SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Google+ Followers

Marcadores

Aborto ACONSELHAMENTO PRÉ-MATRIMÓNIAL Adolecentes Cristão ADOLESCENTES ADPB ADULTÉRIO ADULTOS Agradecimento Aniversario Apologética Cristã Arqueologia As Inquisições Assembleia de Deus Barack Obama Batismos Bíblia Brasil Casamento CGADB Ciência Círculo de Oração CLASSE BERÇARIO CLASSE BERÇÁRIO CLASSE DOS DISCIPULADOS CLASSE DOS DISCIPULANDO CLASSE DOS DISCIPULANDOS CLASSE JOVENS E ADULTOS CENTRAL GOSPEL CLASSE JOVENS E ADULTOS BETEL CLASSE MATERNAL Congresso CPAD Cruzada Curiosidades Cursos Departamento Infantil Depressão Desaparecido DESENHOS BIBLICOS Desfiles Dia do Pastor Discipulado Divórcio EBD EBO Escatologia Estudantes Estudos Eventos FALECIMENTO Família Filmes Galeria de Fotos Gospel Gratidão a Deus Hinos Antigos História Homenagens Homilética Homoxesualismo Ideologia de Gênero Idolatria Inquisição Islamismo Israel LIção de Vida Louvor Luto Maçonaria Mães Mensagens Ministério Missões MODISMOS Mundo Mundo Cristão MUSICAS EVANGÉLICAS Namoro Cristão Noivados Notícias Obreiros ONU Oração Pneumatologia política PRIMARIOS Psicopedagogia Pureza sexual Realidade Social Reforma Protestante RELIGIÕES Retiro Revista Central Gospel REVISTA CLASSE PRIMARIOS REVISTA CLASSE DOS PRE-ADOLESCENTES REVISTA CLASSE DOS ADOLESCENTES REVISTA CLASSE JARDIM DA INFANCIA REVISTA CLASSE JARDIM DA INFÂNCIA REVISTA CLASSE JUNIORES REVISTA DA CLASSE JOVENS CPAD. REVISTA DA CLASSE JOVENS. REVISTA DA CLASSE ADULTOS REVISTA DA CLASSE JOVENS E ADULTOS REVISTA DA CLASSE JUVENIS Revista Maternal Santa Ceia Saúde Seminário Sexualidade Subsídios Subsídios EBD Subsídios EBD Videos Templos Teologia Testemunho TRANSGÊNEROS Utilidade publica UTILIDADE PÚBLICA Vida de Adolecente videos Virgilha

08 julho 2017

LIÇÃO Nº 2 – PREGUIÇA, DESPERDÍCIO DE TEMPO



Lição 2 - Preguiça, desperdício de tempo III



ASSEMBLEIA DE DEUS - CAMPINA GRANDE/PB
PORTAL ESCOLA DOMINICAL
TERCEIRO TRIMESTRE DE 2017
Jovens: Tempo para todas as coisas: aproveitando as oportunidades que Deus nos dá
COMENTARISTA: REYNALDO ODILO
COMENTARISTA: PROF. FRANCISCO DE ASSIS BARBOSA

LIÇÃO Nº 2 – PREGUIÇA, DESPERDÍCIO DE TEMPO

...
INTRODUÇÃO
A Bíblia diz que Deus estabeleceu a Terra "para que fosse habitada" (Is 45.18). Ele também fez o homem para cuidar da sua criação e lhe deu algumas determinações sociais:frutificai, multiplicai, enchei, sujeitai e dominai os peixes, as aves e os animais (Gn 1.28). Tais deliberações exigiam esforço e a administração correta do tempo, a fim de que fosse cumprido o propósito para o qual foram criados. O trabalho foi dado ao homem antes mesmo da Queda. Nesta lição veremos que a preguiça é um erro que conduz o ser humano para longe da vontade de Deus. Contra esse pecado, o livro de Provérbios sugere que o homem visite um formigueiro e aprenda Lições vitais que podem ajudá-lo a cumprir com suas tarefas sociais primordiais. [Comentário: O tema proposto pode ser aprofundado muito além do conteúdo da lição. O livro de Provérbios é um guia para aqueles que querem experimentar a vontade de Deus em diferentes situações e particularidades do dia-a-dia, funcionando como um tipo de comentário ampliado e aplicativo, ensinando-nos a ter atitudes coerentes com a Lei do Senhor. Veremos hoje o proceder do preguiçoso. As palavras hebraicas para preguiçoso e preguiça significam literalmente lerdeza e lentidão.Interessantemente, a Língua Portuguesa traz em seu bojo as mesmas significações “lentidão, vagar, preguiça”. Tendo, além disso, as seguintes definições: “s. f.1. Propensão para não trabalhar. = mandriice, ócio, vadiagem 2. Demora ou lentidão em agir. = vagar 3. Gosto de estar na cama, de se levantar tarde”. Talvez alguém pense que trabalho seja uma maldição que caiu sobre o homem depois da queda. Nada mais equivocado do que esse pensamento. O trabalho não é maldição, mas um mandamento bíblico estabelecido por Deus desde o início da história da humanidade como a maneira pela qual o homem promoveria o seu sustento: “No suor do rosto comerás o teu pão, até que tornes à terra, pois dela foste formado; porque tu és pó e ao pó tornarás” (Gn 3.19). Certamente que, como todas as coisas, ficou mais árduo depois da queda em virtude da maldição que sobreveio à terra (Gn 3.17-19). Adão recebeu as incumbências de governar a terra, de cultivar e guardar o jardim do Éden. É com o trabalho que vivemos dignamente, que glorificamos a Deus e também servimos ao Reino de Deus e aos necessitados: “Aquele que furtava, não furte mais; antes trabalhe, fazendo com as próprias mãos o que é bom, para que tenha com que acudir ao necessitado” (Ef 4.28).]Dito isto, vamos pensar maduramente a fé cristã?
I - APRENDENDO COM AS FORMIGAS
1. Encontro formidável. "Vai ter com a formiga, ó preguiçoso [...]" (Pv 6.6). A Palavra de Deus orienta que o preguiçoso observe o formigueiro. Por que o formigueiro? Porque a organização de uma colônia de formigas traz excelentes ensinamentos para todos nós. Elas são incansáveis, sabem trabalhar em equipe e respeitam-se mutuamente. [Comentário: A primeira lei de Newton diz que um objeto em movimento tende a permanecer em movimento, e um objeto parado tende a permanecer parado. Essa lei também se aplica a pessoas. Enquanto algumas pessoas são naturalmente motivadas para completar projetos, outras pessoas são apáticas, precisando de motivação para combater até mesmo a inércia! Preguiça, um estilo de vida para alguns, é uma tentação para todos. A Bíblia, no entanto, é clara que, porque o Senhor, que é um Deus que trabalha, foi quem ordenou trabalho para o homem, preguiça é um pecado. “Vai ter com a formiga, ó preguiçoso; olha para os seus caminhos, e sê sábio” (Pv 6.6) https://www.gotquestions.org/Portugues/preguica-Biblia.html. O escritor destas palavras de sabedoria olhava para uma das menores e mais humildes criaturas para aprender o valor do trabalho. A formiga passa as curtas semanas de sua vida trabalhando diligentemente e sem queixa. Diferente de algumas pessoas que só trabalham quando são forçadas, a formiga continua sua tarefa mesmo quando ninguém está observando. Diferente daqueles que preferem dormir do que trabalhar, a formiga está continuamente ativa. Ela não se queixa de que a tarefa seja muito dura ou que o pagamento seja muito baixo. Ela trabalha porque este é seu papel na vida, determinado pelo Criador. Desde o princípio, nosso Criador teve intenção de que trabalhássemos (Gn 2.15). Entretanto, muitas pessoas têm negligenciado esta obrigação. Qual é o resultado da indolência humana? Pobreza e carência (Pv 6.11). Conquanto haja tempos em que as pessoas boas e trabalhadoras sofrem necessidade (veja Fp 4.10,13; At 11.27-30), muito da pobreza e do sofrimento neste mundo é o resultado da preguiça. Homens que respeitam a vontade de Deus trabalham para sustentar suas famílias (1Tm 5.8) e até mesmo para ajudar outros que estejam necessitados (Ef 4.28). Aqueles que se recusam a trabalhar merecem passar fome (2Ts 3.10). Os cristãos têm que separar-se dos irmãos preguiçosos (2Ts 3.6,14). Quando trabalharmos, deveremos estar certos de que nosso motivo é agradar a Deus (Ef 6.5-8) e não é acumular riquezas, para satisfazer nossos próprios desejos egoístas (Pv 23.1-5; 1Tm 6.8-10). Todos nós podemos aprender bastante observando os hábitos de trabalho das formiguinhas! -por Dennis Allan, em http://www.estudosdabiblia.net/esc33.htm]
2. Compreensão da realidade. "[...I Olha pra os seus caminhos e sê sábio" (Pv 6.6). Formigas não têm calendário para saber quando chegou o verão. Porém, elas conhecem as estações e agem de forma proativa de acordo com o tempo. Nós, discípulos de Jesus, também precisamos ter a visão correta para vermos as necessidades e oportunidades que são colocadas em nosso caminho, como uma oportunidade divina de sermos abençoados e abençoarmos os outros. [Comentário: Os Cristãos mostram sua fé através de suas obras.“Mas dirá alguém: Tu tens a fé, e eu tenho as obras; mostra-me a tua fé sem as tuas obras,e eu te mostrarei a minha fé pelas minhas obras. Porque, assim como o corpo sem o espírito está morto, assim também a fé sem obras é morta” (Tg 2.18,26). A preguiça viola o propósito de Deus: as boas obras. O Senhor, no entanto, capacita os Cristãos a combater a tendência da carne de ser preguiçoso ao nos dar uma nova natureza (2Co 5.17). Trabalhar,fazer, sem o objetivo certo, também é desperdício de tempo. Por isso, a palavra de Deus nos narra o segredo: “Tudo o que fizerem, seja em palavra ou em ação, façam-no em nome do Senhor Jesus, dando por meio dele graças a Deus Pai” (Cl 3.17). Quer ser sábio? Aplique este grande segredo: fazer tudo para a glória de Deus; faça como se estivesse fazendo para o Senhor. Deus nos proporciona ocasiões que sequer entendemos. Coloca em nossas vidas atividades que não nos favorecem muito, mas, tudo devo fazer para que ele seja glorificado “Tudo o que fizerem, façam de todo o coração, como para o Senhor, e não para os homens” (Cl 3.23).]
Para continuar lendo este artigo baixe o anexo no link abaixo.
Fonte: http://auxilioebd.blogspot.com.br/2017/07/jovens-licao-2-preguica-desperdicio-de.html Acesso em 04 jul. 2017.