SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Marcadores

Aborto (11) ACONSELHAMENTO PRÉ-MATRIMÓNIAL (5) Adolecentes Cristão (2) ADPB (1) ADULTÉRIO (2) Agradecimento (1) Aniversario (10) Apologética Cristã (10) Arqueologia (1) As Inquisições (1) Assembleia de Deus (5) Barack Obama (2) Batismos (29) Bíblia (3) Brasil (48) Casamento (25) CGADB (19) Ciência (6) Círculo de Oração (5) CLASSE BERÇÁRIO (26) CLASSE DOS DISCIPULANDOS (55) CLASSE JOVENS E ADULTOS CENTRAL GOSPEL (71) CLASSE JOVENS E ADULTOS BETEL (146) CLASSE MATERNAL (103) Congresso (49) CPAD (6) Cruzada (3) Curiosidades (3) Cursos (3) Departamento Infantil (5) Depressão (2) Desaparecido (4) DESENHOS BIBLICOS (1) Desfiles (3) Dia do Pastor (4) Discipulado (64) Divórcio (4) EBD (20) EBO (21) Escatologia (2) Estudantes (2) Estudos (505) Eventos (118) FALECIMENTO (5) Família (16) Filmes (18) Galeria de Fotos (12) Gospel (284) Gratidão a Deus (1) Hinos Antigos (3) História (4) Homenagens (3) Homilética (4) Homoxesualismo (3) Ideologia de Gênero (12) Idolatria (3) Inquisição (2) Islamismo (9) Israel (18) JARDIM DA INFANCIA (7) LIção de Vida (2) Louvor (1) Luto (42) Maçonaria (3) Mães (3) Mensagens (56) Ministério (34) Missões (147) MODISMOS (2) Mundo (608) Mundo Cristão (178) MUSICAS EVANGÉLICAS (3) Namoro Cristão (8) Noivados (1) Notícias (3155) Obreiros (9) ONU (4) Oração (1) Pneumatologia (1) política (121) Psicopedagogia (3) Pureza sexual (8) Realidade Social (17) Reforma Protestante (4) RELIGIÕES (3) Retiro (4) REVISTA BETEL JOVENS (1) Revista Central Gospel (1) REVISTA CLASSE PRIMARIOS (229) REVISTA CLASSE DOS PRE-ADOLESCENTES (267) REVISTA CLASSE DOS ADOLESCENTES (280) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFANCIA (111) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFÂNCIA (110) REVISTA CLASSE JUNIORES (242) REVISTA DA CLASSE JOVENS CPAD. (185) REVISTA DA CLASSE JOVENS. (319) REVISTA DA CLASSE ADULTOS (872) REVISTA DA CLASSE JOVENS E ADULTOS (389) REVISTA DA CLASSE JUVENIS (262) Revista Maternal (63) Santa Ceia (3) Saúde (45) Seminário (4) Sexualidade (7) Subsídios (1507) Subsídios EBD (1900) Subsídios EBD Videos (592) Templos (3) Teologia (5) Testemunho (1) TRANSGÊNEROS (2) Utilidade publica (1) UTILIDADE PÚBLICA (2) Vida de Adolecente (5) videos (106) Virgilha (1)

19 março 2011

Blog da AD Piancó agora com colunistas direto da Bolívia


Tendo sido criado sob a autorização do nosso pastor local, Vargas Gomes da Silva, o Blog "AD Piancó" tem recebido um número de acessos fantástico, com apenas sete meses desde que postamos as primeiras notícias, ele está entre os Blogs de Igreja, mais acessados do estado, e não somente aqui, mas, em todo o Brasil e mundo, sendo que até o momento já temos catalogado visitas de aproximadamente quarenta países, louvamos a Deus porque por meio deste instrumento de comunicação a Mensagem dEle tem sido mostrado por todo o mundo.
Sendo assim, desde o momento de sua criação temos tentando a cada dia trazer algo de novo, recentemente temos disponibilizado nele, as escalas de cultos e de porteiros da AD Piancó e ainda o calendário da Santa Ceia, para que aqueles que se interessarem possam estar sempre bem informados. 
Agora apresentamos algo que, penso eu, entre todos os Sites e Blogs de Igrejas da Paraíba, missionários que mensalmente nos enviarão relatórios, matérias e notícias totalmente inéditas direto deCochabamba, Bolívia, são ele o Dc. Rosenildo Ferreira Maciel, crescido na AD João Pessoa, mais precisamente na congregação do Grotão, que partiu pra Bolívia a cerca de quanto meses, e a irmã Celimárcia Oliveira da AD Patos, ambos se encontram na Bolívia, estudando no SETEP (Seminário Teológico Pentecostal) e cooperando com os trabalhos missionários naquela localidade.
fonte AD PIANCO

Pastor Ciro Sanches Prega na conciência cristã em Campina Grande.



No periódo de 2 a 8/03 fio realizado na cidade de Campina Grande um grande encontro para a conciência cristã. Onde um dos preletores convidados o pastor Ciro Sanches diculga na internete o roteiro de sua pregação, confira.


''Partilho com todos os internautas, principalmente os que não puderam participar do XIII Encontro para Consciência Cristã, em Campina Grande, na Paraíba (realizado no período de 2 a 8 deste mês), o roteiro que eu utilizei para ministrar as palestras naquele evento. Aproveito para divulgar algumas fotos, tiradas por irmãos que assistiram às minhas preleções.'' Disse ciro.

A REALIDADE DA IGREJA BRASILEIRA
Falsos Evangelhos da Atualidade
Autor: Pr. Ciro Sanches Zibordi

Leitura bíblica: Rm 1.16; 1 Co 15.1,2

Introdução

Este estudo forma parte da Heresiologia, matéria que se ocupa tanto da análise dos falsos ensinamentos e modismos que vêm “de fora” como dos que surgem “entre nós” (At 20.27-30; 2 Pe 2.1,2; Gl 5.20; 1 Co 11.19), decorrentes da formação de facções — “alguns” (At 15.1,24; 2 Ts 3.11; 1 Tm 1.3,6,19; 4.1; 5.15; 6.10,21; 2 Tm 2.18; Jd vv.22,23).

I. Os Avisos das Escrituras quanto aos Falsificadores

1. O mundo jaz no Maligno, e a Igreja deve firmar-se na verdade, tendo a Palavra de Deus como a única fonte de autoridade confiável, superior a todas as outras fontes extrabíblicas (1 Jo 5.19,20; Jo 8.32,44; 15.3; 17.17; 1 Co 4.6; At 26.22).

2. Há muitos espíritos enganadores no mundo:
a) Falsos deuses (Jo 17.3; Sl 95.3; 2 Co 4.4).
b) Outro Jesus e outro espírito (2 Co 11.4; At 5.32; Jo 14.17).
c) Anjos caídos e demônios (Ap 12.3,4,9; Gl 1.8; 1 Tm 4.1; Ef 6.12).

3. Existem muitos homens que falsificam a Palavra de Deus:
a) Falsos cristos ou anticristos (Mt 24.24a; Mc 13.22a.; 1 Jo 2.18,19; 2 Jo v.7).
b) Falsos cientistas (1 Tm 6.20,21; 2 Co 4.4; Sl 10.4).
c) Pregadores e mestres falsos (2 Tm 4.1-5; 2 Pe 2.1,2; 3.16).
d) Pastores e apóstolos enganadores (2 Co 11.5,13; Ez 34.1-10).
e) Falsos adoradores (Mt 15.7-9; Jo 4.23,24).
f) Falsos irmãos (2 Co 11.15,24-28; Gl 2.3,4; Tg 1.26; Rm 16.17,18).
g) Falsos profetas — gr. pseudoprophetes (Mt 7.15; 24.11,24; Mc 13.22; At 13.6; 2 Pe 2.1; 1 Jo 4.1).
h) Falsos milagreiros (Mt 24.24b; Mc 13.22b; 2 Co 11.13-15).

II. O Cristão e o Discernimento

1. Características dos enganadores, conforme Mateus 7.15-23:
a) Parecem-se com ovelhas; mas são lobos devoradores (v. 15; At 20.29; Mt 23.28; Gl 2.6).
b) Seus frutos são maus (vv. 16-20; Mt 3.10; Jd v.12).
c) Dizem-se servos de Deus (vv. 21,22; 1 Co 5.11; 2 Ts 3.6; Ap 2.20,21).
d) Não fazem a vontade do Senhor (v. 21; Jo 7.16,17). Seguem a própria vontade (Ez 13.2; 2 Tm 4.10; Lc 9.23), a do povo (Êx 32.1-4,19,20; Gl 1.10) ou a do Diabo (Jo 8.44); rejeitam a vontade de Deus (Rm 12.2; 1 Jo 2.17).
e) São muitos (v. 22; 2 Co 2.17; 2 Tm 4.3; Mt 24.1-12; Fp 3.18).
f) Usam o nome do Senhor (v. 22; 2 Tm 2.19).
g) Profetizam falsamente (v. 22). Os falsos profetas também são “profetas” (Jr 14.14; 28.5; 1 Rs 13; 22.1-28; Ez 13.1-4); por isso, profetizam!
h) Expulsam demônios à base de exorcismo e fazem muitos “milagres” (v. 22).
i) Deus não os conhece (v. 23) — gr. ginõskõ (cf. Rm 7.15). Ele nunca aprovou, reconheceu ou deu crédito ao trabalho deles. O Senhor só tem relacionamento aprovador com quem o ama e o serve (Gn 18.19; Jo 10.14,27; 1 Co 8.3; Na 1.7; Gl 4.9).
j) Praticam iniquidade (v. 23; 2 Pe 2.20-22). Isso implica rejeição consciente da Palavra de Deus (Mt 13.41; 23.25,28; 24.12).
l) Não entrarão no Reino de Deus (vv. 19,21,22; 2 Pe 2.1; Jo 15.6).


2. Não devemos desprezar as pregações, os ensinamentos, as profecias, bem como os sinais e prodígios (At 17.11a; 2.13; 1 Ts 5.19,20). Entretanto, cabe a nós julgá-los (At 17.11b; 1 Ts 5.21; 1 Co 14.29; 1 Jo 4.1; Hb 13.9).

3. Os critérios bíblicos para esse julgamento:
a) Julgamento segundo a reta justiça (Jo 7.24).
b) Teste pela Palavra de Deus (At 17.11; Hb 5.12-14).
c) Sintonia do Corpo com a Cabeça (Ef 4.14,15; 1 Co 2.16; 1 Jo 2.20,27; Nm 9.15-22).
d) Dom de discernir os espíritos (1 Co 12.10,11; At 13.6-11; 16.1-18).
e) Bom senso (1 Co 14.33; At 9.10,11).
f) Cumprimento da predição, no caso da profecia (Ez 33.33; Dt 18.21,22; Jr 28.9), se bem que apenas isso não é suficiente para autenticá-la (Dt 13.1,2; Jo 14.23a).
g) Vida do pregador, profeta ou milagreiro (2 Tm 2.20,21; Gl 5.22):
Ele tem uma vida de oração e devoção a Deus?
Ele honra a Cristo em tudo, não recebendo glória dos homens?
Ele demonstra amar e seguir a Palavra do Senhor?
Ele ama os pecadores e deseja vê-los salvos?
Ele detesta o mal e ama justiça?
Ele prega contra o pecado, defende o evangelho de Cristo e conduz a igreja à santificação?
Ele repudia a avareza, ou ama sordidamente o dinheiro?

III. O Evangelho Experiencialista e Místico

1. As doutrinas desse evangelho surgem depois de “arrebatamentos ao céu ou ao inferno”, “cair no Espírito” e outras experiências exóticas. Seus propagadores dizem ter “novas unções” (1 Co 1.25; Ap 4; 1 Jo 2.20; Lc 4.18; At 10.38; 2 Co 1.21).

2. Empregam textos isolados para propagarem modismos como “cair no Espírito” e “unção do riso” (Dn 10.7-9; At 9.4-8; Ap 1.17; Gn 2.21; 18.15), mas negligenciam a Palavra de Deus (1 Co 14.20,32,33; Rm 14.17; At 2.1-4,14; 8.15-17; 10.44-48; 19.1-7; Os 14.1; 1 Co 10.12; Ap 2.4,5; Mc 9.17-27; Lc 4.35).

3. Falam muito sobre os “sonhos de Deus”, afirmando que os nossos anseios, aspirações, ambições e pensamentos provêm do Senhor (Pv 16.1,2; Jr 17.9; 2 Sm 7.3-17). Mas Ele nos dirige mediante sonhos de verdade, e não “sonhos” (Gn 37.5,9; Jl 2.28-29; Mt 1.20; 2.12,13,19,22).

4. Afirmam que as frases “buscai as coisas que são de cima” (Cl 3.1) e “Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça” (Hb 4.16) denotam que o crente deve subir ao céu, literalmente, a fim de trazer de lá novas revelações!

5. Alguns defensores desse evangelho empirista, dizendo ter acesso à Sala das Escrituras, à Sala dos Projetos e à Sala dos Tempos, têm mandado o povo guardar a Bíblia e “mergulhar de cabeça” nas novas revelações “divinas” (1 Co 15.3,4; Sl 119.89,105; Dt 17.19).

6. Outros enfatizam o antibíblico culto aos anjos, ainda que de forma indireta (Cl 2.18; Hb 1.14; Êx 33.2; Dn 6.22; Lc 1.19; At 12.11; 27.23). As mensagens angelicais são consideradas equivalentes ou superiores à Palavra de Deus (Jo 12.28-30; Gl 1.8; 1 Rs 13.18).


7. Chamam os crentes equilibrados — que crêem no sobrenatural, mas consideram a Bíblia a sua regra de fé e de prática — de fundamentalistas e bibliólatras. Mas as Escrituras devem, sim, controlar todo o nosso viver (Sl 119.9,11; Jo 17.17; 2 Tm 3.16,17).

8. Alguns ungem com azeite carteiras de trabalho, carros, casas, montes e até cidades! Outros enterram latas de azeite em montes para depois usá-lo em suas campanhas de milagres. A unção é aplicada de modo indiscriminado, e não segundo a Bíblia (Tg 5.14,15; Mc 6.13).

9. Os seguidores desse evangelho ignoram o fato de que o Diabo e seus agentes também realizam sinais e prodígios para enganar (Êx 7.11,12; 8.18,19, ARA; 2 Ts 2.9; Ap 13.11-15). Conquanto Deus realize milagres, estes não confirmam a sua presença em nosso meio (Jo 14.12; Mc 16.17,18; Mt 11.11; Jo 10.41,42; 1 Rs 19.8-12; Dt 13.1-4).

IV. O Evangelho Antropocêntrico da Teologia da Prosperidade

1. Os pregadores desse falso evangelho fazem do homem o centro da mensagem, em vez de enfatizarem o nome do Senhor Jesus e a sua obra (1 Co 1.22,23; 2.1,2; Mc 16.17; 2 Co 2.17; At 2.22-36).

2. Afirmam que a vitória da cruz foi uma derrota (1 Co 1.18; Hb 2.14,15; Cl 2.14,15, ARA; Fp 3.18); e que o Cordeiro imaculado e incontaminado (2 Co 5.21; 1 Pe 1.18,19) teria assumido a natureza de Satanás na cruz — que blasfêmia! —, consumando a obra da redenção no inferno (Jo 19.30; 2 Co 5.14-19; Ap 1.18; Ef 4.8-11; 1 Pe 3.18,19).

3. Apresentam Jesus como um mero homem que venceu por meio da fé (Jo 1.1,14; 10.30,33; Hb 1.8; Cl 2.9). A deificação do homem e o rebaixamento de Cristo são ensinados por eles — se bem que de modo subjetivo (Sl 82.6; 2 Pe 1.4-9; Nm 23.19; Sl 138.6; Jo 4.23,24).

4. Ensinam que as palavras humanas têm um poder sobrenatural para abençoar e amaldiçoar — o homem é produto de suas palavras (Tg 3.1-10; 1 Sm 27.1,2; 1 Rs 19.1-8; Gn 21.14-21; 42.36; Jn 4.8-11; Mc 9.17-27; 1 Tm 1.15; 2 Sm 16.5,7,12).

5. Pregam que toda declaração de fé é uma profecia (1 Co 12.11,29; 14.3; 1 Rs 17.1; Tg 5.17; Ez 37.4,7). Qualquer bênção decorre, segundo eles, dessas “confissões positivas” (Gn 12.1-3; Nm 6.23-27; Ef 1.3; Tg 1.17).

6. Fazem da fé o centro da vida cristã, ignorando outras virtudes (1 Co 13.13; Tg 2.17,24,26; Ef 2.8-10; Gl 5.22; 2 Pe 1.5-9). O crente deve — dizem — decretar, determinar, profetizar, exigir, pois é filho, e não servo de Deus (Jo 15.14,15; 13.13-17; Hb 5.8,9; Fp 2.5-11; Rm 1.1; 2 Pe 1.1; Tg 1.1; Jd v.1; Ap 1.1; 22.3).

7. Asseveram que é errado orar assim: “Senhor, se for da tua vontade”; associam tal declaração à falta de fé (1 Jo 5.14; Mt 6.9,10; 26.42; Tg 4.15; At 18.21; 1 Co 4.19; Hb 6.3; 1 Co 16.7).

8. Torcem a Palavra de Deus ao enfatizar que “pedir” (gr. aiteõ), na verdade, significa “exigir” ou “determinar”, pois o termo sugere atitude de um suplicante (Jo 14.13; 15.16; Mt 7.7,8; Dt 10.12; Mq 6.8).

9. Afirmam que orar suplicando e chorando é um comportamento de derrotado (Jr 29.13; 31.9; 33.3; 2 Cr 7.13,14; Ef 6.18; Sl 6.6; 30.5; Jl 2.12,17). Ignoram os textos que abordam provações e tribulações do crente (Jo 16.33; At 14.22; Rm 5-1-5; 8.18; 2 Co 4.16,17; 8.1,2; 1 Pe 2.19-21; 5.8-10).



10. Dizem que o crente nunca fica doente; se ficar, está em pecado ou endemoninhado (2 Co 4.16; Sl 90.10; 1 Pe 1.24,25; 2 Rs 13.14; Jó 1.1; 2.12,13; Jo 11.1-4). Afirmam que a saúde perfeita é um direito do crente (Mt 8.14-17; Fp 2.25-28; 1 Tm 5.23; 2 Tm 4.20).

11. Pregam a necessidade de o crente quebrar maldições hereditárias para ter vitória e obter cura interior (Êx 20.1,2,5; Ez 18.4,17,20; At 17.30). Possuir um nome com significado negativo é o suficiente para ter uma vida sob maldição (2 Co 5.17; Rm 8.1; 2 Co 11.3; Jo 8.32,36; Rm 1.16; Lc 4.18).

12. Superestimam a força de Satanás e dos demônios (Mt 12.29,43-45; Jo 8.49; 1 Co 6.19,20; 1 Sm 16.14; 1 Jo 4.4; Ef 2.1-5; Rm 8.38). Acreditam que tudo o que ocorre é determinado pelo mundo espiritual (Cl 3.9; Gl 5.19-21; Tg 1.14; Ef 2.2,3; Mt 15.19).

13. Ao mesmo tempo, acreditam que podem “amarrar” facilmente os demônios e ordenar que voltem para o inferno. Boa parte de suas “orações” consiste em ofensas ao Inimigo (1 Ts 2.18; Mt 6.5-13; Jr 33.3; Jd v.9; 1 Sm 17.23ss; Ef 4.27; Mt 16.18; Tg 4.7,8; 1 Pe 5.8,9).

14. Apresentam detalhes extrabíblicos minuciosos dos chamados “espíritos territoriais”. Alguns propagadores desse evangelho dialogam com pessoas endemoninhadas para obter “novas revelações” (Ef 6.10,11; 2.2; 2 Co 10.4,5; 1 Ts 3.5; Ap 12.9; 2 Co 11.3).

V. A Teologia da Prosperidade

1. Os propagadores do perigoso evangelho antropocêntrico pregam que ser rico materialmente é uma prerrogativa do crente, associando a pobreza à vida de pecado, dominada pelo Diabo, ou à falta de fé (Tg 2.1-6; At 2.44,45; Rm 15.25,26; Gl 2.10; Hb 11.37,38; Pv 22.2; Is 58.6,7; Dt 15.11).

2. Afirmam que Jesus era rico; segundo eles, nasceu numa estrebaria porque os hotéis em Jerusalém estavam lotados; ao nascer, foi visitado por três reis; tinha um tesoureiro; possuía um grande negócio no ramo da carpintaria (2 Co 8.1,2,9; Lc 2.7; Mt 8.20; Zc 9.9; Is 53.3,9; Mt 27.57-60).

3. Priorizam a contribuição financeira, adotando práticas pelas quais mercadejam a Palavra, enganam o povo e enriquecem (Ml 3.8-10; 1 Co 16.1,2; 2 Co 2.17, ARA; 11.7-9; 2 Pe 2.3,14-17).

4. Só pregam sobre conquista de bênçãos aqui na terra, desviando os crentes de doutrinas fundamentais da Palavra de Deus, como a santificação, a Vinda de Jesus, etc. (Mt 6.19-21; Ef 5.5; 1 Co 15.19; Jo 4.31-35; Jo 6.27; Rm 14.17; Tg 5.1-3; Fp 4.10-13; 1 Tm 6.8-10; Hb 12.14; 2 Pe 3.1-4).

VI. O Evangelho Legalista ou Farisaico

1. Nesse evangelho, os usos e costumes são determinantes para a salvação das pessoas, bem como para a formação de novas doutrinas; a Bíblia é usada a bel-prazer para respaldar ensinamentos extremistas (Cl 2.8; Mt 15.1-9).

2. Os seus propagadores ignoram o fato de que ser conservador, à luz da Bíblia, não significa ser extremista, exagerado, fanático ou desequilibrado (Ec 7.16,17; Pv 4.26,27; 2 Tm 1.13,14; 1 Tm 6.20; Ap 2.25; 3.11).

3. Muitos deles, como os fariseus do passado, são formalistas, regionalistas, ritualistas, nominalistas e endeusam as obras (Mt 16.6; Mc 8.15; At 11.26; At 15.5,10; Mt 23).

4. Confundem costume com doutrina, exigindo dos crentes a prática de uma santificação inatingível, extremada, acima do que a Bíblia apresenta (Tt 2.1; Cl 2.20-23; Mt 23.23,24; Sl 103.14; 1 Jo 5.3).

5. Consideram os usos e costumes a causa, e não o efeito. Não levam em conta que a verdadeira santificação ocorre a partir do espírito — de dentro para fora (1 Ts 5.23; Mt 23.25,26; Hb 4.12).

VII. O Evangelho do Entretenimento

1. Os pregadores desse evangelho não valorizam a Palavra do Senhor, chamando de culto a Deus os shows, ajuntamentos para cantar, gritar, pular, dançar e assobiar. São contextualizadores, liberalistas, modernistas, secularistas e irreverentes (Mc 8.15; Is 29.13; Mt 21.1-13; 2 Sm 24.24; 1 Co 14.26,40)

2. Não têm nenhuma preocupação com a manutenção dos bons costumes; isto é, da boa tradição conservadora; é proibido proibir (2 Ts 2.15; 3.6; 1 Co 15.33; Sl 11.3; Ml 1.8; Tg 2.12; Jz 17.6; 21.25).

3. Líderes de louvor, cantores e músicos que seguem a esse falso evangelho imitam os padrões mundanos, secularizando cada vez mais a liturgia dos cultos (Ec 5.1; Sl 2.11; 5.7; 57.7; Am 5.23).

4. Não existe nenhuma orientação pastoral aos crentes quanto à linguagem, ao traje e ao comportamento (1 Co 6.12; 10.23; 1 Ts 5.22; Tt 2.8; Is 6.1-8; 1 Tm 2.9,10). Vêem a secularização como uma conseqüência inevitável (Lc 17.26-30; Tg 4.4; 1 Jo 5.19; Is 5.20).

5. Afirmam, com orgulho, que estão certos e que as igrejas tradicionais estão ultrapassadas, precisando se contextualizar (Pv 24.21; Jr 6.16; Lm 5.21; Fp 2.14,15; Mt 5.13-16; 1 Jo 5.4). Medem o sucesso apenas pela quantidade de membros (At 6.7; Jz 7; Sl 12.1; Mt 7.13,14; Jo 6.60-69).
fonteAD AGUIAR

AD Piancó - Santa Ceia, Março/2011


Pr. Vargas Gomes da Silva
A Santa Ceia do Senhor deste mês de março foi mais uma vez marcada pela presença do Senhor e manifestação do Seu poder. Contamos também com a presença do Pr. Manuel da AD Santana dos Garrotes e uma pequena caravana da mesma e do cantor Joás Pontes da AD João Pessoa.
O culto foi marcado pela manifestação da Glória do Senhor Jesus, pelas línguas estranhas e pelas profecias, isso nos mostra que mesmo em meio a tantas dificuldades que a Igreja do Senhor vive aqui na Terra, ela ainda permanece com a chama do Pentecoste acesa.
Cantor Joás Pontes


Neste culto  de Santa Ceia, tão especial pela sua importância, o Cantor Joás Pontes adorou ao Senhor com belos hinos inspirados pelo Espírito de Deus, através destes a igreja pode sentir a presença do Senhor encher todo o lugar... Foi algo maravilhoso sentir a glória do Pai.






Irmã Janete, esposa do Pr. Vargas
Essa é a irmã Janete, esposa do Pr local Vargas Gomes da Silva, cantando no Conjunto de Senhoras Vencedores por Cristo, Uma santa mulher de Deus que tem feito a obra do Senhor ao lado do seu esposo. Oremos por ela para que o Senhor lhe dê força e coragem para seguir a diante.









Irmão José Tomaz (Zé Bão) crente
mais antigo da AD Piancó
Neste culto a secretaria da Igreja começou a distribuir os novos cartões de membros informatizados, sendo que o cartão com o número de rol 001 foi entregue ao irmão José Tomaz, conhecido por todos como irmão Zé Bão, sendo ele o crente mais antigo da AD Piancó, e também seu primeiro auxiliar de trabalho, pois quando chegou a Piancó o Pr. Sebastião Gabriel da Silva, primeiro pastor, enviado pelo Pr. Antonio Petronilo (em memória), ele esteve ao seu lado fazendo tudo que estava ao seu alcance, isso em 09/12/1970 e deste lá serve a Deus com alegria e dá testemunho de toda a nossa história.
Pr. (jubilado) Antonio entrega cartão de
membro ao irmõ Zé Bão.
O Pr. Vargas, convidou o Pr. (jubilado) Antonio José de Lima, que coopera na AD Piancó, para representando todos os pastores que já dirigiram esta igreja, para entregar o cartão de auxiliar de trabalho ao irmão Zé Bão.




FONTE AD PIANCÓ

AS NOVAS DIRETRIZES E BASES PARA A EDUCAÇÃO TEOLÓGICA NAS ASSEMBLEIAS DE DEUS NO BRASIL (CEC-CGADB)




Com o propósito de adequar a educação teológica nas Assembleias de Deus às novas realidades e exigêcias educacionais em nosso país, o Conselho de Educação e Cultura da CGADB apresenta as novas Diretrizes e Bases.

O Conselho de educação e Cultura - CEC, conforme disposto nos Arts. 63 e 64, capítulo VI, seção IV, subseção VI do Estatuto em vigor da CGADB é o órgão normativo e organizacional da Educação Cristã e Teológica em todos os níveis nas Assembleias de Deus no Brasil. Tem por finalidade instituir, normatizar, orientar, assessorar, autorizar e reconhecer Escolas, Seminários, Institutos, Faculdades Integradas e Universidades Teológicas e Seculares procurando estabelecer na Educação Teológica um programa educativo na observância das doutrinas das Assembleias de Deus no Brasil e das normas estabelecidas pela LDB (Leis de Diretrizes e Bases do Ministério da Educação).

A Comissão de Reforma das Diretrizes e Bases da Educação Teológica nas Assembleias de Deus no Brasil foi composta por:

- Jesiel Padilha de Siqueira (Presidente da Comissão de Reforma)
- Eliezer Bernhardt Moraes (Relator)
- Altair Germano (Membro)

O Conselho de Educação e Cultura da CGADB é composto por:

Presidente: Pastor Douglas Roberto de Almeida Batista (Centro-Oeste)
Vice-Presidente: Pastor Altair Germano da Silva (Nordeste)
Relator: Eliezer Bernhard Morais (Sul)
Secretário: Emanuel da Silva (Sudeste)
Secretário-Adjunto: Jesiel Padilha de Siqueira (Sudeste)
Membros:
Terrency Bernhard Jonhson, (SP)
José Alves da Silva, (PR)
Rubens Ciro de Souza, (MT)
Sadraque Muniz, (RO)
Orlando Moura Gaia, (AP)
Manoel Monteiro Trindade, (BA)

Para conhecer as novas Diretrizes e Bases, acesse o link abaixo:

Novas Diretrizes e Bases (CEC-CGADB) FONTE BLOG PR . ALTAIR GERMANO

VIDEO IMPRESSIONANTE DA TERRA SE PARTINDO NO JAPÃO





Como aqui bem no meio da América do Sul não acontecem muitos terremotos (pra não dizer nenhum), não sou um conhecer do assunto. Sempre soube que o terremoto se dava por movimentos das placas tectônicas e tal, mas eu sempre pensei em algo bem macro. Depois que vi esse vídeo fiquei impressionado. Não sei se é fake, se for, dá a estatueta de ouro pro criador porque realmente parece real.
Enfim, veja com seus próprios olhos o poder da natureza e porque não dizer de Deus.
Se fosse eu o cinegrafista nesse acontecido certamente teria corrido rumo ao horizonte.

FONTE: http://www.aguiasdomar.blogspot.com/2011/03/nunca-tinha-visto-algo-assim.html

OUTRO VÍDEO IMPRESSIONANTE DO TSUNAMI






TAG: VIDEO IMPRESSIONANTE DA TERRA SE PARTINDO NO JAPÃO
FONTE IDA GOSPEL

2º SIMPÓSIO DE EDUCAÇÃO TEOLÓGICA DO CEC-CGADB NA AD EM PARANAGUÁ-PR





2º Simpósio de Educação Teológica CEC-CGADB 

Tema
: Educação Teológica - Gerando uma Igreja Eficaz
Local: Assembleia de Deus em Paranaguá-PR
Período: 20 a 22/05/2011
Preletores: Pr. José Alves (Membro do CEC-CGADB), Pr. Douglas Roberto (Presidente do CEC-CGADB) e Pr. Altair Germano (Vice-presidente do CEC-CGADB)

Programação das Palestras:

20/05 (Sexta) - 19h30
21/05 (Sábado) - 09 às 12h00; 14 às 17h00 e 19 às 22h00
22/05 (Domingo) - 9 às 12h00

Inscrições:

Valor: R$ 20,00
Informações: (41) 3424 0293
Site: www.adparanagua.com.br
E-mail: teologia@adparanagua.com.br

Realização

Conselho de Educação e Cultura da CGADB
Casa Publicadora das Assembleias de Deus - CPAD
Deptº de Ensino Teológico da Assembleia de Deus em Paranaguá-PR (Presidente: Pr. José Alves) FONTE ALTAIR GERMANO

Notícias do Japão - 19.03.2011



.


Cíntia Kaneshigue/Japão

Blog Japão - a última hora

AICHI - SÁBADO - 19/3 - Ontem, depois dos esforços dos 180 trabalhadores da usina, começou aparecer sinais de melhora! Por volta das 16:00 horas, caminhões pipa jogaram 30 toneladas de água sobre o reator 3 e conseguiram atingir o alvo. Os níveis de radiação estão baixando cada vez mais. Os funcionários também conseguiram restabelecer a energia na usina o que possibilita o bombeamento de água no reator 2. A situação é animadora.

Encontraram um rapaz com vida, depois de 8 dias, embaixo dos escombros. Os problemas de abastecimento de combustível tambem começou a ser Sanado. O alerta, para um terremoto de magnitude maior que 5, diminuiu para 30% até o dia 21. Voltamos a respirar aliviados!

Quero agradecer mais uma vez a todos pelas orações, palavras de ânimo e conforto, àqueles que levaram as nossas vidas para dentro de suas igrejas como motivo de intercessão. Que Deus abençoe a todos
....

AICHI - SEXTA - 18/3 - parece que o clima de tensão dininuiu significativamente. Eu não sei dizer se a situação está melhor ou se nós, que vivemos aqui, entramos em um nível maior de resignação.

O noticiário está passando a questão da usina nuclear. A companhia de energia se esforça sobremaneira para controlar a situação. Neste momento caminhões pipa jogam água no reator 3. Os níveis de radiação diminuiram, mas ainda estão altos.
O número de vítimas do terremoto/tsunami passou dos 6500, com 13540 desaparecidos. Aparentemente o problema da usina ofuscou a atenção às vítimas do terremoto. Mas não é verdade. Hoje noticiaram que, na região próxima a Sendai, começaram produzir casas pré-fabricadas, para moradores que perderam cerca de 38 mil casas, ainda sem previsão de entrega.

Gostaria de citar os esforços da igreja Comunidade Evangélica Vida Abundante - CEVA Japão, comandada aqui pelo pastor Vitor, que desde os primeiros dias após o terremoto, está arrecadando alimentos nao-perecíveis, lanternas e cobertores para os desabrigados. Ja fizeram uma entrega de donativos, e prograram outra para a semana que vem. Alem dos donativos, a Igreja tem enviado panfletos evangelísticos no meio das doações, com a esperança de que cheguem as mãos das pessoas no abrigo.

O Pastor Vitor também vem organizando cultos de intercessão pelas pessoas que perderam tudo, pelas ameaças de novos terremotos de grande magnitude e também para que toda a situação da usina em Fukushima se resolva, sem que haja mais vitimas.

A igreja esta situada em Makinohara-shi na província de Shizuoka. Contato com a CEVA através do email cevajapao@hotmail.com, pagina da igreja na internethttp://www.ceva-japao.org.


Às 14:47, foi feito um minuto de silencio. Há exatamente uma semana, acontecia o pior desastre natural no Japão.





fo nte  OLHAR CRISTÃO

JMM marca presença na 90ª Assembleia da CB Alagoana


Direção da junta participará do Dia de Oração por Missões Mundiais, domingo (20)

JMM marca presença na 90ª Assembleia da CB Alagoana
O Diretor Executivo de Missões Mundiais, pastor João Marcos Barreto Soares, foi o orador oficial durante a noite dessa quinta-feira (17) na 90ª Assembleia da CB Alagoana. O pastor David Pina, Coordenador de Promoção, Representação e Eventos da JMM, que acompanha o  pastor João Marcos nessa viagem, classificou a noite como “maravilhosa”.

Em mensagem ao povo alagoano, o pastor afirmou que ‘Eles também precisam da graça do Pai sob três aspectos: a misericórdia, que nos faz intercessores; a esperança, que nos torna ofertantes e a graça - nos faz missionários.’. relatou o pastor David Pina.

No final da tarde desta sexta-feira (18), eles terão um encontro, em Recife, com um grupo de pastores coordenado pela Ordem dos Pastores. Em seguida, seguirão para Salvador, onde, sábado (19), terão um novo encontro com pastores. No domingo, ainda na capital baiana, os pastores João Marcos e David Pina visitam três igrejas: IB Monte Tabor, IB da Graça e IB Sião. Eles também participarão do Dia de Oração por Missões Mundiais, cujo objetivo é formar uma grande rede de oração em favor da evangelização mundial, levando a graça do Pai a todos.

Com informações da JMM
Redação CPAD News

Lição 12 - Comunique-se



“Talvez o maior desafio da comunicação eficaz seja...



Texto Bíblico: Mateus 6.5-13


CRESCENDO NA GRAÇA E NO CONHECIMENTO

“Mantenha as linhas abertas”

“Talvez o maior desafio da comunicação eficaz seja o fato de ser um bom ouvinte. Como professor você está acostumado a ter respostas, não só em sua área de especialização, mas também quando se trata das questões gerais em torno da educação.

Afinal, há ocasiões em que você tem a sua cota de comunicação — o dia todo interagindo com os alunos, depois de uma reunião do corpo docente, conferências com os pais, e não esqueçamos do comitê do seu departamento a fim de melhorar a comunicação. É um pouco sufocante, e o resultado final pode se recorrer a respostas triviais para economizar tempo. Quando a sua sanidade está em jogo, isso é compreensível, mas o desafio é não deixar que se torne um hábito.

A fim de alcançar as pessoas com o evangelho, Paulo fez de seu objetivo principal ser um servo e esforçou-se para entender as pessoas em qualquer situação de suas vidas. Ele percebeu que, além da comunicação, existia uma mensagem de paz, verdade e amor que tinha o poder e capacidade de atravessar todos os limites e formas de resistência de uma forma que ele mesmo nunca poderia fazer. Era uma mensagem de Deus que Paulo estava proclamando, mas era através da sua vida, sua fala, seu ouvir, seus hábitos, que Deus se comunicava.

Quando aqueles que estão à sua volta virem que você é uma pessoa que não está escondida atrás da matéria que ensina, que você ouve e passa por bons e maus momentos assim como eles, as linhas de comunicação serão abertas de um modo que você jamais imaginou, e Deus poderá usar as suas palavras para falar aos corações que esperam ouvir algo que lhes ajude e edifique.” 
 
“As palavras do Senhor são palavras puras como prata refinada em forno de barro e purificada sete vezes” (Salmos 12.6).

(Graça diária para professores. CPAD.2007). fonnte CPAD 

Subsídios Pré - Adolescentes - Lição 12 - A ciência e a sabedoria




Texto Bíblico: Isaías 44. 6-8; Daniel 2.20 


CRESCENDO NA GRAÇA E NO CONHECIMENTO
 
Sabemos que na sociedade pós-moderna em que vivemos, a ciência vem se expandido de forma intensa. O avanço tecnológico apareceu em vários campos do conhecimento, trazendo inovações de procedimentos, fórmulas, ou seja, novas informações e descobertas. A ciência, quando usada adequadamente para beneficiar a vida humana é, sem dúvida alguma, muito proveitosa e tida com bênção para todos. A descoberta da penicilina, a internet, a fibra ótica, as vacinas, dentre outras inovações são de grande valor para humanidade. Entretanto, não há descoberta alguma que possa se comparar com a sabedoria de Deus. As verdades divinas são inquestionáveis e a Bíblia afirma que um dos atributos de Deus que devem ser considerado é que Ele é sábio.

O cristianismo — religião ou doutrina que defende a fé em Jesus Cristo e a sua moral e promessa de redenção — não se opõe à ciência. Muito pelo contrário! A ciência se desenvolveu devido à capacidade de inteligência dada ao homem por Deus. Além disso, a religião incentivou e influenciou a revolução científica.

O renomado escritor Charles Colson em seu livro “Respostas às dúvidas de seus adolescentes” ao responder uma pergunta: “Você tem certeza de que o cristianismo não é contra a ciência?”
Eu tenho certeza, mas muitos defensores contemporâneos da ciência querem, claramente, dar a impressão de que o cristianismo se opõe à ciência.

Muito em breve, ‘a religião deve ser considerada como uma prática anticientífica’, escreveu John Maddox, editor da Nature, o jornal científico de maior prestígio no mundo. A maioria dos primeiros cientistas — Copérnico, Newton, Lineu — eram cristãos. Na verdade, os historiadores nos dizem que o cristianismo realmente ajudou a inspirar a revolução científica.

Considere alguns exemplos. Nas culturas pagãs, o mundo parecia estar vivo com suas deusas dos rios, divindades astrais e seus deuses do sol. Porém Gênesis 1 se coloca como um forte contraste a tudo isto. A natureza não é divina; ela é obra das mãos de Deus. O sol e Lua não são deuses; são meramente luminares colocados no céu para servir aos propósitos de Deus.

Uma outra pressuposição crucial para a ciência é que a natureza é ordenada. Esta pressuposição também foi um resultado de crenças cristãs.


Fonte: CPAD

Lição 5, A Mordomia da Igreja Local

  Lição 5, A Mordomia da Igreja Local