Marcadores

SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

24 junho 2017

LIÇÃO Nº 13 – UM JOVEM PASTOR





Objetivo
Professor (a) ministre sua aula de forma que conduza seus alunos a compreender a importância de sermos fiéis servos que se dediquem à Obra de Deus.
Para refletir

“Você, porém, seja sóbrio em tudo, suporte os sofrimentos, faça a obra de um evangelista, cumpra plenamente o seu ministério". (2 Tm 4.5 - NVI).
Pastor de ovelhas! Assim Davi comparou Deus no trato com o seu povo. De tal maneira ficou a imagem cristalizada na alma hebréia, que todos os seus guias passaram a ser vistos como pastores. O rei não era somente rei; era um pastor; sua obrigação: conduzir os israelitas ao regaço divino. Diz-se o mesmo do sacerdote e do profeta. Interceder é pastorear.
Texto Bíblico: 2 Tm 1.5-7; 3.14,15.
Timóteo, o sucessor do apóstolo Paulo
Seu pai era grego e descrente, a sua mãe Eunice (judia) e sua avó Loide eram crentes (Atos 16.1; 2 Tm 1.5); Ele se converteu ainda jovem através do Ministério de Paulo. Provavelmente na primeira viagem missionária, onde Paulo foi apedrejado, em Listra, cidade natal de Timóteo (Atos 14.19-20; 1 Tm 1.2). Ele recebeu a consagração ministerial através da imposição das mãos de Paulo (2 Tm 1.6). Também recebeu oração por imposição de mãos pelos presbíteros, na ocasião ele foi revestido com um dom espiritual (1 Tm 4.14).
Na segunda viagem missionária de Paulo à Listra, ele levou consigo Timóteo. A partir de então teve início a carreira de Timóteo, um dos maiores ministérios apostólicos do primeiro século. Ele foi a Troas, Filipos, Tessalonica e Bereia. Em Bereia ele permaneceu com Silas por um longo período, dando a entender que o povo a amou demais, até que Paulo ordenou que eles fossem logo para Atenas (At 17.14,15);
Paulo também o enviou para pregar em Tessalonica (1 Ts 3.6). Ele ajudou Paulo a escrever as cartas aos tessalonicences (1 Ts 1.1; 2 Ts 1.1), mais tarde também o ajudou a escrever a segunda carta aos coríntios (2 Co 1.1,19). Ele era uma pessoa de inteira confiança de Paulo, enviado para algumas missões específicas aos coríntios (1 Co 4.17; 16.10) e provavelmente aos filipenses (Fp 2.19-24);
Ele viajou, acompanhou e permaneceu com Paulo durante o seu julgamento em Jerusalém. Ele foi com Paulo como Josué foi com Moisés, ao lado de Paulo ele aprendeu muito sobre o ministério pastoral (At 20.4; Fp 1.1; 2.19-22; Cl 1.1; Fl 1). É bem provável que ele tenha sido preso com Paulo, em Hebreus 13.23 menciona a sua soltura. Quando Paulo estava em seu martírio final, convidou a Timóteo para que viesse de Éfeso à Roma para visitá-lo (2 Tm 4.9). Não há relatos bíblicos confirmando a ida de Timóteo à Roma visitar Paulo.
Em sua época a igreja sofria fortes perseguições e seguir uma carreira ministerial era um grande desafio. Ele suportou a doença física e fraqueza, serviu como bispo dos pastores. Nessa época os pastores tinham pouca cultura e a pobreza era gigantesca, não haviam templos construídos, uma condição totalmente oposta as igrejas atuais. Timóteo enfrentou o preconceito por ter dupla nacionalidade (judeu e grego). A fé de Timóteo o mantinha em pé, firmado nas promessas de Deus. As oportunidades na vida de Timóteo se assemelham as atuais. Ele fez parte do início da história da igreja. Depois que Paulo morreu, a igreja em Éfeso permaneceu sob a supervisão de Timóteo até a sua morte.
Aplicação da Lição
Enfatize aos seus alunos que o serviço cristão para Timóteo era desafiador e exigente. Havia falsos mestres que apresentavam alternativas sutis e aparentemente atraentes para a fé cristã. Existiam também as tentações perenes do materialismo e do secularismo (1 Tm 6.9,10; 2 Tm 3.1-5). Como líder cristão, Timóteo foi chamado para travar uma guerra espiritual contra os poderes do mal (1 Tm 1.18; 2 Tm 2.4; 4.7). Os "laços do diabo" deviam ser evitados (2 Tm 2.26). Timóteo fizera promessas ao Senhor e era convocado a cumpri-las como um bom soldado de Cristo (2 Tm 2.3-7)
Fontes Consultadas:
BÍBLIA. Português. Bíblia Shedd. Tradução João Ferreira de Almeida, Revista e Atualizada. 2ª Edição, São Paulo, Editora Vida Nova, 1997.
BÍBLIA. Português. Bíblia de Estudo Pentecostal. Tradução João Ferreira de Almeida, Revista e Corrigida. Rio de Janeiro, Editora CPAD, 2002. Editor geral Donald Stamps, Editor brasileiro Pr. Antonio Gilberto.
Colaboração para o Portal Escola Dominical - Prof. Jaciara da Silva
http://www.portalebd.org.br/
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AS 10 MAIS VISITADAS