esdras. 445 a.C. - Artaxerxes I envia Neemias a Jerusalém para reconstruir os muros (Ne 2). 430 a.C. - Malaquias, a última voz profética; depois dele, 400 anos de "silêncio". 333 a.C. - Alexandre, o Grande, conquista a Pérsia, iniciando o período helenístico (grego). 323 a.C. - Morre Alexandre, o Grande. Seu reino é dividido entre seus quatro generais (Ptolomeu, Seleuco, Cassandro e Lisímaco). 167 a.C. - Antíoco IV (Epifânio) profana o Templo. 165 a.C. - Judas Macabeu lidera a revolta contra Antíoco, purifica o Templo e restabelece a independência sob a dinastia hasmoneana. 63 a.C. - O general romano Pompeu entra em Jerusalém, pondo fim à independência judaica; Júlio César é assassinado. 37 a.C. - Os romanos apontam Herodes, o Grande, como "rei dos judeus" e outorgam-lhe autoridade sobre a Judéia, Samaria e Galiléa. De Herodes até Maomé 20 a.C. - Herodes inicia a reconstrução do Templo. 6-5 a.C. - Jesus nasce em Belém. 4 a.C. - Morre Herodes; César Augusto divide o território: Arquelau recebe a Judéia, Herodes Antipas, a Galiléia e Filipe, a Ituréia e Traconites (Nordeste da Galiléia – Lc 3.1). 26-36 d.C. - Pôncio Pilatos governa a Judéia. 30 d.C. - Jesus, o Messias, é crucificado, ressuscita dentre os mortos e ascende ao céu. Começa a era da Igreja no Dia de Pentecostes (Shavuot). Massada 66-73 d.C. - Primeira insurreição judaica. Os romanos destróem Jerusalém e o Templo (70 d.C.), e atacam Massada, onde 960 judeus preferem cometer suicídio a se renderem (73 d.C.). 132-135 d.C. - Segunda insurreição judaica. O imperador Adriano reconstrói Jerusalém como uma cidade pagã e a denomina Aelia Capitolina. Rabbi Akiva lidera a rebelião e proclama como messias o líder militar Simon Bar Kochba. O povo judeu, que não tinha acesso apenas a Jerusalém, é disperso por toda a terra. Roma renomeia Judá, Samaria e Galiléia deSiria Palaestina, conhecida mais tarde como Palestina. 200 d.C. - Muitos judeus dispersos retornam. 312-313 d.C. - O imperador Constantino abraça o cristianismo. 330 d.C. - Constantino muda-se para Bizâncio, e dá-lhe o nome de Constantinopla (hoje Istambul, Turquia), mantendo o controle sobre a Palestina. 570 d.C. - Muhammad ibn Abd Allah [Maomé] nasce em Meca (Arábia Saudita). De Maomé aos turcos otomanos 610 - Maomé declara que o anjo Gabriel mostrou-lhe uma tabuinha determinando que ele se tornaria um mensageiro de Deus [Alá]. Daí até sua morte ele passou a ter "visões". Assim começou a religião muçulmana, o islamismo, que significa "submissão a Alá". 622 - Maomé foge de Meca para Yathrib (que passou a ser chamada de Medina = Cidade do Profeta). Sua retirada é conhecida como Hégira ("hijrah", em árabe = emigração). O calendário muçulmano começa nessa data – 1 d.H. (primeiro ano depois da Hégira). 630 - Os árabes omíadas tornam-se os primeiros muçulmanos presentes em Jerusalém. 632 - Morre Maomé. 639-661 - Governo árabe muçulmano. Apenas neste período de 22 anos a Terra Santa foi governada pelos árabes – mesmo então, como parte de um grande império. 661-1099 - Muçulmanos governam a Palestina. No entanto, não se trata de árabes, e sim dos abássidas, vindos de Bagdá, dos fatímidas, procedentes do Cairo, e dos seljúcidas, da Turquia. Cruzadas 1099-1187 - As cruzadas católicas, sob o papa Urbano II, conquistam Jerusalém e massacram judeus e muçulmanos. 1187 - Saladino, um muçulmano curdo de Damasco, recaptura Jerusalém e grande parte da Palestina. 1244-1303 - Os mongóis da Ásia destituem a dinastia de Saladino. Os mamelucos muçulmanos e os mongóis lutam pelo poder. A presença dos cruzados termina em 1291 d.C. 1513-1517 - Os muçulmanos turco-otomanos conquistam a Palestina. Dos turcos otomanos até os britânicos 1517 - Os muçulmanos turco-otomanos governam a Palestina como parte de seu império. 1840 - Governo turco completamente restaurado. Líderes ingleses começam a discutir a possibilidade de restabelecer o povo judeu em sua própria terra. 1822 - Judeus fazem aliyah (imigração) da Romênia para a Palestina. 1890-1891 - Uma grande massa de judeus proveniente da Rússia desembarca em Israel. 1894-1895 - Na França, o capitão Alfred Dreyfus é condenado por espionagem, em meio a um feroz anti-semitismo. 1896 - Theodor Herzl escreve Der Judenstaat ("O Estado Judeu"). 1897 - O Primeiro Congresso Sionista, convocado por Herzl, é realizado em Basiléia (Suíça). Mais de 200 participantes, de 17 países, criaram a Organização Sionista Mundial, que buscava "estabelecer uma pátria para o povo judeu em Eretz-Israel (a terra de Israel), assegurada pela lei". O Congresso Sionista se reuniu todos os anos, de 1897 a 1901, e desde então se reúne a cada dois anos, até os dias de hoje. 1901 - O Congresso Sionista criou o Fundo Nacional Judaico (FNJ), destinado a levantar recursos para a aquisição de terras em Eretz Israel. O FNJ é o maior proprietário de terras em Israel (12,5% do território), tendo adquirido mais da metade dessa extensão antes do estabelecimento da nação. 1904 - Segunda onda de imigração de judeus, provenientes principalmente da Rússia e da Polônia. 1906 - A primeira escola judaica de ensino médio é fundada em Haifa e uma escola de artes é fundada em Jerusalém. 1908-1914 - Segunda aliyah de judeus vindos do Iêmen. 1909 - Tel Aviv, a primeira cidade totalmente judaica, é fundada na Palestina. 1910 - Fundação do kibbutz Degania. 1914-1918 - Primeira Guerra Mundial. 1917 - O general britânico Edmund Allenby conquista a Palestina, a leste e a oeste do Jordão, pondo fim ao domínio otomano. Em novembro, os britânicos publicam a Declaração Balfour, apoiando o estabelecimento de "uma pátria para os judeus". 1920 - A Liga das Nações dá aos britânicos um mandato sobre a Palestina, com ordens de implementação da Declaração Balfour.  FONTE: (Israel My Glory - http://www.beth-shalom.com.br)

    • Today Deal $50 Off : https://goo.gl/efW8Ef