SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Marcadores

Aborto (11) ACONSELHAMENTO PRÉ-MATRIMÓNIAL (5) Adolecentes Cristão (2) ADPB (1) ADULTÉRIO (2) Agradecimento (1) Aniversario (10) Apologética Cristã (10) Arqueologia (1) As Inquisições (1) Assembleia de Deus (5) Barack Obama (2) Batismos (29) Bíblia (3) Brasil (48) Casamento (25) CGADB (19) Ciência (6) Círculo de Oração (5) CLASSE BERÇÁRIO (26) CLASSE DOS DISCIPULANDOS (55) CLASSE JOVENS E ADULTOS CENTRAL GOSPEL (71) CLASSE JOVENS E ADULTOS BETEL (146) CLASSE MATERNAL (103) Congresso (49) CPAD (6) Cruzada (3) Curiosidades (3) Cursos (3) Departamento Infantil (5) Depressão (2) Desaparecido (4) DESENHOS BIBLICOS (1) Desfiles (3) Dia do Pastor (4) Discipulado (64) Divórcio (4) EBD (20) EBO (21) Escatologia (2) Estudantes (2) Estudos (505) Eventos (118) FALECIMENTO (5) Família (16) Filmes (18) Galeria de Fotos (12) Gospel (284) Gratidão a Deus (1) Hinos Antigos (3) História (4) Homenagens (3) Homilética (4) Homoxesualismo (3) Ideologia de Gênero (12) Idolatria (3) Inquisição (2) Islamismo (9) Israel (18) JARDIM DA INFANCIA (7) LIção de Vida (2) Louvor (1) Luto (42) Maçonaria (3) Mães (3) Mensagens (56) Ministério (34) Missões (147) MODISMOS (2) Mundo (608) Mundo Cristão (178) MUSICAS EVANGÉLICAS (3) Namoro Cristão (8) Noivados (1) Notícias (3155) Obreiros (9) ONU (4) Oração (1) Pneumatologia (1) política (121) Psicopedagogia (3) Pureza sexual (8) Realidade Social (17) Reforma Protestante (4) RELIGIÕES (3) Retiro (4) REVISTA BETEL JOVENS (1) Revista Central Gospel (1) REVISTA CLASSE PRIMARIOS (229) REVISTA CLASSE DOS PRE-ADOLESCENTES (267) REVISTA CLASSE DOS ADOLESCENTES (280) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFANCIA (111) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFÂNCIA (110) REVISTA CLASSE JUNIORES (242) REVISTA DA CLASSE JOVENS CPAD. (185) REVISTA DA CLASSE JOVENS. (319) REVISTA DA CLASSE ADULTOS (872) REVISTA DA CLASSE JOVENS E ADULTOS (391) REVISTA DA CLASSE JUVENIS (262) Revista Maternal (63) Santa Ceia (3) Saúde (45) Seminário (4) Sexualidade (7) Subsídios (1507) Subsídios EBD (1900) Subsídios EBD Videos (592) Templos (3) Teologia (5) Testemunho (1) TRANSGÊNEROS (2) Utilidade publica (1) UTILIDADE PÚBLICA (2) Vida de Adolecente (5) videos (106) Virgilha (1)

04 maio 2011

Conversão de uma Muçulmana


Meu nome é Dallia, eu nasci na Argélia e sou filha de pais muito religiosos do Islamismo. Meu pai é o Co-imam (Um tipo de sacerdote) de uma mesquita.
Aos 13 anos eu usava o véu, e o usei até os 33 anos.

Aos 17 anos, vim para a França juntar-me a minha família.
Aos 19 anos, eu me casei com um homem sírio muito religioso. Eu devia adorá-lo, e ele exigia submissão total.
Meu marido me batia regularmente. Uma vez ele me bateu com tanta força que me causou um ferimento na cabeça que sangrou  profundamente. Meus filhos ficaram todos com medo. Então, o mais velho chamou o médico para me ajudar, mas meu marido me deixou trancada no quarto. O médico pediu a intervenção da polícia, que conseguiu me levar ao hospital.
Por duas vezes ele já tentou me matar, porque eu descobri uma traição que me deu motivo para pedir o divórcio.
Ele levou três dos meus quatro filhos para  Damasco, na Síria. Pedi auxílio da polícia e do "SOS mulheres maltratadas", mas, como o divórcio não havia sido pronunciado, ninguém pôde interferir.
Através da evangelização, descobri a Bíblia, a Palavra de Deus, que mostrava amor e respeito pelas mulheres.
Eu, finalmente, encontrei a liberdade para dar minha vida a Deus.
Mas, por causa da minha conversão, toda a minha família me abandonou. Minhas duas irmãs, que também moram na França, não me deixam ir a suas casas, porque para elas eu sou uma "impura" e só falam comigo na porta.
Se eu revelar o meu nome de família, não poderei voltar à Argélia, Síria ou a qualquer outro país muçulmano, onde eu poderei sofrer represálias graves.
Conheço casos de pessoas que foram queimadas ou tiveram suas línguas cortadas por causa da fé.
Desde que estou na IURD em Marselha, eu já conquistei várias bênçãos que vieram depois das correntes de oração, dos sacrifícios e da Campanha de Israel:
Saúde: cura da dor de cabeça que eu tive por muito tempo e também a cura para o meu filho que sofria de enxaqueca, desde a idade de sete anos.
Família: a libertação de outro filho que era drogado e dependente de maconha.
E também o divórcio que foi pronunciado, depois de 10 anos de luta.
Nesta Campanha do Jejum de Daniel para o recebimento do Espírito Santo, eu estava muito motivada para recebê-Lo. Eu estava fazendo todo o possível para ir à igreja.
Foi como uma revelação para abandonar um monte de coisas na minha vida...
Em uma noite, eu acordei às 3h30 da madrugada com uma paz que eu nunca tinha experimentado antes, e eu sabia que tinha que perdoar a minha família pelos acontecimentos desde a minha infância.
Depois adormeci com a decisão de ficar longe de qualquer coisa que pudesse perturbar-me na busca do Espírito Santo.
Eu me batizei para realmente começar uma vida nova com Deus.
Desde domingo, 17 de abril, eu sou outra pessoa.
Eu tenho paz, fé, força e coragem para viver.
O Espírito Santo está comigo. Ah, que dia!!!
fonte FÉ EM FÉ

Egípcio convertido foge de perigos potenciais no Egito e na Síria

Policial armado patrulha a entrada de uma Igreja em Nag Hammadi
EGITO (19º) - Pai e filha que fugiram do Egito para a Síria depois de 2 anos e meio se escondendo por terem se tornado Cristãos aterrissaram na França e solicitaram asilo alo, informou defensores dos direitos humanos.

Maher Ahmad El-Mo’otahssem Bellah El-Gohary, 58, tornou-se alvo dos islamistas no Egito depois de tentar modificar sua afiliação religiosa de muçulmana para cristã no cartão nacional de identificação. Ele e a sua filha de 17 anos, Dina Mo’otahssem, chegaram em Paris no dia 30 de março depois de fugirem para Damasco, na Síria, no dia 22 de fevereiro no auge da revolução egípcia que derrubou o então presidente Hosni Mubarak.

Os protestos que duraram do dia 25 de janeiro a 11 de Fevereiro no Egito também enfraqueceu o Ministério do Interior, uma agência que assediava El-Gohary e o impedia de deixar o país.

 El-Gohary fugiu para a Síria por ser o mais rápido e fácil caminho para sair do Egito, mas ele também temia que a oposição islâmica na Síria e a crescente intranqüilidade política em Damasco.

“Quando nós chegamos na embaixada francesa na Síria, estávamos com tanto medo de tudo o que estava acontecendo naquele país”, disse ele.

Ele levou mais de um mês para ter um visto e deixar a Síria de maneira segura. Anteriormente, no Egito, ele conseguiu sair por que ele recebeu uma decisão judicial que determinava o Ministro do Interior a autorizar a saída do país. Aproveitando-se da confusão nas agências do governo na onda dos protestos anti-Mubarak, ele saiu do país com sua filha.

Eventualmente El-Gohary e sua filha esperam receber um visto para os Estados Unidos e então imigrarem.

Apesar de sua nova segurança, El-Gohary e Dinaainda estão ainda sofrendo. Eles temem que um muçulmano radical na França possa encontrá-los e atacá-los. Eles também têm questões médicas para serem tratadas por causa do estresse de dois anos de esconderijos e por não terem podido receber cuidados médicos durante esse tempo.

Na segunda-feira (18 de abril) El-Gohary foi até a Embaixada dos Estados Unidos em Paris para pedir asilo. De acordo com um ativista que pediu anonimidade, a embaixada orientpi El-Gohary que a melhor alternativa seria a sua esposa, que vive nos Estados Unidos, solicitar um visto para que ele entre no país. El-Gohary também está solicitando um visto de turista Americano. Ativistas de direitos humanos orientaram ainda para que ele permaneça na Franca enquanto pede asilo ao invés de ir aos Estados Unidos com o visto de turista, que pode deixá-lo financeiramente exposto e afetar seus esforços de imigração.

Enquanto isso, o pedido de asilo de El-Gohary na França qualifica-o automaticamente para uma extensão de três meses o visto que estava programado para expirar no fim do mês. A extensão pode ser feita enquanto o seu caso não estiver resolvido. A condição de asilo também o qualifica a receber certos benefícios do governo.

Tradução: Cecília Padilha

fonte PORTAS ABERTAS

Vereadora evangélica é homenageada no Sul


Elisabete Ritter é membro da AD em Vacaria (RS)

Vereadora evangélica é homenageada no Sul
A cidade de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, realizou o 40º Simpósio Brasileiro de Prefeitos, Vereadores, Secretários e Assessores Municipais.    

O evento homenageou os melhores vereadores nas suas respectivas cidades, e concedeu à vereadora Elisabete Ritter de Vargas Silva, a medalha   “Imperador Dom Perdro II”  mediante criteriosa  seleção de políticos que possuem ilibada reputação Ético-moral  e significativos trabalhos prestados a comunidade. 

Elisabete Ritter de Vargas, além de vereadora  a dois mandatos, é também advogada,  esposa, e mãe de quatro filhas.  É membro do corpo de Cristo na Igreja Evangélica Assembleia de Deus na cidade de  Vacaria no Rio Grande do Sul, igreja esta presidida pelo pastor Ivonildo Souza de Andrade.
    
A vereadora atribui toda a Honra e Glória ao Senhor Jesus, pois Ele tem lhe dado Graça e Sabedoria para fazer uma política limpa, visando ajudar aqueles que necessitam, e principalmente o povo de Deus.

As bandeiras defendidas por Elisabete são na defesa dos direitos humanos com ações políticas voltadas para portadores de altas habilidades, humanização do atendimento na saúde. Criou o dia do evangélico, defendeu a mudança da legislação de horários e funcionamento dos templos evangélicos, instituiu a Semana Municipal da Mulher no município. Foi uma das pioneiras a fazer parte do Conselho da Comunidade para Assistência aos Apenados do Presídio Estadual de Vacaria, é incentivadora do curso de noivos nos casamentos comunitários realizados todos os anos, além de outras ações voltadas para o bem comum.
 FONTE CPAD NEWS

Homem mais gordo do mundo é evangélico. Saiba com é um dia na vida de uma pessoa com 450 quilos


Muitas pessoas reclamam de estar com uma gordurinha a mais aqui, outra ali, já outros nem se quer sabem que estão fora do peso, mas imagine você com mais que o quádruplo da média de peso da população de um país. Está é a história de Emanuel Uribe de 45 anos e 452 quilos.
Emanuel foi oficializado como o homem mais gordo do mundo pelo Guiness Book, o livro dos records. Apesar de hoje ter 450 quilos, quando foi oficializado o mexicano pesava 580 e já chegou a estar com mais de 600, assim como também no passado já teve um peso e vida normal. Devido a fast-foods e outros alimentos comuns na vida de muitas pessoas ele é portador de obesidade crônica e outros problemas.
Para “andar” pela cidade, ir ao médico e buscar fazer coisas que para a grande maioria das pessoas são rotina, Emanuel precisa de um caminhão e a ajuda de vários homens para carrega-lo, além de sua esposa que da todo o auxílio a ele. Apesar de precisar de uma operação especial para ir a igreja e conferir a pregação do pastor, Emanuel conta que busca na fé em Deus a força para continuar vivo e revela um testemunho de superação.

Veja o vídeo. O testemunho de Emanuel é a partir dos 22m50s.

Notícias Cristãs com informações do R7 via Gospel +


SOU ÉTICO! Cito as fontes. Copiado do Site Notícias Cristãs. Link Original: http://news.noticiascristas.com/2011/05/homem-mais-gordo-do-mundo-e-evangelico.html#ixzz1LQ6LnnVu
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial

Ruth Graham quer mais transparência nas igrejas




Filha do evangelista Billy Graham discute projeto com autores, líderes e pastores
 Ruth Graham quer mais transparência nas igrejas
Ruth Graham trabalha para trazer um movimento pela transparência nas igrejas. A filha do evangelista Billy Graham se reuniu recentemente um grupo de foco de pastores, professores e autores na Carolina do Norte para discutir a transparência nas igrejas.

"Há elefantes na igreja, que pode ser um vício, divórcio, pornografia, solidão, doença, prisão, homossexualidade, morte e perda de emprego”.

"Os elefantes não são aceitáveis, por isso não há muito apoio da igreja. O Senhor colocou em meu coração para incentivar as igrejas tratar esses assuntos".

Entre aqueles que foram convocados pela filha de Graham estão o pastor João Bispo da megachurch, Paul Young autor do livro A Cabana, pastor e autor Brian Zahnd, Lisa Harper autora de Mulheres de Fé, Ted e Gayle Haggard, e muitos outros.

Eles oraram e colaboraram em uma estratégia para construir uma estrutura teológica para influenciar as igrejas a receberem as pessoas da maneira que elas estão.

Ruth Graham diz que depois que se divorciou do primeiro marido por infidelidade. Ela precisou de alguém para cuidar dela, pois de uma hora para outra se viu mãe solteira.

Apesar das advertências de seus pais, se casou com um homem que ela tinha conhecido há seis meses. Ruth diz que dentro de 24 horas, ela sabia que ela tinha cometido um erro, e apenas cinco semanas depois, ela fugiu do homem.

"Depois de dois dias queria voltar para a mamãe e papai, mas tinha receios do que eles me diriam”, disse ela.

"À medida que me aproximei da garagem de casa, meu pai estava lá esperando por mim. Quando eu saí do carro, ele me abraçou e disse: "Seja bem vinda a sua casa". Isso é o que Deus faz por nós quando estamos quebrados, e quero passar isso para os outros".

O Bispo, fundador e pastor titular da Igreja Vida Esperança, em Vancouver, Washington, uma das igrejas que mais cresce nos EUA, decidiu ficar transparente com a sua congregação sete anos atrás. Naquela época, a esperança que tinha era de 350 membros, hoje é cerca de 7 mil.

"Joguei o plano de cinco anos fora pela janela e decidi ir para onde Deus me conduz", disse o Bispo, autor do livro, As Igrejas perigosas. "Os pastores têm medo de serem rejeitados. Em vez de esconder os meus problemas, que meu filho era um viciado em drogas, eu compartilhei com a congregação. Nossa igreja começou a expandir. É tudo por causa da transparência", conclui Ruth Graham.

Fonte: CPAD News       
E  

Organização pede orações urgentes por Igreja Shouwang

  
CHINA (16º) - A organização ChinaAid está realizando um chamado urgente de oração após ser informada de que os principais líderes da China decidiram tomar medidas contra uma das maiores igrejas não registradas do país, nos próximos dias. São medidas totalmente diferentes das táticas utilizadas até agora contra a Igreja Shouwang, e pode mudar a natureza de seus conflitos com o governo.

A ChinaAid pede que os cristãos em todo o mundo orem por essa igreja.

Em um artigo, a organização deixou claro que a “tempestade estava se intensificando”, e expressou “medo e preocupação de que o governo chinês, para proteger seus próprios interesses, tomaria medidas severas contra a Igreja Shouwang e seus membros”.

No decorrer das últimas quatro semanas, ficou muito claro que o regime de Beijing não tolera nem um pouco a Igreja Shouwang e suas práticas religiosas. Isso é algo que as igrejas chinesas, principalmente as não registradas, tiveram de tolerar nos últimos 60 anos.

A ChinaAid pede que todas as igrejas e cristãos ao redor do mundo apóiem a Igreja Shouwang em oração. “Acreditamos que, mesmo que a Igreja Shouwang seja destruída e aniquilada, a Igreja na China continuará como uma lâmpada, sempre brilhando na escuridão, levando esperança ao povo chinês. Assim como o Senhor Jesus prometeu: “As portas do inferno jamais prevalecerão contra a Igreja!”.

Tradução: Deborah Stafussi


Fonte: China Aid Association

Extremistas hindus agridem pastor na Índia

  
 
Biblia e púpito em Delhi, na Índia. 
ÍNDIA (32º) - No começo do mês de abril, extremistas hindus agrediram um pastor e evangelista em frente a seus filhos, até que ele ficasse inconsciente. 

Ramesh Devda, 30 anos, da cidade de Dhadhniya, no distrito de Meghnagar, declarou que ele foi atacado em 4 de abril após liderar um encontro de oração na vila de Chikklia. Ele disse que estava indo em direção a Bhajidongra, na fronteira dos estados de Madhya Pradesh e Gujarat, em sua motocicleta com seus dois filhos, Elias, 10, e Shimon, de 8 anos, para liderar outro encontro de oração.

Quando ele chegou à vila de Raseda, disse ele, de repente três pessoas em duas motocicletas bloquearam seu caminho e o forçaram a parar.

“De repente, estes três homens apareceram em duas motocicletas – eles me bloquearam e derrubaram minha motocicleta,” disse o pastor Devda. “Nós caímos. Eles estavam carregando grandes pedaços de bambu e porretes. Eles começaram a me bater, e então chamaram mais três homens que começaram a me atacar.”

Ele disse que ficou agradecido, pois seus filhos foram poupados, apesar de que o mais velho machucou a perna durante o ataque.

“Eles estavam furiosos comigo e me ameaçaram de morte e me avisaram para não voltar mais na área deles,” ele declarou. “Meus filhos estavam gritando o mais alto possível, pois estavam com medo. Um dos homens me atingiu na testa com um grande pedaço de bambu, ferindo minha cabeça. Os outros também bateram em meu corpo, especialmente nas minhas costas, com pedaços de bambu.”

Um golpe na testa o cegou temporariamente.

“Meus olhos ficaram escuros, e eu caí, então eles continuaram me batendo ainda mais”, declara. “Os homens foram também abusivos no linguajar e eles estavam bêbados”.

As pessoas que passavam ouviram os dois meninos chorando e vieram ajudar, e os agressores fugiram, deixando o pastor inconsciente.

“Eu não sei quem me ajudou, pois estava inconsciente”, disse o pastor Devda. “Mas eu soube depois que cristãos locais também vieram e chamaram a emergência. Como resultado, uma ambulância veio e me levou para o hospital”.

Ele foi levado para o Hospital Cirúrgico Anita, em Dahod, Gujarat. Lá, um médico identificado somente como Dr. Bharpoda lhe disse que ele tinha fraturado o crânio.

“Eu estou sendo tratado dos meus ferimentos agora, mas ainda tenho muita dor”, disse o pastor Devda.

Cristão há 15 anos, o pastor Devda é líder há 11 anos e agora trabalha com a Associação Cristã Reformada da Índia. Ele tem outros dois filhos, Ashish e Sakina de 4 anos, e sua mulher Lalita, 28 anos, é ativa junto com ele no ministério.

O pastor Devda lidera congregações nas vilas de Chikklia, Bhajidongra e Dhadhniya.

Tradução: Cláudia Veloso


Fonte: Compass Direct

Governo sancionou o Projeto de Lei para criação de uma data no Estado



São Paulo institui o dia da Marcha para Jesus
O Governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, sancionou o Projeto de Lei nº328/01 do Deputado Gilberto Nascimento (PMDB-SP) que previa a criação de uma data para o dia da Marcha para Jesus no estado.

A lei foi promulgada por Geraldo Alckmin e entrou em vigor na data da publicação do Diário Oficial do Estado no dia 30 de abril, sob o nº 14.424, prevendo que o dia da Marcha Para Jesus em São Paulo deverá ser comemorado, anualmente, no primeiro sábado do mês de junho.

Como o Governo Federal já havia instituído o Dia Nacional da Marcha para Jesus caberá aos organizadores do evento decidir em qual data ele será realizado. Na cidade de São Paulo o evento acontecerá no dia 23 de junho.

A assessoria do Palácio dos Bandeirantes afirmou que mesmo com a data instituída, não será necessária a alteração da data da realização do evento.


Fonte: Folha Renascer / Gospel Prime

Igrejas protestam contra iniciativa


Duas ações que buscam reconhecer a união de pessoas do mesmo sexo serão julgadas hoje pelo Supremo

Igrejas protestam contra iniciativa
O avanço dos direitos dos homossexuais será colocado à prova hoje (4) à tarde no Supremo Tribunal Federal (STF). Os ministros avaliarão, pela primeira vez, se a união homoafetiva pode ser enquadrada no regime jurídico de união estável. O Tribunal também analisará se a união de pessoas do mesmo sexo pode ser considerada como entidade familiar. Caso a resposta a essas perguntas seja afirmativa, casais homossexuais de todo o país terão dezenas de direitos assegurados, entre eles à herança e à adoção.

Duas ações estão em pauta. A primeira, ajuizada em fevereiro de 2008, é do governador reeleito do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral.  Ele pede que o Código Civil e que o Estatuto dos Servidores Civis do estado não façam qualquer discriminação entre casais heterossexuais e homossexuais no que diz respeito ao reconhecimento legal da união estável. A ação afirma que posicionamentos discriminatórios vão de encontro a princípios constitucionais como o direito à igualdade e à liberdade e o princípio da dignidade da pessoa humana.

A ação também alega que a situação atual, com sentenças conflitantes no estado e em todo o país, contraria o princípio constitucional da segurança jurídica. O governador afirma ter interesse na ação porque no estado existe grande número de servidores que são parte em uniões homoafetivas estáveis.

“Diante disso, colocam-se para o governador e para a administração pública questões relevantes relativas às normas sobre licenças por motivo de doença de pessoa da família ou para acompanhamento de cônjuge, bem como sobre Previdência e assistência social”, diz a ação. O governador também afirma que como há numerosos casais homossexuais no Rio, se vê na obrigação de pleitear o direito de parcela dos cidadãos do estado.

A outra ação em análise, da Procuradoria-Geral da República, foi ajuizada em julho de 2009. O pedido é semelhante: que o STF declare obrigatório o reconhecimento, no Brasil, da união de pessoas do mesmo sexo como entidade familiar. Também pede que os mesmos direitos dos casais heterossexuais sejam estendidos aos casais homossexuais.

O processo, de 322 páginas, tramitava sob responsabilidade da ministra Ellen Gracie até março deste ano, quando foi redistribuída para Ayres Britto por tratar de tema semelhante ao que já estava sendo analisado pelo ministro. Além da procuradora federal dos Direitos do Cidadão, Ela de Castilho, o documento também é assinado por diversas instituições que militam em favor dos direitos dos homossexuais.

Os processos têm como relator o ministro Carlos Ayres Britto, que já sinalizou ser favorável à causa. Entidades religiosas se manifestam contra a iniciativa.

Mais de 20 países de todo o mundo reconheceram a união civil de homossexuais antes do Brasil, incluindo o Uruguai. Outros, como a Argentina e várias partes dos Estados Unidos, permitem casamentos gays, uma decisão ainda mais condenada pelas Igrejas Católica e Evangélica.
 
Fonte: Agência Brasil

Ator diz que Hollywood o evita desde que interpretou Jesus


Filme de Mel Gibson arrecadou mais de US$ 600 milhões no mundo inteiro

Ator diz que Hollywood o evita desde que interpretou Jesus
Jim Caviezel interpretou um papel de destaque no cinema ao ser o protagonista do filme  "A paixão de Cristo", de Mel Gibson, em 2004. Desde então, o ator não emplacou em nenhuma outra produção de sucesso. Ele diz que tem sido evitado por Hollywood desde que aceitou ser Jesus Cristo. 

"Tenho sido rejeitado pela minha própria indústria desde que aceitei fazer Jesus Cristo. Mas temos que abdicar do nosso nome e nossa reputação para falar a verdade", disse o ator durante uma palestra na Primeira Igreja Batista de Orlando, na Florida, segundo o "The Guardian". 

A produção de Mel Gibson foi tão bem-sucedida, que arrecadou mais de US$ 600 milhões no mundo inteiro. Mas, ainda assim, o religioso Cavaziel condena algumas atitudes de Mel Gibson. 

"Ele é um pecador terrível. Mas não merece nosso julgamento, somente nossas preces". 

Antes de ser Jesus, Caviezel era um nome constante no cinema. Foi protagonista de "O Conde de Monte Cristo", de 2002, e da comédia romântica "Olha de anjo", com Jennifer Lopez, em 2001. 

J. J. Abrams, autor de séries como "Lost" e "Alias", escalou o ator para seu novo projeto, "Person of interest". O drama já foi comprado pela CBS e conta com ninguém menos que Michael Emerson e Taraji P. Henson no elenco. 


Fonte: O Globo
 

Cristãos se preparam para possíveis ataques de retaliação após morte de Bin Laden


Irmãos de países como Paquistão, Afeganistão, Iraque e Turquia estão vulneráveis

Cristãos se preparam para possíveis ataques de retaliação após morte de Bin Laden
As autoridades estão se preparando para a possibilidade de ataques de retaliação por parte de extremistas com ligações à al-Qaeda após a morte de Osama bin Laden no Paquistão. Analistas em terrorismo também alertam que a morte de Bin Laden tem potencial para mais violência. 

Cristãos em países como Paquistão, Afeganistão, Iraque, Turquia e países similares estão vulneráveis.

Para organizações cristãs, embora a sua morte represente uma vitória simbólica, não é o fim da ideologia defendida por Bin Laden.  Todd Nettleton, da Voz dos Mártires disse: "Estamos particularmente preocupados com nossos irmãos e irmãs cristãos no Paquistão que, de alguma forma, podem ser apanhados em um ataque de represália possivelmente projetado contra os americanos devido ao ataque contra Osama Bin Laden".

Muitos cristãos foram alvo após os ataques dos EUA no Iraque e no Afeganistão.

Nettleton disse: "Para nossa equipe, estamos particularmente com bastante cuidado agora. Queremos estar cientes do que está acontecendo ao nosso redor do ponto de vista de segurança".

Os extremistas islâmicos no Paquistão e os membros do Taliban declaram cristãos como "infiéis". Nettleton explica:  "Você tem todos esses vários grupos da Al Qaeda em todo o mundo que dizia: 'Somos leais a Al Qaeda. Queremos as mesmas coisas que eles querem." E como eles vêem o Cristianismo como uma religião ocidental, então qualquer ligação ao cristianismo constitui um risco significativo.

A segurança é uma preocupação, Nettleton admite. O futuro é incerto. "O que acontece agora? Existem alguns ataques maiores do que vimos no último ano ou assim eles dizem, 'Nós estamos atacando de volta, porque o nosso líder foi retirado’".
 
Fonte: Mission Network News

Paquistão rejeita medos raid EUA


O correspondente da BBC Orla Guerin olha ao redor do perímetro do composto de Bin Laden
Um complexo fortificado em um bairro tranquilo em casa para o homem mais procurado do mundo, Osama Bin Laden, e associados próximos. O prédio também teria sido o lar de várias de suas mulheres, várias crianças e empregados domésticos.Mas que tipo de vida que eles levam?
Eles certamente viveu uma existência isolada e mal tinha qualquer contacto com os seus vizinhos ricos e agradáveis, os residentes na área de M disse o correspondente da BBC Ilyas Khan, em Abbottabad.
Seu desejo por privacidade foi tão marcante que as pessoas deixaram-los bem sozinho. Eles não se misturar com os outros e nunca foram vistos em festas de casamento ou ocasiões locais da comunidade.
Um repórter de TV do Paquistão Express ainda twittou que um vizinho disse que quando as crianças locais bater uma bola de críquete no composto, eles não estavam autorizados a recebê-la.
Cada agora e então o que parecia veículos à prova de bala que entram e saem do complexo, mas portões de segurança seria slide fechada logo em seguida, os moradores disseram à BBC.
entrega de cabra
Mas viver em uma área urbana como Abbottabad exige algum contato com o mundo exterior e algumas pessoas têm falado sobre os hábitos de Bin Laden 'e rotinas.
Um vendedor ambulante de jornal, disse à BBC que ele entregou jornais para o composto todos os dias e no final de cada mês, sua conta foi prontamente pagos, sempre pelo mesmo homem.

Abbottabad

  • Abbottabad - conhecida como "a cidade dos pinheiros" - é uma pequena vila aninhada no bonito e luxuriante, verdes colinas do noroeste do Paquistão.
  • É uma comunidade agrícola, mas com uma população de cerca de 120.000, que prevê um centro de muitas das aldeias vizinhas
  • A guarnição militar da cidade tem um dos mais prestigiados do Paquistão academias militares
  • Leva o nome de britânico Major James Abbott, que fundou em 1853 depois que ele anexou a região do Punjab
Ele nunca entrou dentro do complexo e sua impressão era de que só uma pessoa viveu lá, mas, acrescentou, que de vez em quando ele viu um vermelho pick-up, com um interior de cabra, sendo conduzido para o complexo.
Autoridades dos EUA disseram que sua observação a longo prazo do composto revelou que os moradores queimaram o lixo dentro do complexo, ao invés de deixá-lo fora para ser coletado.
Outro vizinho disse também M da BBC Ilyas Khan, que havia uma empregada doméstica que viviam na área e que entraram no complexo de limpar e de trabalhar na cozinha. Ela divulgou poucos detalhes, mas disse que nunca viu Osama Bin Laden na casa.
Os moradores do composto claramente empregado um número de empregados domésticos. Abbottabad funcionários do hospital disseram à BBC serviço urdu que, entre aqueles que estão sendo tratados na sequência do ataque são duas mulheres consideradas empregadas domésticas utilizadas pela família.
A área ao redor do complexo foi aberto à imprensa na terça-feira e entre os repórteres nos arredores foi correspondente da Associated Press Nahal Toosi, que foi twittar suas observações.
"Eu estou em um prédio em frente ao CPD. Parece que os funcionários trimestres. Pilhas de roupas, almofadas no chão. Relógio quebrado no chão. Parado em 2:20", relata ele. Ele também observa um cozido de lentilhas mofado em uma panela, metade-comido pão e uma televisão velha set.
"Eu relatório, você decide", diz ela, quando ela observa uma bicicleta coberto com flores falsificadas agora estacionado em frente a uma das formas de entrada.
Quem viveu lá?
Autoridades dos EUA dizem que a tecnologia de satélites de espionagem permitiu determinar que a família estava morando na casa com dois homens.
Dois homens paquistaneses foram vistos ao redor do complexo, segundo a BBC Urdu Rahimullah Yusufzai's, que também manteve contato com uma rede de jornalistas locais.
Filmagem de dentro do composto de Bin Laden
Ele diz que todas as pesquisas indicam a casa era alugada por dois irmãos. Estes não devem ser confundidos com os "correios" que a CIA parece ter sido de rastreamento.Estes dois homens, segundo os vizinhos, parecia estar no controle da casa.
Ao nosso correspondente perguntou ao vizinho se havia alguma criança a viver no complexo, disse que não havia nenhuma.Mas, em seguida, seu filho de 14 anos, interrompeu dizendo que havia alguns meninos que viviam naquela compostos e que costumava ir a uma das lojas da área para comprar bens.
Mas, ele disse ao nosso repórter, ele nunca falou com os meninos. Outros relatos da mídia dizem que as crianças do complexo foram enviados para comprar comida de lojas locais.
Horta
Como o acesso da mídia aumenta a área de todos os tipos de observações foram escorrendo para fora.
  • Sr. Yusufzai foi dito por outros vizinhos que um homem da casa saía sozinho para uma viagem grande shopping em que ele comprou muitos itens
  • A polícia local disse à Al Jazeera Imtiaz Tyab que havia uma horta e algumas galinhas foram mantidos também, indicando, segundo eles, que era um composto auto-suficiente onde poderiam plantar sua própria comida
  • Nick Robertson, da CNN no Twitter observado que os vizinhos dizem que a "entourage Osama" passou-se fora como comerciantes de ouro
  • Sky News cita Jibran Khan , que disse que homens altos paquistanês viveu na casa e disse que um amigo seu que correu para os homens em uma padaria local disse que eles sempre foram muito atenciosos.
Um ponto em que todos os observadores estão unidos é que as mulheres eram raramente vistos. A maioria das pessoas assume que isso é porque eles foram pashtun, e eles tendem a observar purdah estrito.
Os filhos dos compostos não foram pensados ​​para ser a frequentar a escola, os vizinhos disseram jornalistas locais. Eles assumiram que eram simplesmente educado em casa - embora isso não possa ser verificada.
Funcionários do hospital onde os feridos foram levados a jornalistas locais que os feridos do composto falar pashto e árabe.
Compound images from 2004,5 and 2101
'Mansão' no Waziristão
As casas espaçosas e próspera nestas áreas são conhecidas como "havelis" e, segundo jornalistas locais falando para a BBC, o Bin Laden casa era conhecida como "Waziristão Haveli" ou "mansão" - o nome da zona tribal semi-autônoma, onde muitos até agora assumiu Bin Laden estava escondido.
Embora o composto se senta em relativo isolamento, é situado em uma área de sobe-e-vem e um número de pessoas que recentemente construíram suas casas nas proximidades.
Mas Express TV do Paquistão diz que as pessoas no relatório Abbottabad é comum ir até 16 horas por dia sem eletricidade.
As imagens de satélite entre 2005 e 2011 refletem a mudança na área e também mostrar como o composto se expandiu como mais dependências, paredes e recursos de privacidade foram construídos.
E existem avisos colocados no Paquistão e sites de propriedade da terra, ao anunciar para a venda no "clima agradável e envolvente" de Abbottabad. Terreno à venda também podem ser encontradas na área de Colônia Hashmi, muito perto do complexo de Bin Laden. A área é considerada segura e estável.
Apenas algumas centenas de metros ao norte do Paquistão é prestigiado Kakul Academia Militar. E imóvel está disponível aqui. Segundo o vendedor, "é um lugar muito secuir [sic] perto exército fazenda jipes do exército casa leva 100 tiros em um dia lugar tão seguro para se viver".
Detalhes dos oficiais dos EUA revelam que não havia linhas de telefone ou internet em casa e que havia muito poucas janelas. Autoridades dos EUA também se referem a uma parede 7ft privada de alta em torno de um quarto no segundo andar do edifício.
Autoridades dos EUA divulgou uma imagem de um quarto no segundo andar, mostrando uma cama cheia de travesseiros e almofadas. Os pisos estão manchadas de sangue: esta é considerada a sala em que Bin Laden estava morto.
Diagram of the compound
FONTE BBC NEWS

LIÇÃO 09 - A MORDOMIA DO TRABALHO / SLIDES / CLASSE ADULTOS

BAIXAR OS SLIDES