SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

08 julho 2017

LIÇÃO Nº 2 – PREGUIÇA, DESPERDÍCIO DE TEMPO



Lição 2 - Preguiça, desperdício de tempo III



ASSEMBLEIA DE DEUS - CAMPINA GRANDE/PB
PORTAL ESCOLA DOMINICAL
TERCEIRO TRIMESTRE DE 2017
Jovens: Tempo para todas as coisas: aproveitando as oportunidades que Deus nos dá
COMENTARISTA: REYNALDO ODILO
COMENTARISTA: PROF. FRANCISCO DE ASSIS BARBOSA

LIÇÃO Nº 2 – PREGUIÇA, DESPERDÍCIO DE TEMPO

...
INTRODUÇÃO
A Bíblia diz que Deus estabeleceu a Terra "para que fosse habitada" (Is 45.18). Ele também fez o homem para cuidar da sua criação e lhe deu algumas determinações sociais:frutificai, multiplicai, enchei, sujeitai e dominai os peixes, as aves e os animais (Gn 1.28). Tais deliberações exigiam esforço e a administração correta do tempo, a fim de que fosse cumprido o propósito para o qual foram criados. O trabalho foi dado ao homem antes mesmo da Queda. Nesta lição veremos que a preguiça é um erro que conduz o ser humano para longe da vontade de Deus. Contra esse pecado, o livro de Provérbios sugere que o homem visite um formigueiro e aprenda Lições vitais que podem ajudá-lo a cumprir com suas tarefas sociais primordiais. [Comentário: O tema proposto pode ser aprofundado muito além do conteúdo da lição. O livro de Provérbios é um guia para aqueles que querem experimentar a vontade de Deus em diferentes situações e particularidades do dia-a-dia, funcionando como um tipo de comentário ampliado e aplicativo, ensinando-nos a ter atitudes coerentes com a Lei do Senhor. Veremos hoje o proceder do preguiçoso. As palavras hebraicas para preguiçoso e preguiça significam literalmente lerdeza e lentidão.Interessantemente, a Língua Portuguesa traz em seu bojo as mesmas significações “lentidão, vagar, preguiça”. Tendo, além disso, as seguintes definições: “s. f.1. Propensão para não trabalhar. = mandriice, ócio, vadiagem 2. Demora ou lentidão em agir. = vagar 3. Gosto de estar na cama, de se levantar tarde”. Talvez alguém pense que trabalho seja uma maldição que caiu sobre o homem depois da queda. Nada mais equivocado do que esse pensamento. O trabalho não é maldição, mas um mandamento bíblico estabelecido por Deus desde o início da história da humanidade como a maneira pela qual o homem promoveria o seu sustento: “No suor do rosto comerás o teu pão, até que tornes à terra, pois dela foste formado; porque tu és pó e ao pó tornarás” (Gn 3.19). Certamente que, como todas as coisas, ficou mais árduo depois da queda em virtude da maldição que sobreveio à terra (Gn 3.17-19). Adão recebeu as incumbências de governar a terra, de cultivar e guardar o jardim do Éden. É com o trabalho que vivemos dignamente, que glorificamos a Deus e também servimos ao Reino de Deus e aos necessitados: “Aquele que furtava, não furte mais; antes trabalhe, fazendo com as próprias mãos o que é bom, para que tenha com que acudir ao necessitado” (Ef 4.28).]Dito isto, vamos pensar maduramente a fé cristã?
I - APRENDENDO COM AS FORMIGAS
1. Encontro formidável. "Vai ter com a formiga, ó preguiçoso [...]" (Pv 6.6). A Palavra de Deus orienta que o preguiçoso observe o formigueiro. Por que o formigueiro? Porque a organização de uma colônia de formigas traz excelentes ensinamentos para todos nós. Elas são incansáveis, sabem trabalhar em equipe e respeitam-se mutuamente. [Comentário: A primeira lei de Newton diz que um objeto em movimento tende a permanecer em movimento, e um objeto parado tende a permanecer parado. Essa lei também se aplica a pessoas. Enquanto algumas pessoas são naturalmente motivadas para completar projetos, outras pessoas são apáticas, precisando de motivação para combater até mesmo a inércia! Preguiça, um estilo de vida para alguns, é uma tentação para todos. A Bíblia, no entanto, é clara que, porque o Senhor, que é um Deus que trabalha, foi quem ordenou trabalho para o homem, preguiça é um pecado. “Vai ter com a formiga, ó preguiçoso; olha para os seus caminhos, e sê sábio” (Pv 6.6) https://www.gotquestions.org/Portugues/preguica-Biblia.html. O escritor destas palavras de sabedoria olhava para uma das menores e mais humildes criaturas para aprender o valor do trabalho. A formiga passa as curtas semanas de sua vida trabalhando diligentemente e sem queixa. Diferente de algumas pessoas que só trabalham quando são forçadas, a formiga continua sua tarefa mesmo quando ninguém está observando. Diferente daqueles que preferem dormir do que trabalhar, a formiga está continuamente ativa. Ela não se queixa de que a tarefa seja muito dura ou que o pagamento seja muito baixo. Ela trabalha porque este é seu papel na vida, determinado pelo Criador. Desde o princípio, nosso Criador teve intenção de que trabalhássemos (Gn 2.15). Entretanto, muitas pessoas têm negligenciado esta obrigação. Qual é o resultado da indolência humana? Pobreza e carência (Pv 6.11). Conquanto haja tempos em que as pessoas boas e trabalhadoras sofrem necessidade (veja Fp 4.10,13; At 11.27-30), muito da pobreza e do sofrimento neste mundo é o resultado da preguiça. Homens que respeitam a vontade de Deus trabalham para sustentar suas famílias (1Tm 5.8) e até mesmo para ajudar outros que estejam necessitados (Ef 4.28). Aqueles que se recusam a trabalhar merecem passar fome (2Ts 3.10). Os cristãos têm que separar-se dos irmãos preguiçosos (2Ts 3.6,14). Quando trabalharmos, deveremos estar certos de que nosso motivo é agradar a Deus (Ef 6.5-8) e não é acumular riquezas, para satisfazer nossos próprios desejos egoístas (Pv 23.1-5; 1Tm 6.8-10). Todos nós podemos aprender bastante observando os hábitos de trabalho das formiguinhas! -por Dennis Allan, em http://www.estudosdabiblia.net/esc33.htm]
2. Compreensão da realidade. "[...I Olha pra os seus caminhos e sê sábio" (Pv 6.6). Formigas não têm calendário para saber quando chegou o verão. Porém, elas conhecem as estações e agem de forma proativa de acordo com o tempo. Nós, discípulos de Jesus, também precisamos ter a visão correta para vermos as necessidades e oportunidades que são colocadas em nosso caminho, como uma oportunidade divina de sermos abençoados e abençoarmos os outros. [Comentário: Os Cristãos mostram sua fé através de suas obras.“Mas dirá alguém: Tu tens a fé, e eu tenho as obras; mostra-me a tua fé sem as tuas obras,e eu te mostrarei a minha fé pelas minhas obras. Porque, assim como o corpo sem o espírito está morto, assim também a fé sem obras é morta” (Tg 2.18,26). A preguiça viola o propósito de Deus: as boas obras. O Senhor, no entanto, capacita os Cristãos a combater a tendência da carne de ser preguiçoso ao nos dar uma nova natureza (2Co 5.17). Trabalhar,fazer, sem o objetivo certo, também é desperdício de tempo. Por isso, a palavra de Deus nos narra o segredo: “Tudo o que fizerem, seja em palavra ou em ação, façam-no em nome do Senhor Jesus, dando por meio dele graças a Deus Pai” (Cl 3.17). Quer ser sábio? Aplique este grande segredo: fazer tudo para a glória de Deus; faça como se estivesse fazendo para o Senhor. Deus nos proporciona ocasiões que sequer entendemos. Coloca em nossas vidas atividades que não nos favorecem muito, mas, tudo devo fazer para que ele seja glorificado “Tudo o que fizerem, façam de todo o coração, como para o Senhor, e não para os homens” (Cl 3.23).]
Para continuar lendo este artigo baixe o anexo no link abaixo.
Fonte: http://auxilioebd.blogspot.com.br/2017/07/jovens-licao-2-preguica-desperdicio-de.html Acesso em 04 jul. 2017.

Betel ADULTO – 3º Trimestre de 2017 – 24/09/2017 – Lição 13 – A perseverança do discípulo de Jesus Cristo

Este post é assinado por: Cláudio Roberto TEXTO ÁUREO Lucas 8:15 15  e a que caiu em boa terra, esses são os que, ouvindo a palavra,...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AS 10 MAIS VISITADAS