SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Marcadores

Aborto (11) ACONSELHAMENTO PRÉ-MATRIMÓNIAL (5) Adolecentes Cristão (2) ADPB (1) ADULTÉRIO (2) Agradecimento (1) Aniversario (10) Apologética Cristã (10) Arqueologia (1) As Inquisições (1) Assembleia de Deus (5) Barack Obama (2) Batismos (29) Bíblia (3) Brasil (48) Casamento (25) CGADB (19) Ciência (6) Círculo de Oração (5) CLASSE BERÇÁRIO (26) CLASSE DOS DISCIPULANDOS (55) CLASSE JOVENS E ADULTOS CENTRAL GOSPEL (73) CLASSE JOVENS E ADULTOS BETEL (153) CLASSE MATERNAL (104) Congresso (49) CPAD (6) Cruzada (3) Curiosidades (3) Cursos (3) Departamento Infantil (5) Depressão (2) Desaparecido (4) DESENHOS BIBLICOS (1) Desfiles (3) Dia do Pastor (4) Discipulado (64) Divórcio (4) EBD (20) EBO (21) Escatologia (2) Estudantes (2) Estudos (506) Eventos (118) FALECIMENTO (5) Família (16) Filmes (18) Galeria de Fotos (12) Gospel (285) Gratidão a Deus (1) Hinos Antigos (3) História (4) Homenagens (3) Homilética (4) Homoxesualismo (3) Ideologia de Gênero (12) Idolatria (3) Inquisição (2) Islamismo (10) Israel (18) JARDIM DA INFANCIA (7) LIção de Vida (2) Louvor (1) Luto (42) Maçonaria (3) Mães (3) Mensagens (56) Ministério (34) Missões (148) MODISMOS (2) Mundo (610) Mundo Cristão (178) MUSICAS EVANGÉLICAS (3) Namoro Cristão (8) Noivados (1) Notícias (3155) Obreiros (9) ONU (4) Oração (1) Pneumatologia (1) política (121) Psicopedagogia (3) Pureza sexual (8) Realidade Social (17) Reforma Protestante (4) RELIGIÕES (3) Retiro (4) REVISTA BETEL JOVENS (1) Revista Central Gospel (1) REVISTA CLASSE PRIMARIOS (230) REVISTA CLASSE DOS PRE-ADOLESCENTES (267) REVISTA CLASSE DOS ADOLESCENTES (280) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFANCIA (111) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFÂNCIA (111) REVISTA CLASSE JUNIORES (243) REVISTA DA CLASSE JOVENS CPAD. (189) REVISTA DA CLASSE JOVENS. (319) REVISTA DA CLASSE ADULTOS (872) REVISTA DA CLASSE JOVENS E ADULTOS (400) REVISTA DA CLASSE JUVENIS (262) Revista Maternal (63) Santa Ceia (3) Saúde (45) Seminário (4) Sexualidade (7) Subsídios (1507) Subsídios EBD (1900) Subsídios EBD Videos (595) Templos (3) Teologia (5) Testemunho (1) TRANSGÊNEROS (2) Utilidade publica (1) UTILIDADE PÚBLICA (2) Vida de Adolecente (5) videos (106) Virgilha (1)

27 abril 2011

GIDEÕES 2011 AO VIVO NO PAVILHÃO





 

Traficantes de drogas sequestram pastor no México


  
MÉXICO (*) - Cerca de 500 pessoas estavam reunidas para o culto de domingo, 10 de abril, no Centro Cristão El Shaddai, na cidade mexicana de Lázaro Cárdenas, em Michoacan, quando quatro homens mascarados invadiram o local e atiraram para o alto.

Antes que os cristãos amedrontados percebessem o que estava acontecendo, seu pastor, Josué Ramírez Santiago, tinha sido levado. Alguns relatos na mídia afirmam que os sequestradores, possíveis traficantes de drogas, estavam em dez homens.

No dia seguinte, a família do pastor recebeu notícias de que os criminosos queriam um resgate de 20 milhões de pesos (cerca de US$ 1,7 milhão). Mesmo se a família conseguisse reunir essa enorme quantia, o pagamento não seria garantia de que a vítima retornaria viva.

Arturo Farela, diretor da Fraternidade Nacional de Igrejas Evangélicas, assegurou que os ligados ao crime organizado e cartéis de droga têm os cristãos como alvo porque eles veem as igrejas como fonte de renda e também porque os cristãos apoiam programas de reabilitação de viciados em drogas e álcool.

“A maior parte dos centros de reabilitação que foram atacados pelo crime organizado em Ciudad Juarez, Tijuana, Tepic e outros lugares, pertencem à comunidade evangélica”, disse Farela. “Além disso, mais de 100 pastores mexicanos e estrangeiros que viviam em Ciudad Juarez tiveram que abandonar a cidade por causa das ameaças e tentativas de suborno. É claro que muitos pastores e suas famílias já foram vítimas de extorsão, ameaças, sequestros e homicídios”.

Tradução: Deborah Stafussi

* Este país não se enquadra entre os 50 mais intolerantes ao cristianismo.
Fonte: Compass Direct

Muçulmanos assassinam evangelista e agridem esposa grávida

 
 
ETIÓPIA (43º) - Na quinta-feira, dia 21 de abril, quatro muçulmanos agrediram fisicamente um evangelista até a morte e atacaram sua esposa, que estava grávida, em Worabe, Etiópia, área 97% muçulmana.

Os muçulmanos atraíram o evangelista Abraham Abera para fora da Igreja Kale Hiwot, onde mora e ministra. Eles disseram que o amigo dele estava doente e precisava de atenção imediata. Abraham saiu com eles; então, eles começaram a agredi-lo com varas. A esposa do evangelista, Birtukan, viu os homens agredindo seu marido e correu para interferir, mas os muçulmanos a agrediram também.

Abraham morreu na hora e sua esposa, que estava com diversos ferimentos na cabeça, foi abandonada, inconsciente na rua. Quando a encontraram, a levaram para um hospital em Butajira, onde começou a recuperar a consciência e pôde contar os detalhes do ataque. Birtukan disse que conhecia dois dos agressores. Ela declarou que, enquanto os homens os agrediam, eles diziam: “Vocês, cristãos, estão ficando mais numerosos em nossa região. Vocês estão espalhando essa mensagem (o evangelho). Vamos destruir vocês”.

Apesar de Birtukan ter sofrido diversos ferimentos no corpo, felizmente seu bebê está vivo.

Os agressores continuam soltos. Um líder cristão na área disse que os homens podem não ser presos porque os oficiais locais também são muçulmanos.

Tradução: Deborah Stafussi


Fonte: ANS

Cristãos iranianos necessitam de oração


  
IRÃ (2º) - Desde a onda de prisões de cristãos durante o Natal de 2010, muitos já foram soltos. No entanto, ao menos dez cristãos continuam na prisão. Os familiares e amigos expressaram sua gratidão a todos os cristãos que estão orando por eles.

Os cristãos que foram soltos também precisam muito de oração. Apesar de não estarem na prisão, eles não são livres. Eles vivem em constante intimidação. Suas famílias foram forçadas a entregar os documentos de suas casas como fiança. Eles são vigiados; seus telefones são grampeados; seus emails são monitorados. Se há alguma suspeita de envolvimento com atividades cristãs, eles correm o risco de serem presos novamente e podem enfrentar o tribunal. Até que o caso deles seja ouvido, o que pode demorar anos, suas vidas estão incertas.

Outro item importante é que a Bíblia continua a se espalhar no Irã. Apesar de toda perseguição, as Escrituras ainda estão sendo distribuídas, e os iranianos continuam a recebê-las com alegria e gratidão.

Ore para que a Bíblia chegue em segurança e possa ser distribuída, principalmente agora que as autoridades querem acabar com o cristianismo.

Tradução: Deborah Stafussi


Fonte: Elam Ministries

Franklin Graham nega questionar a fé de Obama


Evangelista colocou a culpa na jornalista Christiane Amanpour e em Donald Trump

Franklin Graham nega questionar a fé de Obama
Franklin Graham negou, nesta terça-feira, que levantou dúvidas sobre a fé e a cidadania do Presidente dos EUA, Barack Obama, dizendo que ele, pessoalmente, acredita que Obama está qualificado para ser presidente e que ele é um cristão.

Em vez disso, Franklin Graham colocou a culpa de levantar tais questões na jornalista Christiane Amanpour da ABC e no pré-candidato a presidência dos EUA Donald Trump. "Respondi apenas ao que ela (Amanpour) me perguntou," disse Graham em entrevista à revista Christianity Today, que foi fundada por seu pai, Billy Graham.

Em outra pergunta sobre o nascimento, Graham disse que "eu nunca levantei essa questão. A Christiane Amanpour e Donald Trump quem trouxeram o assunto sobre a certidão de nascimento”, disse ele. "Eu não me importo se ele nasceu no Kansas ou se nasceu no Havaí".

Graham tem sido criticado, principalmente pela Casa Branca, por aparentemente dar credibilidade ao referido questionamento de que Barack Obama nascera fora dos Estados Unidos e, portanto, não está qualificado para ser presidente dos EUA.

O porta-voz da Casa Branca, Jay Carney, chamou as acusações de Graham "absurdas." Mas, em sua entrevista com a revista cristã, na terça-feira, Graham parecia defensivo, e negou repetidamente as acusações, explicando sobre a polêmica causada por seus comentários.

"As pessoas dizem que ele não nasceu nos Estados Unidos," disse Graham. "Eu acredito que eles verificaram adequadamente antes de se candidatar a presidência. Eu tenho certeza que alguém olhou suas credenciais".

Graham esclareceu também que nunca disse que Obama é um meio muçulmano, como algumas mídias relataram.

"Eu disse que Obama não é muçulmano. Eu acredito em sua palavra e ele diz que é um cristão", disse Franklin. Mas Graham acrescentou que sob a lei (islâmica) sharia, Obama ainda é considerado um Muçulmano porque seu pai é um Muçulmano.

"Por isso [Muammar al-Gaddafi] chama de 'meu filho'. Para o mundo muçulmano que está sob a lei islâmica, do qual não estamos, eles o veem (Obama) como perdido. Eles o veem como uma criança rebelde".

Quanto ao apoio a Donald Trump, Graham admitiu que "ele é dono de cassinos, teve vários casamentos e tem um monte de problemas", disse Graham. "Não há dúvida que é um homem muito inteligente. Mas não o apoiei. Christiane Amanpour perguntou se ele poderia ser o candidato certo. Ele poderia, sob certas circunstâncias, mas ainda não estamos lá ainda".

O filho mais velho de Billy Graham disse que gostaria de ver "um verdadeiro seguidor de Jesus Cristo e não apenas um nome na Casa Branca". Ele reconheceu que Trump vai à Igreja quando pode e Obama, também vai à Igreja quando pode.

"Trump e Obama têm muito em comum. Eu gosto do fato de que o presidente é um homem de família," disse ele. Mas ele acha o apoio de Obama aos direitos dos homossexuais contraria os ensinamentos de Jesus. 

"Esse tipo de coisa tem que ser olhada. Se alguém diz que segue a Jesus Cristo, então porque não lhe obedecem?" indagou Graham. "Se uma pessoa diz que é cristã e depois segue políticas que vão contra o que Cristo ensina, isso é um problema".

Graham disse também que gosta de Mike Huckabee, Sarah Palin, e Mitt Romney como candidatos. "Eu não vou me envolver no processo político," afirma Graham. "Haverá pessoas que eu gosto e desgosto".

"A mensagem mais importante é que não há um político que vai salvar os Estados Unidos. A única esperança que temos como uma nação, é o arrependimento dos nossos pecados”, disse ele.


Fonte: Christian Post 

´Não temos tempo para bobagem`, diz Obama


Casa Branca divulgou a íntegra da certidão do presidente Barack Obama

´Não temos tempo para bobagem`, diz Obama
O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, fez um incomum pronunciamento à imprensa nesta quarta-feira e afirmou que não há tempo a perder com a polêmica sobre sua certidão de nascimento e os boatos de que teria nascido no Quênia e não no Havaí. 

"Eu sei que este assunto não será esquecido", admitiu Obama. "Mas não temos tempo para esta bobagem. Temos coisas mais importantes para fazer. [Eu] tenho coisas mais importantes para fazer". 

Pouco antes, a Casa Branca divulgou a versão integral da certidão de nascimento do presidente. A medida foi uma estratégia para acabar com os boatos de que o democrata não é americano e, portanto, não poderia ser eleito para cargos políticos nos Estados Unidos. 

Obama já havia apresentado uma versão padrão mais curta da sua certidão de nascimento, reconhecida em seu Estado natal, o Havaí, e usada comumente lá como documento. A versão curta foi postada na internet pela equipe de Obama durante a campanha presidencial de 2007-2008, depois que seus adversários colocaram em dúvida o fato de o então candidato não ser americano. 

A versão mais longa comprova que Obama efetivamente nasceu em Honolulu, no Havaí, às 19h24 de 4 de agosto de 1961. 

"Este assunto ocorre há dois anos e meio. Eu confesso que assisti com divertimento e fiquei confuso", disse o democrata, explicando que decidiu vir à público comentar quando viu que, há duas semanas, quando debatia o novo Orçamento com os republicanos e cuja aprovação impediria a paralisação do Estado, "a história dominante na mídia era sobre minha certidão". 

"Normalmente eu não comentaria sobre isso, eu tenho outras coisas para fazer", admitiu o presidente, em um pronunciamento dos mais inusitados da história do país. 

Obama aproveitou para pedir um esforço bipartidário de congressistas republicanos e democratas para os temas mais importantes, como desemprego, alta dos combustíveis e o deficit. 

"Isso vai gerar debates grandes e sérios, debates importantes. Haverá discordâncias, mas isso é bom, é como a democracia funciona", disse o presidente. 

"Acredito que democratas e republicanos podem se unir e resolver os problemas, mas não poderemos fazer se estivermos distraídos, se estivermos perdendo tempo vilanizando uns aos outros", completou Obama, em um aparente recado ao empresário, apresentados e candidato presidencial para 2012 Donald Trump, que realimentou a polêmica recentemente ao questionar porque Obama não divulgava a versão integral de sua certidão.  


Fonte: Folha Online

EUA respondem acusações de Franklin Graham


Porta-voz Jay Carney disse aos jornalistas que considera as acusações ´lastimáveis`

EUA respondem acusações de Franklin Graham
A Casa Branca respondeu os comentários feitos por Franklin Graham sobre o presidente Barack Obama, chamando as acusações de “absurdas.”

“Acho que é lamentável que um líder religioso escolha o domingo de Páscoa para fazer acusações absurdas,” disse o porta-voz Jay Carney aos jornalistas quando questionado sobre o apoio aparente de Graham para a questão da certidão de nascimento.

Franklin Graham, presidente da Associação Evangelística Billy Graham, impulsionou a credibilidade da alegação de ser nascido nos EUA – alegando que Barack Obama não nasceu nos Estados Unidos e, portanto, não está qualificado para ser presidente do país – quando disse a jornalista Christiane Amapour da ABC News que não sabe por que Obama não pode simplesmente produzir sua certidão de nascimento e acabar com a controvérsia.

“Eu nasci em um hospital em Ashville, NC, e eu sei que meus registros estão lá. Provavelmente, você pode até mesmo ir até lá e descobrir o quarto de minha mãe estava quando eu nasci,” disse Graham no “This Week”.

O filho mais velho do evangelista Billy Graham, que muitas vezes era carinhosamente chamado de ‘pastor para os presidentes’, também parecia questionar a definição de Obama de cristão quando ele foi questionado se ele acredita que Obama é um cristão ou muçulmano. Graham disse que Obama tem dito que é um cristão, mas o líder evangélico disse que o debate é como é que Obama define Cristão.

Mais tarde, o mesmo programa da ABC, Richard Land, porta-voz de política pública para a Convenção Batista do Sul, denunciou aqueles que acreditam que Obama é um muçulmano secreto.

“Acho que eles são irracionais, e um pouco desequilibrados,” disse Land durante a parte da mesa redonda “This Week.” “Não tenho nenhuma dúvida de que Barack Obama é típico protestante do século 21. Ele chegou, e converteu à fé cristã, como ele diz pelo reverendo Wright.”

Os líderes cristãos fizeram parte de um especial de Páscoa no “This Week” da ABC, onde discutiram questões relacionadas a Deus e ao governo.


Fonte: Christian Post
 

MM africana visita países de língua francesa


Missionários estão no Senegal, Guiné, Mali, Níger e Burkina Fasso

JMM africana visita países de língua francesa
Há alguns anos a Junta de Missões Mundiais (JMM) decidiu marcar presença na África Ocidental. Após iniciar o trabalho em Cabo Verde e Guiné-Bissau, foi à vez de investir nos países de língua francesa. 

Atualmente, ela está presente nos seguintes países francófonos do Oeste Africano: Senegal, Guiné, Mali, Níger e Burkina Fasso. Agora foi a vez de começar a pensar nos países anglófonos, que são aqueles que têm o inglês como primeira língua.

Gâmbia

Nessa viagem por oito países da África Ocidental e Central, dentre os países anglófonos, minha primeira parada foi na Gâmbia, para onde os batistas brasileiros enviaram as missionárias Edna Dias e Luciana Marins no ano de 2010. O país tem cinco igrejas batistas e 500 membros.

Após um tempo de oração e pesquisa de campo, as missionárias decidiram investir na plantação de uma igreja entre os povos animistas não-alcançados nos arredores de Banjul, a capital do país. A comunidade escolhida foi a de Kathume. Na aldeia, fala-se em torno de nove línguas.

A grande experiência foi a autorização do líder da aldeia em permitir a entrada das missionárias e a pregação. Depois, um dos senhores da aldeia autorizou a construção do templo da futura igreja batista na aldeia. 

“São muitos os sonhos da dupla missionária. O local de trabalho está quase pronto. Um dos desafios atuais é trazer um casal missionário que já fale inglês e não tenha filhos. Voluntários são bem-vindos nessa empreitada de evangelizar a Gâmbia”, Afirma o coordenador dos Missionários da JMM na África, pastor Mayrinkellison Wanderley.

Serra Leoa

“Visitei o templo da Primeira Igreja Batista de toda a África, fundada em 1792. O trabalho começou com os escravos libertos pelos ingleses e norte-americanos que retornaram e fundaram em 1787 a sua Capital: Freetown (Cidade Livre, em inglês). Também foi construída ali a primeira universidade e a primeira escola secundária da África Ocidental”. 

A Convenção Batista de Serra Leoa tem, atualmente, 112 igrejas e cerca de 5.500 membros, de acordo com o último Livro Convencional. Cheguei exatamente quando o país celebra seu cinquentenário de Independência da Inglaterra.

Embora haja um trabalho estabelecido no país, muitas são as necessidades: quase 60% da população ainda é muçulmana. Há um precário serviço de saúde que requer pessoas capacitadas para ajudar. Outras necessidades são por discipulado e formação de líderes. Aqui a maioria das escolas é privada, impedindo que boa parte das crianças tenha a oportunidade de estudar.

Libéria

A visita de um brasileiro já era há muito tempo solicitada pelos irmãos liberianos, uma vez que a plantação de igrejas não é a maior necessidade, mas de pessoas que possam trazer uma palavra de esperança e de que um melhor futuro é possível. Os traumas da guerra civil ainda são bem visíveis. Naquele período, as igrejas foram tomadas, escolas cristãs destruídas, mulheres violentadas e muitos crentes assassinados. Há um medo premente nas pessoas.

A liderança da Convenção me recebeu na sua sede: o Edifício Batista, onde expuseram um pouco da história da Convenção, suas maiores necessidades e seu pedido de ajuda. A Convenção Batista tem hoje 250 igrejas e uma membresia de aproximadamente 75 mil batistas. 

“Os desafios são: um casal de professores, especialmente na área de matemática, ciências e educação física; grupos de voluntários para ajudar na manutenção e construção de instalações na escola; voluntários da área da saúde que possam atender na escola e nas igrejas da região. Além disso, há necessidade por profissionais da área de agricultura, medicina veterinária e agronomia”.

Fonte: JMM 

Missionários vistam cracolândia


Voluntários de 44 igrejas foram até a Missão Batista Cristolândia ajudar os moradores de rua

Missionários vistam cracolândia
Promotores de missões do Rio de Janeiro visitaram a Missão Batista Cristolândia, na cracolândia paulista, em uma programação especial organizada pelos gerentes regionais do RJ, pr. Cleber e Claudia Souza.

Cerca de 45 promotores - representantes de 44 igrejas das Convenções Batistas Carioca e Fluminense participaram da viagem. 

Na Missão, tiveram a oportunidade de auxiliar na realização das atividades diárias, tais como: alimentação, apoio no banho de moradores de rua, abordagem nas ruas da cracolândia, entre outros serviços.

Os promotores também presenciaram histórias de vida impactantes.  Marcelo foi um dos viciados abordados.  Veterinário e conhecedor de cinco idiomas se encontrava preso ao crack. Ele chegou a liderar uma casa de recuperação para viciados. 

Pastor Cleber pôde conversar com Marcelo, aconselhando-o sobre o amor de Deus. "Num dado momento da conversa, afirmou que sua vida havia chegado ao fim e eu pude consolá-lo, dizendo que Deus o ama e o enviou a Cristolândia, por ser ali o recomeço de sua vida", disse o gerente regional.

A caravana do RJ também realizou um culto de gratidão a Deus pelo livramento dado à missionária Soraya Machado e à voluntária Mirian, ambas salvas de um grave acidente ocorrido na via Dutra. Além disso, presentearam a Cristolândia com gêneros alimentícios, artigos de higiene pessoal, doces e balas para o projeto infantil da missão.


Fonte: JMN

Pré-Encontro da UMADEB, Região Leste de SP será realizado em Itaim Paulista em 1º de Maio



Cartaz, Pré-Encontro UMADEB, Região Leste

Cristãos marcham em protesto contra a reforma da Imigração nos EUA


Crianças latinas se reuniram com suas famílias na capital da Flórida pedindo fim na reforma da imigração

Cristãos marcham em protesto contra a reforma da Imigração nos EUA
Temendo que a reforma da legislação da imigração pudesse separar suas famílias, os manifestantes começaram os protestos na segunda-feira, em Little Havana em Miami e Tallahassee. Eles se opõem às medidas de imigração que permitem a polícia verificar o status de imigração e criminalizar os imigrantes ilegais.

"Estou aqui para representar milhões de crianças que não querem que esta lei seja aprovada," disse Cecilia Perez, de 16 anos e segundo ano do ensino médio. "Por quê? Bem, nós não queremos que nossas famílias sejam separadas, e também não queremos ter a discriminação racial em todo o estado da Flórida".

Ela também mostrou sua fé em Deus, crendo que a lei não será aprovada.