SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Marcadores

Aborto (11) ACONSELHAMENTO PRÉ-MATRIMÓNIAL (5) Adolecentes Cristão (2) ADOLESCENTES (3) ADPB (1) ADULTÉRIO (2) ADULTOS (9) Agradecimento (1) Aniversario (10) Apologética Cristã (10) Arqueologia (1) As Inquisições (1) Assembleia de Deus (5) Barack Obama (2) Batismos (29) Bíblia (3) Brasil (48) Casamento (25) CGADB (19) Ciência (6) Círculo de Oração (5) CLASSE BERÇARIO (10) CLASSE BERÇÁRIO (26) CLASSE BETEL JOVENS (37) CLASSE DOS DISCIPULANDOS (55) CLASSE JOVENS E ADULTOS CENTRAL GOSPEL (73) CLASSE JOVENS E ADULTOS BETEL (153) CLASSE MATERNAL (104) Congresso (49) CPAD (6) Cruzada (3) Curiosidades (3) Cursos (3) Departamento Infantil (5) Depressão (2) Desaparecido (4) DESENHOS BIBLICOS (1) Desfiles (3) Dia do Pastor (4) Discipulado (64) Divórcio (4) EBD (20) EBO (21) Escatologia (2) Estudantes (2) Estudos (506) Eventos (118) FALECIMENTO (5) Família (16) Filmes (18) Fome (1) Galeria de Fotos (12) Gospel (285) Gratidão a Deus (1) Hinos Antigos (3) História (4) Homenagens (3) Homilética (4) Homoxesualismo (3) Ideologia de Gênero (12) Idolatria (3) Inquisição (2) Islamismo (10) Israel (18) LIção de Vida (2) Louvor (1) Luto (42) Maçonaria (3) Mães (3) Mensagens (56) Ministério (34) Missões (148) MODISMOS (2) Mundo (610) Mundo Cristão (178) MUSICAS EVANGÉLICAS (3) Namoro Cristão (8) Noivados (1) Notícias (3156) Obreiros (9) ONU (4) Oração (1) Pneumatologia (1) política (121) Psicopedagogia (3) Pureza sexual (8) Realidade Social (17) Reforma Protestante (4) RELIGIÕES (3) Retiro (4) REVISTA CLASSE PRIMARIOS (230) REVISTA CLASSE DOS PRE-ADOLESCENTES (267) REVISTA CLASSE DOS ADOLESCENTES (280) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFÂNCIA (111) REVISTA CLASSE JUNIORES (243) REVISTA DA CLASSE JOVENS CPAD. (190) REVISTA DA CLASSE JOVENS. (319) REVISTA DA CLASSE ADULTOS (872) REVISTA DA CLASSE JOVENS E ADULTOS (408) REVISTA DA CLASSE JUVENIS (262) Revista Maternal (63) Santa Ceia (3) Saúde (45) Seminário (4) Sexualidade (7) Subsídios (1507) Subsídios EBD (1900) Subsídios EBD Videos (599) Templos (3) Teologia (5) Testemunho (1) TRANSGÊNEROS (2) Vida de Adolecente (5) videos (106) Virgilha (1)

26 agosto 2018

VOCÊ PODE ESTAR ENVENENADO COM MERCÚRIO E NÃO SABE

Image: The under-recognized epidemic: Millions of people are suffering from mercury poisoning

Grande parte da ansiedade, depressão e doença mental que assola as pessoas hoje pode ser rastreada até as mudanças bioquímicas que ocorrem após a exposição repetida a elementos tóxicos, como o mercúrio (Hg).

O mercúrio é uma das neurotoxinas mais potentes, mas é usado rotineiramente na medicina. Milhões de pessoas estão sofrendo de envenenamento por mercúrio porque os dentistas ainda inserem amálgamas dentárias à base de mercúrio nos dentes das pessoas. Com o tempo, esse mercúrio penetra na boca e entra na corrente sanguínea. Em média, uma pessoa absorverá 100 mg de mercúrio diariamente se tiver apenas um amálgama dentária. Durante uma operação, o mercúrio também é inalado.

O mercúrio afeta negativamente os neurotransmissores, bloqueia o efeito terapêutico dos antioxidantes e minerais


Uma vez dentro do corpo, o mercúrio se liga prontamente a moléculas, tecidos e células, interrompendo os ciclos celulares, causando estresse oxidativo, disfunção das mitocôndrias e prejudicando a homeostase. A exposição ao mercúrio incita questões comportamentais, distúrbios neurológicos, distúrbios de humor e doenças mentais. Isso ocorre porque o mercúrio dificulta a produção e a função de vários neurotransmissores. Um dos neurotransmissores afetados é o GABA, um caminho crucial para manter uma pessoa calma e firme. O mercúrio causa ansiedade porque interfere com o GABA, causa desequilíbrio de zinco e destrói a bainha de mielina protetora que cobre os nervos.

O mercúrio não só causa estresse oxidativo, mas também se liga ao enxofre e ao selênio, bloqueando o efeito terapêutico desses minerais. O selênio e o enxofre ajudam o sistema imunológico a identificar células indesejáveis. Ao competir com esses minerais cruciais, o mercúrio permite que as células cancerosas sobrevivam no corpo. Se o mercúrio estiver ligado a esses elementos importantes, o sistema imunológico do corpo pode se voltar contra si mesmo, causando condições autoimunes. O mercúrio também se liga ao antioxidante mestre do corpo – a glutationa. Se a glutationa não puder fazer o seu trabalho de forma eficaz, então quaisquer substâncias tóxicas que entrem no corpo podem danificar rapidamente as células nervosas e imunológicas.

Leia também: Exposição a Produtos Químicos Demonstrou ser a Causa do Aumento das Condições Neurológicas da Infância

Exposição a mercúrio e a hipocrisia da odontologia convencional e da ciência das vacinas

Um dos principais problemas da indústria do carvão são as emissões de mercúrio. Centrais energéticas a carvão emitem mercúrio tóxico no ar, onde chove e envenena a água. Com o tempo, o mercúrio se acumula em frutos do mar. A FDA adverte contra o consumo excessivo de atum e outros produtos do mar por este motivo. O sistema gastrointestinal do corpo humano ajuda a eliminar e eliminar o mercúrio tóxico. Certos alimentos ligam-se ao mercúrio para eliminá-lo eficientemente do corpo. Alimentos como manteiga de amendoim, morangos e chlorella são quelantes. Esses alimentos ajudam a remover elementos tóxicos, especialmente o mercúrio, do corpo.

O mercúrio injetado, através da vacinação, é uma história diferente. Este mercúrio, juntamente com outras neurotoxinas encontradas nas vacinas, é inserido no tecido muscular, nas células do sistema imunológico e no sangue. Este mercúrio contorna o sistema gastrointestinal, contaminando os órgãos mais rapidamente.

A inalação e ingestão repetidas de mercúrio, através de amálgamas dentárias à base de mercúrio, também representam danos significativos para as pessoas a longo prazo. A exposição crônica ao mercúrio oxida os vasos sanguíneos e perturba a insulina, levando à hipertensão crônica, ao alto nível de açúcar no sangue, ao excesso de gordura abdominal e a altos níveis de colesterol LDL não saudável.

Se você foi vítima de amálgamas dentárias à base de mercúrio, consulte um dentista holístico. A exposição crônica ao mercúrio não vale o risco e vai sobrecarregar muitas funções importantes do corpo humano. Para restaurar qualquer dano infligido por mercúrio, considere uma dieta cheia de gorduras de alta qualidade, azeite orgânico e caldo de osso. Consumir alimentos ricos em selênio, magnésio e zinco para restaurar o equilíbrio desses elementos no corpo. Ajude o corpo a quelar o mercúrio consumindo alimentos como morangos, proteína de cânhamo, coentro, chlorella, framboesas e outras fibras de frutas.



Via : https://www.naturalnews.com/2018-08-08-the-under-recognized-epidemic-millions-of-people-are-suffering-from-mercury-poisoning.html e http://www.anovaordemmundial.com/ fonte http://www.libertar.in

Lição 4, Os Atributos do Ser Humano

  1 º Trimestre de 20 20 -  A Raça  Humana -  Origem, Queda e Redenção - Comentarista CPAD - Pr  Elienai Cabral Complementos, Ilustr...